Futebol: “Peneiras” para o Flamengo no sul da Bahia

peneira

O Trieste, time do futebol amador do Paraná, tenta, em parceria com o Flamengo (RJ), descobrir talentos no sul da Bahia. “Peneiras” já foram feitas em Itororó, Itajuípe e Buerarema. Nesta quinta-feira, 13, será a vez Ubaitaba. Logo depois, na sexta-feira, 14, em Banco da Vitória, Ilhéus.

O apoio do Trieste em Banco da Vitória é o ex-jogador Clodoaldo, que faz assessoria local ao time paranaense para que a “peneira” no bairro ilheense seja sucesso. Ele, portanto, convida todos os garotos nascidos entre 2005 a 2010 para participar do processo de seleção.

A “peneira” em Banco da Vitória está assim organizada: pela manhã, serão atendidos os garotos com idade entre nove anos e 11 anos. Já na parte da tarde, os atendidos são aqueles que têm entre 12 e 14 anos de idade. O teste será a partir das 7 da manhã, no campo de futebol do bairro.

Os garotos aprovados, segundo Clodoaldo, receberão total assistência em um centro de treinamento de base que o Trieste possui em Curitiba. Trata-se de uma estrutura de meter inveja a certos times profissionais.
Os escolhidos aqui serão submetidos a uma nova “peneira” no Paraná. Desta vez, com os aprovados em todo o Brasil. Só depois, então, é que começa o processo de contratação.

Durante as “peneiras”, diz Clodoaldo, todas as despesas, incluindo as de viagem, correm por conta dos responsáveis pelos garotos. Só depois é que o time do Trieste e o Flamengo assumirão tudo, com contrato assinado.


Comentários