Entidades unem expertises para a conservação e produção de água no Sul da Bahia

Volney Fernandes apresentou a experiência do Projeto Produtor de Água do Pratigi em IbirapitangaEntidades apresentaram ações estratégicas para a mitigação da falta de água durante a I Oficina do Comitê Produtores de Água do Sul da Bahia, realizada nesta segunda-feira, 20, na Uesc. No final, os representantes institucionais foram divididos em eixos para a construção do Marco Legal do Pagamento de Serviço Ambiental (PSA) dos municípios; a Governança; o Diagnóstico de Paisagem; o Cadastro de Produtores e o Monitoramento.

A ideia parte da experiência do projeto Produtor de Água Pratigi (PAP), apresentado pelo diretor executivo da Organização de Conservação da Terra (OCT), Volney Fernandes, como uma iniciativa inovadora no município de Ibirapitanga. O objetivo é reduzir a erosão e o assoreamento dos mananciais, visando melhorar a qualidade, a ampliação e regularização da oferta de água a longo prazo.

Na mesma linha de atuação, o Programa Floresta Legal desenvolvido pelo Instituto Água Boa visa fomentar a regularização ambiental de imóveis rurais, em especial pela recomposição de áreas de preservação permanente e de reserva legal. O diretor presidente da instituição, Jorge Velloso apresentou o histórico do projeto, que vai desde planejamento de paisagem, adequação ambiental, RPPNs, restauração de águas de Maraú e das nascentes do rio Almada.

Estes e outros projetos foram exibidos com a proposta de integrar as melhores práticas ambientais que serão desenvolvidas no Sul da Bahia. De acordo com o presidente da Amurc e prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana, “a ideia é estimular o diálogo entre as entidades, para, em conjunto ampliar o atendimento a sustentabilidade do meio ambiente, visando a produção de água na região”.

Lenildo_oficina_produtor_2_agua_20_06_2016O Instituto Nossa Ilhéus apresentou o Programa Cidades Sustentáveis para atuação firmada em compromisso com os poderes Executivo e Legislativo. Junto com a Amurc e o Centro das Águas, o IN atuará na realização dos Fóruns das Águas e Cidades Sustentáveis, que acontecerão de forma itinerante em seis cidades. A ideia é explicar o projeto Produtor de Água nessas localidades e orientar na formação do comitê local.

O coordenador executivo da Amurc, Luciano Veiga, destacou que o Comitê é o Núcleo de Gestão de Diálogo, composto por células de ação e execução, no qual, todas as propostas e projetos serão colocados num mesmo espaço para verificar a expertise de cada um. “O grande desafio agora é desenvolver o diagnóstico e ter a capacidade de transformá-lo em ação de resultado com a eficiência e a eficácia que é esperado”.

Instituições

O encontro reuniu representantes das secretarias de Agricultura e Meio Ambiente de vários municípios da região, além das seguintes entidades: AMURC; OCT; INEMA; UFSB; IFBAIANO; BAHIATER; Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Litoral Sul; Instituto Água Boa; Diálogo do Cacau; Centro das Águas; Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI); Instituto Nossa Ilhéus e outras instituições parceiras.

 


Resultado do Concurso do INSS é divulgado

inss_agenciaO Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou na noite desta segunda-feira (20) o resultado final das provas objetivas do concurso público para 950 vagas de nível médio e superior. O Cespe foi a organizadora responsável pela seleção.

Confira a lista dos Aprovados

Os candidatos podem conferir o resultado no endereço eletrônico do INSS. Também foram divulgadas a convocação para a perícia médica e a verificação da condição de negro.

O concurso registrou mais de 1 milhão de candidatos inscritos. As provas foram aplicadas em 15 de maio.Foram oferecidas 950 vagas em cargos de níveis médio e superior. Os salários são de R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09.(G1)


Câmara continua ocupada por tralhadores e movimentos sociais

Emasa2016.1Trabalhadores da  Empresa de Água e Saneamento de Itabuna-EMASA, e movimentos sociais continuam ocupando setores da área interna e externa câmara municipal de vereadores para pressionar o arquivamento do projeto do Executivo que propõem  concessão da empresa para a iniciativa privada.

