Anvisa autoriza ampliação de estudos da vacina de Oxford

vacina oxA Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, nesta terça-feira (15), a ampliação dos estudos da vacina Oxford-Astrazeneca contra a Covid-19. Com isso, o número de voluntários dobrará, passando de cinco para 10 mil participantes no Brasil.

Também foi autorizada a ampliação da faixa etária dos participantes, com a inclusão de maiores de 69 anos de idade. Além disso, os testes serão realizados em outros dois estados: Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul, que se somam a São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia.

A solicitação foi feita pelo laboratório Astrazeneca, responsável pelo desenvolvimento da vacina, juntamente com a Universidade de Oxford. Uma vez registrada, a a vacina poderá ser produzida no Brasil.  A instituição responsável por conduzir as análises com voluntários brasileiros é a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

TESTES CLÍNICOS

Solicitações para a ampliação do número de voluntários, entre outras alterações, são comuns em testes clínicos. A Anvisa autorizou na semana passada, por exemplo, mudança nos estudos conduzidos pela Pfizer-Wyeth. Nesse caso, foi solicitada a inclusão de novo local de fabricação para as vacinas que estão sendo utilizadas nos testes.

As mudanças estão relacionadas ao objetivo da pesquisa, ou seja, elas visam garantir a produção de dados robustos sobre o desempenho de cada vacina, bem como conhecer os efeitos em diferentes grupos populacionais.


Atendimento particular no Hospital Manoel Novaes somente por meio de agendamento

Atendimento particular no Hospital Manoel Novaes somente por meio de agendamentoCom objetivo de encerrar uma confusão antiga causada por usuários que solicitavam atendimento particular de última hora, na recepção e, depois, por má-fé, alegavam cobrança indevida nos procedimentos médicos, a direção do Hospital Manoel Noves decidiu suspender a opção da contratação do serviço na hora. Agora, o atendimento particular no HMN acontecerá apenas para procedimentos eletivos, que são marcados previamente e/ ou aqueles encaminhados a partir de consultórios médicos.

A diretora técnica do HMN, Fabiane Chávez, explica que a opção de contratar o serviço na porta da unidade vinha causando vários transtornos. Ela relata que, quando chegava ao HMN, a pessoa era informada que o atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é 100% feito pela Central de Regulação Estadual, mesmo assim provocava confusão.

Com a modificação adotada a contratação de procedimentos como cirurgias eletivas e cesarianas devem ser devidamente agendados. “Hoje, na nossa porta, só são atendidos os usuários de planos de saúde e os pacientes SUS devidamente regulados. Essa medida foi adotada para acabar com a confusão e relatos falsos que as pessoas faziam sobre o nosso atendimento”.


Índia ultrapassa o Brasil e se torna o segundo país com mais casos de coronavírus

Índia ultrapassa o Brasil e se torna o segundo país com mais casos de coronavírus | Mundo | G1A Índia ultrapassou o Brasil e se tornou nesta segunda-feira (7) o segundo país do mundo com mais casos de Covid-19, de acordo com dados do Ministério da Saúde indiano.

O país chegou a 4,2 milhões de infecções pelo novo coronavírus, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, que têm mais de 6,4 milhões de casos confirmados.

O Brasil tem 4,13 milhões de infectados, mas é um dos países que menos testam no mundo, o que contribui para que o número de casos notificados seja menor do que os que existem de fato. Além disso, a população da Índia é cerca de 6 vezes maior que a do Brasil: são 1,3 bilhão de habitantes, contra 210 milhões no Brasil.

Brasil tem uma das piores taxas de mortes por milhão pela Covid; especialistas dizem que comparação, porém, não é a ideal
No domingo (6), a Índia bateu o recorde diário global de novos casos de Covid-19, com mais de 90 mil notificações de infecções pelo coronavírus. No mesmo dia, o Brasil teve 16,4 mil casos confirmados.

(mais…)


Senai Cimatec já reparou 300 respiradores na Bahia

F2190B4E-431A-4F74-A4EA-5221AEB598A3O Senai Cimatec está realizando o reparo de respiradores mecânicos com defeito, em parceria com o Governo da Bahia, através da Secretaria do Planejamento (Seplan). Até esta sexta-feira (21), esta ação já reparou e devolveu em pleno funcionamento 300 respiradores mecânicos para os hospitais da Bahia.

“Este é um trabalho que reforça as UTIs com equipamentos que são essenciais para o tratamento das pessoas que apresentam os mais graves sintomas da Covid-19. Esta ação se junta a outras iniciativas em parceria com o Senai Cimatec e evidencia o comprometimento da instituição com a sociedade, além da sua competência técnica e capacidade de inovar”, destacou o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.


Brasil registra 3 milhões de casos de covid-19 e 101 mil mortes

covid19_fotoO Ministério da Saúde divulgou hoje (9) novos números sobre a pandemia do novo coronavírus (covid-19) no país. De acordo com levantamento diário feito pela pasta, o Brasil tem 3.035.422 casos confirmados da doença e 101.049 mortes registradas. Os casos recuperados somam 2.118.460. 

Nas últimas 24 horas, o ministério registrou 23.010 novos casos e 572 mortes.

O estado de São Paulo tem o maior número de casos acumulados desde o início da pandemia, com 627.126 casos e 25.114 mortes. Em seguida estão os estados da Bahia (193.029 casos e 3.953 óbitos), Ceará (188.542 casos e 7.954 óbitos) e o Rio de Janeiro (178.850 casos e 14.080 óbitos)

De acordo com o Ministério da Saúde, 3.566 casos estão em investigação.


