Publicação destaca conquista da Indicação Geográfica pela produção de cacau no Sul da Bahia

A Revista Conexão 219 traz como destaque a produção de cacau no Sul da Bahia, que conquistou registro de Indicação Geográfica (IG), na espécie de Indicação de Procedência (IP) da amêndoa de cacau – Theobroma cacao L. Notícia que traz ótimas perspectivas para os produtores que integram a Associação Cacau Sul Bahia (ACSB). O texto mostra os planos dos produtores e como o reconhecimento pode alavancar a produção e agregar valor ao cacau produzido na região.

Empresários que não conseguiram aderir ao Refis, que se encerrou no dia 9 de julho, podem optar pelo parcelamento dentro do processo convencional do Simples Nacional, que é em até 60 meses, sem redução de multas e juros. Todas as informações sobre este assunto de interesse do empresário que não quer ficar inadimplente estão nesta edição da Revista Conexão.

História de empresários que enfrentaram e superaram dificuldades para se estabelecerem no mercado também estão nesta edição. O leitor vai conhecer os cases do Cantinho do Peixe, em Porto Seguro, que após a ameaça de falência conseguiu se reestabelecer e aumentar vendas; e da Delly Pães, em Jacobina, que atingiu a expansão com inauguração de outras lojas no mesmo ramo, após participar do Programa Negócio a Negócio.

Em 2018, a Agência Sebrae de Notícias (ASN) completa 10 anos. A reportagem especial sobre o tema vai contar a história da ferramenta de comunicação que é pautada pelo empreendedorismo baiano, desde 2008. Jornalistas baianos contam como usam o serviço da ASN para definirem pautas, acessarem números e conhecerem a trajetória de empresas baianas.

Confira neste link a edição 219 completa.


Comentários