UniFTC doa cabine desinfectante para Hospital de Base de Itabuna

uniftc-doa-cabine-desinfectante-para-o-hospital-de-base-de-itabuna-23-1A Faculdade UniFTC de Itabuna entregou uma cabine desinfectante ao Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães. A unidade hospitalar é um dos centros de referência para a Covid-19 na região sul da Bahia e utilizará o equipamento doado pela instituição para ampliar a segurança dos profissionais da Saúde. Ao todo, 170 profissionais que atuam na linha de frente do combate à pandemia do novo Coronavírus serão beneficiados.

A iniciativa faz parte das ações do Movimento Pela Prevenção implementado pela Rede UniFTC. Em Itabuna, a Faculdade também doou uma cabine desinfectante para a unidade regional do Serviço Móvel de Urgência – SAMU 192, além de produzir e doar 400 unidades de Face Shields (protetores faciais) para hospitais da rede pública e filantrópica, ao SAMU, à Sociedade de Anestesiologia do Estado da Bahia e para as secretarias municipais de Saúde de Ilhéus e Itabuna.

O presidente da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (Fasi), mantenedora do Hospital de Base, Roberto Gama, enfatizou a importância da doação para o momento crítico da pandemia que a cidade está passando. “Este equipamento, assim como os demais EPI’s fornecidos pela Rede UniFTC, tem uma relevância muito grande porque nos permitirá oferecer aos profissionais de Saúde que estão atuando no combate à Covid-19 aqui no Hospital de Base, recursos à mais para minimizar os riscos de contaminação”, frisou Roberto.

O supervisor de campus da UniFTC de Itabuna, Marcelo Assis, que acompanhou todo o processo de implementação das cabines, falou do quanto é importante estar envolvido no Movimento Pela Prevenção promovido pela Rede de Ensino. “Desde o início da pandemia no último mês de março, a Instituição abraçou a causa e está empenhada em promover ações de solidariedade e do cuidar do outro. Como colaborador e como cidadão, me sinto no dever de contribuir para que estas iniciativas sejam concretizadas porque a defesa e preservação da vida é dever de todos”, justificou.

Atuando na execução do projeto de produção das cabines desde o início do mês de maio, o estudante do 9º semestre de Engenharia Civil da UniFTC de Itabuna, Florisvaldo Santos da Paixão, destacou o quanto foi gratificante para ele ter aceitado o convite da Faculdade para participar da iniciativa. “Saber que por meio dos conhecimentos adquiridos em sala de aula pude contribuir com a confecção de um equipamento que irá dar mais segurança aos profissionais de Saúde neste momento tão ariscado para eles me deixou muito feliz e me fez entender o quanto é imprescindível o envolvimento de todos na promoção do bem para a comunidade”, argumentou o estudante.

Também envolvido na produção das cabines, o estudante de Engenharia de Segurança do Trabalho, Rogério Martins, ressaltou seu sentimento de gratidão em poder contribuir com uma ação tão importante para levar mais proteção para aqueles que estão atuando no combate à pandemia. “Para minimizar o risco de contaminação de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, a desparamentação é um processo que tem que ser tratado com muita segurança. Com a cabine desinfectante, este procedimento terá um reforço para evitar que estes profissionais sejam infectados”, afirmou Rogério.


Comentários