Colaboradores da Amurc são testados para o Covid-19

testes-com-os-colaboradores-da-amurc-foto-alline-meira-1Os colaboradores da Associação dos Municípios da Região Cacaueira (Amurc) passaram pelo teste de PCR, nesta terça-feira, 21, na sede da entidade, visando detectar o vírus causador da Covid-19. De acordo com os técnicos da Vigilância Epidemiológica de Itabuna, os resultados estarão prontos em até sete (7) dias.

          A ação atende ao protocolo de recomendação elaborado pela Prefeitura Municipal de Itabuna em parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), que contou com a participação da Associação e entidades ligadas aos setores do comércio, da indústria e de serviços.

Para o presidente da Amurc, Aurelino Cunha, a iniciativa visa levar segurança aos colaboradores da instituição e aos próprios associados que precisam ter acesso aos serviços prestados pela Associação, de apoio aos municípios nesse período da pandemia.

A Amurc retomou as atividades presenciais na segunda-feira, 20, com uma carga horária de atendimento reduzida, de 9 às 13 horas.


Cientistas baianos querem descobrir por que Covid-19 afeta pacientes de diferentes formas

Cientistas baianos querem descobrir por que covid-19 afeta ...Um grupo composto por cinco pesquisadores da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) se uniu para analisar a propagação da Covid-19, através de estudos moleculares e sorológicos, na região Oeste da Bahia, com o objetivo de auxiliar nas tomadas de decisões para controle e tratamento da doença por parte do poder público. Para concluir o trabalho, os pesquisadores, que foram contemplados no edital da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), voltado para temas relacionados ao coronavírus, vão avaliar amostras de sangue e de fluidos respiratórios de profissionais de saúde e de pacientes com diferentes manifestações da doença.

À frente do projeto, o pesquisador Jonilson Lima explica que a primeira etapa consiste em quantificar as cargas virais nas amostras dos pacientes. “Através disso, iremos realizar correlações entre a carga viral e a produção de outras moléculas que serão analisadas nas outras etapas do projeto que envolve, também, avaliar carga viral em diferentes grupos de pacientes. Ao final deste estudo, pretendemos contribuir com informações sobre a situação clínica e possíveis parâmetros para tomada de decisão durante a epidemia de SARS-CoV2”, diz, relembrando que a ideia de criar o projeto surgiu em meio à emergência sanitária da pandemia da Covid-19. “Uma vez que iríamos prestar o serviço de testagem no laboratório de diagnostico molecular da Ufob, o Laive, resolvemos associar esse serviço à pesquisa, analisando amostras dos pacientes que fossem testados pelo nosso laboratório com o intuito de entender melhor a evolução da doença”.

(mais…)


Brasil passa de 70 mil mortes e 1,8 milhão de casos de Convid19

covid19_fotoAs mortes por conta da pandemia do novo coronavírus passaram da casa dos 70 mil, segundo atualização diária divulgada pelo Ministério da Saúde hoje (10). Nas últimas 24h, foram registrados 1.214 óbitos, totalizando 70.398. O número total de mortes representa um aumento de 1,7% em relação a ontem (9), quando o painel trazia 69.184 óbitos desde o início da pandemia.

De acordo com a atualização do ministério, 651.666 pessoas estão em acompanhamento e 1.078.763 se recuperaram. Há ainda 4.000 mortes em investigação.

O número de casos confirmados desde o início da pandemia chegou a 1.800.827. O sistema do ministério contabilizou 45.048 pessoas desde o balanço de quinta-feira. O total representa aumento de 2,5% em relação a ontem, quando o sistema marcava 1.755.779 casos confirmados. Foi o sexto dia em número de novos registros desde o início da pandemia.

Estados

Os estados com mais mortes são: São Paulo (17.442), Rio de Janeiro (11.280), Ceará (6.777), Pernambuco (5.482) e Pará (5.224). As unidades da Federação com menos óbitos pela pandemia são Mato Grosso do Sul (146), Tocantins (245), Roraima (393), Acre (417) e Santa Catarina (459).

São Paulo também lidera entre os estados com maior número de casos confirmados, com 359.110, seguido por Ceará (133.546), Rio de Janeiro (129.443), Pará (122.674) e Bahia (101.186). As unidades da Federação com menos pessoas infectadas registradas são Mato Grosso do Sul (12.261), Tocantins (14.509), Acre (15.768), Roraima (21.220) e Rondônia (26.000). (Agencia Brasil)


Técnica em enfermagem Patrícia morre de covid19

A técnica em enfermagem, Patrícia da Silva Oliveira, de 49 anos, morreu nesta segunda-feira, 6, vítima da Covid-19. Ela trabalhava na linha de frente do enfrentamento a doença no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem).

Patrícia deixa um filho de 14 anos. Em nota de pesar, o Prefeito de Itabuna Fernando Gomes disse que: “Patrícia foi uma guerreira, deu sua vida ajudando a salvar outras vidas. Infelizmente ela não resistiu. Que Deus conforte a todos nesse momento”, (do Ipolitica)


Prefeito de Manaus é internado após testar positivo para Covid-19

Foto: Agência BrasilO prefeito de Manaus (AM), Arthur Virgílio Neto, 74 anos, testou positivo para a Covid-19 e foi internado às pressas em um hospital particular da capital amazonense no fim da noite desta segunda-feira (29).

Em nota, a prefeitura informou que o quadro de saúde de Virgílio permanecia estável até o início da tarde de hoje (30). “Lúcido e orientado”, o prefeito segue trabalhando do hospital, sob observação de seus médicos. (Muita Informação)