Futebol de areia chama população para lutar contra câncer de mama

 Mulheres jogam futebol na praia de Copacabana como parte do Outubro Rosa, promovido pela Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da ALERJTrinta jogadoras de futebol de areia dos times Boa Vista da Praia, Projeto da Branca e Novos Talentos disputaram hoje (6), na Praia de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro, o torneio Futebol da Resistência, Todas Contra o Câncer. O objetivo foi chamar a atenção da população, em especial das mulheres, para a importância da realização do exame de mamografia, para detecção precoce de câncer de mama.

O jogo foi organizado a pedido da deputada Enfermeira Rejane (PCdoB), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), dentro da campanha Outubro Rosa, aberta oficialmente na última segunda-feira (30).

Rejane afirmou que a luta contra o câncer é todo dia. Avaliou, entretanto, que o Outubro Rosa faz com que a sociedade preste mais atenção para a luta das mulheres. “Porque não adianta só a gente conhecer nosso corpo, apalpar, ver que tem caroço, se a gente não vai poder fazer a mamografia”.

Por isso, a deputada obteve o apoio da Secretaria de Estado de Saúde, que levou para a orla de Copacabana um caminhão móvel para fazer na hora exames de mamografia gratuitos para as mulheres que passavam pelo local e já traziam o pedido médico. Para quem não tinha a indicação, esta podia ser obtida a partir de indicação de médicos que participavam da iniciativa.


Comentários