UESC constrói complexo de laboratórios para as Ciências Exatas

uescComeçou a ser construído um Complexo de Laboratórios para as Ciências Exatas onde serão desenvolvidas diversas atividades científicas de ensino pesquisa e extensão na área das ciências exatas e outras, com o objetivo de consolidar a infraestrutura de pesquisa e inovação da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

O prédio, com três pavimentos, vai ocupar uma área 543,92 m², situado no campus, entre o Pavilhão Max Menezes e a Base Ambiental ao custo total de R$ 6.8 milhões, recursos oriundos do convênio 511/2011 entre a Finep e UESC. As obras, sob a responsabilidade da Conder, estão sendo executadas pela construtora Mestre Silva Ltda e deverão ser concluídas em nove meses.

O estudo locacional e o projeto arquitetônico foram concebidos pela Prefeitura do Campus da UESC e o projeto executivo elaborado por empresa contratada pela Conder que fez a gestão e a fiscalização desse contrato, cabendo à Prefeitura do Campus suprir os requerimentos para detalhamento do projeto em articulação com os professores responsáveis por cada ambiente previsto.

Trata-se de um edifício constituído com três pavimentos (térreo e mais dois) para abrigar no pavimento térreo os Laboratórios para Preparação de Catalisadores e Adsorventes; de Filmes Finos 1 e 2; Espaço Multiuso; de Nano Ciências Molecular e (Bio) Interfaces; de Materiais e Eletroquímica (LAMEQ); de Materiais Carbonosos Nanoestruturados; Sanitários convencionais (masculino e feminino) e dois para pessoas com deficiência (masculino e feminino).

De acordo com o reitor da UESC, Evandro Sena Freire, “o CLCE será um espaço de revelação de talentos e de qualificação de profissionais. Este Centro é estratégico para os discentes e para os docentes pesquisadores da UESC, que vão ganhar um espaço de ponta para desenvolverem suas pesquisas. É um passo importante para a Universidade e que certamente trará benefícios para toda sociedade”.

No primeiro pavimento vão estar os Laboratórios de Astrofísica; de Física Nuclear 1e 2; de modelagem de sistemas astrofísicos; de controle de qualidade em física médica; de Metrologia; Laboratório de Aplicativos Gráficos Astrofísicos; de Integração de Projetos Astrofísicos; de desenvolvimento de Códigos de Interfaces Astrofísicas; Sanitários convencionais (masculino e feminino) e sanitários para pessoas com deficiência (masculino e feminino).


Comentários