Zoonoses de Ilhéus adota medidas para continuidade do atendimento ao público

Operadoras de telefones celulares realizam mutirão de atendimento ...Para continuar com o atendimento ao público e evitar aglomerações, a Unidade de Vigilância a Zoonoses (UVZ) de Ilhéus adotou algumas medidas baseadas nas recomendações de isolamento social determinadas pelo Governo do Estado e pela Prefeitura para o combate ao novo Coronavírus (Covid-19).

Com atendimento remoto, a UVZ mantém as ações essenciais e os procedimentos agendados pelo telefone (73) 98837-7791.

“Apesar de todas as atenções estarem voltadas à pandemia, não podemos deixar de controlar zoonoses como a raiva, leptospirose, hantavirose, histoplasmose entre outras”, salienta a coordenadora da UVZ, Paula Rocha. Conforme explicou, os atendimentos presenciais e domiciliar foram suspensos com objetivo de minimizar o risco de transmissão do vírus na cidade. “Fique em casa e deixe que trabalhamos para você poder ficar seguro”.

Paula Rocha reforça ainda que a comunidade precisa ser conscientizada quanto a importância de cuidados básicos de saúde para também atuar na promoção e prevenção de agravos. “É hora de pensarmos na função de cada seguimento da sociedade. A responsabilidade pelo controle de doenças é de todos, cada qual fazendo a sua parte. Por mais difícil que seja o isolamento social, a medida é fundamental para que cuidemos do coletivo”.

Na sua avaliação da profissional, a recomendação é que a população aproveite o tempo de isolamento social para fazer a higienização de terrenos que estão servindo de criadouros de Aedes aegypit, ratos, escorpiões e caramujos.

Na última semana, a UVZ foi acionada para combater grande população de ratos, na Rua Dom Manoel Paiva, antiga Rua do Café, no Centro. Havia um acúmulo de resíduos domésticos (lixo) depositados fora do horário da coleta. Foi feita uma ação de controle com produtos químicos e atividade educativa com moradores do local. “A população fazendo sua parte, com o depósito dos resíduos no horário certo, contribui com a saúde de todos”, concluiu Paula Rocha.


Comentários