Reforço nas ações de Combate ao Aedes aegypti em Itabuna

site_000000050021A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) está liberando larvicida e equipamentos, incluindo três novos carros fumacê para o combate ao mosquito Aedes aegypti, em Itabuna, no Sul do Estado. O anúncio foi feito pelo superintendente de Gestão de Sistemas de Regulação de Atenção à Saúde, José Saturnino Rodrigues, durante a inauguração do QG de Combate ao Mosquito, um espaço exclusivo para atender pacientes com sintomas de dengue, zika vírus e chikungunya.

De acordo com José Rodrigues “essa ação conjunta dos governos Federal, Estadual e Municipal é fundamental, além da participação da comunidade, num trabalho que deve ser permanente”. A Sesab liberou novos repasses para a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, que mantém os hospitais Calixto Midlej, qg dengueManoel Novaes e São Lucas, e para a Maternidade da Mãe Pobre, ampliando a oferta de leitos. O Hospital São Lucas mantém uma unidade para tratamento de casos de dengue, zika vírus e chikungunya.

O prefeito de Itabuna Claudevane Leite destacou que “mais de 90% dos focos do mosquito estão nas residências e é preciso que a população colabore nessa guerra contra o mosquito”. “Essa parceria com o Governo do Estado é fundamental é fundamental nesse enfrentamento ao mosquito e temos recebido todo o apoio da Sesab, com medicamentos, equipamentos e profissionais de saúde”


Dia D de combate ao Aedes aegypt mobiliza Ilhéus

Dia D Ilheus 3Cerca de 150 agentes de endemias e agentes comunitários  da Secretaria de Saúde de Ilhéus, técnicos da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab)  e equipes do Corpo de Bombeiros, Exército e da Marinha, além de voluntários, participam hoje do Dia D de Combate ao Aedes aegypti , em Ilhéus, no Sul da Bahia.

As equipes visitaram durante a manhã  os  bairros Malhado e Teotônio Vilela, os mais populosos do município, onde se concentra a maioria dos casos de dengue, zika vírus e chikungunya. Foram feitas visitas domiciliares para combate ao foco do mosquito, além  da distribuição de panfletos educativos e informações sobre prevenção.

As atividades de conscientização também foram  realizadas  em pontos de grande movimento da cidade, como o terminal de transporte urbano, Central de Abastecimento do Malhado e nas imediações do Aeroporto Jorge Amado. De acordo com a coordenadora do Núcleo Regional de Saúde (NRS 6),  Marize Eduane Pinheiro, “além do trabalho das equipes, é fundamental que a comunidade participe das ações de prevenção, evitando a proliferação do Aedes aegypt”.

A coordenadora do NRS 6 no Sul da Bahia diz que as ações conjuntas vão continuar na próxima semana, com a identificação e tratamento de  focos, buscando a redução de casos de  dengue, zika vírus e chikungunya  em Ilhéus.

Rui em Porto Seguro

O governador Rui Costa participou na manhã de hoje  em Porto Seguro, da ação nacional de mobilização de combate ao aedes aegytpi. Acompanhado do secretário nacional de Saúde Indígena, Antonio Alves de Souza,  ele visitou  residências do bairro Vila Valdete, ao lado de agentes de saúde e militares das Forças Armadas envolvidos no trabalho de erradicação dos focos do mosquito.


Funcionários da Santa Casa de Itabuna define greve para terça-feira

scmi11fev2016.2Depois de uma manifestação pública contra o atraso do salário em frente ao hospital Calixto Midlej  ontem quinta-feira (11), dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região(Sintesi) e funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna em assembleia realizada, aprovaram a paralisação dos serviços a partir desta terça-feira, dia 16.

De acordo com a direção do Sintesi, “o atraso de salário acontece uma vez ou outra em qualquer empresa, só que na Santa Casa virou rotina, e a categoria não tolera mais”. o  Sindicato assegura um número mínimo de trabalhadores (as) na assistência dos pacientes internados, serviços essências e atenderão emergências, em cumprimento a legislação.

A instituição tem 1.8 mil funcionários e presta serviços de Média e Alta Complexidade pelo SUS para a população da região sul da Bahia.


Ilhéus abre Pronto Atendimento para casos de dengue,zika e chikungunya

Instalações do PA da dengueNa campanha contra o mosquito aedes aegypti, a Secretaria de Saúde de Ilhéus inicia o funcionamento de um espaço específico para o diagnóstico dos casos suspeitos de dengue, zika e chikungunya. O Pronto Atendimento (PA) será aberto a partir desta quinta-feira, 11, localizado na Travessa Santa Isabel, anexo ao Núcleo de Atendimento Especializado (NAE), situado na Avenida Soares Lopes (em frente ao Centro de Convenções).

A unidade, que funcionará das 7 às 17 horas, de segunda-feira a sábado, conta com uma equipe multidisciplinar formada por supervisor, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, e salas de coleta de sorologia e de hidratação, além de ambulância de plantão.

Ao visitar a unidade, nesta quarta, 10, o secretário de Saúde, Antonio Ocké, informou que o resultado dos exames do paciente que for atendido pela equipe de triagem no período da manhã, sairá à tarde, no mesmo dia. E quem for atendido no turno vespertino, o resultado estará disponível no dia seguinte.


