FTC Itabuna fez homenagem ao Professor Luiz Alfredo Omena

homenagem-da-ftc-itabuna-ao-professor-luiz-alfredo-cortez-de-omenaUm momento marcado por forte emoção, lágrimas e sentimento de gratidão foi protagonizado por colaboradores, amigos e representantes de diversos segmentos da sociedade civil organizada na última terça-feira (25), durante a Homenagem Póstuma feita ao professor Luiz Alfredo Cortez de Omena, ex-diretor da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) Itabuna, falecido na última sexta-feira (21).

Fazendo referência ao clima de paz e harmonia que caracterizou os nove meses em que o homenageado esteve à frente da gestão da Faculdade, funcionários do corpo técnico-administrativo e docente se vestiram de branco e, durante 1h30min, destacaram os feitos, qualidades e virtudes de Alfredo Omena, como líder e amigo.

Representando o corpo docente da FTC Itabuna, o Padre José Nilton iniciou sua fala destacando a origem germânica e o significado do nome Alfredo: “conselheiro engenhoso ou elfo conselheiro”. Em seguida, o sacerdote levou os pressentes a refletir sobre o verdadeiro sentido do viver e do morrer e, referindo ao ex-diretor, destacou sua condição de autêntico cristão que soube vivenciar e partilhar o dom do amor com a família, parentes, amigos e colegas de trabalho.

“Agora, vivenciando a experiência de sua ausência física, em prece, queremos oferta da vida de Alfredo ao Deus da Vida pedindo que o acolha porque ele foi sinal do amor do seu Filho Jesus entre nós. Pela fé na ressureição, acreditamos que Alfredo já experimenta o que nós apenas balbuciamos: o convívio definitivo com o Amor Maior”, finalizou o padre Jose Nilton.

Falando em nome dos demais colaboradores do corpo técnico-administrativo, Viviane Guimarães, que trabalha na instituição há 11 anos,  afirmou que o professor Alfredo Omena deixa sua marca registrada, e que é unânime entre os colaboradores, sua atenção com todos os funcionários. “Sempre solícito para ouvir, conversar, e principalmente elogiar, o cuidado constante em reconhecer cada mínima ação de seus colaboradores, identificando e incentivando potencialidades, essas, ficarão para sempre em nossa memória”, contextualizou.

Em nome dos coordenadores de cursos, usaram da palavra as professoras Raildes Pereira e Sharon Shirley Well que, a exemplo dos demais fizeram questão de enaltecer as virtudes e qualidades do homenageado. A solenidade contou ainda com o pronunciamento do diretor de Operações da Rede FTC, professor Cristiano Lôbo, que enfatizou o quanto o professor Luiz Alfredo Omena foi importante para a Instituição. “Homem integro, que fez da ética a sua marca como gestor”, destacou Lôbo. Encerrando a homenagem, Pastor Genilson Souto, da Igreja Batista Teosópolis, da qual Alfredo Omena congregava, conduziu o momento de oração.


Rede FTC lamenta morte do Professor Luiz Alfredo Omena

Resultado de imagem para morre diretor da ftc itabunaA Rede FTC divulgou Nota de Pesar lamentando o repentino falecimento do professor Luiz Alfredo Cortez de Omena, 55 anos, diretor geral da Unidade FTC Itabuna, ocorrido na noite de ontem (sexta-feira, 21). Vitima de infarto, o diretor veio a óbito no Hospital Calixto Midlej Filho, onde recebeu atendimento de emergência. O sepultamento será realizado amanhã (23/07) às 10h30min na Capela B do Cemitério Jardim da Saudade em Salvador.

Natural do Recife (PE), Alfredo Omena atuava há 12 anos no segmento de Educação, tendo passado por Instituições de Ensino Superior no Sul da Bahia, Salvador e em Curitiba (PR). Graduado em Engenharia Elétrica com especializações nas áreas de Qualidade, Marketing e Administração, havia retornado à Itabuna após 3 anos para assumir a direção da FTC. Omena deixa a esposa, a psicóloga Manoela Campos de Omena, e a filha Luana Campos de Omena.

