Rui assina ordem de serviço para duplicação da rodovia Ilhéus – Itabuna

rui-costa-2O governador Rui Costa assina na próxima segunda-feira (9), às 9h, ordem de serviço para o início das obras de duplicação da BR- 415, que liga os municípios de Ilhéus e Itabuna (Rodovia Jorge Amado), no sul do estado. O ato será realizado em Itabuna, na área do antigo Posto Cachoeira, localizada no final da Avenida Juracy Magalhães, na saída para Ilhéus.

A rodovia é um corredor de exportação, que integra ao porto de Malhado, em Ilhéus, e turismo, na Costa do Cacau. Diariamente, circulam nos dois sentidos da rodovia, 10.270 veículos. A obra vai beneficiar 511 mil habitantes, incluindo a população dos municípios de Una, Canavieiras, Buerarema, Itacaré e Uruçuca.

Pelas suas redes sociais, Rui convidou população dos municípios para participar do “grande ato”, demonstrando “o seu amor, o seu carinho pela região do cacau, por Ilhéus, por Itabuna, pela Bahia”. Ele garantiu que a duplicação “vai ser feita, seja com recursos do governo federal ou do Estado, porque a região precisa gerar emprego, gerar renda e melhorar a vida do povo”.

O governador disse ainda “que a região do cacau vai demonstrar a sua força, a sua autoestima, e dizer bem alto que a Bahia e a região do cacau não ficam de joelhos . Essa duplicação será feita, com ou sem apoio do governo federal porque a Bahia de Jorge Amado, de Castro Alves, de Rui Barbosa, a Bahia de muitos e muitos que escreveram o nome na história como grandes homens, homens que construíram nosso estado, continuará a escrever novas páginas”.


Rui Costa assinará na segunda-feira ordem de serviço para duplicação da rodovia Ilhéus/Itabuna

rui-costa_ilheusCom a presença do vice-prefeito Fernando Vita, secretários municipais,  líderes comunitários  e presidentes de associações de bairros, a secretária de Governo Maria Alice, realizou na noite de ontem (03) uma reunião na União dos Servidores Municipais de Itabuna (Usemi) para anunciar a visita do governador Rui Costa na segunda-feira (09). Ele assinará a ordem de serviço para duplicação dos 26 quilômetros da rodovia que liga Ilhéus a Itabuna.

O ato de assinatura da ordem de serviço será na avenida Juracy Magalhães, saída de Itabuna para Ilhéus, proximidades da popular “Rotatória Netinho da Farinha”. Para o vice-prefeito Fernando Vita, este será um momento festivo com a participação de itabunenses e ilheenses, “já que se trata de uma das obras mais esperadas e reivindicadas por lideranças e representantes das duas cidades, visando à retomada do desenvolvimento e do progresso da região do cacau”.

E completou: “O governador Rui Costa é hoje um parceiro de Itabuna, independente de partido. Está demonstrando que é um grande amigo de Itabuna e de nossa comunidade”. O secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, John Nascimento,  também destacou a importância da parceria do governado do estado com a Prefeitura de Itabuna, e aproveitou o momento para anunciar a instalação de um “Porto Seco”, em Itabuna.


Audiência em Brasília discute melhorias para Santa Casa de Itabuna

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna foi pauta de uma série de reuniões em Brasília nesta terça-feira (03.10). No Ministério da Saúde, o Provedor Eric Ettinger Júnior, foi recebido pelo  Ministro Ricardo Barros e atendido por sua equipe técnica.

A visita foi agendada pelo Vice-Governador da Bahia, João Leão, presente no encontro, que também contou com o Secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas. Ainda na capital federal, a comitiva da Santa Casa, complementada pelo Tesoureiro Peter Devires, pelo Diretor Administrativo Financeiro André Wermann, e pelo Diretor José Rodrigues, teve audiência também com o Deputado Federal Cacá Leão. A UTI Pediátrica do Hospital Manoel Novaes foi um dos temas tratados na audiência.


