Novos conselheiros tutelares são empossados em Itabuna

Prefeito de Itabuna empossa 10 novos conselheiros tutelares - Foto Lucas França (7)Os 10 conselheiros tutelares titulares e igual número de suplentes foram empossados pelo prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, na tarde de segunda-feira, dia 11, para um mandato de quatro anos (2016-2019). “As crianças e adolescentes e suas famílias precisam muito de vocês. O trabalho que vocês executam é sacerdócio que muito beneficia a sociedade. Os Conselhos Tutelares são órgãos que necessitam do apoio de todos”, afirmou Vane.

Como cidade de porte médio, com população acima de 200 mil habitantes, Itabuna conta com dois Conselhos Tutelares para zelar pelo cumprimento de direitos, garantir a incolumidade e impedir a violação dos direitos de crianças e adolescentes. Além disso, como órgão permanente e autônomo integra o sistema de garantias, com capacidade para encaminhar ao Ministério Público notícia de fato que constitua infração administrativa ou penal contra os direitos da criança ou do adolescente.

Também exerce a fiscalização das entidades de atendimento às crianças e adolescentes, inicia os procedimentos de apuração de irregularidades em entidades de atendimento, através de representação e de apuração de infração administrativa às normas de proteção à criança e ao adolescente. Segundo o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Roberto José da Silva, diagnóstico realizado em 2007 identificou que expressivo porcentual das 27 mil famílias assistidas pelo programa federal Bolsa Família no município tem vulnerabilidade a violência.


Em Itabuna no Pedro Jerônimo falta água a 23 dias

Além da crise hídrica que afeta Itabuna e região, há um  desequilíbrio no rodízio da distribuição de água nos bairros pela Empresa Municipal de Água e Saneamento(Emasa). Tem regiões da cidade que a água é liberada nas torneiras com mais frequências(em médias de 15 dias), já em outras como na região do bairro Pedro Jerônimo a água(mesmo com salinidade) faz 23 dias nesta quinta-feira(07) que pingou nas torneiras.

Ao ligar para a Emasa para saber do mapa da distribuição da água, os telefones não atende e ninguém da prefeitura de Itabuna sabe dizer que dia a água vai ser liberada. Nos últimos trinta dias a prefeitura vem informando por meio de Notas (duas) que teve problema de queda de energia na fonte de captação do rio, onde afetaram a fluência do abastecimento no município, para justificar as dificuldades.

Mesmo com as chuvas caindo na região desde o dia 04/01, ainda não é suficiente para encher os rios e normalizar a distribuição de água na periferia que variava em média de 8 dias antes da crise hídrica. A forma e a dinâmica da manobro(liberação da água por técnicos nos bairros na rede) na cidade é de responsabilidade da equipe e do do planejamento da Emasa, que ao longo de mais de 15 anos tem demonstrado incapacidade na gestão da Empresa( mesmo com receita operacional  líquida de R$ 37.959.703,49 em 2014/TCM-BA) ), para inclusive, evitar mais um vez, que a população consuma água salobra ou dependa de carros pipas e da solidariedade de parentes e vizinhos para tomar banho e cozinhar.


Natal violento em Itabuna

 Valdomiro foi morto no São Pedro.
Taxista Valdomiro Mendes de Araújo morto no São Pedro

Quatro pessoas foram assassinados entre a tarde Natal (25) e a madrugada deste sábado (26). Ontem à tarde, três homens em um Fiat Palio Weekend atiraram em Sidnei Soares dos Santos, o Buda, que faleceu no local.

O crime no Novo São Caetano teve mais três pessoas baleadas. Uma, Adriano Batista dos Santos, de 27 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu no Hospital de Base. O jovem não tinha envolvimento com o crime, segundo amigos. Ele havia retornado de São Paulo há pouco tempo.

A Polícia Militar foi acionada e conseguiu prender dois dos três autores dos crimes no Novo São Caetano. Policiais prenderam os bandidos no Banco Raso. Foram identificados como Rafael Silva Santos, o Nego Rafa ou Rafa Jhow, e Ronaldo Santos Silva. Ambos invadiram uma casa. Buda era traficante e irmão de Sidmar Soares, o Bolota.
Já na madrugada deste sábado (26), dois homens solicitaram corrida no Terminal Rodoviário, no centro comercial, sendo atendidos pelo taxista Valdomiro Mendes de Araújo, de 73 anos. No Bairro São Pedro, a dupla criminosa anunciou assalto, de acordo com a polícia.

Uma das hipóteses é que Valdomiro tenha reagido a tentativa de assalto e morreu baleado. O taxista perdeu o controle da direção e o carro bateu em um muro.

Outro crime ocorreu no Jardim Grapiúna. Dois homens em uma moto executaram a tiros Manoel Henrique dos Santos, de 18 anos, por volta das 21 horas.(do Pimenta)


Ponto facultativo na véspera do Natal e Ano Novo

Não haverá expediente na Prefeitura de Itabuna e nas repartições públicas da Administração Municipal, Centralizada, Descentralizada e Fundacional nesta quinta-feira, véspera do Natal, e no próximo dia 31, véspera do Ano Novo.