Manifestações de pesar

Por meio de notas, diversas instituições manifestaram pesar e solidariedade aos familiares e à Rede FTC pelo passamento do professor Alfredo Omena. A Associação dos Municípios do Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc) Consórcio Litoral Sul, por meio do seu presidente Antônio Mário Damasceno, destacaram o grande legado deixado pelo profissional, de grande representante da instituição de ensino superior na região. “Ao mesmo tempo, nos solidarizamos com os familiares e amigos, desejando Paz e Fé neste momento de perda irreparável”, expressa a nota.

Com consternação, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna também registrou em nota divulgada à imprensa e comunidade o falecimento do diretor da FTC – Unidade Itabuna, Luíz Alfredo Omena. “Gestor ávido e educador nato, Omena deixou sua marca na relação interinstitucional entre a FTC e Santa Casa, reiterando apoio mútuo em ações e atividades afins”, destaca o provedor da Instituição, Eric Ettinger de Menezes Júnior.

Na nota, ele citou como mais recente contribuição, seu apoio e dedicação pessoal para o sucesso do Projeto de Extensão “Gincana Fisioterapia e Números – campanha de doação de sangue”, demonstrando zelo pelo coletivo e efetividade nas ações de responsabilidade social no contexto da comunidade regional. “Em Deus, aguardamos conforto e memória pelo exemplo para a família, amigos enlutados, corpo de técnicos, discentes e docentes da FTC e para toda sociedade grapiúna”, finaliza o provedor.


Nota de Pesar da FTC pelo falecimento do diretor de Itabuna

É com muita tristeza que comunicamos o falecimento, na noite de ontem, do nosso colaborador, professor Alfredo Omena, Diretor da Unidade de Itabuna.
O sepultamento será realizado amanhã (23/07) às 10h30 na Capela B do Cemitério Jardim da Saudade em Salvador.
A Rede FTC lamenta profundamente a perda e presta suas condolências a familiares e amigos.
Rede FTC

Audiência pública com feirantes do São Caetano

Resultado de imagem para Prefeitura realiza audiência pública com feirantes do São CaetanoA Prefeitura Municipal de Itabuna, através das Secretarias de Administração, Desenvolvimento Urbano, Saúde por meio da Vigilância Sanitária, e de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente (SEMA), via Departamento de Indústria e Comércio, realizou na manhã desta quinta-feira (20), na Usemi, uma audiência pública com os comerciantes que atuam na feira do bairro São Caetano, para apresentação do projeto de revitalização do espaço.

O Diretor do Departamento de Indústria e Comércio, Tarciso Oliveira Soares, ressalta que o projeto visa à modernização da feira, melhorando as condições de higiene e de trabalho dos feirantes, além de oferecer uma maior segurança para consumidores.

O Diretor Administrativo das Feiras Livres de Itabuna, Michel Silva, explica que a ideia é revitalizar todo o espaço de modo a adequar o ambiente para que ele ofereça condições ideais para receber a população. “Nossa preocupação é a melhoria do espaço para o próprio feirante, que consequentemente, atrairá mais clientes”, argumenta, ressaltando que a feira estava abandonada, com total falta de higiene, box inadequados e banheiros precisando de reforma.

Entre os itens que serão revitalizados pela Prefeitura, rede de esgoto, rede elétrica, pisos, banheiros e novas barracas que serão de responsabilidade dos feirantes. E completa: “Nos locais onde foram construídas barracas ilegalmente, nossa pretensão é criar um estacionamento”. A ideia tem sido aprovada por muitos comerciantes, que consideram uma oportunidade para poderem trabalhar em condições dignas.


Cadastro de ambulantes para trabalhar no aniversário de Itabuna

itabuna_entardecer_12_03_2017A Prefeitura Municipal de Itabuna, através da Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente cadastrou nesta terça-feira (18), os vendedores ambulantes que irão trabalhar na festa em comemoração ao aniversário da cidade, no dia 28 de julho próximo. Vendedores de lanches, bebidas e ambulantes que trabalham com isopor pegaram o alvará para ter acesso ao perímetro da festa e ter mais essa oportunidade de renda.

