Prefeito de Ibicaraí participa de Festival de Chocolate em Ilhéus

O prefeito de Ibicaraí, Lula Brandão, acompanhado da secretária de Agricultura, Telma Elizia, e do secretário de Administração, Planejamento e Finanças, Flávio Campos,  e do presidente do COOPFESBA, Osaná, esteve presente na abertura da 9ª edição do Festival Internacional do Chocolate e Cacau, em Ilhéus, na noite da ultima quinta-feira, dia 20.

Na oportunidade, a prefeitura de Ibicaraí, através da secretaria de Agricultura, levou cerca de 40 agricultores, produtores de cacau que abastecem a fábrica de chocolate da região, para visitar o evento que possui 80 estandes, além de workshops gratuitos, cursos de capacitação e palestras ministradas por especialistas internacionais.

De acordo com Lula Brandão, é de grande importância oferecer aos agricultores a oportunidade de participar de um evento de grande valor para a região, como o Festival de Chocolate. “Precisamos valorizar e investir nos nossos agricultores para que tenhamos sempre um serviço de alta qualidade em Ibicaraí”, disse Brandão.


Inscrições para o Fies começam nesta terça-feira

4º Encontro do Forsec e da RAE com dirigentes de educação dos municípios sulbaianosA lista de instituições e os cursos ofertados por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) poderá ser consultada a partir de amanhã (24), na página eletrônica do Fies Seleção. As inscrições para o segundo semestre de 2017 começam na próxima terça-feira (25) e vão até sexta-feira (28) .

No total, 75 mil novas vagas serão oferecidas aos estudantes que procuram financiamento para cursar o ensino superior em instituições de ensino privadas. A relação dos candidatos pré-selecionados será divulgada no dia 31, quando também será aberta a lista de espera.

Apesar das mudanças anunciadas no início do mês no Fies para 2018, neste semestre continuam valendo as regras atuais. Poderão se inscrever os estudantes que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com média das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero. O candidato também precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

Os estudantes pré-selecionados deverão concluir a inscrição pelo Sistema Informatizado do Fies (SisFies), entre 1º de agosto e 8 de setembro.

A partir de 2018, o Novo Fundo de Financiamento Estudantil será dividido em três modalidades. No total, o programa vai garantir 310 mil vagas, sendo que 100 mil serão ofertadas para estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos a juro zero, incidindo a correção monetária.(Ag Brasil)


Feira gera expectativa de negócios no Festival do Chocolat Bahia

 

ana-e-edgar-morbek-foto-mauricio-maronPor Viviane Cabral

O Festival do Chocolate da Bahia acontece até este domingo, 23, no Centro de Convenções, em Ilhéus, com a participação de expositores de chocolate, derivados de cacau e da economia criativa, fruto do projeto Cacau e Chocolate da Unidade Regional do Sebrae de Ilhéus. A expectativa dos expositores é de ampliar a divulgação e a comercialização dos seus produtos.

O idealizador e organizador do evento, Marco Lessa afirmou que a feira contempla 80 expositores da região e de várias cidades do estado da Bahia. Desse total, cerca de 40 % estão expondo chocolate, os demais são produtos de artesanato e derivados do cacau.

A novidade este ano, segundo o organizador, são seis marcas novas de chocolate, os derivados e a diversidade de tipos de chocolate com a utilização de nib’s. Além disso, Marco ressaltou que “a feira gera negócios no momento da exposição e outros são gerados depois. A expectativa, é fechar R$ 10 milhões em negócios”.

Para a coordenadora de Agronegócio do Sebrae na Bahia, Adriana Moura, o evento permite os expositores colocarem em prática todas as ações trabalhadas com o apoio do Sebrae. “A importância da qualidade dos produtos, a identificação dos nichos de mercado e a gestão do próprio negócio. Além disso, precisamos fortalecer a governança das entidades no território, o trabalho articulado com outras instituições na região”, relatou Adriana.

Inovação

Com o apoio do Sebrae, a empresária Cecília Gomes, da marca Amado Cacau inovou no festival com um chocolate mais saudável, 72% de cacau, sem leite e composto por açúcar orgânico, cacau e manteiga. Essa é a primeira formulação feita pela empresária, que tem como sócia, a irmã Greice Gosta, responsável pela roupagem das embalagens.