Seminário de Licitação atraiu profissionais liberais e agentes públicos

seminario_licitacao_18_09_2017O Seminário de Licitação realizado no auditório da Unime, nesta segunda-feira, 18, em Itabuna, atraiu um grande público de estudantes, profissionais liberais, representantes do mercado publicitário, secretários de comunicação dos municípios da região e prefeitos. Entre eles, o desejo de atualização sobre a legislação específica em vigor de concorrências para contratação de agências de propaganda.

O evento foi promovido pelo Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia (Sinapro-Bahia), em parceria com a Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro), o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM-BA), TV Santa Cruz – Rede Bahia e a Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia – Amurc.

A diretora de planejamento da Fenapro, Vera Rocha falou sobre a missão da Sinapro, que é promover o debate importante sobre licitações, de forma que as agências se prepararem para estarem aptos a licitarem editais da forma correta, de acordo com a nova lei 2.232. “O desejo da Fenapro é fazer com que as agências se preparem para atender da melhor forma o ente público”.

seminario_2licitacao_18_09_2017-jpegRepresentando o Poder Público Municipal, o presidente da Amurc e prefeito de Itacaré, Antônio de Anísio parabenizou a realização do evento e declarou que os gestores precisam estar atentos para a realização correta do processo licitatório que visa a contratação de uma agência. A regularização desse processo fortalece a Gestão Pública, e segundo o secretário de comunicação de Itacaré, Ed Camargo, que preside o Fórum de Comunicação Municipal, “dá legitimidade às ações de divulgação oficial do próprio município”.

Sobre licitação, o advogado e especialista em Licitações Públicas na área de Publicidade e Propaganda Alain Alan, apresentou os princípios fundamentais – de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, que são levados em conta no processo licitatório. Segundo ele, licitação, de acordo com a Lei nº 8.666/93, é um instrumento pelo qual a administração contrata serviços ou aquisição de produtos, de forma sistemática e transparente.

presidente-da-amurc-e-o-secretario-de-comunicacao-de-itacareCom relação a ação do TCM, o diretor adjunto da Escola de Contas, Adelmo Guimarães destacou que o órgão não tem o objetivo de rejeitar contas, mas de orientar para que os recursos públicos sejam utilizados com responsabilidade. “A Administração pública tem que licitar, é uma obrigação. Então, por isso estamos fazendo a parte pedagógica, depois vem a fiscalização para verificar se os órgãos estão aplicando de forma correta”.

O inspetor Regional do TCM em Itabuna, Juliano Silva chamou a atenção das agências de publicidade no sentido de fomentar o processo licitatório com o ente público. Dentre as principais irregularidades encontradas na região de Itabuna, que abrange 34 municípios e 81 entidades e órgãos públicos, uma das mais recorrentes estão vinculadas às publicidade e propaganda.


Acidente na BR101 com vítimas

Acidente entre carro e ônibus de turismo deixa idosa morta na BR-101Um acidente envolvendo um carro e um ônibus de turismo matou uma mulher de 69 anos durante a manhã deste sábado (9) na BR-101, no trecho entre Itabuna e Buerarema.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, veículo modelo Fiat Uno tentou fazer uma ultrapassagem irregular no km512 da rodovia por volta de 9h30 e bateu de frente no ônibus.

As três vítimas da colisão estavam no carro. Bazilicia Ferreira dos Santos, 69 anos, morreu no local da batida. O motorista do carro, Marcos César dos Santos Tinum, 55 anos, e a passageira Andressa Santos Gerônimo, 19 anos, sofreram ferimentos graves e foram encaminhados ao Hospital de Base de Itabuna.

O Uno fazia viagem entre as cidades de Arataca e Itabuna, enquanto o ônibus de turismo saiu de Itabuna para Camacan. O corpo da vítima fatal foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna.


Prefeito de Ibicaraí discute parceria com a Fábrica de Chocolate Bahia Cacau

visita-a-fabrica-de-chocolateO prefeito de Ibicaraí, Lula Brandão, visitou na tarde da última sexta-feira, dia 25, a fábrica de chocolate Bahia Cacau, para discutir uma possível parceria para a compra de nibs de cacau para reforçar a merenda escolar da rede municipal de ensino.