De acordo com o secretário John Vinícius Nascimento, a procura pelo cadastramento superou a expectativa. Vale ressaltar que foram disponibilizados 100 permissões, dentre elas, 25 para vendedores de lanches, 25 para barracas de coqueteis e 50 para ambulantes que trabalham com isopor. O evento comemorativo aos 107 de emancipação política de Itabuna se configura em mais um momento onde a economia local se aquece a partir da movimentação do comércio e da prestação de serviços. Segundo Jonh, “essas atividades da gestão tem gerado postos de trabalhos e contribuído com o aquecimento do comércio da cidade”.

“Com a proximidade de mais um período festivo nós podemos observar um crescimento na demanda por uma série de serviços onde todos ganham, desde o profissional que tem um salão de beleza, à dona da loja de roupa, passando pelo comerciante de assessórios, o vendedor ambulante e vários outros”, comenta o secretário.


ACI empossará novo presidente no próximo dia 20

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna – ACI estará empossando o empresário Luiz Sérgio Neto Velanes na presidência da entidade, próxima quinta-feira, 20, ás 19 horas, no auditório do Palace Hall, em Itabuna.

Sérgio presidirá a ACI no período de 2017-2019 e assumirá o compromisso do seu antecessor, o também empresário Ronaldo Abude, de continuar participando das decisões que influenciam no desenvolvimento do município e trabalhar em conjunto com outras instituições empresariais.

Atualmente, Sérgio participa de várias causas coletivas, inclusive do Movimento Empresarial Sul da Bahia em Ação – Mesb. Farmacêutico de formação, Sérgio administra a Drogaria Velanes, empresa familiar com quase 40 anos de operação e unidades entre Itabuna, Ilhéus e Feira de Santana. Recentemente foi premiado pela Federação de Comércio da Bahia – Fecomércio com o título de comerciante do ano 2016.

No mês passado, Velanes foi eleito pelos empresários para representar e defender a classe nos próximos dois anos. As ações, segundo ele, serão desenvolvidas com a participação das entidades e do Poder Executivo. “A minha missão é contribuir para o desenvolvimento do nosso município e partilhar experiências com a classe empresarial. Acredito que com todos juntos iremos consegui atingir os objetivos”.


Sesttran promove atividade educativa em escola pública

A equipe da Coordenação de Educação da Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito (Sesttran) promoveu dia (11) um ciclo de palestras ministradas pelos instrutores Hermes Silva e Kelly Nogueira, para diversas turmas de alunos da Escola Municipal Maria Creuza Pereira da Silva, bairro Urbis IV.  O ciclo mobilizou 12 turmas daquela unidade escolar, compostas por 240 crianças na faixa etária de 6 a 10 anos, todos aluno do 1º ao 3º ano do ensino fundamental.

Iniciada no mês passado, a atividade é fruto de uma parceria firmada entre a Sesttran, com as Secretaria de Assistência Social e Educação, além do Instituto de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e Ambiental (Idetec) – empresa terceirizada pela Prefeitura Municipal de Itabuna e executora das ações do Projeto Técnico Social (PTS), do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II), que visa beneficiar famílias em situação de vulnerabilidade e risco social, nos sete bairros da cidade que receberão obras de infraestrutura do programa de obras e ações governamentais.

Atuando em sintonia com o desenvolvimento das obras físicas, o trabalho da equipe técnica social do PAC II, deve, de forma interdisciplinar promover a mobilização e a participação popular, através de atividades de cunho sócio educativo. Com este objetivo foi firmada a parceria com a Sesttran, que participa do projeto atuando na vertente educacional, desenvolvendo atividades lúdicas, com a temática da“Educação para o Trânsito”.

A vice-diretora da escola no turno vespertino, Magda Cardoso, avaliou que as palestras são muito importantes, pelo seu cunho educativo e pela capacidade de alertar as crianças (que muitas vezes costumam ir e vir da escola sozinhas), sobre a dinâmica do trânsito e a necessidade de preservarem suas vidas.

O instrutor da Sesttran, Hermes Silva, observou que a parceria tem sido exitosa, pelo número de escolas atendidas e o total de crianças envolvidas nas palestras e atividades de conscientização quanto aos seus direitos e deveres no trânsito, finalizou.