Eric Félix, diretor do SINDAE, alerta que “o presidente da Câmara, Aldenes Meira (PC do B) tem pressa na leitura do projeto para tramitar nas comissões e ir ao plenário, entretanto, encontra resistência dos movimentos sociais e dos trabalhadores”.

O Partido dos Trabalhadores-PT e a CUT local já se posicionaram contrário a concessão. De acordo a coordenação da Central Única dos Trabalhadores-CUT, “a empresa é estratégica para a população, não pode ser concedida ao setor privado, eles não resolverão o problema da falta d’água e certamente aumentarão o valor das tarifas e eliminarão sua função social, ela precisa é de boa gestão técnica e investimento público” afirmam.

Nesta segunda-feira, dia 20, os ocupantes receberam a visita e a solidariedade de padres e pastorais da Igreja Católica. O Movimento vem amentado a adesão dos que  são contrários a privatização por entender que a água é um bem social, público e indispensável para a população, e não pode ser entendido como mercadoria.


Secretaria da Educação e UFSB discutem fortalecimento da Educação Básica

pín e naomarO secretário da Educação da Bahia, Walter Pinheiro, e o reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Naomar de Almeida Filho, discutiram a ampliação da parceria entre as duas instituições, pela melhoria da Educação Básica na rede estadual. Entre os temas, destaque para as ações que envolvem os Colégios Universitários da UFSB, que funcionam em escolas estaduais, e dos Complexos Integrados de Educação da rede estadual, que funcionam com a co-gestão da Universidade nas cidades de Itabuna, Porto Seguro e Itamaraju.

Pinheiro avaliou positivamente a reunião, ocorrida nesta segunda-feira (20), na sede da Secretaria, no Centro Administrativo (CAB), em Salvador. “Este encontro tem o objetivo de trazer as universidades para dentro da Secretaria, no intuito de pensarmos juntos sobre projetos e soluções para o desenvolvimento de novas práticas que beneficiem a Educação Básica, Educação Profissional e o ensino superior”, disse.

Pinheiro destaca que a parceria com a UFSB, que originou os Colégios Universitários, que ofertam cinco licenciaturas nas cidades de Itabuna, Ibicaraí, Ilhéus, Porto Seguro, Santa Cruz de Cabrália, Itamaraju e Coaraci, e os Complexos Integrados, “pode ser adotada pelas outras nove universidades localizadas na Bahia, para que a Educação do Estado seja, cada vez mais, potencializada. Vamos nos reunir com os reitores das universidades federais e estaduais para apresentar esse conceito que se mostra bem sucedido”, afirma.

Outro assunto debatido foi a utilização da UFSB como pólo para a disseminação da Ciência e da Tecnologia nas regiões Sul e Extremo Sul do Estado. Com três campi, funcionamento de oito Colégios Universitários e gestão compartilhada com a Secretaria dos três Complexos Integrados de Educação, a UFSB se destaca por atuar em quatro áreas do conhecimento: Ciências, Humanidades, Saúde e Artes, e, também, pela utilização de dispositivos e ambientes virtuais de aprendizagem.



O desmonte de Temer

Por Paulo Kliass | Carta Maior

As tentativas de reação política em torno da estratégia do afastamento de Dilma Roussef remontam ao dia seguinte da divulgação dos resultados do pleito de outubro de 2014. As forças que haviam sido derrotadas nas eleições presidenciais passaram imediatamente a perseguir aquilo que passou a ser conhecido como o “terceiro turno”. Face à recusa sistemática de simpatia por parte da maioria da população brasileira, lançaram mão do questionamento do resultado nas urnas, do questionamento das contas de campanha vencedora, da articulação das esferas do Poder Judiciário e do Ministério Público, da conspiração aberta dos principais órgãos de comunicação, entre tantos outros expedientes.