Desde que iniciaram a produção de chocolate, em 2015, Cecília destaca o apoio do Sebrae na realização de cursos, oficinas, consultorias para o aprimoramento da gestão e a qualidade do produto. “O Sebrae é um grande parceiro. Desde a criação da nossa empresa, tem nós incentivado a participar de vários eventos e capacitações”.

O casal Edgar e Ana Maria Morbek produzem chocolate e derivados do cacau a partir do cacau orgânico há cinco anos, na região de Itacaré. Este ano, com o apoio do Sebrae, resolveram expor, pela primeira vez no Festival do Chocolate, com a expectativa de ampliar a divulgação e a comercialização dos seus produtos.

Atualmente, o casal investe na produção de chocolate 70%, em barra, além de alpino, nib’s, geleia, bolo de mel de cacau, queijo com nib’s, biscoito com mel de cacau, dentre outros. Todos estes produtos são comercializados em pontos estratégicos na região e via internet.

A história da lavoura cacaueira pode ser encontrada nas embalagens dos produtos comercializados pela República do Cacau. A proposta, segundo o proprietário da marca, José Brandt Filho é uma forma de valorizar o produto e a sua identidade histórica, com fotos que remontam a trajetória do cacau.

Brandt começou a investir no negócio a partir de 2015, após várias participações em cursos e capacitações oferecidos pelo Sebrae. Hoje, o carro-chefe da sua produção são as barras de 56% (ao leite) e 70% e 80% (ambas sem leite). Dentre as novidades expostas, destaque para a cerveja produzida em Ribeirão Preto – SP, com o nib’s fornecido pelo próprio Brandt.

Criatividade

Entre os expositores, chamam a atenção na feira peças feitas pelas artesãs da Associação do Hernani Sá Criativo, com bonecas de pano, cartonagem, aplicações de crochê e ponto de cruz em panos de prato. Já as artesãs do Pontal Criativo expõe produtos confeccionados com material reciclado, a exemplo de caixas de leite, CDS’s, palha de coco, cabaça, roupas jeans, entre outros, que são transformadas em bolsas, objetos pessoais em geral.


Rede FTC lamenta morte do Professor Luiz Alfredo Omena

Resultado de imagem para morre diretor da ftc itabunaA Rede FTC divulgou Nota de Pesar lamentando o repentino falecimento do professor Luiz Alfredo Cortez de Omena, 55 anos, diretor geral da Unidade FTC Itabuna, ocorrido na noite de ontem (sexta-feira, 21). Vitima de infarto, o diretor veio a óbito no Hospital Calixto Midlej Filho, onde recebeu atendimento de emergência. O sepultamento será realizado amanhã (23/07) às 10h30min na Capela B do Cemitério Jardim da Saudade em Salvador.

Natural do Recife (PE), Alfredo Omena atuava há 12 anos no segmento de Educação, tendo passado por Instituições de Ensino Superior no Sul da Bahia, Salvador e em Curitiba (PR). Graduado em Engenharia Elétrica com especializações nas áreas de Qualidade, Marketing e Administração, havia retornado à Itabuna após 3 anos para assumir a direção da FTC. Omena deixa a esposa, a psicóloga Manoela Campos de Omena, e a filha Luana Campos de Omena.

Manifestações de pesar

Por meio de notas, diversas instituições manifestaram pesar e solidariedade aos familiares e à Rede FTC pelo passamento do professor Alfredo Omena. A Associação dos Municípios do Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc) Consórcio Litoral Sul, por meio do seu presidente Antônio Mário Damasceno, destacaram o grande legado deixado pelo profissional, de grande representante da instituição de ensino superior na região. “Ao mesmo tempo, nos solidarizamos com os familiares e amigos, desejando Paz e Fé neste momento de perda irreparável”, expressa a nota.

Com consternação, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna também registrou em nota divulgada à imprensa e comunidade o falecimento do diretor da FTC – Unidade Itabuna, Luíz Alfredo Omena. “Gestor ávido e educador nato, Omena deixou sua marca na relação interinstitucional entre a FTC e Santa Casa, reiterando apoio mútuo em ações e atividades afins”, destaca o provedor da Instituição, Eric Ettinger de Menezes Júnior.

