Campeonato Baiano de Canoagem em Ubaitaba

Ainda em comemoração aos 84 anos de Ubaitaba, aconteceu a I Etapa do Campeonato Baiano de Canoagem que garantiu vaga para o campeonato brasileiro para muitos atletas.

O evento teve a realização da Associação Cacaueira de Canoagem, e contou com o apoio da Sudesb, Governo do Estado da Bahia e da Prefeitura de Ubaitaba que vem dando amplo apoio ao esporte local.

As competições se iniciaram logo cedo logo após o hasteamento da bandeira e durou o dia inteiro, quando a associação de Itacaré logrou o título de melhor clube de canoagem da Bahia, a ACC de Ubaitaba ficou na segunda colocação.


Pauta dos municípios é apresentada a Rui Costa pela AMURC

luciano-veiga_governador-rui-costa_antonio-de-anizio_30_07_17Durante a audiência com os prefeitos do Território Litoral Sul, na última sexta-feira, 28, no Hotel Tarik Fontes em Itabuna, o presidente da Amurc e do Consórcio Litoral Sul – CDS-LS, Antônio de Anízio, apresentou ao Governador do Estado, Rui Costa uma séria de demandas dos municípios, principalmente nas áreas de saúde, tecnologia e infraestrutura.

Além de assumir o compromisso de contribuir na organização do Consórcio de Saúde, Antônio de Anízio sugeriu a criação de um grupo de trabalho para discutir a atual situação do Hospital São Lucas, em Itabuna. Ainda na área da saúde, o gestor obteve atendimento imediato de Rui Costa sobre a instalação de uma futura unidade UCT/Hemoba no Hospital Luiz Viana Filho, em Ilhéus para dar suporte hemoterápico e cadastrar de doadores de medula óssea.

Outra pauta dos prefeitos, esteve relacionada às estratégicas para o desenvolvimento sustentável da região, a exemplo do debate sobre a criação da Região Metropolitana no Sul da Bahia, a instalação do projeto Rede Sulbaiana de Comunicação – GIGASUL, que visa a implantação de uma rede de fibra óptica para melhorar a qualidade da Internet da região, e o aeroporto internacional.

O presidente da Amurc ainda pontuou a necessidade de abertura preventiva de poços artesianos nas zonas rurais e urbanas. “Pedimos também ao nosso governador recursos para implantar o projeto do Observatório de Políticas Públicas e Recursos Hídricos, em parceria com a Secretaria de Ciências Tecnologia e Inovação – Secti”, concluiu Antônio.

O Observatório, consorciado com a Câmara Técnica de Elaboração de Projetos, visa dotar a Amurc de uma equipe de técnicos que elaborem projetos estruturantes para os municípios, tornando-os habilitados a captar recursos do governo Estadual e Federal, bem como instituições financeiras internacionais.

 


40 mil pessoas devem passar pela Open Campus Party Bahia

Os ingressos já estão esgotados, mas não será isso que impedirá a participação do público na Campus Party Bahia, a primeira edição no Estado e também a primeira Campus no mundo a acontecer dentro de um estádio de futebol! Assim como nas demais edições, o evento contará com uma área gratuita, aberta ao público e repleta de atrações. A Open Campus funcionará nos dias 10 e 11 de agosto, das 10h às 21h, e no dia 12, das 10h às 18h, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Quem passar pelo espaço poderá interagir com uma série de simuladores, acompanhar a etapa Bahia do Campeonato Brasileiro de Drones para profissionais, além de conhecer protótipos de trabalhos acadêmicos e startups com ideias inovadoras. Pela primeira vez, a Campus Party contará com uma área repleta de atrações e destinada exclusivamente para as crianças, com jogos, apresentações teatrais, entre outras atividades. A iniciativa da Campus Kids é do Governo do Estado da Bahia.

