Dilma anuncia reforma de ministérios e coloca Wagner na Casa Civil

Do Bahia Notícias

A presidente Dilma Rousseff (PT) anunciou, oficialmente, a nova configuração da Esplanada dos Ministérios nesta sexta-feira (2). A reforma ministerial foi explicada durante declaração feita do Salão Leste do Palácio do Planalto e ela não respondeu a perguntas da imprensa.

O anúncio estava previsto para a última semana, mas impasses entre os líderes do PMDB e a bancada da legenda no Congresso adiaram a conclusão das negociações. A intenção do governo federal é reduzir até R$ 200 milhões em gastos da União com o corte dos ministérios e de cargos comissionados. Os detalhes da economia, contudo, só serão apresentados na próxima semana pelo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa.

Entre as mudanças especuladas, foram confirmadas, a ida do ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, para a Casa Civil. Arthur Chioro (Saúde) e Renato Janine Ribeiro (Educação) deixaram o primeiro escalão, e Pepe Vargas (Direitos Humanos) comunicou na semana passada que retomará seu mandato na Câmara dos Deputados.

Os ministérios de Direitos Humanos, Mulheres e Igualdade Racial foram fundidos na pasta Cidadania, e a Secretaria de Governo vai englobar Relações Institucionais e Secretaria Geral da Presidência.

Confira no Bahia Notícias o que continua igual e o que muda no governo Dilma.


Dia dos Agentes Comunitários de Saúde

Nesta segunda-feira, dia 4, será comemorado nacionalmente o Dia do Agente Comunitário de Saúde.

Em Itabuna, os 420 agentes comemoram a data com diversas conquistas entre as quais a implantação de uma Escola Técnica, com previsão de inicio das aulas em novembro deste ano, e a valorização pela Prefeitura da categoria, que na atual gestão passou a ter um dos maiores salários entre os municípios baianos, alcançando salário-base de R$ 1.114,00, ultrapassando até mesmo o da capital que tem salário-base de R$ 788.


Sindilimp adere ao movimento Outubro Rosa

diretoria_funcionarios_sindilimp_outubrorosa_02_10_15
Diretoria e funcionários do Sindilimp no movimento  de  luta contra o câncer   Outubro Rosa

Com o objetivo de orientar e alertar as mulheres e os homens sobre a necessidade do diagnóstico precoce do câncer de mama, o Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Região Sul e Extremo Sul da Bahia (Sindilimp) adere ao movimento popular internacional do Outubro Rosa. No Brasil as ações do movimento surgiram no ano de 2002 no estado de São Paulo unindo entidades e empresas, baseada na experiência que nasceu nos Estados Unidos no ano de 1990.

A base regional do Sindilimp que vai do município de Gandu ao município de Mucuri tem programação especial voltada para educação em saúde durante todo este mês. De acordo Eleneudes Carmo dos Santos, diretora sindical de mulheres “a categoria vai receber visitas, panfletos informativo, e palestras sobre a importância dos cuidados da saúde no cotidiano, principalmente sobre a importância da prevenção do câncer de mama para que muitas vidas sejam preservadas”.

Com o tema “Deixe esta ideia bater mais forte no seu peito” as ações da campanha educativa  acontece pela primeira vez na base regional do Sindilimp. “Vamos atingir as trabalhadoras e trabalhadores terceirizados nas escolas estaduais e os de varrição de ruas nos diversos municípios na região nesta luta contra o câncer”, explica o coordenador regional do Sindilimp José Carlos.

A auxiliar administrativa e militante por mais direitos para mulheres, Gilmara dos Santos Dias, lembra que a luta contra o câncer de mama não é apenas da mulher. “Queremos despertar os homens para apoiar e incentivar as mulheres nesta ideia da prevenção, mais também estimulá-los para que eles façam os exames, pois existem casos da doença nos homens”, defende Gilmara Dias.


Diocese de Itabuna recebe imagem de Nossa Senhora Aparecida

Dom Ceslau celebra a missa de acolhimento(Foto Jan Erik)

Numa celebração marcada por fortes expressões de fé, devoção, emoção, alegria e lágrimas, milhares de fiéis católicos e devotos de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, da Diocese de Itabuna e de diversas cidades do Sul da Bahia, acolheram na noite da última quarta-feira (30/09) a Imagem Peregrina da Padroeira do Brasil, que inicia oficialmente uma peregrinação pelas 33 paróquias da Igreja Particular itabunense, formada por outros 18 municípios sulbaianos.

Presidida pelo bispo diocesano, Dom CeslauStanula, e concelebrada por padres do clero local, a Missa Solene de Recepção à Imagem de Nossa Senhora Aparecida teve início às 18 horas na Catedral de São José.

Na abertura, o bispo, acompanhado por peregrinos de diversas paróquias da diocesee que foram à Aparecida do Norte (SP) para participarem na última terça-feira (29), no Santuário Nacional, da celebração do envio, entronizou solenemente na Catedral a imagem de Nossa Senhora Aparecida, que é uma réplica da original encontrada por pescadores nas águas do Rio Paraíba do Sul, no ano de 1717.

