Após saída do Mais Médicos, pedidos por refúgio de cubanos quase triplicam

Após saída do Mais Médicos, pedidos por refúgio de cubanos quase triplicamApós o fim do convênio de Cuba com o programa Mais Médicos, o número de cubanos que solicitaram refúgio no Brasil quase triplicou. De acordo com o G1, novembro de 2018 e abril de 2019, cerca de 2.209 profissionais estrangeiros pediram para não voltar para Cuba. No mesmo período entre 2017 e 2018, foram 880 registros.

Por dia, são 12,62 pedidos de refúgio. O número anterior era de 4,86. Os dados foram divulgados pelo Comitê Nacional para os Refugiados.

Desde que o programa Mais Médicos começou, em 2013, as solicitações por refúgio são recorrentes. Porém, os registros vêm crescendo ano a ano. De duas solicitações em 2013, chegou a mais de 150 em 2015, pulando para 322 em 2018 e 466 em fevereiro de 2019, quando Cuba anunciou que abandonaria o programa por conta de declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre expulsar os profissionais do país.

Porém, ainda de acordo com o G1, Bolsonaro prometeu conceder aos cubanos que solicitassem o status de “asilado”, que permite ao estrangeiro permanecer legalmente no país. Não foram divulgados dados sobre quantos asilados existem no país. (BN)


Grupo Afya faz doação de respirador para a Santa Casa

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna recebeu ontem, 09/07, a doação de um respirador para a UTI Neonatal do Hospital Manoel Novaes. A doação foi uma iniciativa da FASA – Faculdade Santo Agostinho, que integra o Grupo Afyia Educacional e foi entregue pelo diretor geral, Dr. Lácio César Gomes da Silva e pela Dra. Mércia Margotto, coordenadora do curso de Medicina.

Para a diretora técnica do Novaes, Dra. Fabiane Chávez, a vinda de mais um aparelho respirador vai contribuir muito para os bebês, em especial, os prematuros, que possuem dificuldade para respirar sozinhos. “Esse é um aparelho que não temos em quantidade suficiente pra atender todas as crianças. Com certeza, vai ajudar bastante o nosso trabalho”, diz.

Segundo ela, os bebês que nascem com peso abaixo de 1000 gramas dependem do aparelho para respirar durante muito tempo. “Temos 21 leitos de alto risco em funcionamento e 10 respiradores. É uma quantidade insuficiente para o número de pacientes”, conta.

O diretor da FASA de Itabuna, Lácio Silva disse que esse é um compromisso assumido pelos antigos donos da faculdade e agora pelo grupo Afya. “Uma faculdade de medicina tão importante para a Bahia e para essa região tem que ter a possibilidade de retorno à comunidade através de equipamentos, projetos sociais e ações. O equipamento vai contribuir de forma significativa para a saúde das crianças de Itabuna”, comenta.

(mais…)


Doenças provocadas por Aedes já mataram 410 neste ano no Brasil, aponta MS

Doenças provocadas por Aedes já mataram 410 neste ano no Brasil, aponta MSO Ministério da Saúde informou que pelo menos 410 pessoas morreram de doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti do começo do ano até a primeira quinzena de junho. Segundo o informe, foram 388 óbitos por dengue, 20 por chikungunya e 2 por zika. Conforme o Estadão, o número é quase três vezes maior do que o registrado no mesmo período do ano passado. À época, foram registradas 151 mortes causadas por enfermidades associadas ao mosquito.

Além do aumento das mortes houve também crescimento dos casos das três doenças até o dia 15 de junho. Os dados mostram 1,192 milhão de casos prováveis de dengue, número 6,7 vezes maior que o anotado no mesmo período do ano passado. Em relação à chikungunya houve aumento de 11,9%, com 71.079 casos, e no caso de zika foram 7.530, crescimento de 28% em relação ao mesmo período em 2018.