“A Open Campus nasceu com o objetivo de receber as pessoas que não conseguiram adquirir ingressos para acampar ou acompanhar as atividades dentro da Arena, bem como para proporcionar a esse público o gostinho das experiências que a Campus Party pode oferecer e deixar aquela vontade de ampliar a participação na edição seguinte”, explica Tonico Novaes, diretor-geral da Campus Party Brasil.

Mais de 40 mil pessoas são esperadas nos quatro dias em que a área estará aberta ao público.

A Campus Party Bahia terá como tema principal a Inovação Produtiva e acontece por uma iniciativa do Governo do Estado da Bahia em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e da Telebrás.


Jorge Khoury é o novo diretor superintendente do Sebrae Bahia

jorge_khoury_sebrae-baJorge Khoury foi eleito novo diretor superintendente do Sebrae Bahia. A formalização do nome do executivo para o cargo, aconteceu na manhã desta segunda-feira, dia 31, durante a reunião do Conselho Deliberativo Estadual (CDE) da instituição. Jorge Khoury passa a compor a Diretoria Executiva do Sebrae/BA junto ao diretor técnico, Franklin Santos, e o diretor administrativo financeiro, José Cabral.

Natural de Juazeiro (Bahia), o novo superintendente do Sebrae tem extenso currículo com atuação em diversas instituições estaduais e municipais no estado, além de trabalhar como consultor em sustentabilidade. Engenheiro, economista e professor, Jorge Khoury Hedaye foi prefeito de Juazeiro, presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e deputado federal por cinco mandatos consecutivos. No Governo do Estado da Bahia, ele foi secretário da Indústria Comércio e Mineração (SICM), em 1995, quando atuou como membro do Conselho Deliberativo do Sebrae Bahia, e secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – SEMARH, em 2003. Na atual gestão da prefeitura municipal de Salvador, Jorge Khoury foi secretário de educação, além de fazer parte de pastas como a da Secretaria Municipal do Trabalho, Esporte e Lazer (SEMTEL) e do Gabinete do Prefeito ACM Neto.


Aprovado o Plano Municipal de Saúde em Ilhéus

2- Reunião Conselho Muncipal de Saúde 2017. foto Clodoaldo RibeiroUma forte adesão dos principais agentes da área de Saúde, da sociedade civil organizada e das organizações sociais, marcou a reunião ampliada que levantou e aprovou propostas para o Plano Municipal de Saúde (PMS), em Ilhéus. O evento aconteceu na última quinta-feira 27, das 8 às 14 horas, no auditório do escritório local da Ceplac, na praça Cairu. O evento foi marcado pela organização e contou com a palestra inicial do diretor da Atenção Básica da secretaria estadual de Saúde, José Cristiano Soster, que falou sobre a importância da construção do PMS.

Durante a sessão, foram debatidas e aprovadas 21 propostas para composição do Plano Municipal de Saúde. Entre elas, destacam-se a prioridade à atenção básica, com o aumento da cobertura, melhoria na infraestrutura das unidades básicas de saúde, bem como apoio e acesso das equipes de saúde da família aos domicílios mais distantes do município; a implementação da rede assistencial de saúde englobando também a aquisição do Serviço de Atendimento Terapêutico (SATD); a hierarquização e regionalização da rede de serviços, favorecendo assim as ações de vigilância epidemiológica, sanitária, controle de vetores, educação em saúde e atenção ambulatorial e hospitalar em todos os níveis de complexidade. Além disso, o aprimoramento da rede de urgência e emergência, com a criação de novas unidades de pronto atendimento (UPA), ampliação e descentralização do Serviço de Atendimento Móvel (SAMU), de pronto socorros e centrais de regulação, articulada às outras redes de atenção.

Estiveram presentes à reunião o prefeito, Mário Alexandre, a secretária municipal de Saúde, Elizângela Oliveira, membros do Conselho Municipal de Saúde e seu presidente, Fred Oliveira, além de servidores da área, vereadores e demais pessoas interessadas em participar desse importante momento de discussão.