A peregrinação da imagem da Padroeira do Brasil na Diocese de Itabuna faz parte da programação oficial em preparação ao Ano Jubilar de 2017, quando o País celebrará os 300 anos de devoção à Mãe Aparecida.

Destacando o tema oficial da peregrinação “A Mãe do meu Senhor, vem nos visitar”, em sua homilia o prelado itabunense disse que este é um momento que entrará para a memória da Diocese de Itabuna tanto quanto para os arquivos do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida. Relembrando fragmentos da história que relata o encontro da imagem por pescadores, Dom Ceslau destacou que tal como fez a Mãe do Salvador, que veio em socorro daqueles humildes pescadores, também hoje Nossa Senhora vem socorrer às famílias e todos os seus filhos e filhas que esperam em Jesus Cristo.

Roteiro
De acordo com o roteiro oficial da visita, preparado pela Cúria Diocesana, a Imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida ficará na Catedral de São José para visitação pública e momentos de celebração e devoção mariana até às 17h30min do próximo sábado (3), quando seguirá para a Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, do bairro Califórnia, onde permanecerá até o próximo dia 12 de outubro, data da festa da Padroeira do Brasil e daquela comunidade. O translado da imagem até ao Califórnia será feito em carreata.


Orçamento de Itabuna para 2016 será de R$ 527 milhões

ItabunaSegundo Nota divulgada pela Prefeitura de Itabuna a proposta Orçamentária 2016 enviada, nesta quarta-feira, 30, pela  à Câmara de Vereadores prioriza investimentos nas áreas de saúde, educação, infraestrutura e assistência social. O valor global prevê R$ 527.531.520,00, dos quais 63,56% se destinarão exclusivamente para saúde e educação.

A dotação para Secretaria Municipal da Saúde será de R$ 230 milhões dos quais R$ 38,223 milhões se destinarão para a Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), que administra o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães.

Outros R$ 205,794 milhões serão para garantir o atendimento na rede de atenção básica e média e alta complexidade. Mesmo com a crise econômica que atinge os municípios brasileiros, a dotação para saúde será R$ 52 milhões maior.

Para a educação, o volume de recursos passará de R$ 92,4 milhões, neste ano, para R$ 105,505 milhões em 2016. Para a área de infraestrutura, a proposta orçamentária prevê R$ 63,680 milhões, que asseguram investimentos em esgotamento sanitário e pavimentação de ruas nos bairros, de acordo as propostas recolhidas por indicação da população durante o programa Orçamento Participativo.

Mais recursos estão garantidos para os programas sociais desenvolvidos pelas Fundações Marimbeta e de Cultura e Cidadania (FICC), que atendem mais de 10 mil pessoas, sendo que 8,5 mil crianças e adolescentes beneficiadas com o Viv-A-rte e Casa das Artes.  As duas fundações devem receber o total de R$ 7,196 milhões.


Unime Itabuna participa da Expoita Solidária

Unime oferece serviços gratuitosDando continuidade ao projeto social proposto pela ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior), a Unime Itabuna, a fim de contribuir para a promoção da cidadania, fechou uma importante parceria com a 35º Expoita para a realização da Expoita Solidária.

A ação, que acontece na praça da Amizade, no Parque de Exposições Antônio Setenta, entre os dias 30 de setembro e 02 de outubro, irá contar com a participação de algumas instituições locais, que estarão presentes disponibilizando à comunidade de Itabuna e cidades vizinhas, serviços gratuitos, e a Unime, não poderia ficar de fora.

Na programação das atividades oferecidas pela Instituição estão: aferição de pressão arterial, avaliação postural, glicemia capilar, tipagem sanguínea e assistência jurídica, com funcionamento marcado para quarta, quinta e sexta desta semana, das 14 às 17 horas.

Segundo Odilia Moliterni, diretora geral da Unidade, projetos sociais como este precisam de incentivo e contribuição para serem realizados, desta forma, a Unime Itabuna assume o compromisso para ajudar a tornar reais e frequentes tais ações. “O nosso objetivo é semear, através da prática de ações palpáveis, exemplos positivos na sociedade”.


CEEP AMEV Ilhéus promove III Feira de Saúde

O Centro Estadual de Educação Profissional GTI Álvaro Melo Vieira- CEEP AMEV Ilhéus realizará dia 2 de outubro de 2015 a III Feira de Saúde, projeto de ação social que tem como objetivo primordial divulgar e oferecer e informações e serviços destinados a melhorar a saúde e bem-estar da população.

Com o tema “Plantando conhecimento, colhendo vida saudável”, a Feira de Saúde oferece gratuitamente algumas ações, que muitas vezes são de demorado acesso no atendimento público.

