Representantes do Governo e de Consórcios Públicos alinham ações de regularização fundiária

cda_evento_27_11_2017
A CDA reuniu com os Consórcios nesta segunda-feira,27.(Fotos: Gervásio Lima/SDR)

O encontro ocorreu durante o Bahia Rural Contemporânea – VIII Feira Baiana de Agricultura Familiar, Economia Solidária e Reforma Agrária (FEBAFES), que acontece no Parque de Exposições de Salvador até o próximo domingo dia 3 de dezembro, em paralelo à 30ª Fenagro.

Segundo a coordenadora executiva da CDA, Renata Rossi, a reunião teve a finalidade de estreitar metas sobre a continuidade das ações que já estão em andamento: “Essa é uma parceria inovadorcda_evento2_27_11_2017a e promissora, que está permitindo ao Estado ampliar as ações de regularização fundiária na Bahia. O diálogo é necessário para obtermos êxito na concretização dos processos”.

Dival Medeiros Pinheiro, presidente da Federação dos Consórcios Públicos da Bahia (Fecbahia), reafirmou a importância dessa parceria: “Nós estamos alcançando resultados exitosos após o diálogo constante estabelecido entre a CDA e as equipes dos Consórcios. Nossas equipes estão se aperfeiçoando sobre a técnica aplicada na execução da política de regularização fundiária. O alinhamento das ações está sendo fundamental para darmos celeridade ao nosso trabalho, que resultará na titularização das terras de agricultores familiares”.

Para Isis Chaves, secretária executiva do Consórcio Chapada Forte, a experiência vivenciada pelos Consórcios contribuirá bastante para futuras parcerias: “O diálogo foi importante para avaliar a execução do projeto, uma vez que este momento de avaliação e sugestão poderá ajudar a concretizar a desafiadora política pública de acesso aos títulos de terra”.

cda_evento3_27_11_2017Aparecida Oliva, coordenadora do projeto de Regularização Fundiária, do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica, falou sobre a experiência de execução da política pública de regularização fundiária: “No nosso Consórcio, por exemplo, a metodologia de cadastro e georreferenciamento, simultaneamente, mostraram-se eficientes, de modo que anima tanto as equipes de campo quanto os agricultores familiares que pleiteiam o título da sua terra”.


Comentários