Atendimento da Unidade de saúde Pedro Jerônimo muda de local temporariamente

A Prefeitura de Itabuna, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) esclarece que em razão do período contratual de férias dos profissionais do Programa Mais Médicos os pacientes e usuários da Unidade Saúde da Família João Monteiro, no Bairro Pedro Jerônimo, estão sendo atendidos na Unidade de Saúde José Édites, no São Caetano, após triagem da equipe de enfermagem.

Dessa forma não há prejuízo ao andamento das atividades de atenção básica à população do Pedro Jerônimo. Pelo contrato entre o município de Itabuna e o Ministério da Saúde o período de férias dos profissionais do Mais Médicos exige que os cubanos reintegrem o país de origem de onde somente podem retornar ao Brasil após o gozo das férias que são fiscalizadas conforme pactuado.


25 mil advogados vão às urnas na Bahia na eleição da OAB

Nesta quarta-feira (25) acontece a Eleição OAB 2015 em Salvador e nas 34 subseções da Ordem dos Advogados do Brasil em todo o estado. Quatro chapas concorrem à presidência da OAB da Bahia para o triênio 2016-2018: Mais OAB N° 86, Presidente Luiz Viana; Coragem Para Renovar N° 77, Presidente Carlos Rátis; OAB Livre N° 17, Presidente José Nelis e Nova OAB N°25, Presidente Fabiano Mota. A votação começa às 9h e termina às 18h e o voto é obrigatório para os 25.645 advogados baianos aptos a votar.

Na capital baiana a votação ocorrerá no Centro Espanhol, em Ondina, que reunirá 34 seções eleitorais divididas em três grandes setores. Setor 1 – Salão Pepe Otero, seções de 11 a 28; Setor 2 – Pátio Andaluz, seções 1 a 10; Setor 3 – Capela, Seções 29 a 34. No interior do estado serão 41 seções de votação distribuídas pelas 34 subseções da OAB-BA. As seções funcionarão nas sedes das subseções e em salas da OAB nos fóruns.

Os municípios com maior número de eleitores são Salvador, com 16.619 advogados; Feira de Santana, com 1.057; Vitória da Conquista, com 1.055 e Itabuna, com 767. Os menores colégios eleitorais são Campo Formoso, com 35 advogados eleitores, e Gandú, com 40. Na maioria das seções a votação será feita em urnas eletrônicas cedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado da Bahia. Cada seção eleitoral recebeu um kit com urna eletrônica (TRE) ou de lona, mapa de apuração e documentação referente à eleição.


Terceirizados da educação estadual de Ilhéus ocupam sede de empresa para cobrar salários

ocupacao_locoserv_laurodefreitas_25_11_2015Trabalhadores terceirizados que prestam serviços as escolas da rede estadual de ensino em Ilhéus ocuparam a sede da empresa LocServ no município de Lauro de Freitas na região metropolitana de Salvador, nesta quarta-feira(25). O objetivo é cobrar as dívidas de salários e benefícios de responsabilidade da empresa.

De acordo o Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Região Sul e Extremo Sul da Bahia (Sindilimp), os terceirizados estão com dois meses atrasados de salários, vale transporte e vale alimentação, além da primeira parcela do 13º salário.

“Só vamos sai da empresa quando o pagamento dos trabalhadores forem realizados. Esta não é a primeira que a empresa sacrifica os trabalhadores, deixando os pais de famílias com dificuldades para sobreviver”, afirma José Carlos, coordenador regional do Sindilimp.


Amurc homenageou a Uesc pela parceria do Programa AGIR-LS

Prefeitos e Prefeitas do Sul da Bahia entregaram a placa a reitora Adélia Pinheiro (2)Durante uma reunião com prefeitos, secretários e vereadores, realizada na Uesc, nesta segunda-feira, 23, a Amurc prestou uma homenagem a reitora da Universidade, Profa. Adélia Maria Carvalho de Melo Pinheiro e o Pró-Reitor de Extensão, Alessandro Fernandes de Santana por suas ações e compromissos com o Programa de Apoio Institucional às Prefeituras do Território Litoral Sul – AGIR-LS, que chega ao quarto ano de atividades.

O programa é fruto de uma parceria firmada com a Uesc, visando potencializar ações coletivas em busca de solucionar os problemas que acometem a maioria dos municípios da região. De acordo com Lenildo, o resultado disso tem sido a capacitação direcionada dos agentes públicos municipais, através de fóruns de saúde, educação, cultura, administração, agricultura, assistência social, economia solidária e de procuradores municipais.

Prefeitos e Prefeitas do Sul da Bahia entregaram a placa a reitora Adélia Pinheiro (3)A reitora acredita na geração de bons resultados para a gestão pública municipal e, para os próximos quatro anos destaca que a entidade estará engajada em “aprofundar a relação entre a Uesc e os municípios, fortalecer os territórios, contribuir para a qualidade de vida das pessoas e para a diminuição das desigualdades sociais”.

