Itabuna contrata carros pipa

A Prefeitura de Itabuna contratou mais 15 e elevou para 30 o número de carros pipa que estão empregados na operação emergencial para o abastecimento da população pelos efeitos da severa estiagem que já dura mais de 180 dias no sul da Bahia.

O município recebeu reforço dos governos Federal e Estadual, depois de o prefeito Claudevane Leite ter se reunido com autoridades em Brasília e Salvador expondo dificuldades no abastecimento de água potável, principalmente os níveis de cloretos que a tornam salobra após captação de água pela Emasa no Rio Almada, em Castelo Novo, sujeito aos efeitos das marés.

Pelo cronograma da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil a operação da frota de carros pipas deve se iniciar neste final de semana para atender hospitais, postos de saúde, unidades escolares da rede pública, abrigos e asilos e os cerca de 70 tanques espalhados pela Emasa em locais altos da cidade, onde o abastecimento tem sido prejudicado.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Roberto Avelino, a expectativa é que os carros pipa realizem, diariamente, 100 viagens entre as estações de tratamento de água da Embasa, em Ubaitaba e São José da Vitória, para o fornecimento de água potável e tratada.


Comentários