Secretários elegem comissão da Câmara Técnica de Educação do Litoral Sul

assembleia-definiu-a-comissao-executiva-e-de-etica-da-cte-1Por Viviane Cabral | CDSLS

Durante uma Assembleia Extraordinária nesta terça-feira, 24, na sede da Amurc foi eleita uma Comissão Executiva composta por secretários de educação que vai coordenar a Câmara Técnica de Educação, do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – Litoral Sul. A proposta visa tornar mais eficaz a aplicação das políticas públicas de educação nos municípios do Território.

 A iniciativa é inovadora no Sul da Bahia e vem sendo discutida em encontros realizados pelo Fórum de Secretários Municipais de Educação (Forsec), ligados a Amurc, em parceria com os Institutos Natura, Arapyaú e a Pró-reitoria de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). A CTE é um braço institucional do CDS-LS e poderá atuar na área de convênios para aportar recursos específicos da educação, que estarão disponíveis através do Consórcio.

De acordo com a coordenadora da Rede de Apoio a Educação (RAE) do Instituto Natura,Thamara Strelec, a Câmara serve tanto para um diálogo técnico a respeito das políticas públicas educacionais que estão sendo implementadas nos municípios, “como também pode ser um espaço de deliberação, para a realização de compras consorciadas, a contratação de uma formação de professores regional, ou mesmo firmar convênios e acordos de cooperação”.

A partir do “princípio da economicidade e da otimização de recursos e serviços que poderão ser compartilhados pelos municípios consorciados”, o secretário executivo do CDS-LS, Luciano Veiga acredita na força dos Consórcios Intermunicipais, como um instrumento eficaz e estratégico para atender os municípios que estão com dificuldades financeiras em manter os serviços de educação nas suas localidades.

Comissão

A coordenadora eleita para Comissão Executiva da CTE, Cláudia Correa, atual secretária de Educação de Itapitanga, destacou a importância da CTE para o fortalecimento da educação regional. “A partir de agora nós vamos estar mais fortalecidos e engajados no processo educacional, reivindicar mais os programas e projetos, principalmente dos municípios que fazem parte do Litoral Sul”, declarou.

Ainda foi eleita para a Comissão, a vice-coordenadora, Luzinete Miranda, secretária de Itapé e como secretário, Arley Soares, atual secretário de Educação de Barro Preto. Já a Comissão de Ética será composta pelos secretários: Maria de Lourdes, de Itajuípe, Isabela Oliveira, de Almadina e Magnobaldo Sant’anna, de Buerarema.


Comentários