O evento acontecerá na área de convivência da Escola, localizada na Avenida Canavieiras, centro de Ilhéus, e serão oferecidos os serviços de atendimento clínico, como higiene bucal, tipagem sanguínea, verificação de pressão arterial e glicemia, IMC, corte de cabelo, manicure e seminários educativos que envolvem Oficinas de prevenção e combate a incêndios, Stand de saúde mental, Orientação nutricional para hipertensos e diabéticos palestra sobre prevenção de DSTs e AIDS e vacinação.


ONU prevê a chegada de 700 mil migrantes à Europa este ano

O Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur) prevê a chegada de 700 mil migrantes e refugiados à Europa, durante este ano, antevendo que o número de chegadas deve manter-se elevado em 2016.

“A resposta do Acnur é baseada na suposição de que até 700 mil pessoas procurarão segurança e proteção internacional na Europa em 2015”, indicou a agência da ONU, em relatório divulgado hoje (1º), no qual alertou para a necessidade de mais dinheiro.

O porta-voz do Acnur, Adrian Edwards, citado pela agência AFP, confirmou que estes números referem-se especificamente às pessoas que procuram refúgio na Europa através da rota do Mediterrâneo.

Neste novo apelo por dinheiro, a agência das Nações Unidas destacou o fato de que a nova previsão representa o dobro da anterior estimativa para este ano (350 mil chegadas).

Desde 1º de janeiro, foram registradas 520.957 chegadas, via Mediterrâneo, incluindo 387.520 na Grécia e 131.000 em Itália. Do total, 18% são crianças e 13% são mulheres.

No relatório, a agência da ONU defendeu uma resposta de urgência face ao atual afluxo de migrantes. Para a operação, o Acnur pediu financiamento suplementar de 70 milhões de euros. Este valor será associado ao primeiro apelo de fundos lançado no dia 8 de setembro. No total, o Acnur espera recolher 114 milhões de euros.(Agência Brasil)


Conferência interterritorial de Juventude no Sul da Bahia

DSC_0093A redução da maioridade penal e a violência contra a juventude negra foram temas centrais dos debates durante a abertura do encontro interterritorial do Sul da Bahia, em Itabuna, na tarde de ontem (28). O evento é uma das etapas da 3ª Conferência de Juventude e reuniu, no Centro de Cultura Adonias Filho, cerca de 200 jovens, representantes dos territórios de identidade Litoral Sul, Baixo Sul, Extremo Sul e Costa do Descobrimento, além de representantes governamentais e de entidades da sociedade civil.

Os objetivos da etapa, que continua nesta terça-feira (29), é promover a participação democrática da juventude na construção de políticas públicas para o segmento e eleger os delegados que irão participar das conferências estadual e nacional.

Organizado pelo Conselho Estadual de Juventude (Cejuve) com o apoio da Secretaria de Justiça, DireitosConferen_juvent_itabuna Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), o debate contou com as colaborações do secretário da pasta, o sociólogo Geraldo Reis, da representante do Conselho, Liliane Oliveira, da superintendente de Direitos Humanos da SJDHDS, Anhamona de Brito, dos representantes das secretarias de Relações Institucionais (Serim), Mary Cláudia e Souza, e de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Sergio São Bernardo, e do vice-prefeito do município, Venceslau Júnior, entre outras autoridades.

“Nós vivemos uma conjuntura que não só é adversa, mas é uma pauta de retirada de direitos. A juventude já disse não à redução da maioridade penal. A juventude diz não à PEC 215, que coloca nas mãos desse congresso conservador a titulação das terras indígenas e quilombolas. A juventude diz não à PEC 216, que quer retirar o direito conquistado das mulheres de ter um atendimento de saúde seguro para realizar uma profilaxia em caso de violência sexual”, listou a representante do Conselho, Liliane Oliveira.


Dilma sanciona reforma política

A presidenta Dilma Rousseff sancionou, nesta terça-feira (29), o projeto de lei de reforma política aprovado pelo Congresso há 20 dias. A presidenta vetou o financiamento empresarial de campanhas eleitorais e o voto impresso em urnas eletrônicas. O texto foi publicado em edição extra do Diário Oficial na tarde desta terça-feira (29).

O veto à doação de empresas tem consonância com decisão tomada em 17 de setembro pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que, por maioria de 8 votos a 3, declarou inconstitucional o financiamento empresarial.

Na justificativa do veto à doação das empresas, publicada no DO, a presidenta afirma que foram ouvidos o Ministério da Justiça e a Advocacia-Geral da União e anota: “A possibilidade de doações e contribuições por pessoas jurídicas a partidos políticos e campanhas eleitorais, que seriam regulamentadas por esses dispositivos, confrontaria a igualdade política e os princípios republicano e democrático, como decidiu o Supremo Tribunal Federal”.

A presidenta ainda aponta que “o STF determinou, inclusive, que a execução dessa decisão ‘aplica-se às eleições de 2016 e seguintes, a partir da Sessão de Julgamento, independentemente da publicação do acórdão’, conforme ata da 29o sessão extraordinária de 17 de setembro de 2015”.

Leia mais no Blog Planalto.