SENAC oferece cursos profissionalizantes em Itabuna

Começa nesta segunda-feira, dia 25, o curso de Auxiliar Administrativo para 25 jovens assistidos pela Divisão de Juventude da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Itabuna.

As aulas serão realizadas entre 18 e 22 horas na Escola Profissionalizante de Itabuna, na Avenida São Vicente de Paula, centro.

O curso com 160 horas/aulas será ministrado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) em parceria com a Prefeitura de Itabuna, por meio do Departamento de Proteção Social Básica- Módulo II, da Secretaria de Assistência Social (SAS).


Projeto incentiva a leitura em Itabuna

DSC06247Centenas de pessoas foram atraídas à Praça José Bastos, área central de Itabuna, no último sábado (16), para prestigiar o Projeto FTeCendo Leituras, promovido pela Faculdade de Tecnologia e (FTC), em homenagem ao Dia do Índio (19 de abril).

O projeto contou com a participação e atuação de estudantes e docentes dos cursos de Estudantes e professores dos cursos de Fisioterapia, Farmácia, Biomedicina, Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Direito, Sistemas de Informação, Administração e Psicologia da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC).

Durante toda a manhã, o público visitou estandes, acompanhou encenações teatrais, apresentações musicais, bem como puderam provar várias iguarias da típica culinária e ver de conferir de perto traços da tradição dos povos indígenas brasileiros no artesanato, na pintura e na cerâmica. Além do espaço da Praça José Bastos, os estudantes ocuparam o saguão do campus da FTC com banners e diversas bancadas para mostrar “A Contribuição dos Povos Indígenas à Civilização Brasileira”.

Presente no evento, o advogado Silvio Ricardo Bute, que é descendente de índios, parabenizou a iniciativa da FTC Itabuna de trazer para a discussão na academia um tema tão relevante para que as pessoas conheçam a verdadeira história da civilização brasileira. “Vocês estudantes e professores da FTC estão dando uma grande contribuição para que a sociedade possam conhecer de fato o que aconteceu e como vivem atualmente o que ainda resta de nossos irmãos índios”, frisou Bute.


Geraldo defende retorno da Emasa para o Estado

Geraldo SimoesO ex-deputado federal e pré-candidato a prefeito de Itabuna, Geraldo Simões, está acompanhando a situação da crise de abastecimento de água em Itabuna. Para o político, a atual crise é agravada pela falta de investimentos da prefeitura em saneamento básico desde o início da atual gestão e também por ações aparentemente incoerentes do município frente ao problema.

A principal crítica é em relação ao destino que se quer para a Emasa, em meio às turbulências atuais. “Acho incoerente, por exemplo, que, enquanto o governo do estado tem ajudado para minimizar os efeitos da atual crise de abastecimento, o prefeito esteja negociando entregar a Emasa para empresas privadas, como a Odebrecht, Águas do Brasil e Casa Própria Construtora”, observa Geraldo.

Ele destaca que o estado vem atendendo o município com carros-pipa, 130 tanques de 5 mil litros, perfuração de poços e consultoria. “Além de construir uma barragem de R$ 120 milhões, que resolverá esse problema de forma definitiva”, elenca.

Geraldo prega que a solução mais apropriada é o retorno do controle da Emasa para o governo do estado. “Isso poderia ser feito com o compromisso, em contrapartida, de abreviar a construção da barragem, a universalização da coleta e tratamento de esgoto, além da manutenção dos trabalhadores concursados na estrutura estadual”.


Empresários defendem a participação social no Comitê da Bacia do Leste

A sociedade tem um papel fundamental como agente transformador do ambiente em que vive. É nesse sentido que o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna – ACI, Ronaldo Abude reuniu nesta segunda-feira, 18, com representante da classe e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – Inema, Antônio Rodrigues para esclarecimento e mobilização do processo eleitoral do Comitê de Bacias do Leste.

O representante do Inema fez um chamamento aos empresários e todos os setores da sociedade, no sentido de participar de forma mais efetiva do Comitê, que tem o poder de formular ações concretas para as cidades que integram a Bacia do Leste, a exemplo de Itabuna. “A interferência do setor empresarial e dos demais setores da sociedade em geral, é muito importante, pois vai influenciar na mudança da realidade local”.

Os empresários manifestaram apoio a participação da entidade no Comitê de Bacias do Leste e nas decisões que influenciam no desenvolvimento da cidade, tendo em vista que políticas públicas importantes são definidas para o futuro da água nos municípios. “Estamos muito preocupados com a falta de água e a distribuição de água salobra, que tem agravado a economia e a saúde em nossa cidade. Por isso, estamos agendando uma audiência com o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, com o objetivo de buscar uma solução eficaz para essa crise hídrica”.

Estiveram presentes na reunião, o vice-presidente da Associação de Agropecuaristas do Sul da Bahia, Edimar Margotto Júnior, o coordenador do Movimento Empresarial do Sul da Bahia – Mesb, Élio Nascimento, e demais representantes do setor empresarial de Itabuna.


Santa Casa de Itabuna revisa condutas para casos suspeitos de H1N1

Lívia MendesA elevação no número de casos de gripe, do chamado vírus Influenza, em especial a gripe H1N1, somado à antecipação da vacina na rede pública para os grupos prioritários demonstram a necessidade de redobrar a atenção para os cuidados com as formas de contágio.

A rapidez com que o vírus circula, já que é transmitido por via respiratória, e a falta de estrutura para abrigar pacientes em uma possível epidemia, já que é necessário estar em isolamento respiratório, já preocupam a equipe médica da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna.

