“Casos de zika vírus superam dengue em Itabuna”, afirma secretário

Secretário de Saúde, Paulo Bicalho, fez palestra no Rotary - Foto Divulgação (2)“Os casos de zika vírus, uma das viroses mais graves transmitidas pelo Aedes Aegypti, superam a dengue. Mas a grande preocupação é saber que em praticamente em todas as residências existem pequenos focos de larvas, a exemplo de um simples bebedouro de parede e ou reservatório de água da geladeira”. Foi o que disse o secretário de Saúde de Itabuna, Paulo Bicalho, durante palestra na noite da quinta-feira, no Rotary Clube Itabuna Sul.

O secretário foi convidado para uma reunião ordinária da entidade para falar sobre “prevenção e tratamento da microcefalia”. Por cerca de meia hora, Paulo Bicalho mostrou, por meio de gráficos e vídeos, a origem do mosquito que surgiu na África e ganhou o mundo, os números no Brasil, na Bahia e em Itabuna e como tem se proliferado rapidamente.

Também falou dos efeitos noviços para a população infantil, adulta e idosa, sobre a gravidade do momento atual e deixou claro que a situação para os próximos meses não é nada animadora. O secretário Paulo Bicalho acredita que, entre os meses de março e abril, metade da população itabunense deverá contrair viroses.

Sobre a microcefalia, o secretário disse que será um dano ainda maior para as famílias, cujos bebês estão nascendo com a doença. “Apesar dos pesquisadores não confirmarem ainda, acredito que a doença seja proveniente do Aedes Aegypti, daí a preocupação das autoridades brasileiras em voltar a atenção e convocar a sociedade para o combate ao mosquito”, reforçou.


Fiocruz orienta grávidas a redobrar cuidados no carnaval para evitar Zika

gravidaAgência Brasil

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou hoje (5) ter comprovado a presença do vírus Zika, com potencial de provocar infecção, em amostras de saliva e de urina e recomendou uma série de medidas cautelares para grávidas.

De acordo com o presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, a inédita constatação não indicou ainda como ocorre a transmissão por meio desse fluidos, tampouco se o vírus encontrado nessas condições consegue ultrapassar a placenta e chegar aos fetos.

A grande preocupação é que o aumento de casos de microcefalia em bebês possa estar associado à Zika, com potencial de causar malformação no cérebro de bebês e doenças cognitivas.

Mesmo não comprovada a transmissão por fluidos, as recomendações da Fiocruz são as mesmas de outras doenças transmissíveis pela saliva e devem ser seguidas à risca por mulheres grávidas.

Segundo Gadelha, a Fiocruz tem grande preocupação em suas pesquisas com as grávidas. “Recomendamos às gestantes que evitem grandes aglomerações e o compartilhamento de copos e materiais levados à boca. Pessoas que convivem com gestantes e que tenham sintomas de Zika devem ter responsabilidade adicional.”


Empossada nova provedoria da Santa Casa de Misericórdia

Posse santa casa ItabunaUma solenidade com duplo objetivo ocorreu nesta quinta-feira, 28 de janeiro, na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. A cerimônia celebrou os 99 anos da instituição, com a entrega da Comenda Monsenhor Moisés Gonçalves do Couto e a posse da nova Provedoria, eleita para o Biênio 2016/2017. Empossado junto com a Mesa Diretora, Conselho Deliberativo e Irmãs Auxiliadoras, o novo provedor, Dr. Eric Ettinger de Menezes Júnior, falou sobre a expectativa para a nova gestão e a estratégia de enfrentamento à crise financeira vivida pelos Hospitais da rede filantrópica de saúde.

Em seu discurso de posse, Dr. Eric Júnior falou da assunção ao cargo de Provedor como uma “missão” e referiu-se aos colegas de diretoria como um grupo de “realistas esperançosos”. “Todas as medidas que forem tomadas terão objetivo único de salvar a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna”. O novo Provedor anunciou a instalação imediata de um Gabinete de Crise que atuará durante 180 dias com objetivo de, ao final deste período, apresentar um Projeto de Revitalização da instituição. “O que será feito com muita transparência e com parceria direta com todos, inclusive com Clubes de Serviços, Mídia e Sindicato”, afirmou Dr. Eric.

A nova Provedoria empossada conta ainda com Dr. Silvio Porto no cargo de vice-provedor, este que não compareceu à solenidade por motivo de viajem, Sr. Silvio Roberto – 1º Secretário, Sr. Edimar Margotto Júnior – 2º secretário, Sr. Ronaldo Abude Eustáquio da Silva – 1º tesoureiro e Peter Deviris Santos Lemos no cargo de 2º tesoureiro.


Paralisação na saúde de Buerarema

Buerarema-27jan2016.2Na manhã desta quarta-feira (27), em Buerarema, os servidores das unidades básicas de saúde paralisaram os trabalhos, eles estão sem receber o salário do mês de dezembro. O secretario de administração Tiago Barreto, (filho do prefeito), alega que “o atraso no pagamento é devido a troca no comando da pasta, a nova secretaria de saúde está resolvendo os tramites burocráticos na agência bancária para encaminhar o pagamento”, afirma.

