Rui Costa confirma Angelo Coronel e Wagner como candidato ao Senado

rui-costa_ilheusO governador da Bahia, Rui Costa (PT), reuniu o Conselho Político na tarde desta segunda-feira (25), no Palácio de Ondina, em Salvador, e anunciou o nome do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel, como candidato a senador na chapa majoritária ao lado de Jaques Wagner (PT).

O anúncio já era esperado, porém apenas nesta segunda o governador divulgou, por meio de nota, que o presidente da AL-BA estaria ao seu lado na disputa eleitoral de 2018. Completam a chapa o próprio Rui Costa e João Leão como vice-governador.(BN)


Rui Costa ganharia disputa ao governo no primeiro turno,com mais de 58,8%

antonio-de-anisio-e-rui-costaO Instituto Paraná Pesquisa divulgou a mais nova pesquisa nesta terça-feira (29) para governador da Bahia, a primeira sem a presença do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), na disputa. Conforme levantamento, avaliando a estimulada, o atual governador do Estado, Rui Costa (PT), seria eleito no primeiro turno, com 58,8% das intenções de voto.

O pré-candidato ao Palácio de Ondina pelo DEM, José Ronaldo, aparece com 9,5%, seguido por João Henrique (PRTB) 5,8%, Marcos Mendes (PSOL), com 1,8%; e João Santana, 1,3%.

O levantamento Paraná Pesquisas ouviu 1.540 eleitores entre os dias 23 e 28 de maio e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº BA-08989/2018. Possui margem de erro de 2.5% para mais ou para menos e intervalo de confiança de 95%.(Bahia Notícias)


PT BA lança pré-candidatura à presidência do ex-presidente Lula

O PT Bahia lançou ontem na Faculdade de Arquitetura da UFBA a pré-candidatura à presidência do ex-presidente Lula.  Com o auditório lotado e a presença de centenas de militantes de movimentos e organizações, a atividade fez parte do calendário nacional de afirmação da pré-candidatura de Lula em todo o país.

Estiveram presentes no ato, além do presidente estadual Everaldo Anunciação, o ex-governador Jaques Wagner, os representantes das bancadas federal e estudual Nelson Pelegrino e Rosemberg Pinto, o membro da Executiva Nacional do PT Ivan Alex e o ex-presidente da Petrobrás José Sergio Gabrielli, além da professora Celi Taffarel, do dirigiente do PCO Rodrigo Pereira e do representante da Coordenação Nacional de Entidades Negras (CONEN) Gilberto Leal.

O presidente Everaldo Anunciação lembrou durante sua fala que a Constituição apenas prevê a suspensão dos direitos políticos de qualquer pessoa somente após o trânsito em julgado da decisão penal condenatória, “o que não é o caso do ex-presidente Lula”. Ressaltou que nenhuma lei impede que o ex-presidente participe do processo eleitoral, ainda que sob júdice, enquanto houver possibilidade de recursos plausíveis para instâncias superiores.


Partidos políticos poderão realizar convenções entre julho e agosto

eleicoesEm dois meses, partidos políticos poderão começar a realizar convenções para escolher oficialmente candidatos a presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador, senador e respectivos suplentes, deputado federal, deputado estadual ou distrital. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), essas convenções devem ocorrer entre 20 de julho e 5 de agosto.

Depois, segundo o calendário eleitoral de 2018, eles têm até as 19h do dia 15 de agosto para apresentar ao TSE o requerimento de registro de candidatos a todos os cargos pleiteados. No dia 16 de agosto, ficará permitida a propaganda eleitoral.

Até lá, a partir do momento em que houver a deliberação da chapa na convenção e o registro dela, fica permitida a formalização de contratos que gerem despesas e gastos com a instalação física e virtual de comitês. O pagamento efetivo, contudo, só poderá ocorrer após a obtenção de registro de CNPJ do candidato e a abertura de conta bancária específica para a movimentação financeira de campanha e emissão de recibos eleitorais.

Veja mais na Agência Brasil.


Joseildo lança pré-candidatura em salvador, durante ato em defesa de Lula

plenaria_joseildo_ramos_salvador-1024x768Mais de 600 pessoas lotaram o auditório da plenária promovida pelo deputado estadual Joseildo Ramos (PT) em solidariedade ao ex-presidente Lula, preso há mais de um mês na sede da Polícia Federal, em Curitiba.

O evento, que aconteceu na manhã deste sábado (12), na sede do SINDAE, em Salvador, também marcou o lançamento da pré-candidatura de Joseildo a uma vaga na Câmara Federal nas eleições deste ano. “Querem nos convencer que a política não presta e que todo mundo que está na política não vale nada. Isso não é verdade. Se fosse, não nós teríamos Lula e Dilma como um exemplo mundialmente reconhecido de inclusão”, disse Joseildo.

A indignação diante da prisão do ex-presidente foi destaque de todos os discursos da plenária. “Lula livre não é só um grito. Significa liberdade não só para ele, mas para o nosso povo”, disse Jones Carvalho, ex-Ouvidor Geral do Estado. Para o coordenador-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Água e Esgoto do Estado – SINDAE, a prisão de Lula não pode ser vista apenas pelo ponto de vista físico. “É a prisão da esperança, dos direitos da classe trabalhadora, é a recolocação das pessoas na condição de miséria”, afirmou.

Colocado como pré-candidato a deputado federal, Joseildo recebeu o apoio de seus colegas de partido. “Deixei minha vaga lá para que você ocupe”, brincou Moema Gramacho (PT), prefeita de Lauro de Freitas. Além da ex-deputada petista, o ex-prefeito de Serrinha e atual assessor especial do governador Rui Costa (PT), Osni Cardoso (PT), também se manifestou sobre o parlamentar. “Joseildo tem a firmeza necessária do bom político de esquerda. É preciso ter posição na política e ele é alguém de posição”, disse.