Passado um ano e meio de tamanho bombardeio, lograram alguns avanços significativos. O primeiro passo ocorreu com a aquela cena de triste memória no plenário da Câmara dos Deputados, quando a aceitação preliminar do pedido de impedimento mostrou ao mundo inteiro a qualidade da maioria dos integrantes daquela instância de nosso legislativo. Em seguida, veio a votação também preliminar no Senado Federal, que terminou por chancelar o início do processo sem nenhuma base de indiciamento com base em crime de responsabilidade, conforme determina a Constituição Federal. Em suma, um golpe institucional, forma pela qual as principais fontes da imprensa internacional e a unanimidade dos espaços de articulação diplomática assim o reconhecem.

No entanto, ao que tudo indica não imaginavam que a passagem de Michel Temer pelo Palácio do Planalto pudesse oferecer tamanho quadro de trapalhada, incompetência e acusação de corrupção. As dificuldades enfrentadas pelo presidente interino na montagem de sua equipe ministerial e o retardamento recorrente do início efetivo de seu governo terminam por comprometer o objetivo estratégico do financismo nessa aventura putschista. Afinal, trata-se de promover um desmonte do pouco que resta de um Estado de Bem Estar Social em nosso País e acionar a destruição dos principais instrumentos para eventual implementação de alguma política desenvolvimentista.

Paulo Kliass é doutor em economia pela Université de Paris

Leia MAIS na Carta Maior.


Geraldo é melhor no primeiro debate da Difusora

gs difusoraO pré-candidato a prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT), foi quem apresentou as melhores propostas para administrar Itabuna a partir de 2017. Essa foi a percepção mais comentada nos grupos no WhatsApp, que atualmente pautam o discurso político na cidade. O debate foi promovido pela Rádio Difusora.

Geraldo, que inicialmente não havia sido convidado, teve sua participação garantida por meio de uma decisão da Justiça Eleitoral, pontuou ações que implantou quando foi prefeito em duas gestões, e apontou soluções para um eventual novo mandato.

Na Educação, por exemplo, cobrou uma participação articulada das instituições locais, e uma ação específica: educação em tempo integral. “A rua não é lugar para as crianças passarem metade do dia”.

Sobre a crise da água, Geraldo defende o aceleramento da obra da barragem do rio Colônia. “Não podemos esperar dois anos para a conclusão dessa obra. Sou contra a privatização da Emasa. A solução é acelerar as obras da barragem. Se a Emasa não tem capacidade de investimento, que seja devolvida ao governo do estado”.

O pré-candidato ainda falou sobre saúde, desemprego e violência. “Foi uma oportunidade mostrar ao povo de Itabuna que temos as melhores propostas para governar nossa cidade, caso o povo de Itabuna venha a nos dar mais uma oportunidade após as convenções de julho”.


Municípios do Sul da Bahia recebem viaturas do governo estadual

lenildo_japu_PM-viaturas_itabuna_17_06_2016Foram entregues hoje pelo Governo do Estado, 55 novas viaturas, que vão reforçar as ação de prevenção à criminalidade e a segurança pública no Sul da Bahia. Entre os veículos, estão três viaturas com maior poder de tração, velocidade e torque, que serão integradas ao policiamento ostensivo (Rondesp). A entrega aconteceu nas sedes do 15. BPM em Itabuna e do 2. BPM em Ilhéus.

lenildo_viaturas_PM_itb_17_06_2016De acordo com o comandante do 15º Batalhão da Policia Militar em Itabuna, Major Daniel Riccio Teixeira, “o reforço de viaturas visa o apoio e o estímulo às forças de segurança. Os novos carros trazem mais agilidade ao serviço ostensivo desenvolvido pela nossa corporação””. Além de Itabuna e Ilhéus também receberam novas viaturas os municípios de Ibicaraí, Mascote, Almadina, São José da Vitória, Santa Cruz da Vitória, Canavieiras, Ubaitaba, Gongogi e Itapé.

“A Polícia trabalha com ações preventivas. Com essas novas viaturas o trabalho ficará mais facilitado, a sensação de segurança será ampliada e o
s índices devem reduzir ainda mais”, afirmou o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite. O prefeito em exercício de Ilhéus, Carlos Machado, destacou que “as ações integradas na área de segurança, com reforço de efetivo, viaturas e equipamentos, contribui para a redução dos índices de violência”.lenildo_viaturaChave_pm_itb_17_06_2016

“Fico feliz em ver os trabalhadores da segurança tendo melhores condições de trabalho e a nossa comunidade mais protegida. Obrigado ao governador Rui Costa por atender as nossas demandas enquanto prefeito e presidente da AMURC”, disse Lenildo Santana, prefeito  de Ibicaraí e presidente da Associação dos Municípios do Sul da Bahia.