De acordo com o prefeito Lula Brandão, a parceria é uma forma de valorizar e apoiar a agricultura familiar. “Se esse produto é feito em nossa cidade, com a nossa matéria prima (cacau), e tem o pequeno agricultor como parte integrante do processo, além de ampliar o leque de produtos que são produzidos em nossa cidade, gerando emprego e garantindo a circulação de renda no comércio local, nós iremos buscar meios legais para apoiar”.

Na reunião, discutiram a possibilidade da secretaria municipal de Educação inserir, em caráter experimental, o nibs de cacau na merenda dos alunos de toda rede municipal de ensino. Segundo Adriana Assis, é importante entender o aluno, pois não é tão simples inserir o chocolate na merenda do mesmo sem a sua aprovação. “Cada escola segue uma rotina e acompanhamos de perto todo o processo com nossos nutricionistas. Quando o aluno não quer, a merenda volta”, disse Adriana.

Brandão explicou que adquirir parte da produção para servir na merenda do aluno é uma forma de colaborar e difundir a riqueza do município. “Afinal, o mundo nos conhece como região cacaueira. O cacau é o nosso maior legado e nossa maior riqueza”.

De acordo com o presidente da Coopfesba, cooperativa gestora da marca Bahia Cacau, Osaná Crisóstomo, é importante inserir o nibs na merenda escolar, pois além de ser um excelente alimento, garantindo valores nutricionais importantes para o desenvolvimento humano, garante renda para o cooperado, que tem a sua safra comprada a preço acima do mercado. “Adquirimos novas máquinas via edital da CAR e estamos concluindo a loja da fábrica e pretendemos inaugurar no dia 22 de outubro, aniversário da cidade”.

Brandão esteve acompanhado da vice-prefeita e secretária de Educação, Adriana Assis; da secretaria de Agricultura, Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Telma Elízia e do secretário de Administração, Planejamento e Finanças, Flávio Campos. O prefeito foi recebido pelo presidente da Coopfesba, cooperativa gestora da marca Bahia Cacau, Osaná Crisóstomo e Marcos Andrade (UESC).


Entidades unem esforços para a criação da RM do Sul da Bahia

reuniao-de-apresentacao-da-proposta-de-regiao-metropolitana

Por Viviane Cabral- AMURC

Na reunião de nivelamento e debate sobre a criação da Região Metropolitana no Sul da Bahia, nesta sexta-feira, 11, na Uesc, representantes de entidades de classe, da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia e dos Poderes Legislativo e Executivo da região, se comprometeram em articular de forma técnica e política as ações para a construção do instrumento público.

O coordenador executivo da Amurc e especialista em Planejamento de Cidades pela UESC, Luciano Veiga, apresentou o histórico de várias propostas de criação da RM para o Sul da Bahia, com o objetivo de oferecer informações técnicas e atualizadas sobre o instrumento público.

Sobre esses estudos, o Pró-reitor de Extensão da Uesc, Alessandro Santana definiu a criação de uma equipe técnica, coordenada pela própria instituição de ensino, para analisar o modelo ideal para a região. Já a Amurc ficará responsável por liderar o processo político em conjunto com a Assembleia Legislativa do Estado.

representantes-do-poder-legislativo-executivo-da-assembleia-legislativa-e-entidades-em-geralO processo de criação da RM do Sul da Bahia ganhou força a partir do envolvimento das entidades e a participação dos vice-prefeitos de Itabuna, Fernando Vita e de Ilhéus, José Nazal. A adesão dos dois municípios polos fortalece a construção de um arranjo com outros municípios do entorno, com o objetivo de compartilhar equipamentos de forma estratégica.

O prefeito de Ibicaraí, Lula Brandão, esteve representando o presidente da Amurc, Antônio de Anízio, e falou da necessidade de buscar a celeridade da discussão da RM com os municípios, envolvendo o maior número de pessoas e entidades no processo. “Nós temos que dar o pontapé para a criação da RM do Sul da Bahia, e o município de Ibicaraí estará contribuindo para isso”.