Na nota, ele citou como mais recente contribuição, seu apoio e dedicação pessoal para o sucesso do Projeto de Extensão “Gincana Fisioterapia e Números – campanha de doação de sangue”, demonstrando zelo pelo coletivo e efetividade nas ações de responsabilidade social no contexto da comunidade regional. “Em Deus, aguardamos conforto e memória pelo exemplo para a família, amigos enlutados, corpo de técnicos, discentes e docentes da FTC e para toda sociedade grapiúna”, finaliza o provedor.


Arroz brasileiro irá definir mercados alvo para exportações

A participação do arroz brasileiro no mercado internacional nos próximos dois anos terá um ponto de partida em planejamento e ações no próximo dia 25 de julho. Nesta data, ocorre o encontro para ranqueamento de mercados do projeto Brazilian Rice, desenvolvido pela Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz) e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) para o incentivo à participação do cereal nacional no mercado externo. Será no Sindarroz, em Porto Alegre (RS), contando também com apresentação de normas e certificações internacionais.

O encontro para o ranqueamento reunirá a Abiarroz, Apex-Brasil e as indústrias participantes do projeto. A ideia é avaliar os países com potencial para crescimento das exportações de arroz do Brasil e discutir estratégias em cada mercado para o planejamento das ações de promoção comercial para 2018 e 2019. Feiras, missões de prospecção, capacitação empresarial, aprimoramento de imagem internacional e competitividade estarão na pauta. A reunião está com vagas esgotadas.

A apresentação de normas e certificações internacionais sobre segurança alimentar será na mesma oportunidade, antecedendo o ranqueamento de mercados. Como explica Gustavo Ludwig, gerente do projeto Brazilian Rice, tem crescido a exigência de certificações para ingresso de alimentos em vários mercados, especialmente no Hemisfério Norte, o que demanda da indústria brasileira atenção sobre este tema.

“Uma empresa, ao ter implantadas as normas, tem o potencial não só de ampliar as exportações, mas também instaurar processos ainda mais eficientes e de melhoria contínua”, destaca. Canadá, Reino Unido e Japão são alguns dos países que exigem certificação para importação de alimentos. A apresentação será conduzida pelo  Instituto Senai de Tecnologia – Alimentos e Bebidas, que disponibiliza a consultoria para implantação de normas internacionais para posterior auditoria e obtenção da certificação.


Nota de Pesar da FTC pelo falecimento do diretor de Itabuna

É com muita tristeza que comunicamos o falecimento, na noite de ontem, do nosso colaborador, professor Alfredo Omena, Diretor da Unidade de Itabuna.
O sepultamento será realizado amanhã (23/07) às 10h30 na Capela B do Cemitério Jardim da Saudade em Salvador.
A Rede FTC lamenta profundamente a perda e presta suas condolências a familiares e amigos.
Rede FTC

Festival transforma Ilhéus na capital brasileira do cacau e do chocolate

Chocolat Bahia 13Durante quatro dias, Ilhéus se transforma na capital brasileira do chocolate, com a realização do Chocolat Bahia 2017, aberto na noite desta quinta-feira (20) e que segue até domingo (23) no Centro de Convenções. Em sua 9ª edição, o Festival Internacional do Cacau e do Chocolate deve atrair cerca de 60 mil pessoas, que podem se deliciar com as 40 marcas de chocolates de origem produzidos no Sul da Bahia.

Com expectativa de R$ 10 milhões de negócios para os 80 expositores, que apresentam seus produtos do Pavilhão de Feiras, o evento tem o apoio do Governo do Estado da Bahia, através das secretarias da Cultura, do Turismo, de Desenvolvimento Rural, de Agricultura, de Ciência, Tecnologia e Inovação.

“Além da geração de emprego e renda, que é uma das prioridades do governador Rui Costa, o que temos hoje é uma mudança de mentalidade, com a verticalização da lavoura cacaueira, com a produção de chocolate de qualidade, um processo em que o Sul da Bahia é único do mundo, indo da amêndoa ao chocolate”, disse  o secretário de Desenvolvimento Econômico Jaques Wagner.


