Festa do Glorioso São Bartolomeu na Cidade de Maragojipe

Cumprimenta-o cordialmente, sirvo-me pelo presente para solicitar deste conceituado Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), que seja iniciado o processo de registro para que a Festa do Glorioso São Bartolomeu seja reconhecida como Patrimônio Imaterial do Estado da Bahia, desde sua importância histórica religiosa e popular, sendo reconhecida pelos católicos, visitantes e toda população do Recôncavo baiano como maior homenagem Santo São Bartolomeu no Norte e Nordeste.

O valor dessa festa religiosa torna merecedora de reconhecimento pelo Governo do Estado da Bahia como espaço de preservação das tradições e da cultura populares, sobretudo numa época em que iniciativas de tal natureza se tornam cada vez mais escassas. É nesse sentimento que motiva o povo maragojiano a sonhar com o registro da Festa de São Bartolomeu como Patrimônio Imaterial do Estado da Bahia.

Na certeza de contarmos com aprovação dessa solicitação, segue em anexo, documentos que comprovam essa solicitação para o registro.


Comentários