Também comprometido no projeto de fortalecimento dos municípios, o Pró-reitor de Extensão, Alessandro Santana revelou que em 2016, a Uesc estará participando de ações diretas nos municípios, “a exemplo da especialização em Gestão PúblicPrefeitos e Prefeitas do Sul da Bahia entregaram a placa a reitora Adélia Pinheiroa Municipal de forma presencial, com o objetivo de estar mais próxima e alinhada às demandas dos municípios”.

Atividades previstas

De acordo com as diretrizes básicas do Programa AGIR-LS estão previstas a realização das seguintes atividades: Curso de Gestão e Planejamento: Estratégico, Gerencial e Operacional; Curso sobre Noções de Licitações: Compras Públicas; Curso sobre Organização e Controle; Apoio/Consultoria – Trabalho de planejamento (com a Universidade); Curso sobre SICONV e Curso sobre elaboração de Projetos.


CETEP de Itabuna realiza IV Workshop

Nesta quarta-feira(25), começa o IV Workshop do Centro Territorial de Educação Profissional do Litoral Sul II-CETEP com o tema Vivências no Mundo do Trabalho. O evento que envolve estudantes dos cursos técnicos,  professores, além de convidados  encerra na quinta-feira(26).

Para a diretora do Centro, prof. Crystina Bonin, a expectativa é muito positiva pois “durante o evento terá exposições e palestras com o protagonismo dos estudantes dos cursos de Desenho da Construção Civil, Comunicação Visual, Administração e Comércio”.

O CETEP fica localizado na Av. Manoel Chaves , S/N, bairro São Caetano, em frente ao estádio Itabunão. Maiores informações pelo telefone (73) 36137875.


Empresários debatem ocupação de Camelôs nas ruas do Centro de Itabuna

Michel Lima - Sebrae, José Humberto Martins - Secretário de Indústria e Comércio, Miguel Castro - Receita Federal, Jorge Braga - CDL, Ronaldo Abude-ACI e Eduardo CarqueijaA ocupação desordenada de barracas no entorno das principais ruas do centro de Itabuna foi o tema da Reunião Ordinária da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, nesta segunda-feira, 23. O encontro contou com representantes do Governo Municipal, da Receita Federal, CDL, do Sindicom e Sebrae, que estarão unindo esforços contra a comercialização de mercadorias clandestinas.

De acordo com o presidente Ronaldo Abude, a ACI junto as demais entidades do comércio estarão oficializando uma denúncia na Delegacia da Receita Federal na cidade, a fim de que sejam fiscalizadas todas as mercadorias comercializadas de modo informal no centro da cidade. “Nós conclamamos uma maior participação dos empresários, do Poder Público Municipal e dos demais órgãos públicos na cidade para que atuem contra a entrada de produto ilegal”.

O secretário de Indústria, Comércio e Turismo, José Humberto Martins revelou que o Poder Público está trabalhando em ações de conscientização e orientação dos Camelôs para que estes desocupem as instalações das principais vias da cidade e sejam transferidos para a Praça Adami. A iniciativa visa oferecer maior mobilidade aos pedestres e melhor organização do comércio local.

O delegado da Receita Federal, em Itabuna, Miguel Castro revelou que o órgão tem competência para atuar na fiscalização de mercadorias de origem de desconhecida, mas, para isso, precisa receber denúncias, que podem ser encaminhadas por qualquer cidadão. “A Receita tem a função e a obrigação de receber e fazer a verificação da procedência da mercadoria, aplicar as perdas devidas que forem apreendidas por qualquer ente público”.

As denúncias podem ser feitas por escrito e entregues na sede da Receita, na Avenida Amélia Amado, nº5, centro de Itabuna. Mais informações pelos telefones: (73) 3214-5600 / 3214-5601.(Por Viviane Cabral/ACI)


Cadastramento da Unidade do SineBahia Itabuna

Desde que foi inaugurada, no dia 28 de julho, a Unidade Modelo do Serviço de Intermediação para o Trabalho (SineBahia) de Itabuna já encaminhou 1.005 pessoas para o mercado de trabalho, das quais 350 foram contratadas pelas empresas. Visando melhorar a absorção da mão de obra local, a unidade conta com quatro cursos e capacidade para mais de 500 atendimentos diários.

De acordo com a coordenadora da unidade do SineBahia, Kerollayny Behrmann Santos, a cada dia tem aumentado o número de pessoas que procuram as vagas oferecidas, mas nem sempre o candidato tem o perfil ideal. “Para resolver esse impasse, aumentamos o número de vagas nos cursos de capacitação, de um para quatro”, explica Kerollayny.

Oportunidade

A Unidade Modelo do SineBahia oferece 60 vagas de qualificação profissional por semana, com entrega de certificado que comprova que a pessoa foi treinada e está apta para a vaga oferecida pelo contratante. A coordenadora do pede que as pessoas que estão desempregadas recorram mais aos serviços da unidade porque as inscrições e cursos são inteiramente gratuitos.


