Hospital de Base de Itabuna agiliza gestão do Pronto Socorro e uso de medicamentos

reuniao baseO Hospital de Base de Itabuna está implantando novo modelo de gestão do Pronto Socorro, que é a porta de entrada da unidade. O projeto permitirá a identificação, durante a triagem, da classificação de risco, a detecção dos sintomas e dos procedimentos a que o paciente será submetido e a melhoria do tempo de resposta dos exames pelo laboratório.

A iniciativa está sendo coordenada pela médico infectologista Fernando Romero, especialista pela Universidade de São Paulo e recentemente contratado pelo Hospital de Base. Segundo ele, “após conhecermos os indicadores de atendimento, vamos estabelecer um fluxo, em que já na triagem haverá a classificação de risco da doença e determinar o setor onde será feito o atendimento”. “Isso terá impacto no tempo de atendimento, os pacientes permanecerão menos tempo na emergência e quem necessitar de internamento, isso se dará com maior rapidez”, explica o médico.

GESTÃO DE MEDICAMENTOS

O Hospital também está implantando um sistema de otimização da aquisição e utilização de medicamentos. O Dr. Fernando Romero destaca que “essa nova prática significará agilidade, economia e uma indicação correta dos medicamentos na dosagem certa. O medicamento utilizado, pode ser até mais caro, mas quando é corretamente aplicado, a resposta para o paciente é imediata”.

As ações fazem parte do processo de humanização do hospital, garantindo um atendimento digno e eficiente aos pacientes e acompanhantes. Essas ações incluem a ampliação das enfermarias, aquisição de 160 poltronas reclináveis e a reabertura da terceira sala cirúrgica, para agilizar e dinamizar o fluxo de atendimento de urgência e emergência de pacientes politraumatizados, com novos equipamentos como aparelho de anestesia de última geração e bisturis eletrônicos de alta frequência.


Prefeitura de Itabuna contrata médicos e amplia atendimento nas Unidades de Saúde

Resultado de imagem para Prefeitura de Itabuna contrata médicos e amplia atendimento nas Unidades de SaúdePara ampliar e reforçar o atendimento médico nas Unidades de Saúde do município, a Prefeitura de Itabuna, através da Secretaria Municipal de Saúde contratou oito médicos. Os novos profissionais que irão trabalhar quarenta horas por semana iniciaram os atendimentos na última segunda-feira (06) nas Unidades Básicas dos bairros Mangabinha, Lomanto, Nova Ferradas, Califórnia, Rua de Palha, Urbis IV e na Fundação José Maria Magallhães Neto, o antigo Sesp, localizado na avenida Inácio Tosta Filho.

Na última terça-feira (07), os médicos foram apresentados pelo secretário Municipal de Saúde, Uildson Nascimento, ao prefeito Fernando Gomes. Na oportunidade, o prefeito desejou boas-vindas aos profissionais e destacou que esta medida marca o início de um novo momento na saúde de Itabuna, que será mais eficiente com o pleno funcionamento das unidades básicas. Segundo o prefeito Fernando Gomes, o objetivo das novas contratações é melhorar os serviços prestados à população que busca atendimento médico nos postos.

O secretário Uildson Nascimento comentou que, com a chegada dos novos profissionais de saúde, os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) terão atendimento mais eficaz. Para o secretário, a carga horária ampliada vai melhorar significativamente o acesso da população ao serviço de saúde.


Saúde é destaque no primeiro Soterópolis do ano na TVE

O Soterópolis começa o novo ano com destaques para saúde. Feiras de produtos saudáveis, pesquisas sobre uso medicinal da Cannabis e Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) são alguns deles. A exibição é às 22h, na TVE Bahia.

O programa mapeou feiras orgânicas para mostrar onde comprar produtos saudáveis, e visitou os restaurantes Brisa e Boi Vivo, que promovem uma feira com produtos orgânicos alguns dias da semana. Na reportagem, a equipe organizadora fala sobre a iniciativa de promover a feira, como tem sido a procura pelos alimentos orgânicos e o principal público.

O programa exibe ainda uma reportagem na Semana da Cannabis medicinal, que aconteceu em Salvador e bateu um papo com Leandro Stelitano, fundador e presidente da associação para pesquisa e desenvolvimento da Cannabis no Brasil. Stelitano falou sobre o uso medicinal da cannabis, as pesquisas, a produção e liberação deste medicamento, além do preconceito em torno do tema.


Hospital de Base de Itabuna implanta ações de gestão e novas tecnologias

hospital de base (2)A direção do Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães, em Itabuna, apresentou hoje (22) ações e adoção de recursos tecnológicos que ampliarão a melhoria do atendimento aos pacientes. O hospital atende mais de 160 municípios da região, conveniados através do Sistema Único de Saúde-SUS.

Entre ações apresentadas estão a implantação do sistema digital de prontuário eletrônico –PEP, que agilizará o fluxo e a segurança dos dados dos pacientes e a gestão de custos de insumos. Além disso, entrou em funcionamento o novo equipamento Raio X Digital, o primeiro da Bahia com essa tecnologia, que permite realizar exames panorâmicos. O novo equipamento oferece recursos para envio de imagens em arquivos digitais, em diversos setores do hospital, garantindo segurança, agilidade e qualidade no diagnóstico, além da redução de custos.