Na oportunidade, o prefeito Mário Alexandre destacou o amadurecimento da democracia com a crescente participação da sociedade em busca de melhorias contínuas numa área fundamental para o desenvolvimento da cidade e sua gente. “Esse diagnóstico expressa e reafirma o compromisso da atual gestão com a implementação e fortalecimento municipal do Sistema Único de Saúde, o SUS, com a universalidade, equidade e integralidade, com o claro objetivo de melhorar a atenção à saúde e a qualidade de vida da população”, completou.


Prefeitos vão aprovar na Câmara o Consórcio de Saúde do Sul da Bahia

 

governador-rui-costa-prefeitos-secretarios-e-estado-e-deputados-estaduais-foto-aline-meiraEm uma audiência com o governador do Estado, Rui Costa nesta sexta-feira, 28, em Itabuna, os prefeitos de 22 municípios do Território litoral Sul se comprometeram em aprovar a lei na Câmara Municipal de Vereadores para a criação de um Consórcio Público de Saúde na região.

Segundo o governador, a partir da aprovação nas Câmaras Municipais de Vereadores, da proposta de criação do consórcio, o próximo passo será a construção de uma policlínica regional de saúde para contemplar os serviço de cirurgias eletivas e exames de alta complexidade.

“Os prefeitos já saíram imbuídos de aprovar em suas câmaras, a lei autorizando a formar o consórcio de saúde, e também o Estado da Bahia vai adquirir equipamentos para transferir aos consórcios, para  começar a fazer a manutenção das estradas estaduais”, declarou Rui Costa.

Para o prefeito de Itacaré e presidente da Amurc, Antônio de Anízio, o governador está trazendo um instrumento que vai facilitar a vida de todos os municípios com relação as cirurgias eletivas e os exames de alta complexidade que a região tanto precisa.

Em relação a área de infraestrutura, o gestor, que também preside o Consórcio Litoral Sul declarou que está prestes “a assinar o convênio de aquisição de máquinas, de melhoramento das estradas estaduais pavimentadas e não pavimentadas, contando com o apoio das usinas de asfalto de Itabuna e Ilhéus”.

Além dos prefeitos, participaram do encontro no hotel Tarik Fontes, deputados estaduais e os secretários estaduais da Saúde, Fábio Vilas-Boas, de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, e de Relações Institucionais, Josias Gomes.


Capoeira para criança e adolescente em vulnerabilidade é tema de roda de conversa na UESC

“Capoeira Angola para o desenvolvimento comunitário e social para criança e adolescente em vulnerabilidade” é o título da roda de conversa que será promovida pelo núcleo de Estudos Afro-Baianos Regionais (Kawé), da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), nesta quarta-feira (2), com Edielson Miranda o “Mestre Roxinho”.

A Roda de conversa será realizada na Sala de Multimeios (2203) do curso de Comunicação, no Pavilhão Adonias Filho, da UESC.

Edielson Miranda “Mestre Roxinho” é capoeirista há 38 anos, formado em Desenvolvimento Comunitário (Community Work Development), Tafe Sydney Austrália. Atualmente cursando bacharelado em Desenvolvimento Humano e Comunitário (Community Service and Human Welfare), Charles Sturt University) Wagga, Austrália.

Há 20 anos o Mestre Roxinho está trabalhando com Capoeira Angola como instrumento social e educativo, no Brasil e no exterior.Ele é o fundador do projeto Bantu, em Salvador.


Defesa Civil tem novo número de celular para atendimento à população

Resultado de imagem para número defesa civilA Defesa Civil de Ilhéus está com um novo número de telefone para casos de emergência da população. Os contatos passam a ser feitos pelo celular (73) 98836-2753. O número – que também contém a mídia watsapp – já está disponível e os moradores de Ilhéus devem entrar em contato em caso de fortes chuvas ou perigo de desabamento em áreas de risco.

