Teatro Municipal de Ilhéus apresenta o projeto “Maio, mês da dança”

Com o objetivo de estimular o desenvolvimento técnico e artístico dos bailarinos, incentivar o intercâmbio entre as academias, além de divulgar o trabalho das escolas de dança da cidade, a Secretaria da Cultura de Ilhéus promoveu a reestreia do Projeto “Maio, mês da dança”. O primeiro espetáculo aconteceu na noite de quarta-feira, 23, no Teatro Municipal.

O evento segue até domingo, 27, a partir das 17 horas, com a participação das academias Dinâmica & Movimento, Núcleo da Dança, Cia. de Dança Sôanne Marry, Arrisca Cia. de Dança, ballet afro Dilazenze, Estação da Dança, Stúdio & Danças e Artes e os balés Conexão, escola de dança Camarim, Associação Centro Educacional de Ação Integrada (Aceai), Aisha Gabi e o grupo Kidance.

O secretário da Cultura, Pawlo Cidade, destacou que o projeto reúne escolas, academias e grupos de dança de Ilhéus, que realizam apresentações e estimulam a formação de plateia no reconhecimento da arte de dançar. O projeto “Maio, mês da dança” objetiva dar visibilidade às academias e grupos de dança da cidade e valoriza essa modalidade de arte no município. Neste domingo, a apresentação será destinada ao público infantil.

Por sua vez, a professora Eliana Fonseca, uma das representantes da Câmara Setorial de Dança, lembrou que o projeto “Maio, mês da dança” vem acontecendo durante 20 anos e esteve sob a coordenação da extinta Fundação Cultural de Ilhéus. Sua proposta tem um valor relevante e de grande importância para a dança, enquanto promovida pela secretaria municipal da Cultura. Disse ainda que a proposta da atual gestão de Ilhéus vem firmar a coesão e o sucesso do projeto e solidificar a participação das seis escolas de dança mais antigas e sólidas de Ilhéus, que têm o intento de promover e disseminar a cultura da dança técnica acadêmica no sul da Bahia.


Comentários