O deputado estadual, Augusto Castro falou que é preciso ouvi os aspectos positivos e negativos de todos os representantes, para depois apresentar em uma reunião da Alba. “Nós precisamos se unir para trazer investimentos para o polo comercial, indústria, no turismo. E, neste momento, existe vontade política e das instituições para aprovar”.

O deputado estadual Rosemberg Pinto foi representado pelo ex-presidente da Amurc, Lenildo Santana, que enfatizou a importância desse momento a condição da criação de uma Região Metropolitana a partir do desejo e reconhecimento dos municípios partícipes, “deixando de ser uma região criada por decreto, mas sim a partir dos anseios da sua população”.

A reunião contou ainda com a presença vereadores de Itabuna e de Ilhéus, representantes de entidades empresariais, de movimentos sociais e a sociedade civil organizada.


Coordenador do Code visita a Amurc e articula ações regionais

a-reuniao-com-o-coord-do-code-contou-com-a-presenca-de-representantes-da-amurc-territorio-litoral-sulPor Viviane Cabral

O coordenador executivo do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social – Code, Jonas Paulo Neres esteve visitando a Amurc nesta terça-feira, 8, para debater, em conjunto com o Consórcio Litoral Sul e o Território Litoral Sul, o processo de construção do Plano de Desenvolvimento Integrado do Estado da Bahia.

A proposta visa verificar as oportunidades de desenvolvimento econômico e social, a partir de investimentos e políticas públicas que estão sendo aplicados na região. Segundo Neres, será realizado um seminário técnico no mês de outubro, com a presença do governo da Bahia e todos os segmentos econômicos.

“Com o apoio da Amurc, do CDS – LS e o TLS, a ideia é ampliar o debate com a sociedade, para que consigamos, com o apoio dos governos Estadual e Federal, realizar aquilo que está previsto ou encaminhado para a região e, assim, pensar para os próximos 10, 15 ou 20 anos”.

O presidente da Amurc e do Consórcio Litoral Sul, Antônio de Anízio declarou que estará acompanhando e fazendo parte das discussões, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da região. “Nós seremos protagonista desse debate com a sociedade e temos a perspectiva de crescimento em nossa região”.

O debate reuniu ainda, o secretário executivo da Amurc e do Consórcio, Luciano Veiga, o coordenador do Território Litoral Sul, Carlos Alberto “Garotinho” e o representante dos povos indígenas, Walney Magno.

Investimentos

Dentre as ações, foi destaque a construção da Ferrovia de Integração Oeste-Leste e a sua influência sobre o Porto de Ilhéus; A duplicação da Ba 415 entre Ilhéus e Itabuna, que segundo Neres, o Estado está na fase de liberação para iniciar as obras; A barragem do Rio Colônia, que permitirá a gestão dos recursos hídricos de forma equilibrada na região.

Ainda foi tratado sobre a implantação de um Pólo de Conhecimento e Inovação pela Amurc e a Secti, que já está sendo desenvolvido na região com as universidades. Foi discutido a importância da Região Metropolitana e que, segundo ele, “é algo fundamental e agrega o debate do plano estratégico”. A discussão das políticas públicas na área do turismo, que é uma responsabilidade do Estado e do Governo Federal, viabilizar a indústria do turismo de uma forma mais pujante.


Secretários e Assessores criam Fórum de Comunicação Municipal

secretarios-assessores-de-comunicacao-e-a-equipe-da-amurcCom a finalidade de fortalecer a comunicação pública nos municípios da região, a Amurc reuniu nesta quarta-feira, 9, secretários e assessores de comunicação, que realizaram a criação do Fórum de Comunicação Municipal – Focom. O Fórum integra o Programa de Apoio Gerencial e Institucional às Prefeituras – Agir, realizado pela Amurc, em parceria com a pró-reitoria de Extensão da Uesc.

De acordo com o secretário executivo da Amurc, Luciano Veiga, o Focom tem o objetivo de reunir os profissionais que atuam no setor de comunicação dos municípios para “partilhar ideias e experiências, levantar demandas locais e, através da Associação e de instituições apoiadoras, promover capacitações”.