Já os dirigentes sindicais e os trabalhadores (as) discordam, conforme eles “essa situação aconteceu porque não houve planejamento do gestor, a troca de secretario já tem mais de 20 dias, eles pediram um prazo de 10 dias, entendendo a situação, os trabalhadores (as) esperaram, e até agora nada, estamos no prejuízo”, denunciam.

De acordo com os diretores do Sintesi, “os servidores só retornam ao serviço com o salário de dezembro na conta, e depois a greve pode até ter um reinicio, já que o salário do mês de janeiro deve ser pago até o dia 30”, concluíram.

 


Situação de atraso dos prestadores da saúde de Itabuna é discutida entre Sintesi e Ministério Público

mp-itabuna-26jan2016
Reunião do Ministério Público em Itabuna ontem(foto Sintesi)

Nesta segunda-feira (25) em Itabuna,  os promotores de justiça Dra. Renata Caldas Sousa Lazzarini e Dr. Inocêncio Carvalho do Ministério Público Estadual colheram informações complementares dos dirigentes do Sintesi,Raimundo Santana, João Evangelista e Osiel do Carmo, sobre as denuncias de atraso nos repasses de recursos da MAC – Média e Alta Complexidade pelo Fundo Municipal de Saúde para as instituições prestadoras de serviços ao SUS-Sistema Único de Saúde.

De acordo com os sindicalistas “existem um cronograma regular do Fundo Nacional de Saúde com datas e valores das transferências dos recursos ao Fundo Municipal de Saúde, sempre no inicio de cada mês, esse cronograma manteve-se regular em janeiro de 2016, inclusive, houve antecipação de parte dos recursos da MAC no final do mês de dezembro de 2015, inexplicavelmente, o gestor do Fundo Municipal de Saúde,com o dinheiro em conta não cumpriu a regularidade dos pagamentos aos prestadores, essa situação inviabilizou que as instituições pagassem o salário aos trabalhadores e por pouco não afetou a assistência aos usuários”, denunciam.

Para os dirigentes do sindicato, as instituições ora penalizadas pela secretaria de saúde, estão sendo estratégicas para o combate de epidemia e viroses, já que as unidades básicas de saúde funcionam precariamente.(Ascom Sintesi)


Sindicato dos Trabalhadores da Saúde denúncia o município de Itabuna ao Conselho e ao MP

Greve-na-Maternidade-da-Mãe-Pobre
Greve dos trabalhadores na Maternidade da Mãe Pobre no ano passado

A dificuldade no cumprimento das obrigações de pagamento aos prestadores de serviços do SUS em Itabuna por parte da Secretaria de Saúde do município levou o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde (Sintesi) recorrer ao Conselho Municipal de Saúde(CMS) e aos Ministérios Público Estadual e Federal.

De acordo Raimundo Santana dirigente do Sintesi, além dos atrasos de recursos que prejudica os trabalhadores, existe uma falta de transparência. “Desde o retorno do Comando Único do SUS ao município de Itabuna temos acompanhado com perplexidade a falta de comprometimento e transparência dos gestores do Fundo Municipal de Saúde”, afirma Raimundo.

CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v62), quality = 95
Raimundo Santana do Sintesi

Mesmo tendo recebido os recursos do Fundo Nacional de Saúde(FNS) “o gestor do Fundo Municipal de Saúde apega-se ao argumento de que precisa da liberação do orçamento de 2016 para realizar os pagamentos, sendo que se isso fosse verdade não caberia, pois o orçamento foi aprovado na segunda quinzena de dezembro de 2015 pela Câmara de Vereadores”, explica Raimundo Santana.

O Síntese em consulta ao Ministério  da Saúde verificou o repasse do FNS antecipado ao município no dia 30/12/2015 no valor de R$ 2.161.291,54 da competência dezembro/2015 referente a MAC (Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar) e no dia 12/01/2016 ainda teve um complemento ao pagamento depositado de R$ 6.135,470,7, contabilizando um total de R$ 8.296.762,25. E com essa grana em caixa os prestadores alegam não terem recebido.

O Sindicato desconfia que o recurso da saúde tenha sido desviado para outro fim que não foi os pagamentos dos prestadores do SUS. Por isso solicita ao Conselho Municipal de Saúde a criação de uma comissão para apurar as irregularidades, e evitar novas greves dos trabalhadores da saúde, devido aos atrasos de salários. Outra preocupação do Sintesi é o agravamento da  epidemia de Dengue, Chikungunya e Zika com os postos da atenção básica funcionando de  forma precária e os hospitais sobrecarregados.

Indicativo de Greve nos hospitais

Nesta quinta-feira(21), as 19:20h, o Sintesi realiza uma Assembléia Geral com os  trabalhadores dos três hospital  da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, e pode indicar greve a partir de segunda-feira(25).  Também na segunda-feira, o Sindicato tem a primeira reunião agendada  com o Ministério Público Estadual para tratar da pauta da saúde do município.