HRCC realiza primeiro implante de marca-passo CDIR em paciente

hospitalcostadocacau__1Francisco Luiz da Costa de Jesus foi o primeiro paciente a receber marca-passo implantável definitivo, do tipo Cardioversor / Desfibrilador Ressincronizador (CDIR), durante procedimento realizado na última semana, no Centro Cirúrgico do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus. O aparelho organiza os batimentos e serve de desfibrilador, reduzindo riscos de morte súbita por parada cardíaca.

O procedimento é classificado como cirurgia de média e alta complexidade. Uma frequência cardíaca normal fornece ao seu corpo a quantidade adequada de circulação sanguínea. A cirurgia foi realizada pelo médico Décio Cardoso, e transcorreu com sucesso, utilizando todos os paramentos e necessidades para o implante do aparelho regulador.

Internado no Hospital Regional Costa do Cacau, Francisco da Costa passou por diversos exames, até resultar no diagnóstico e ser encaminhado direto ao centro cirúrgico. O dispositivo não irá prevenir ou impedir doenças cardíacas. Contudo, o paciente se recupera na enfermaria da unidade, acompanhado de sua irmã Aldicéia Costa Santos.

“Meu irmão sempre foi muito bem atendido aqui no hospital pela equipe inteira e pelos plantonistas. Na minha opinião, o que o paciente precisa é de atenção, carinho, principalmente dos profissionais, enfermagem, técnicos e médicos, favorecendo o restabelecimento da saúde, por isso, estou muito satisfeita”, opinou Aldicéia.

O presidente do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar (IBDAH), José Antônio Sousa elogiou os avanços destacando a continuidade dos serviços. “Compromisso assumido pelo Governo do Estado, que investe na saúde dos baianos. Procedimentos que não eram realizados, agora são oferecidos de forma efetiva na unidade hospitalar”.


Mutirão da Saúde atende atletas do Centro da Canoagem de Itacaré

Cerca de 50 atletas que fazem parte do Centro de Canoagem de Itacaré participaram nesta segunda-feira do Mutirão da Saúde promovido pela Prefeitura de Itacaré, através das secretarias de Juventude, Esporte e Cultura e Saúde. O objetivo foi garantir o atendimento de médicos, enfermeiros e o acompanhamento nutricional para os atletas que fazem parte da unidade.

Durante o mutirão foram realizadas consultas, testes rápidos e avaliação nutricional. Os atletas também participaram de palestras sobre práticas saudáveis e exercícios físicos e foram encaminhados para exames, em caso de necessidade. O objetivo é que novos mutirões sejam realizados com freqüência em parceria com a Associação de Canoagem de Itacaré (ACI), garantindo que os atletas sejam bem acompanhados e possam estar cuidando melhor da saúde.

O prefeito de Itacaré considera importante essa ação para que os atletas locais estejam sempre em bom condicionamento físico, bens de saúde e com o acompanhamento de profissionais para que possam continuar bem representando a cidade nos eventos nacionais e internacionais. Na semana passada a equipe da Associação de Canoagem de Itacaré (ACI) mostrou mais uma vez o grande nível técnico e foi a campeã da 1ª Etapa do Campeonato Baiano de Canoagem, realizada na cidade de Ubatã. E o objetivo, segundo destacou o prefeito, é que possam continuar trazendo grandes alegrias para a comunidade de Itacaré.


Liberar venda de cigarro eletrônico será retrocesso, diz especialista

cigarro-eletronicoPor Cristina Índio | Agência Brasil

Os efeitos positivos no Brasil do combate ao tabagismo podem se perder, em parte, caso os cigarros eletrônicos tenham a venda liberada no país. A coordenadora do Comitê de Controle do Tabagismo da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Jaqueline Scholz, disse que é preciso manter a proibição, porque os impactos desse produto são maiores do que os dos cigarros convencionais. Para a médica, seria um grande retrocesso a abertura do mercado a esses produtos.