Sindilimp em defesa e na luta pelos terceirizados

assembleia_sindilimp_geral_16_06_2016Em meio às dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores e trabalhadoras terceirizados na Bahia com a falta de pagamentos em dia das suas remunerações e tantos desrespeitos, o Sindilimp conclama a categoria para fortalecer as lutas e as ações coletivas para garantia e ampliação de direitos.

O Sindicato é um instrumento dos trabalhadores e de organização. Mobiliza a classe, realiza campanhas educativas, ouve as reivindicações e defende os direitos dos que trabalham nas diversas áreas como as de limpeza, conservação urbana, portaria, cozinha, e tantas outras, representadas pelo Sindilimp.

Todos os dias o Sindicato não apenas se preocupa, mas atua com unidade, cumprindo o seu dever enquanto órgão guardião e defensor dos trabalhadores que vendem sua mão de obra para sobreviver com dignidade.

No Sul, Extremo Sul, Médio Sudoeste, Médio Rio de Contas, parte do Baixo Sul e em todo o Estado da Bahia, os filiados e não filiados sabem que podem contar com o seu Sindicato.


Famílias indígenas de Ilhéus passam a comercializar produtos em mercado institucional

SDR_japu_rosembergue
Na SDR durante assinatura do convênio entre SDR e PA São Jorge ll de Uruçuca

Famílias indígenas das Aldeias Tupinambá do Acuipe de Cima, Acuipe de Baixo, Acuipe do Meio 1 e 2, Rio do Mamão e Maruim, do município de Ilhéus foram beneficiados com a inserção no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), em parceria com os governos estaduais e municipais.

A ação é realizada por meio de uma parceria entre a Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater) o Serviço de Apoio à Agricultura Familiar (SETAF), do Território de Identidade Litoral Sul, o Instituto Cátedra e a Secretaria de Agricultura e Pesca do município de Ilhéus.

De acordo com o cacique Alicio Amaral, da Aldeia Tupinambá do Acuipe de Cima, “os indígenas estão muito contentes com o trabalho desenvolvido para os povos e comunidades tradicionais, porque trará mais renda e, consequentemente, mais produção”.

Os produtos comprados, semanalmente, beneficiam creches, igrejas, abrigos, centros de recuperação e outras instituições socioassistenciais. Para Marcos Vinícios, coordenador da Bahiater, do SETAF Litoral Sul “é extremamente gratificante sentir que as parcerias e ações conjuntas estão fluindo em frutos positivos. Parabenizamos o Instituto Cátedra pela execução da chamada pública de assistência técnica e extensão rural (ATER) para povos e comunidades tradicionais e a Secretaria de Agricultura e Pesca de Ilhéus, sempre inovando e construindo uma agricultura familiar, exemplo para nosso território, na inserção dos povos e comunidades tradicionais”.

Segundo o secretário de Agricultura e Pesca, de Ilhéus, Sebastião Vivas, “os recursos saltaram para R$ 1,4 milhão em 2016, contabilizando 337 agricultores, pescadores, e comunidades tradicionais favorecidos, sendo que, na revisão da proposta deste ano, estão inclusas 140 novas Declarações de Aptidão ao Pronaf (DAP’s) indígenas, no Programa PAA”.

Uruçuca

Durante agenda ontem(15),  na Secretaria de Desenvolvimento Rural- SDR em Salvador foi  assinado o convênio pela  CAR/SDR para fazer a rede de distribuição de água da Associação do PA São Jorge ll  do município de Uruçuca. A iniciativa  beneficiará 25 famílias.

Participou da solenidade o Secretário Jerônimo Rodrigues da SDR,   o Deputado Estadual Rosemberg Pinto, o coordenador do SETAF Litoral Sul Marcos Vinícius e o presidente da associação Vicente Paulo .