Sérgio Velanes defendeu união e maior engajamento do empresariado na posse da ACI

diretoria-da-aci_2017Na cerimônia de posse da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), nesta quinta-feira, 20, o empresário Luiz Sérgio Neto Velanes assumiu a presidência da entidade no biênio (2017-2019). Diante de empresários, autoridades locais e a imprensa, o novo presidente falou da necessidade de união, capacitação e, convocou a participação do empresariado na defesa de um ambiente empreendedor.

O objetivo, segundo ele, é promover o maior envolvimento dos empresários na defesa da classe e da sociedade em geral, oferecendo a capacitação de todos os associados, em parceria como Sebrae, visando tornar os negócios mais competitivos. Segundo ele, “a falta de preparo e capacitação tem levado muitos empresários a fecharem seus negócios”.

O desenvolvimento da cidade sempre foi uma preocupação da ACI, e na gestão do ex-presidente Ronaldo Abude ganhou notoriedade a partir do maior envolvimento e a participação das entidades locais nas decisões políticas do município. “Para mim, foi o mais importante legado que pude deixar, com relação aos compromissos e a responsabilidade que temos em melhorar nossa cidade e buscar um melhor ambiente empreendedor”.

A força da entidade também foi ressaltada na fala do presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado da Bahia (Faceb), Clóvis Cedraz. Segundo ele, a ACI “é uma entidade importante não só para Itabuna, mas para o contexto do Estado, porque ela enxerga os problemas e contribui para que a gente tome atitudes e acabe beneficiando a todos do Estado”.

O gerente adjunto do Sebrae na região, Michel Lima destacou a parceria estratégica com a ACI, pois acredita na força do Associativismo. Segundo ele, a ACI tem sempre uma preocupação com o processo de capacitação dos empresários. “Estamos sempre procurando promover palestras, cursos, seminários, oficinas em parceria com a ACI, com o objetivo de preparar o empresário para que ele possa enfrentar os desafios do mercado competitivo”.


Amurc articula audiência com o governador Rui Costa em Itabuna

antonio-de-anisio-e-rui-costaO presidente da Amurc, Antônio de Anízio, atendendo as reivindicações dos consórcios Cima e Litoral Sul, articulou com o Governo do Estado da Bahia, uma audiência no dia 28 de julho, em Itabuna para serem apresentadas as demandas dos consórcios em atendimento ao pleito regional. O encontro contará com a presença do governador, Rui Costa, e secretários do Estado, bem como os prefeitos e prefeitas dos municípios consociados, associados a Amurc.

O presente encontro visa o fortalecimento dos consórcios públicos como instrumento capaz de executar atividades em atendimento as demandas dos municípios.

A Associação vem exercer seu papel como articulador político dos municípios da região em apoio ao desenvolvimento e efetivação das políticas trabalhadas pelos consórcios públicos. Sendo portanto, o arranjo capaz de envolver os consórcios dentro do seu território de atuação, buscando o diálogo com os governos federal e estadual, através de elaboração e apresentação de programas e projetos para serem executados pelos consórcios.

Para o Presidente Antônio, esse momento aproxima os entes Estado e Municípios, na busca pelas soluções aos problemas, em especial o de Infraestrutura, como as estradas BAs, que servem ao território. Destacou também o apoio do Presidente do Cima, Antônio Guilherme, na condução da solicitação do referido encontro.


Audiência pública do Plano Plurianual em Itajuipe

PPAA prefeitura de Itajuípe realiza entre os dias 01 e 03 de agosto a audiência pública do Plano Plurianual 2018-2021. O evento que está sendo planejado pelas secretarias municipais e pela Controladoria Geral do Município tem como objetivo estabelecer metas de planejamento do governo para os próximos quatro anos.

Para o prefeito Marcone Amaral, “este é um importante momento em que ouvir a população vai ajudar nossa equipe a governar com mais responsabilidade, focando no que a nossa comunidade mais precisa”, disse.

A audiência pública para a elaboração do PPA 2018-2021 começa no dia 01 de agosto, no Salão Paroquial da Igreja Católica, Rua Frei Bento de Souza, nº 01, Centro, às 19h, com uma palestra sobre o tema. Nos dias 02 e 03 serão realizadas as reuniões temáticas para debates, elaboração e apresentação de propostas para o novo documento, das 08h às 12 e das 13h30 às 17h, no mesmo local.