Dentre as sugestões foram apresentadas a necessidade de realização de um curso na área de licitação, promover reuniões itinerantes nos municípios e a realização de um fórum anual. Além disso, será criada uma agenda comum de comunicação pública municipal para atendimento as principais demandas locais.

O Focom será também um espaço para debate sobre a realidade da comunicação nos municípios, fazendo fortalecer o trabalho desenvolvido nas estruturas da Administração Pública. De acordo com o secretário de comunicação de Itacaré, Ed Camargo, “esse é o primeiro passo para o reconhecimento da importância de comunicação nos municípios”.

Diretoria

Ainda na reunião foi eleita a primeira diretoria para atuar no biênio 2017-2019. O secretário Ed Camargo foi eleito presidente do Focom; Na vice-presidência, a Assessora de Itajuípe, Simone Santos; Na secretaria geral, a assessora de Ibicaraí, Monique Madureira; Como tesoureiro, o Assessor de Comunicação de Floresta Azul, Jarles Soares.

Foram eleitos ainda, diretores/presidentes das comissões de: Ética – Ithamar Reis Duarte (Assessor de Itapitanga) e Adenaldo Curvelo (Auxiliar da Assessoria de Comunicação de Floresta Azul); Inovação e Comunicação – Aleilton Oliveira (Assessor de Ubaitaba e Camamu) e Capacitação – Rita Barros (Sesttran Itabuna), Marcel Matos (Assessor de Ipiaú e Ibirapitanga) e Francis Menezes (Secretária de Comunicação de Ituberá).


Amurc articula ações para a RM do Sul da Bahia e infraestrutura

Por Viviane Cabralluciano-veiga_governador-rui-costa_antonio-de-anizio_30_07_17

Dando continuidade as solicitações feitas ao governador Rui Costa, em Itabuna, o secretário executivo da Amurc e do Consórcio Litoral Sul, Luciano Veiga esteve reunido essa semana com representantes da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia e do Governo Estadual para retomar as discussões sobre o projeto de criação da Região Metropolitana do Sul da Bahia. Além disso, foram tratadas ações de infraestrutura, saneamento básico e criação do Observatório de Políticas Públicas e Recursos Hídricos, em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação – Secti.

Sobre a RM do Sul da Bahia, foi firmado com o presidente da Alba, deputado Angelo Coronel, uma reunião no próximo dia 11, na Uesc, com a presença de lideranças e instituições regionais, e a participação de secretários de Estado para debater e discutir propostas sobre o modelo e recorte regional. “A reunião servirá para apresentação e nivelamento das propostas, que serão apresentadas em audiência pública, pela Assembleia Legislativa no dia 19 deste mês na região”, explicou Luciano.

Infraestrutura

Em atendimento a pauta de solicitações com o Governo do Estado, o Consórcio Litoral Sul em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas – SEINFRA, definiram para o final do mês de agosto, logo após o período de chuvas, o início das obras de manutenção das malhas rodoviárias de pavimentação asfáltica e primária (cascalho) nas rodovias estaduais que cortam os municípios consorciados no Território Litoral Sul.

Já com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação – SECTI foi criado um grupo de trabalho para elaboração e execução do projeto de criação do Observatório de Políticas Públicas e Recursos, consorciado com a Câmara Técnica de Projetos. A iniciativa, segundo Luciano, visa tornar os municípios associados a Amurc e aos consórcios da região, habilitados a captar recursos públicos junto as esferas Federal e Estadual, bem como outros agentes de fomento.

Em contato com o titular da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento – SIHS, Cássio Peixoto, Luciano reforçou a solicitação feita ao Governador Rui, do apoio desta Secretaria na elaboração dos Planos de Saneamento Básico Municipal. Em atendimento, o secretário Cássio agendou para o próximo dia 10, uma reunião de alinhamento, atendendo, um dos pedidos feitos pelo presidente da Amurc.

Para o presidente Antônio de Anízio, “tão importante quanto a acolhida pelo Governador do Estado aos pleitos apresentados, foi a recepção das Secretarias de Governo, dando concretude as propostas, demonstrando assim um total interesse do em atendimento as demandas pontuadas na audiência em Itabuna”.