“Toda essa política antitabaco, de prevenção e de cessação poderia ser perdida, na medida em que você vem com outros produtos que ainda não estão queimados porque não existe trabalho do ponto de vista de saúde pública mostrando o impacto do real dano que isso vai provocar”, disse em entrevista à Agência Brasil.

De acordo com a médica, o Juul, que é tipo de cigarro aquecido no formato de um pen drive, vendido nos Estados Unidos, além de causar mais dependência, libera uma quantidade maior de nicotina. Segundo a coordenadora, lá, a FDA [Food and Drug Administration], agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos está preocupada com os jovens que são a maioria dos consumidores desse produto.

“Para nós é de assustar ver no mundo, por exemplo, o juul, o cigarro aquecido, que desde 2015 quando foi lançado é líder de mercado. O FDA está desesperado com o número de usuários com dificuldade de cessação, porque o produto libera mais nicotina. Um pen drive pequeno libera mais nicotina do que quase dois maços de cigarro convencional, e os adolescentes são aprisionados na dependência à nicotina”, disse. Segundo ela, na Universidade na qual esteve na semana passada para a formatura do seu filho, um colega dele foi expulso após ser flagrado três vezes com um juul.

(mais…)


Fundação everis abre inscrições para o Prêmio Empreenda Saúde 2019

A fundação everis, cujo objetivo é apoiar e promover o empreendedorismo por meio de atividades em diferentes esferas da sociedade, acaba de abrir as inscrições para o Prêmio Empreenda Saúde 2019. Em sua quinta edição, a iniciativa visa estimular profissionais de diferentes áreas a desenvolverem projetos que possam contribuir para a melhoria das práticas, processos, tecnologias e métodos de gestão no setor de saúde.

“Nossa premiação é hoje uma referência de mercado por estar atraindo novas soluções de startups para transformar a saúde nacional e acredito que estamos contribuindo para abrir boas oportunidades de ingresso efetivo das participantes no mercado nacional com projetos que visam tornar melhor o atendimento aos pacientes e a gestão das empresas de saúde, assim como aperfeiçoar os serviços” afirma Roberto Pereira, gerente de iniciativas de Inovação da everis Brasil.

Os concorrentes ao Empreenda Saúde 2019, que podem ser startups provenientes de todo o território nacional, podem apresentar projetos em três categorias:

Melhoria da qualidade ou eficiência hospitalar – que promova o engajamento e a experiência do paciente dentro do ambiente hospitalar, bem como contribua para processos assistenciais e operacionais;
Orientação direta ao paciente – que se inclua no ciclo de prevenção, tratamento e monitoramento das condições de pessoas com algum tipo de enfermidade ou deficiência;

Impacto na rede de saúde – projetos com foco na saúde nos âmbitos de gestão, processos e inteligência.
No ano passado, foram recebidos mais de 200 projetos de empresas de todas as regiões nacionais. Segundo Pereira, muitos projetos apresentados nas edições anteriores do Empreenda Saúde venceram outras premiações depois e conquistaram aportes significativos no mercado. “Isto mostra que nossa proposta de conectar ideias inovadoras com os principais players do setor tem contribuído de fato para desenvolver a saúde no Brasil”, comemora o executivo da everis. (mais…)


Campanha de vacinação contra gripe será prorrogada

vacina_fiocruz_-_pesquisaO ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse hoje (27) que a Campanha da Vacinação contra a Gripe, inicialmente prevista para se encerrar no próximo dia 31, será prorrogada. O ministro não informou por quanto tempo a campanha permanecerá ativa.

“Sempre prorroga [a campanha]. A gente prorroga porque não tem porque não prorrogar. A gente coloca uma meta no tempo para ver se as pessoas se conscientizam, se as secretarias [estaduais de Saúde] se conscientizam. Eu vou premiar as que fizeram o dever de casa. Essas sim. E vamos ajudar, vamos ver o que que se pode ajudar naquelas que não conseguiram”, disse após participar de um evento em Sorocaba (SP) na tarde desta segunda-feira.