De acordo com Joandre Nere, a Defesa Civil de Ilhéus segue monitorando os altos e morros de Ilhéus, já que ainda há previsão de mais chuva, porém em menor quantidade. Atualmente em Ilhéus, existem dois pluviômetros: Um no bairro da Conquista e outro no Malhado. A Prefeitura de Ilhéus informa que em casos de emergência o contato também pode ser feito pelo telefone fixo (73) 3234-3597, no horário de funcionamento das repartições públicas.


Indústria do arroz definiu mercados prioritários para exportações

A indústria brasileira do arroz definiu os mercados que serão o foco de suas exportações nos próximos dois anos. Em recente encontro, o projeto Brazilian Rice realizou a análise que definiu os países a serem trabalhados em ações como missões comerciais, feiras, rodadas de negócio, capacitação empresarial e abordagens para abertura de barreiras, contando com a contribuição de suas empresas associadas e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O Brazilian Rice é desenvolvido pela Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz) com a Apex-Brasil, visando o crescimento das exportações do cereal brasileiro no comércio exterior.

Os países definidos no chamado ranqueamento de mercados foram divididos em dois grupos: um ligado à promoção comercial (em espaços onde o arroz brasileiro já tem presença ou consolidação, com potencial de alta) e outro focado no acesso a países que atualmente têm restrições a importações do Brasil em função de barreiras tarifárias ou sanitárias. Mercados para promoção comercial: Estados Unidos, Peru, Arábia Saudita, Panamá e Reino Unido. Países para articulação de abertura de barreiras: Colômbia, México e China.

A reunião que definiu os mercados ocorreu no Sindarroz-RS, em Porto Alegre, contando com mais de 20 empresas do projeto Brazilian Rice e foi aberta com apresentação sobre certificações internacionais – um ponto importante para crescimento das exportações de arroz do Brasil. Como destaca Gustavo Ludwig, gerente do Brazilian Rice, cada ação do projeto é estudada em detalhes para contemplar um espectro grande de empresas de diversos portes e regiões do país, já que 78% das exportações de arroz beneficiado do Brasil são de empresas integradas ao projeto (em 2013, ano da primeira edição do projeto, esse índice era de 15%). Os resultados têm sido positivos: em 2013, as empresas participantes do Brazilian Rice exportaram arroz para 36 destinos, resultando em US$ 57 milhões para o país; em 2016, o número ficou em 52 países, com valor final de US$ 73 milhões. 


Regularização Fundiária é tema de Audiência em Floresta Azul

audiencia_floresta_azul_28_07_17Evento que reuniu empreendedores da agricultura familiar do município de Floresta Azul no sul da Bahia, nesta sexta-feira,28, a “Audiência Pública de Regularização Fundiária Rural” teve como objetivo “discutir o projeto em andamento que vai garantir o título definitivo pelo Estado da propriedade rural dos agricultores de Floresta Azul e outros municípios da região”, explica Josivaldo Dias, da equipe do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território Litoral Sul-CDS/LS.

A ação de regularização de terras, é resultado da parceria do CDS/LS com a Coordenação de Desenvolvimento Agrário-CDA, da Secretaria de Desenvolvimento Rural- SDR, do governo baiano. Durante a Audiência, organizada com apoio da Secretaria de Agricultura, os agricultores, lideranças comunitárias e vereadores, tiram suas principais dúvidas sobre as etapas do projeto e se comprometeram em mobilizar os agricultores para fazer o Cadastro.

audiencia2_floresta_azul_28_07_17“Achei positiva a audiência, onde também aproveitamos para dizer sobre tudo que fazemos e pretendemos fazer na nossa secretaria para melhorar a vida dos agricultores”, comemora a secretária de Agricultura Lola Gedeon.

A atividade foi realizada em parceria com o Banco do Nordeste que explicou sobre suas políticas de crédito de fomento à produção na agricultura familiar, como também da coordenação regional da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural-Bahiater, quando foi oferecido aos agricultores a emissão da Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar-DAP.