Servidores da saúde de Buerarema deflagaram greve

bue2016Segundo informações do Sintesi, na reunião no auditório do Sesp na manhã de quarta-feira(13), os servidores da saúde do município de Buerarema, deflagraram greve por tempo indeterminado a partir do dia 21 de janeiro caso o pagamento do mês de dezembro não seja efetuado.

O secretario de administração, Sr. Tiago Barreto, alega que “o atraso é por causa da troca do comando na pasta da saúde, a nova secretária está formalizando seus dados na agência bancária para acessar as contas e realizar o pagamento”, afirmou.


Nutricionistas lançam campanha Pacto do Bem

pacto do bemO Sistema Conselhos Federal e Regionais de Nutricionistas (CFN/CRN) aderiu ao Pacto Nacional pela Alimentação Saudável (Decreto nº8.553/2015), lançado há dois meses pelo Governo Federal. Por estar de acordo com o preceito do decreto, baseado no combate à obesidade e às doenças causadas pela má alimentação, o CFN, com apoio dos 10 Conselhos Regionais de Nutricionistas do Brasil, lançou no final de dezembro último o “Pacto do Bem, uma corrente pela alimentação saudável e adequada”. O objetivo da campanha, que vai até o dia 27 de janeiro, é estimular a população a assumir um compromisso com a mudança de seus hábitos alimentares.

“É muito comum nessa época do ano as pessoas planejarem algum tipo de mudança positiva em suas vidas. Nossa proposta é que as pessoas melhorem a qualidade da sua alimentação”, resumiu o diretor do Conselho Regional de Nutricionistas da 5ª Região (Bahia e Sergipe), Emerson Palmeira. Segundo o nutricionista, garantir hábitos saudáveis de vida vai além de reduzir os níveis de açúcar, sal e gorduras na alimentação. “Isso é o básico. Mas não podemos perder de vista que alimentos saudáveis podem ser saborosos. E que alinhar a prática de atividades físicas com uma alimentação balanceada pode ser prazeroso. O que estamos propondo ao apoiar esta campanha é a união de saúde e bem estar com qualidade de vida a partir de um compromisso da pessoa consigo mesma, sem nenhum tipo de pressão ou terrorismo nutricional, entendendo que o processo de reeducação alimentar se dá aos poucos, gradativamente, de modo muito individual”, ponderou.


Quarto consórcio de saúde é formado na região de Paulo Afonso

consaudeNove municípios do Território de Itaparica, na região norte baiana, deram um passo importante para a formação do quarto consórcio de saúde do estado que prevê beneficiar mais de 250 mil pessoas com oferta de serviços de média e alta complexidade. Na manhã desta quarta-feira (23), o governador Rui Costa e o subsecretário de Saúde em exercício, Carlos Emanoel Melo, assinaram um protocolo de intenções para constituição da entidade com os prefeitos de Paulo Afonso, Rodelas, Chorrochó, Glória, Jeremoabo, Macureré, Santa Brígida, Abaré e Pedro Alexandre. O compromisso foi formalizado em cerimônia no Salão de Atos da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Através do consórcio, o Governo do Estado assume o compromisso de construir e equipar uma policlínica em Paulo Afonso, no valor de R$ 17 milhões, além de cofinanciar até 40% da manutenção, enquanto os municípios consorciados irão ratear os 60% restante. A unidade vai oferecer até 13 especialidades, 32 serviços e equipamentos – a exemplo de tomógrafos e de ressonância magnética – para rastreamento de câncer de mama, neurologia, pneumologia, entre outros exames. “Sozinhas, as cidades não podem arcar com os valores da Saúde. Garantir a Saúde é caro. Mas, juntas, e com o apoio do governo do estado, vão fortalecer a saúde baiana”, afirmou Rui Costa.


Simpósio de Atenção à Mulher Hospital de Base

A Residência Médica de Cirurgia Geral do Hospital de Base em conjunto com o internato de Medicina da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) vai realizar nesta sexta-feira, dia 20, a partir das 8 horas, no auditório da unidade, evento científico multidisciplinar em busca da melhoria da saúde da mulher. “O Simpósio de Atenção à Mulher – O desafio da assistência ao trauma e à violência sexual e doméstica” é aberto a profissionais e estudantes de saúde.

O evento tem o propósito de identificar e solucionar falhas na assistência à pacientes do sexo feminino, vítima do trauma, da violência sexual e doméstica. Para uma das coordenadoras do Centro de Estudos do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães e organizadora do evento Daise Mara Santana, o Simpósio não poderia acontecer em um local mais propício.

“O Hospital de Base é o local onde a população de Itabuna e municípios circunvizinhos, vítima de trauma, solicita assistência à saúde. O objetivo do nosso encontro é integrar conhecimento científico das áreas de Medicina, Enfermagem, Assistência Social e Psicologia, além de compartilhar experiências cotidianas e rediscutir valores indispensáveis à saúde da mulher”, explicou. Mais informações podem ser obtidas pelo número: (73) 3214-165 durante o horário de expediente.