“Casos de zika vírus superam dengue em Itabuna”, afirma secretário

Secretário de Saúde, Paulo Bicalho, fez palestra no Rotary - Foto Divulgação (2)“Os casos de zika vírus, uma das viroses mais graves transmitidas pelo Aedes Aegypti, superam a dengue. Mas a grande preocupação é saber que em praticamente em todas as residências existem pequenos focos de larvas, a exemplo de um simples bebedouro de parede e ou reservatório de água da geladeira”. Foi o que disse o secretário de Saúde de Itabuna, Paulo Bicalho, durante palestra na noite da quinta-feira, no Rotary Clube Itabuna Sul.

O secretário foi convidado para uma reunião ordinária da entidade para falar sobre “prevenção e tratamento da microcefalia”. Por cerca de meia hora, Paulo Bicalho mostrou, por meio de gráficos e vídeos, a origem do mosquito que surgiu na África e ganhou o mundo, os números no Brasil, na Bahia e em Itabuna e como tem se proliferado rapidamente.

Também falou dos efeitos noviços para a população infantil, adulta e idosa, sobre a gravidade do momento atual e deixou claro que a situação para os próximos meses não é nada animadora. O secretário Paulo Bicalho acredita que, entre os meses de março e abril, metade da população itabunense deverá contrair viroses.

Sobre a microcefalia, o secretário disse que será um dano ainda maior para as famílias, cujos bebês estão nascendo com a doença. “Apesar dos pesquisadores não confirmarem ainda, acredito que a doença seja proveniente do Aedes Aegypti, daí a preocupação das autoridades brasileiras em voltar a atenção e convocar a sociedade para o combate ao mosquito”, reforçou.


Fiocruz orienta grávidas a redobrar cuidados no carnaval para evitar Zika

gravidaAgência Brasil

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou hoje (5) ter comprovado a presença do vírus Zika, com potencial de provocar infecção, em amostras de saliva e de urina e recomendou uma série de medidas cautelares para grávidas.

De acordo com o presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, a inédita constatação não indicou ainda como ocorre a transmissão por meio desse fluidos, tampouco se o vírus encontrado nessas condições consegue ultrapassar a placenta e chegar aos fetos.

A grande preocupação é que o aumento de casos de microcefalia em bebês possa estar associado à Zika, com potencial de causar malformação no cérebro de bebês e doenças cognitivas.

Mesmo não comprovada a transmissão por fluidos, as recomendações da Fiocruz são as mesmas de outras doenças transmissíveis pela saliva e devem ser seguidas à risca por mulheres grávidas.

Segundo Gadelha, a Fiocruz tem grande preocupação em suas pesquisas com as grávidas. “Recomendamos às gestantes que evitem grandes aglomerações e o compartilhamento de copos e materiais levados à boca. Pessoas que convivem com gestantes e que tenham sintomas de Zika devem ter responsabilidade adicional.”


Empossada nova provedoria da Santa Casa de Misericórdia

Posse santa casa ItabunaUma solenidade com duplo objetivo ocorreu nesta quinta-feira, 28 de janeiro, na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. A cerimônia celebrou os 99 anos da instituição, com a entrega da Comenda Monsenhor Moisés Gonçalves do Couto e a posse da nova Provedoria, eleita para o Biênio 2016/2017. Empossado junto com a Mesa Diretora, Conselho Deliberativo e Irmãs Auxiliadoras, o novo provedor, Dr. Eric Ettinger de Menezes Júnior, falou sobre a expectativa para a nova gestão e a estratégia de enfrentamento à crise financeira vivida pelos Hospitais da rede filantrópica de saúde.

Em seu discurso de posse, Dr. Eric Júnior falou da assunção ao cargo de Provedor como uma “missão” e referiu-se aos colegas de diretoria como um grupo de “realistas esperançosos”. “Todas as medidas que forem tomadas terão objetivo único de salvar a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna”. O novo Provedor anunciou a instalação imediata de um Gabinete de Crise que atuará durante 180 dias com objetivo de, ao final deste período, apresentar um Projeto de Revitalização da instituição. “O que será feito com muita transparência e com parceria direta com todos, inclusive com Clubes de Serviços, Mídia e Sindicato”, afirmou Dr. Eric.

A nova Provedoria empossada conta ainda com Dr. Silvio Porto no cargo de vice-provedor, este que não compareceu à solenidade por motivo de viajem, Sr. Silvio Roberto – 1º Secretário, Sr. Edimar Margotto Júnior – 2º secretário, Sr. Ronaldo Abude Eustáquio da Silva – 1º tesoureiro e Peter Deviris Santos Lemos no cargo de 2º tesoureiro.


Paralisação na saúde de Buerarema

Buerarema-27jan2016.2Na manhã desta quarta-feira (27), em Buerarema, os servidores das unidades básicas de saúde paralisaram os trabalhos, eles estão sem receber o salário do mês de dezembro. O secretario de administração Tiago Barreto, (filho do prefeito), alega que “o atraso no pagamento é devido a troca no comando da pasta, a nova secretaria de saúde está resolvendo os tramites burocráticos na agência bancária para encaminhar o pagamento”, afirma.

