Renê Pereira conquista medalha de prata para o Brasil na Copa do Mundo de Remo 2019

Renê CamposO paratleta baiano Renê Pereira conquistou medalha de prata na Final da Copa do Mundo de Remo, na prova A do Single Skiff Masculino PR1 (PR1 M1x). O ouro ficou com o Ucraniano Roman Polianskyi e o bronze com Augustas Navickas, da Lituânia. O campeonato, que terminou ontem (14), foi disputado na Raia Internacional de Roterdã, na Holanda, com a participação de mais de 700 atletas de 42 países.

“O resultado na Holanda foi muito bom. A distância entre mim e o primeiro colocado no Mundial de Remo Sênior era de 30 segundos, mas eu consegui reduzir a diferença para 10 segundos”, avalia Renê.

Apoiado pelo programa Bolsa Esporte do Governo do Estado, o paratleta está fazendo um trabalho especial com foco na classificação para os Jogos Olímpicos no próximo ano. Para o projeto Tóquio 2020, ele treina no CT de Pituaçu, com o suporte de uma equipe multidisciplinar.

“Meu treinamento está indo muito bem. Espero melhorar e continuar competindo fora do Brasil para poder conseguir a vaga e chegar em condições de brigar por medalha em Tóquio”, afirma.

Remando desde 2015, este é o primeiro pódio do baiano na Copa do Mundo. Até então, seu melhor resultado havia sido a 4ª posição em 2018. Nas provas Eliminatórias, Renê já havia se destacado classificando-se para a final com o segundo melhor tempo da categoria.


Comentários