Oficina debate o funcionamento do Centro de Distribuição de Produtos da Agricultura Familiar

ofcina_cd_30_01_2020Com o objetivo de discutir e encaminhar deliberações sobre organização, funcionamento e gestão do Centro de Distribuição de Produtos da Agricultura Familiar e estratégia de mercado, foi realizada, em Feira de Santana, nesta quarta-feira (29) e quinta-feira (30), uma oficina sobre organização, funcionamento e gestão do Centro de Distribuição de Produtos da Agricultura Familiar.

A iniciativa é da Federação da União de Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes), em parceria com a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), e contou com a participação de dirigentes e técnicos da CAR/SDR e representantes de cooperativas da agricultura familiar da Bahia.

“O objetivo é fazer com que o Centro de Distribuição, que foi construído como parte da estratégia do projeto Bahia Produtiva, no sentido de favorecer o acesso dos produtos da agricultura familiar de empreendimentos beneficiados pelos editais, funcione em toda a sua plenitude”, destacou Fernando Cabral, coordenador do Bahia Produtiva, projeto executado pela SDR/CAR, a partir de acordo de empréstimo com o Banco Mundial. Ele pontuou que a oficina atingiu os objetivos e resultados esperados, com a discussão sobre o regimento, e que a previsão é que o Centro de Distribuição esteja funcionando neste novo formato, sob a gestão da Federação, ainda neste primeiro semestre.

Regina Dantas, presidente da Unicafes, explicou que a gestão do Centro de Distribuição estará sob a responsabilidade da Federação e Associação Unicafes-BA, a partir de convênio assinado com o Governo do Estado: “Esses dois dias, em que estivemos reunidos com representantes do Governo do Estado e de cooperativas da agricultura familiar e técnicos para construir e nivelar uma proposta de funcionamento do Centro de Distribuição, foram muito produtivos e proveitosos, com muito estudo e trabalho, que resultaram na elaboração de documentos que irão nortear todo o funcionamento desse Centro”.

Considerações sobre gestão e os desafios de acesso a mercados para produtos da agricultura familiar e o funcionamento da estratégia de comercialização por intermédio do Centro de Distribuição; apresentação dos compromissos da CAR à implantação e funcionamento da estratégia de acesso a mercados e do Centro de Distribuição; apresentação da proposta do Regimento Interno do Centro de Distribuição de Produtos da Agricultura Familiar e o debate e proposições à minuta de Regimento Interno, estavam entre os temas abordados durante o encontro.

A programação contou ainda com um detalhamento do convênio CAR/SDR para apoio técnico e financeiro ao funcionamento da estratégia de acesso a mercados e do Centro de Distribuição; definição de critérios e providências para seleção e contratação da equipe técnica de operação da estratégia de acesso a mercados e funcionamento do Centro; nivelamento de questões contábeis, fiscais e tributárias no funcionamento do Centro de Distribuição; e balanço sobre providências e encaminhamentos para constituição da personalidade jurídica da Federação.


Comentários