Foi decretado ponto facultativo, excetuando-se os serviços prestados à população que não podem ser interrompidos, a exemplo da limpeza pública que será normal nos dois dias. A coleta domiciliar de lixo somente será suspensa nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro, voltando à normalidade nos dias seguintes.


Funcionários da Santa Casa de Itabuna prometem entrar em greve

assembleia_santa casaEm assembleia dos funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna realizada na noite da ultima quinta-feira (17),no auditório do Sintesi para discutir o atraso no pagamento do décimo terceiro salario, já anunciado pela empresa, funcionários dos hospitais São Lucas, Calixto Midleij e Manoel Novais deflagraram greve por tempo indeterminado a partir do dia 28 de dezembro. De acordo com Raimundo Santana, coordenador do Sintesi “todos esperam que a provedoria possa pagar o décimo terceiro salário antes do natal, a maioria dos trabalhadores (as) em assembleia optaram pela greve dia 28, visando trabalhar melhor a organização do movimento da greve”.

Conforme a provedoria, “o dinheiro para pagamento do décimo terceiro salário estava reservado, mas, infelizmente os repasses do SUS ainda não chegaram e tivemos queutilizar esse recurso para pagar o salário do mês”, ainda de acordo com o diretor financeiro da Santa Casa, Sr. André Wermam “no momento que o recurso do SUS entrar na conta, o décimo será pago imediatamente”. Afirmou.


Sindilimp vai ocupar sede do Núcleo Regional de Educação

paralisacao_nre_21_10_15Nesta quarta-feira, 16, o Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Região Sul e Extremo Sul da Bahia (Sindilimp), vai ocupar a sede do Núcleo Regional de Educação(NRE5) de Itabuna.

Segundo a direção do Sindicato, os trabalhadores a partir das 7:00h vão protestar pelo não recebimento de salário em atraso do mês de novembro das empresas terceirizadas que prestam serviços as escolas da rede estadual de educação na região.

Está devendo pagamento de salários as empresas AML, Sandes, Basitec e LocSer. E de acordo o coordenador regional do Sindilimp José Carlos, falta também os terceirizados receberem o 13° salário e os vale transporte e vale alimentação. “Não podemos aceitar que os trabalhadores passem o fim de ano sem receber sua remuneração e benefícios fruto do seu trabalho e do seu suor”, afirma José Carlos.


Itabuna ganha nova UTI Móvel para atendimento do SAMU-192

O município de Itabuna recebe nesta quarta-feira, dia 16, às 9 horas, no pátio da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, uma nova ambulância destinada a reforçar o atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192).

O novo veículo substituirá a unidade avançada que há três anos se encontra em uso. A partir da chegada da UTI Móvel e entrada em operação, a antiga ambulância passará a fazer parte da frota de Unidade de Reserva para uso em casos emergenciais, segundo informou o coordenador do SAMU-192 em Itabuna, Ramon Elias.

A solenidade no CAB contará com a presença do governador Rui Costa, que tem ampliado os recursos destinados ao atendimento da população. Além de Itabuna, outros 10 municípios terão a frota renovada: Lauro de Freitas, Vera Cruz, Eunápolis, Guanambi, Ilhéus, Itabuna, Paulo Afonso, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Vitória da Conquista e Itapetinga. Na Bahia, o atendimento pelo SAMU-192 já cobre 269 cidades, sendo que 207 delas contam com bases descentralizadas e ambulâncias

Com 88 funcionários e quatro equipes atuando 24 horas por dia, o SAMU-192 de Itabuna possui uma ambulância avançada, duas ambulâncias básicas e uma motolância em funcionamento. O coordenador Ramon Elias explica que as unidades são destinadas ao atendimento nas zonas urbana e rural.

Segundo explicou como há necessidade de circular em velocidades acima da média, o desgaste dos veículos ocorre mais rapidamente, o que exige dos governos a permanente renovação da frota. Cada ambulância circula em média 20 mil quilômetros por mês.


Leilão de veículos, máquinas e sucatas em Itabuna

Os interessados em adquirir máquinas, carros, sucatas ferrosas, peças e motocicletas classificadas como inservíveis pela Prefeitura podem visitá-los na próxima segunda-feira, 14, das 8 às 16 horas, na oficina do município localizada na Associação dos Estádios de Itabuna (ADEI), na Avenida Juarez Távora, no bairro São Caetano. Os lotes integram o primeiro leilão que será realizado às 9 horas de terça-feira, no auditório do Sest/Senat, na Avenida José Soares Pinheiro, nº 2.056, no bairro Lomanto.