Prefeitura decreta Luto Oficial pela morte do Frei Joaquim Camelli

frei-joaquim-camelli-foto-nilson-ramos-1Ao tomar conhecimento da morte do Frei Joaquim Camelli, aos 87 anos, ocorrida às 12h10min da segunda-feira (10), o prefeito Fernando Gomes, decretou Luto Oficial durante três dias, em todo território do município de Itabuna. Lamentando com profundo pesar o passamento do sacerdote, o chefe do executivo itabunense lembrou que Frei Joaquim foi o mais expressivo religioso da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, congregação franciscana, a atuar no município de Itabuna por mais de 60 anos.

No Decreto nº 12.605, o prefeito ressaltou ainda o incansável engajamento do saudoso sacerdote na luta pela evangelização neste município, desde quando aqui chegou ainda na década de 50, sempre preocupado com a implantação de metodologias visando ampliar a atuação da Igreja Católica, além da contribuição do religioso no campo da educação. Ao justificar o decreto de Luto Oficial, Fernando Gomes destacou o dever do executivo municipal de homenagear todos aqueles que cumpriram integralmente o dever cívico de bem servir à comunidade, para que seu exemplo seja repassado às novas gerações.

Ainda na noite de segunda-feira, o prefeito Fernando Gomes, ao lado da secretária de Assistência Social, Sandra Neilma, esteve na Igreja Matriz de Santa Rita de Cássia, no bairro São Caetano, acompanhando o início do velório do corpo do Frei Joaquim e manifestando sua solidariedade aos frades franciscanos, bem como à comunidade paroquial a qual o religioso dedicou a sua vida, evangelizando, acolhendo e servindo aos mais necessitados.

“Frei Joaquim deixa um legado de amor imensurável à Itabuna. Basta olharmos para a zona sul da cidade iremos constatar o quanto ele contribuiu para o seu desenvolvimento. Pois, em torno de cada igreja, capela e centro comunitário que ele construiu surgiram bairros dos mais populosos do município. Portanto, toda a comunidade itabunense está entristecida, principalmente os mais carentes a quem ele tanto socorreu e acolheu”, afirmou Fernando.


Defesa Civil de Itabuna monitora bairros atingidos pelas fortes chuvas

chuvas 1Devido as fortes chuvas que caíram nas últimas 24 horas, a Defesa Civil de Itabuna está monitorando as áreas consideradas de risco e atendendo às solicitações dos moradores de regiões da cidade onde o alto volume de água tem causado transtorno. Segundo a Defesa Civil de Itabuna, 15 denúncias chegaram por meio do canal de alerta 199 e a equipe técnica do departamento verificou in loco os casos de maior risco à população.

O índice pluviométrico apontando na cidade nas últimas horas aponta para um volume de chuva superior a 47mm. Segundo Yuri Bandeira, coordenador da Defesa Civil de Itabuna, essa chuva exige da população que mantenha o estado de alerta para possíveis alagamentos e deslizamentos de terras em áreas vulneráveis. Yuri conta que na manhã desta segunda-feira (10), a Defesa Civil esteve presente em diversos bairros da cidade onde identificou zonas de risco.


Curso de Formação Continuada para professores

A Secretaria Municipal de Educação de Itabuna, em parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), realiza nesta quinta-feira (06) o “I Encontro Formativo – Compartilhando Saberes na Educação do Campo”. O evento que está sendo organizado pelas Assessorias de Formação Continuada e da Educação do Campo da Secretaria da Educação de Itabuna, acontece durante todo o dia na Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC).

A professora Drª Arlete Ramos dos Santos (Uesc) ministra palestra sobre “Estado e Formação dos Sujeitos do Campo/Políticas Públicas de Educação do Campo”, além de Oficinas Temáticas. Na oportunidade, haverá ainda o pré-lançamento do livro “O Direito a Educação do Campo: superando a desigualdade”, do professor Mestre José Carlos Sena Evangelista.

A Secretária de Educação do Município, professora Anorina Smith Lima, explica que o encontro é uma proposição do Setor de Extensão da UESC, através do Departamento de Ciências da Educação (DCIE), realizado com o objetivo de aprofundar conhecimentos sobre a organização e funcionamento das escolas, além de práticas pedagógicas específicas para a Educação do Campo.