Frente ampla lança manifesto “Avante Camaradas” ao PT na Bahia

 

Uma frente ampla formada por deputados federais, estaduais e ex-deputados do Partido dos Trabalhadores da Bahia lançou neste sábado (23) o manifesto “Avante, Camaradas”, dirigido à militância da legenda no estado. As lideranças que assinam o “Avante” mobilizaram mais de 40% dos votos obtidos pelo PT baiano nas eleições para deputado, em 2014, afinadas em torno de uma opinião crítica sobre o momento vivido pelo Partido.
Entre os pontos defendidos no documento estão a autonomia dos diretórios municipais para definir sua tática eleitoral pra 2016, o fortalecimento da democracia interna, a construção de novos modelos de governança popular e a formação de uma juventude petista de massas sem a tutela partidária, onde se estabeleça internamente um novo pacto geracional.
O evento reuniu os deputados federais mais votados do PT no estado, Luiz Caetano e Jorge Solla, os deputados estaduais Marcelino Galo e Luiza Maia, os ex-deputados Amaury Teixeira, Geraldo Simões e Yulo Oiticica, que subscrevem o manifesto. Os presidentes dos diretórios Estadual e Municipal, respectivamente, Everaldo Anunciação e Marta Rodrigues, marcaram presença, além de lideranças políticas, sociais e comunitárias do interior do estado.
Um dos articuladores da frente e do manifesto, o deputado estadual Marcelino Galo defendeu o fortalecimento das instâncias de base do PT e a autonomia dos diretórios municipais para disputar o maior número possível de prefeituras no próximo ano. “Não podemos fazer qualquer recuo neste momento em que somos perseguidos muito mais pelos acertos dos governos do PT que mudaram a realidade social da Bahia e do Brasil”, discursou Galo.
“Não basta só reagir, temos que avançar. E avançar é construir as saídas do ponto de vista do discurso e da prática, construindo novos projetos, novas estratégias e novas táticas, com uma formulação mais profunda para ajudar a sociedade e o partido. Para conter a onda conservadora, é prioridade termos candidaturas nas principais cidades do estado”. afirma o deputado federal Luiz Caetano.

Comentários