A expectativa da Secretaria Municipal de Administração é que sejam arrecadados cerca de R$ 350 mil. O secretário Wellington Rodrigues (Leleu) explica que todo o valor resultando dos lances do leilão será usado para reforma de oficina, aquisição de peças e novos veículos. “Além disso, vamos atender uma antiga reivindicação dos funcionários da oficina da ADEI que reclamam de mais espaço para estacionar veículos nos pátios em condições de conserto”, afirma.

De acordo com o secretário, só serão leiloados veículos e máquinas em que não vale apena investir recursos públicos na sua recuperação. “Fizemos um levantamento criterioso do que é inservível ao município, mas pode se tornar vantajoso para quem o adquirir. Qualquer pessoa pode participar do leilão”, diz Wellington Rodrigues. O edital está disponível na internet nos endereços  www.prefeitura.com.br e www.smithleiloes.com.br.  Informações adicionais podem ser obtidas pelo telefone (73) 3214-1408.


Crise hídrica em Itabuna é falta de planejamento e gestão

agua na cabeça
                                           Foto reprodução da TV Santa Cruz

Não. Não é a primeira vez que Itabuna sofre com a falta de água  nas torneiras no verão. Mas não dar para achar que a falta do líquido precioso, em escassez no mundo todo, é apenas por falta de chuva. É principalmente por falta de planejamento e capacidade de gestão da empresa de economia mista que administra o setor.

Existe um discurso falso de que  a empresa não avança e não faz barragem por falta de recursos. Tese pouco aceita pelos especialistas pois a empresa tem arrecadação milionária que se bem gerido o dinheiro, paga todas as contas e ainda sobra recursos para investimento conforme o gráfico abaixo. A Emasa é uma empresa lucrativa.

receita e lucro emasaO problema na Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa)  está  na estrutura administrativa e de logística que é bem velha. Para piorar, as pessoas que administram a empresa também possuem cabeças velhas, apesar de pregar o novo,   não conseguem vencer os vícios histórico da corrupção e da baixa produtividade dos trabalhadores. “Enquanto dois cavam um   buraco, três ficam olhando”, afirma um usuário do bairro Fonseca.

A distribuição de água pela tubulação na cidade em pleno apogeu da tecnologia nas diversas áreas do conhecimento, é feita manualmente e os dirigentes não possuem controle sobre a distribuição de água  e vazamentos na tubulação antiga. “O manobrista responsável pela liberação dos registros de água nos bairros faz o que quer”, relata um ex-funcionário do alto escalão da empresa ouvido pelo blog.

O caso específico da falta de água nos meses de novembro e dezembro de 2015 é o atestado de incapacidade da gestão da Emasa. Ela avisou da falta de água quando praticamente acabou na fonte. Sendo em outro lugares do país, quando o nível do rio ou da represa  começa a ficar baixo a  população vai sendo municiada de informações e solicitada semanalmente a economizar água. Em Itabuna todo mundo foi pego de surpresa e a culpa é da chuva. Ninguém merece!

A construção da barragem Rio Colônia, obra em andamento do Governo do Estado, vai amenizar o problema quando estiver pronta nos próximos dois anos. Mas se a empresa Emasa  não se comportar como empresa, e necessariamente  não precisa ser privatizada,  correrá o risco de ainda a população pagar duas contas:  aquela que chega todo mês na porta, e aquela que não é mensurável como a da incompetência.


Itabuna edita decreto de emergência por causa da falta de água

O período de mais de 120 dias de estiagem, principalmente nas nascentes dos rios Almada, Cachoeira e Colônia, que abastecem Itabuna, levou o prefeito Claudevane Leite assinar na terça-feira, 2, o Decreto nº 11.443 declarando situação de emergência em todo o município. A medida visa minimizar os estragos causados pela falta de chuvas e possibilitar ao município buscar apoio junto aos Governos estadual e federal.

Segundo Vane, os danos provocados pela severa estiagem vêm impactando diretamente a coleta, tratamento e distribuição de água potável para a população. “Sem falar no comprometimento da normalidade do funcionamento de diversos equipamentos e estabelecimentos públicos que prestam serviços essenciais como hospitais, escolas, creches e clínicas médicas”, afirma o prefeito.O período de mais de 120 dias de estiagem, principalmente nas nascentes dos rios Almada, Cachoeira e Colônia, que abastecem Itabuna, levou o prefeito Claudevane Leite assinar na terça-feira, 2, o Decreto nº 11.443 declarando situação de emergência em todo o município. A medida visa minimizar os estragos causados pela falta de chuvas e possibilitar ao município buscar apoio junto aos Governos estadual e federal.

Segundo Vane, os danos provocados pela severa estiagem vêm impactando diretamente a coleta, tratamento e distribuição de água potável para a população. “Sem falar no comprometimento da normalidade do funcionamento de diversos equipamentos e estabelecimentos públicos que prestam serviços essenciais como hospitais, escolas, creches e clínicas médicas”, afirma o prefeito.