A meta do Ministério da Saúde era vacinar 90% do público-alvo, composto por 59,4 milhões de pessoas, até o dia 31. No entanto, até esta segunda-feira, 42,5 milhões de pessoas haviam sido vacinadas. O número corresponde a 71,6% do público-alvo.(Agencia Brasil)


Santa Casa de Itabuna presente na XV Semana de Enfermagem da FTC

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna participou da XV Semana de Enfermagem da FTC Itabuna, que aconteceu entre os dias 22 e 23/05.

Trazendo como tema principal, “Os Desafios da Enfermagem Para Uma Prática Com Equidade”,o evento abordou várias temáticas, entre elas, “Segurança do Paciente”, palestra ministrada pela enfermeira da Qualidade e Segurança do Paciente da Santa Casa, Juliana Braga Nunes.Na oportunidade, foi realizada a sensibilização corpo a corpo sobre doação de órgãos e tecidos.

Segundo a enfermeira do setor de transplantes, Patrícia Betyar, há dois anos a Santa Casa tem parceria com a faculdade, através de um projeto de extensão com alunos da área de saúde, principalmente os de enfermagem, com ações voltadas para doação com sensibilização etreinamentos contínuos para multiplicação da informação nos postos de saúde e todos os eventos da FTC.


Prefeitos discutem contratos para Policlínica Regional de Saúde de Itabuna

reuniao-do-consorcio-de-saude-com-os-prefeitos-da-amurc-foto-ascom-amurc-1Os prefeitos associados a Amurc participaram de uma reunião, nesta terça-feira, 21, na sede da entidade, promovida pelo Consórcio Público Interfederativo de Saúde e o coordenador dos Consórcios de Saúde da Bahia, Nelson Portela, para aprovação do estatuto, protocolo de intenções, contrato de programa e de rateio, além da indicação de cargos comissionados para compor o quadro de funcionários da Policlínica Regional de Saúde, que vai funcionar em Itabuna.

O presidente da Amurc e prefeito de Firmino Alves destacou que a Policlínica é de grande importância para a população da região, que se deslocam de forma contínua para a cidade de Itabuna, em busca dos serviços de saúde. “A Policlínica vem para folgar os hospitais, para acolher a população da nossa região, atendendo as demandas dos municípios com saúde de qualidade”.

Na reunião, o presidente do Consórcio de Saúde e prefeito de Almadina, Milton Cerqueira fez um chamamento para uma maior participação dos prefeitos na gestão do consórcio e do equipamento de saúde. “É muito importante que todos os prefeitos possam estar unidos pois a policlínica é um equipamento novo para nossa região, e que vai trazer muitos benefícios, o bem comum para a nossa comunidade e a nossa região”.

O Consórcio vai coordenar as atividades da Policlínica Regional de Saúde de Itabuna e vai atender os municípios consorciados: Almadina, Arataca, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Canavieiras, Coaraci, Firmino Alves, Floresta Azul, Gongogi, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itajú do Colônia, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Itororó, Jussari, Maraú, Mascote, Pau Brasil, Potiraguá, Santa Cruz da Vitória, Santa Luzia, São José da Vitória, Una, e Aurelino Leal.

A população dessas localidades terão acesso a uma variedade de especialidades médicas, a exemplo de angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia. Diversos exames também serão oferecidos, com destaque para os seguintes: ressonância magnética, tomografia, mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, entre outros.

Trajeto

Paralelo a reunião dos prefeitos, os secretários vinculados ao Fórum Regional de Saúde dos Municípios associados a Amurc também se reuniram para definir o roteiro do ônibus que levará os pacientes das cidades circunvizinhas até a policlínica. Os secretários atuarão em conjunto com a gestão da policlínica, para analisar atendimento, cotas de exames, consultas e procedimentos de cada município consorciado.