Joseildo também recebeu o apoio de lideranças do Governo e partidos aliados, como a senadora Lídice da Mata (PSB), a ex-secretária de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado, Olívia Santana (PCdoB), e o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas. “Estou na presença do meu deputado. Alguém em que voto há vários e vários anos e só pude conhecer quando entrei no governo. Lembro que pedi a Rui Costa, quando ainda era candidato a federal, um deputado para votar e ele me indicou Joseildo. Desde então, meu voto é dele”, afirmou Vilas-Boas.

O evento contou ainda com a presença do também deputado estadual, Marcelino Galo (PT); do secretário de Meio Ambiente, Geraldo Reis; do presidente do PT de Salvador, Gilmar Santiago; do vereador e presidente do PT de Alagoinhas, Luciano Sérgio; além de representações do Sindipetro, Sindiferro, CUT e lideranças comunitárias.


STF mantém prisão do ex-ministro Geddel Vieira Lima

  O ex-ministro Geddel Vieira Lima deixa prédio da Justiça Federal, em Brasília, após audiência (Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (8) manter na cadeia o ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso desde setembro do ano passado no presídio da Papuda, em Brasília. Em decisão unânime, os ministros negaram o pedido de liberdade da defesa.

Pouco antes, Geddel, o irmão e deputado federal Lúcio Vieira Lima, a mãe Marluce Vieira Lima e outros dois se tornaram réus no STF por lavagem de dinheiro e associação criminosa no caso dos R$ 51 milhões encontrados em apartamento em Salvador.

Geddel já havia sido preso antes, em julho, devido a suspeitas de que recebia propina na Caixa e teria tentado evitar a delação do doleiro Lúcio Funaro, um dos operadores do esquema de corrupção ligado ao MDB. Na sessão desta terça, os ministros consideraram que havia risco de novos crimes.


Ministros do STF admitem possibilidade de soltura e candidatura de Lula

lulaDo Correio Braziliense

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) admitem a possibilidade de soltura e de um eventual registro da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Operação Lava-Jato há 17 dias em Curitiba.

A declaração aconteceu nesta terça-feira (24/4) em evento sobre “fake news”, promovido pela revista Veja no Teatro Santander, em São Paulo. Entre os convidados, estavam o ministro do Supremo e presidente do Superior Tribunal Eleitoral, Luiz Fux, e o ministro do Supremo Gilmar Mendes.

Mendes chegou a admitir a possibilidade da decisão do plenário virtual da segunda instância do STF resultar na liberdade de Lula, mas disse que essa decisão já estaria “prejudicada”. “Eu acredito que já esteja prejudicado, porque o Tribunal (TRF-4) negou o recurso, mas pode, claro”, afirmou o ministro.


Lula aparece na frente, seguido por Bolsonaro e Marina Silva, aponta Datafolha

lulaO Instituto Datafolha divulgou neste domingo (15) uma pesquisa sobre as eleições presidenciais deste ano comparando diferentes cenários e analisando a chance de os candidatos chegarem ao segundo turno.

Pelos dados, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, lidera com 31% das intenções de voto. Ele é seguido pelo deputado federal Jair Bolsonaro, do PSL, com 15% e pela ex-ministra Marina Silva, da Rede, com 10%.

Em quarto lugar, aparece o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, do PSB com 8%.
O ex-governador de São Paulo e presidente nacional do PSDB, Geraldo Alckmin, conta com  6% das intenções de votos, em seguida vêm o ex-ministro Ciro Gomes, do PDT, com 5%, e o senador Álvaro Dias , do Podemos, com 3%.

A pesquisa foi feita em 227 municípios brasileiros, onde foram ouvidas mais  de 4 mil pessoas entre os dias 11 e 13 de abril. (Agência Brasil)


Zanin diz que defesa continuará a tomar medidas para revogar prisão de Lula

O advogado Cristiano Zanin, da equipe de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, informou hoje (8) que o ex-presidente está indignado pela situação, mas está bem. Sem dar detalhes, Zanin disse apenas que conversou com Lula, mas que por ser um diálogo entre advogado e cliente não poderia dar mais informações.

Zanin afirmou que a defesa vai continuar a tomar medidas para que a prisão seja revogada, e admitiu que os advogados analisam a possibilidade de pedir a transferência do petista para São Paulo. “Vamos analisar [eventual pedido de transferência]. Mas não posso adiantar as estratégias da defesa. O que entendemos é que não há motivo jurídico para ele estar preso e vamos tomar as providências para que a prisão seja revogada”, disse.

Saiba Mais na Ag. Brasil.


Lula resiste e não irá se entregar em Curitiba

Resultado de imagem para lulaO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará um pronunciamento a aliados e simpatizantes que estão na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, por volta do meio-dia, disseram duas fontes ligadas ao PT.
As fontes também afirmaram que Lula não irá nesta sexta-feira a Curitiba para se entregar às autoridades, após o juiz federal Sérgio Moro determinar sua prisão na véspera e dar o prazo até as 17h desta sexta-feira para ele se apresentar à Polícia Federal na capital paranaense.

O  ex-presidente deve permanecer no sindicato, que é seu berço político, fazendo com que os policiais tenham de ir lá prendê-lo. No momento, a única definição é que Lula não se entregará antes de uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre um pedido de habeas corpus feito pela defesa do petista.

No pedido, os advogados argumentam que a prisão não poderia ter sido decretada antes de esgotados todos os recursos junto ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). A defesa ainda pretende apresentar embargos aos embargos de declaração que foram rejeitados pela corte na semana passada.

Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele teria recebido o tríplex como propina paga pela empreiteira OAS em troca de contratos na Petrobra