CENTRO CIRÚRGICO

hospital de base (1) O Hospital de Base reabriu a terceira sala cirúrgica, para agilizar e dinamizar o fluxo de atendimento de urgência e emergência de pacientes politraumatizados, com novos equipamentos como aparelho de anestesia de última geração e bisturis eletrônicos de alta frequência. O setor também recebeu um novo desfibrilador para casos de paradas cardiorrespiratórias. Novos desfibriladores também foram destinados ao Pronto Socorro, CTI e enfermarias.

(mais…)


Banco de Sangue e Liga Itabunense de Futebol unidos para salvar vidas!

santa-casaO Banco de Sangue da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna firmou uma parceria com a Liga Itabunense de Futebol – LIF, onde vai receber nesta sexta (22), jogadores e ex-jogadores da seleção de Itabuna, pais de jogadores mirins para doação de sangue.

A ação, que está aberta ao público em geral, tem por objetivo mobilizar toda a sociedade acerca da importância da doação de sangue e faz parte das comemorações do Dia Nacional do Doador de Sangue (25/11) na nossa instituição.

De acordo com o presidente da Liga, Rafle Salume, a ideia é conscientizar o maior número de pessoas para se tornarem doadoras de sangue e assim ajudarem a salvar vidas. “Acreditamos que esporte e saúde caminham juntos e a LIF sempre apoia ações solidárias relacionadas ao tema”, declara. Na oportunidade, a Liga vai prestar uma homenagem ao ex-jogador da seleção de Itabuna, Fernando Riella, que foi considerado como um dos melhores jogadores de sua época.

(mais…)


Hospital Regional Costa do Cacau realiza cirurgias reparadoras e agiliza cicatrização

hospital da costa do cacauO Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, incorporou aos seus serviços, há quatro meses, cirurgias reparadoras que agilizam o processo de cicatrização de feridas. A unidade, única da rede de saúde do interior da Bahia a realizar esse tipo procedimento, atende pacientes do SUS, com ferimentos complexos para serem fechados.

O cirurgião plástico do HRCC, Leonardo Albuquerque, explica sobre o trabalho realizado no hospital, onde o paciente que teve trauma nos membros, necrose de tecido, perdeu parte da pele de alguma região, tem ferida grande aberta, precisa que sejam realizados enxertos e retalhos para fechar essas feridas.

“Nós temos avaliado pacientes com feridas por pressão (úlceras, escaras), também sequelas de traumatismo, fatura nos membros, fratura exposta que podem ter perda de cobertura de pele, ficando uma grande área exposta de musculatura ou de osso”, complementou Leonardo.


Sesau discute implantação do banco de leite no Hospital São José

Durante reunião na tarde de terça-feira (17), o titular da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), Geraldo Magela, acompanhado do seu diretor de Planejamento, Alberto Araújo, debateu com os representantes do Corpo de Bombeiros Militar de Ilhéus, sobre o projeto que visa instalação do banco de leite humano no município.

Participaram do encontro o coronel BM Miguel Filho, comandante de Operações de Bombeiros Militar do Interior (COBMI), tenente-coronel BM Ednei Factum, comandante do 5º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) e os cabos BM Caetano e Adriano.

A iniciativa é uma articulação entre o CB Caetano, o Alto Comando da Corporação e a Prefeitura Municipal. Na ocasião foi apresentada a proposta para implantação do projeto ‘Bombeiro, Amigo do Peito’. Por meio do projeto, os bombeiros fornecem kits de coletas para as mães doadoras de leite e o material também é doado para as maternidades parceiras.

O secretário Geraldo Magela destacou a importância da implantação do banco de leite em Ilhéus. “O município avança com a futura chegada da unidade materno-infantil de alta complexidade. Por meio de um banco de leite poderemos promover e garantir o aleitamento materno, e assim diminuir os índices de mortalidade infantil”.


Policlínicas já atendem mais da metade dos municípios baianos

As policlínicas regionais de saúde já atendem a população de 58% dos municípios da Bahia. Com a inauguração da 12ª unidade, em Jacobina, na última quinta-feira (12), são 239 municípios contemplados pelos serviços. Cada policlínica recebe R$ 22 milhões em investimentos do Governo do Estado, que é responsável pela construção, aquisição de equipamentos, mobiliário e micro-ônibus para o transporte dos pacientes.

O principal objetivo das policlínicas é complementar a atenção básica de saúde. Elas são construídas em locais estratégicos no interior do estado, possibilitando a regionalização do atendimento à população, que não precisa percorrer longas distâncias ou aguardar tempo excessivo para o atendimento.