O Mutirão do Diabético de Itabuna 2015

mutdiab 13Em sua 11ª edição, o Mutirão do Diabético de Itabuna, realizado no sábado (21), consolidou o município como a Cidade Azul. Foram cerca de 35 mil procedimentos, entre exames médicos no HOBR e ações de orientação e prevenção na Cidade do Diabetes (Praça Rio Cachoeira), com a participação de profissionais de saúde de Itabuna e outros estados brasileiros e cerca de mil voluntários. Uma das novidades de 2015 foi a realização do Diabetes Kids, um espaço exclusivo para as crianças, com atividades de lazer e exames para detecção precoce do diabetes.

Apontado como um exemplo que pode ser aplicado em vários países, o projeto do Mutirão do Diabético de Itabuna, promovido pelo Hospital de Olhos Beira Rio e Associação dos Diabéticos de Itabuna, será apresentado num congresso internacional sobre diabetes, que acontece em dezembro no Canadá. De acordo com o Dr Rubens Belfort Jr., presidente da Academia Brasileira de Oftalmologia e vice-presidente da Acadmutdiabet 5emia Nacional de Medicina “o mutirão enfoca uma doença que é a causa mais frequente de cegueira, amputações e mortes e é um exemplo de como a comunidade pode se unir em torno de um programa de saúde efetivo, esse mutirão em Itabuna é um exemplo para o país todo e já está sendo levado a outras cidades do Brasil”.

“É um evento primordial para a população mais carente, atuando no tratamento e na prevenção. A educação é fundamental, porque a partir do indivíduo conscientizado ele consegue autogerenciar a sua doença e melhorar a sua qualidade de vida”, afirma a Dra. Lilian Fanny de Castilho, presidente da ANBED (Associação Nacional Brasileira de mutdiab 13Educadores em Diabetes) e diretora da FENAD (Federação Nacional de Entidades e Associações em Diabetes). Para o Dr André Maia, chefe do setor de retina da Escola Paulista de Medicina, “esse é um evento inédito no Brasil, em termos de pacientes atendidos e de ações multidisciplinares. O Mutirão serve de modelo para que outras regiões do pais façam atividades semelhantes.


Protesto contra encerramento das aulas no CEI noturno

Protesto_estadaul_estudantes_23_11_2015Em Itabuna nesta segunda-feira(23), estudantes foram as ruas protestar contra a notícia do encerramento das aulas no turno noturno do Colégio Estadual de Itabuna(CEI). O ato teve a adesão de diretores, professores e funcionários terceirizados.

A manifestação saiu de frente à escola e seguiu pelas Avenidas Kenedi e Princesa Isabel em direção ao Núcleo Regional de Educação(NRE5), antiga DIREC 07. O Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Região Sul e Extremo Sul da Bahia (Sindilimp) apoiou a manifestação e teme desemprego para os funcionários terceirizados que prestam serviços na unidade, caso a notícia do fechamento se confirme.

Existem informações de que  a secretária de Educação do Estado está fazendo reordenamento da rede e implantando novos projetos na área da educação, mas o governo ainda não explicou como vai funcionar   a comunidade escolar, e ao restante da população de Itabuna o que será alterado.

Protesto_estadual-NRE5minitrio_23_11_2005

 


Bahia ocupa primeiro lugar entre os estados mais transparentes do país

A Bahia ocupa 1º lugar no ranking de ‪‎transparência e cumprimento da Lei de Acesso à Informação – LAI. A colocação é da Escala Brasil Transparente (EBT), pesquisa realizada pela Controladoria-Geral da União – CGU, e apresentada na última sexta-feira (20). O índice da análise mediu o grau de transparência pública em estados e municípios brasileiros, entre agosto e outubro de 2015.

A pesquisa avaliou pedidos de acesso à informação sobre assuntos referentes às principais áreas sociais: saúde, educação e assistência social. O outro requisito avaliado foi o desempenho e o cumprimento às normas legais e efetividade dos pedidos de acesso (transparência passiva).

Os entes avaliados receberam nota de 0 a 10 pontos, calculada pela soma dos dois critérios. Com nota máxima, a Bahia está entre os estados mais transparentes do país, ao lado do Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, São Paulo e o Distrito Federal.

Ouvidoria Geral

A Ouvidoria Geral do Estado – OGE, vinculada à Secretaria de Comunicação Social, é o órgão responsável pelo cumprimento da Lei de Acesso à Informação – LAI e da transparência passiva no Estado. Ela atende ao cidadão, através de uma rede com 216 ouvidores especializados, localizados em todas as secretárias, autarquias e órgãos estaduais.

O atendimento ao cidadão é feito através da Central de Atendimento da OGE, que recebe reclamações, denúncias, elogios e pedidos de informações. Após o primeiro contato do cidadão, a OGE encaminha a demanda para a secretaria ou órgão competente e acompanha a resposta ao cidadão até a sua total satisfação.

Para o ouvidor geral do Estado, Yulo Oiticica, o Estado deu um grande passo na garantia do direito ao acesso à informação pública e a transparência passiva. “Esta pesquisa mostra o desempenho do Estado para garantir este direito tão importante para a democracia, através da ampliação da participação social e qualificação do principal canal de comunicação com a sociedade que é a Ouvidoria Geral do Estado – OGE. Parabenizo todo o governo, especial os ouvidores especializados das secretarias e órgãos e equipe da OGE pelo trabalho de excelência”, disse.