Sistema de videomonitoramento já está funcionando no centro de Itabuna

Por Viviane Cabralempresarios-representantes-do-poder-publico-municipal-e-de-entidades-de-classe-foto-viviane-cabral-1

Pauta de muitas reuniões das entidades de classes de Itabuna, o sistema de videomonitoramento, uma das ações que contribui para o combate a violência e os assaltos no centro da cidade, foi apresentado a classe empresarial e ao Poder Público Municipal nesta quarta-feira, 25, na avenida Cinquentenário. O projeto foi desenvolvido em conjunto com a Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Itabuna, Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista do Município de Itabuna – Sindicom e a Prefeitura Municipal de Itabuna.

De acordo com o proprietário da empresa de segurança Taurus, Wendel Atanásio Cavalcanti, o projeto inicial já está em funcionamento na rua Paulino Vieira, com o monitoramento 24 horas e o reconhecimento de face. Logo depois, o sistema será estendido para ao Calçadão da Rui Barbosa, avenida Cinquentenário, ruas transversais, rodoviária e bairro São Caetano. “A ideia é que até o final do ano, possamos estender todo o sistema de videomonitoramento”, declarou o representante da empresa.

O presidente da CDL, Carlos Leahy declarou que o projeto foi pensado e discutido desde o início do ano entre as entidades de classe (CDL, ACI e Sindicom). “Em seguida foi feita a parceria com a Prefeitura Municipal de Itabuna, que cedeu o espaço para a instalação dos equipamentos e estará apoiando com o efetivo Guarda Municipal. Além disso, temos a parceria com as Polícias Civil e Militar que estarão atuando nas intercorrências”, destacou Leahy.

Na inauguração, o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes declarou que o projeto atende a uma antiga reivindicação dos comerciantes, empresários e toda a população itabunense que sofrem com a ação de infratores. Segundo ele, “a ideia é estender o serviço de videomonitoramento aos bairros da cidade, além das creches, postos médicos, colégios e outros prédios do Poder Público, que são alvos constantes de arrombamentos”, ressaltou o gestor.

A implantação do sistema também foi possível a partir da parceria firmada com os comerciantes do centro da cidade. Para o presidente da ACI, Sérgio Velanes, vale destacar a iniciativa e a união das entidades, que junto aos comerciantes buscaram, a todo momento, encontrar uma solução eficaz para estabelecer a segurança no centro da cidade. “Com o serviço de videomonitoramento, acreditamos que muitas ações possam ser inibidas no comércio de Itabuna”, declarou Sérgio.


Comentários