As policlínicas já funcionam nas regiões de Teixeira de Freitas (13 municípios atendidos), Guanambi (22 municípios), Jequié (28 municípios), Irecê (24 municípios), Feira de Santana (28 municípios), Alagoinhas (19 municípios), Santo Antônio de Jesus (28 municípios), Valença (13 municípios), Paulo Afonso (9 municípios), Juazeiro (10 municípios) e Vitória da Conquista (28 municípios). Também estão em construção as unidades de Salvador, Barreiras, Itabuna, São Francisco do Conde, Simões Filho e Senhor do Bonfim.

A manutenção das unidades é compartilhada entre o Estado, que financia 40% dos custos, e os municípios do consórcio de saúde, que cobrem os 60% restantes.

Entregue pelo governador Rui Costa na quinta-feira (12), a policlínica em Jacobina será administrada pelo consórcio formado por 17 municípios: Caém, Caldeirão Grande, Capim Grosso, Jacobina, Mairi, Miguel Calmon, Mirangaba, Ourolândia, Piritiba, Quixabeira, São José do Jacuípe, Saúde, Serrolândia, Umburanas, Várzea da Roça, Várzea Nova e Várzea do Poço.

Nas policlínicas, a população têm acesso gratuito a consultas em diversas especialidades médicas, a exemplo de angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia e otorrinolaringologia, e exames como ressonância magnética, tomografia, mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, mapa, holter, eletroencefalograma, eletrocardiograma, endoscopia e colonoscopia.


Santa Casa promove o 2º Mutirão de Colonoscopia da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva

santa-casaO mês de setembro, é também de prevenção ao Câncer de Intestino. Sendo assim, a Sociedade Brasileira de Endoscopia, em sua comissão de ações sociais, realizará no próximo sábado (14), o 2º Mutirão de Colonoscopia na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna.

O objetivo é chamar a atenção da população para realizar o protocolo de prevenção do câncer de intestino e do poder público para a necessidade de investir mais nas realizações de colonoscopia e mais orientações à população.

Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), esse tipo de câncer mostra-se como o terceiro mais comum diagnosticado entre homens adultos e o segundo entre mulheres adultas. São previstos, no país, aproximadamente 18.000 casos em ambos os sexos, sendo mais predominante em pacientes de etnia negra.

O mutirão vai começar a partir das 08h e contemplará 30 pacientes que estão na fila da regulação do SUS, previamente selecionados pelo próprio hospital. Serão mobilizados 10 médicos dos principais serviços da cidade de Itabuna e Salvador, 01 enfermeira especializada em endoscopia, 5 técnicas de enfermagem, 6 aparelhos de endoscopia com duas torres das principais marcas do nosso país. Durante a ação, também serão distribuídos informativos sobre o câncer colorretal entre as pessoas que frequentam o hospital.

De acordo com o Dr. Álvaro Albano, que é especialista em endoscopia,presidente da SOBED-BA Sul e coordenador do Mutirão, o exame é extrema importância para a prevenção do câncer de intestino, por ser o segundo tipo que mais mata no mundo. O ideal é que a cada 5 anos, pacientes acima de 50 anos façam o exame. “A colonoscopia previne 56% dos casos de câncer de intestino se for realizada na periodicidade correta. Através do exame, é possível fazer a retirada dos pólipos que podem evoluir para um câncer de intestino ao longo dos anos”, disse.

Para a gerente SUS, Lânia Peixoto, essa ação na Santa Casa reforça as ações de prevenção ao câncer, além de diminuir a fila da regulação e favorecer os pacientes que precisam desse tipo de exame.


DayHORC Vai à Escola beneficia estudantes da região de Itabuna e Eunápolis

DayHORC Vai à Escola beneficia estudantes da região de Itabuna e EunápolisDe acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, 30% das crianças em período escolar sofrem com algum erro de refração, tais como miopia, astigmatismo e hipermetropia – porcentagem essa que representa cerca de 8 milhões de pessoas, entre 7 e 14 anos de idade, no Brasil.

O mais preocupante é que, além de interferir no desempenho, esses problemas oculares são uma das principais causas da evasão escolar, segundo o Ministério da Educação (22,9% dos casos). Para ajudar a dirimir essa estatística, profissionais da área de oftalmologia estão realizando visitas, palestras e exames preventivos em estudantes da Educação Infantil e Fundamental I, nos municípios de Itabuna e Eunápolis.

Intitulado DayHORC Vai à Escola, o projeto possibilita um momento de saúde ocular aos estudantes, com palestra e exames gratuitos de acuidade visual. Durante a iniciativa são distribuídos também materiais educativos sobre prevenção e jogos didáticos para que os próprios estudantes, juntamente com pais e professores, possam identificar sintomas e o momento certo de buscar ajuda médica especializada.

A avaliação ocular nessa fase da vida é imprescindível para detectar e tratar doenças, de forma precoce e efetiva. “Quanto mais cedo for diagnosticado um possível problema de visão, maiores são as chances de serem evitadas sequelas que possam refletir na vida adulta. Os pais devem levar os filhos à consulta com oftalmologista de maneira regular, resguardando, assim, a saúde dos olhos das crianças e o bom desempenho escolar”, afirma o médico Ruy Cunha, especialista do corpo clínico do DayHORC, empresa do Grupo Opty.