Já os dirigentes sindicais e os trabalhadores (as) discordam, conforme eles “essa situação aconteceu porque não houve planejamento do gestor, a troca de secretario já tem mais de 20 dias, eles pediram um prazo de 10 dias, entendendo a situação, os trabalhadores (as) esperaram, e até agora nada, estamos no prejuízo”, denunciam.

De acordo com os diretores do Sintesi, “os servidores só retornam ao serviço com o salário de dezembro na conta, e depois a greve pode até ter um reinicio, já que o salário do mês de janeiro deve ser pago até o dia 30”, concluíram.

 


Situação de atraso dos prestadores da saúde de Itabuna é discutida entre Sintesi e Ministério Público

mp-itabuna-26jan2016
Reunião do Ministério Público em Itabuna ontem(foto Sintesi)

Nesta segunda-feira (25) em Itabuna,  os promotores de justiça Dra. Renata Caldas Sousa Lazzarini e Dr. Inocêncio Carvalho do Ministério Público Estadual colheram informações complementares dos dirigentes do Sintesi,Raimundo Santana, João Evangelista e Osiel do Carmo, sobre as denuncias de atraso nos repasses de recursos da MAC – Média e Alta Complexidade pelo Fundo Municipal de Saúde para as instituições prestadoras de serviços ao SUS-Sistema Único de Saúde.

De acordo com os sindicalistas “existem um cronograma regular do Fundo Nacional de Saúde com datas e valores das transferências dos recursos ao Fundo Municipal de Saúde, sempre no inicio de cada mês, esse cronograma manteve-se regular em janeiro de 2016, inclusive, houve antecipação de parte dos recursos da MAC no final do mês de dezembro de 2015, inexplicavelmente, o gestor do Fundo Municipal de Saúde,com o dinheiro em conta não cumpriu a regularidade dos pagamentos aos prestadores, essa situação inviabilizou que as instituições pagassem o salário aos trabalhadores e por pouco não afetou a assistência aos usuários”, denunciam.

Para os dirigentes do sindicato, as instituições ora penalizadas pela secretaria de saúde, estão sendo estratégicas para o combate de epidemia e viroses, já que as unidades básicas de saúde funcionam precariamente.(Ascom Sintesi)


Sindicato dos Trabalhadores da Saúde denúncia o município de Itabuna ao Conselho e ao MP

Greve-na-Maternidade-da-Mãe-Pobre
Greve dos trabalhadores na Maternidade da Mãe Pobre no ano passado

A dificuldade no cumprimento das obrigações de pagamento aos prestadores de serviços do SUS em Itabuna por parte da Secretaria de Saúde do município levou o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde (Sintesi) recorrer ao Conselho Municipal de Saúde(CMS) e aos Ministérios Público Estadual e Federal.

De acordo Raimundo Santana dirigente do Sintesi, além dos atrasos de recursos que prejudica os trabalhadores, existe uma falta de transparência. “Desde o retorno do Comando Único do SUS ao município de Itabuna temos acompanhado com perplexidade a falta de comprometimento e transparência dos gestores do Fundo Municipal de Saúde”, afirma Raimundo.

CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v62), quality = 95
Raimundo Santana do Sintesi

Mesmo tendo recebido os recursos do Fundo Nacional de Saúde(FNS) “o gestor do Fundo Municipal de Saúde apega-se ao argumento de que precisa da liberação do orçamento de 2016 para realizar os pagamentos, sendo que se isso fosse verdade não caberia, pois o orçamento foi aprovado na segunda quinzena de dezembro de 2015 pela Câmara de Vereadores”, explica Raimundo Santana.

O Síntese em consulta ao Ministério  da Saúde verificou o repasse do FNS antecipado ao município no dia 30/12/2015 no valor de R$ 2.161.291,54 da competência dezembro/2015 referente a MAC (Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar) e no dia 12/01/2016 ainda teve um complemento ao pagamento depositado de R$ 6.135,470,7, contabilizando um total de R$ 8.296.762,25. E com essa grana em caixa os prestadores alegam não terem recebido.

O Sindicato desconfia que o recurso da saúde tenha sido desviado para outro fim que não foi os pagamentos dos prestadores do SUS. Por isso solicita ao Conselho Municipal de Saúde a criação de uma comissão para apurar as irregularidades, e evitar novas greves dos trabalhadores da saúde, devido aos atrasos de salários. Outra preocupação do Sintesi é o agravamento da  epidemia de Dengue, Chikungunya e Zika com os postos da atenção básica funcionando de  forma precária e os hospitais sobrecarregados.

Indicativo de Greve nos hospitais

Nesta quinta-feira(21), as 19:20h, o Sintesi realiza uma Assembléia Geral com os  trabalhadores dos três hospital  da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, e pode indicar greve a partir de segunda-feira(25).  Também na segunda-feira, o Sindicato tem a primeira reunião agendada  com o Ministério Público Estadual para tratar da pauta da saúde do município.