Ainda no último mês, dois casos suspeitos para H1N1 permaneceram internados no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Calixto Midlej Filho, além de outros dois casos suspeitos registrados no Pronto Atendimento somente na última semana. “Em um determinado momento, precisamos suspender o atendimento para evitar que mais pessoas mantivessem contato com este caso suspeito. Todas as suspeitas são notificadas à Vigilância Epidemiológica do Município, que acompanha os desdobramentos”, declarou a médica coordenadora do PA do HCMF, Dra. Lívia Mendes Bomfim.

Neste contexto, a instituição reforçou ações de educação continuada junto aos profissionais de saúde, com palestras sobre formas de contágio, importância da higienização preventiva, além de desfazer mitos e tirar dúvidas sobre a doença. Todos os profissionais que atuam no PA já estão de posse da máscara N95, compatível com o bloqueio necessário às formas de contágio do vírus.


Mudanças no edital do concurso da prefeitura de Itabuna

A Prefeitura de Itabuna fez uma retificação, publicada na edição online do Diário Oficial do Município eletrônico, dia 12, e no site da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), alterando o cronograma do concurso público para preenchimento de vagas. Foram excluídos alguns cargos e criados outros, com destaque para as áreas de Saúde e Educação. O documento também altera o período de inscrições, a data de realização das provas e o prazo para o resultado final do concurso.

Veja o Edital retificado
De acordo com a retificação, foram excluídas do certame as vagas para Agente de fiscalização (4), Auxiliar Técnico de Regulação Médica (6), professor de Espanhol e Inglês (5 vagas cada) e Auxiliar de Infraestrutura para a Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo (1). A medida também transformou as cinco vagas oferecidas para Educador Físico para uma nova categoria: Professor de Educação Física.
Em contrapartida, o concurso criou as categorias Técnico em Radiologia (1), Técnico em Informática (3), Administrador para a Secretaria de Saúde (1), Enfermeiro Obstetra (1), Enfermeiro Assistencial (5), Farmacêutico (3), Fisioterapeuta Infantil (1) Professor de Letras (5) e Professor de Matemática (5). Com as mudanças divulgadas e publicadas no DOM, o concurso passou a ter a exclusão de 21 vagas e a inclusão de 32 novas vagas. Mais de 600 vagas estão sendo oferecidas para diversas áreas na Prefeitura de Itabuna.


Mateus substitui Harrison no comando da procuradoria de Itabuna

O advogado Mateus Santiago Santos Silva, 38 anos, foi nomeado pelo prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, chefe da Procuradoria Geral do Município em substituição ao também advogado Harrison Ferreira Leite. Natural de Itabuna, o novo procurador bacharelou-se em Direito pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), em 2005.

É especialista em Planejamento de Cidades (UESC) e em Ciências Criminais (Unisul/Santa Catarina). Atuou como subprocurador desde 2013. Casado tem três filhos.


Formação de Servidores da Fundação Marimbeta

marinbetaModelo de referência em educação não formal no município de Itabuna, a Fundação Marimbeta, com o intuito de proporcionar condições favoráveis para o restabelecimento de vínculos familiares, da autonomia e da proteção dos seus educandos, através do fortalecimento dos seus educadores sociais, realizou na última semana, no sítio II, Bairro Fonseca, o Projeto de Capacitação dos Servidores.

O evento, que teve como objetivos definir o papel do educador e revelar como se processa a educação não formal através das oficinas oferecidas pela FMSICA, contou com a presença do corpo docente, demais colaboradores e diretoria da Fundação.

Durante o encontro, foram apresentadas as ações realizadas neste início de ano, em todas as unidades, bem como o planejamento para a continuidade do semestre. Foram desenvolvidas ainda atividades e dinâmicas, a fim de estimular o trabalho em equipe.

De acordo com o servidor efetivo da prefeitura, Luciano Pinho, o evento buscou qualificar os colaboradores da Marimbeta e reduzir a lacuna existente entre a realidade social vivida pelos alunos e a que a Fundação busca oferecer, pois “compreendemos que desta forma, iremos contribuir para a construção e edificação da cidadania e da dignidade humana desses jovens”.


Professora Nil assume presidência da FICC

Nilmecy_ficccSaiu no Diário Oficial do Município desta quarta-feira(6) a nomeação da professora Nilmecy Santos Gonçalves como a nova presidente da FICC de Itabuna. Ela substitui Roberto José.

Nilmecy Gonçalves nasceu em Camacan e mora em Itabuna desde 1982. Ela é licenciada em História pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e especialista em Metodologia da Educação Profissional, pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB).

Há 25 anos atuando na área da Educação, a professora “Nil”, como é conhecida por muitos, tem uma trajetória profissional evidenciada numa relação de profícuo respeito e carinho para com as pessoas.

Segundo a professora, a FICC é uma proposta desafiadora, mas ao mesmo tempo um desafio confortável por encontrar na casa pessoas preparadas. “Isso me dá tranquilidade em continuar com os projetos executados pela fundação. O nosso objetivo é dar continuidade aos projetos dentro da nossa realidade, mediante a crise em que estamos vivendo no Brasil”, ratificou.


Governo da Bahia monta força tarefa para conter crise hídrica em Itabuna

Governador Rui Costa visita as obras da Barragem do rio Colônia no município de Itapé.Fotos: Mateus Pereira/GOVBAÁreas estratégicas do município de Itabuna receberão 60 tanques de cinco mil litros para reserva de água potável na cidade. A ação aprovada pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS) visa minimizar os impactos da crise hídrica na região. Outra medida adotada pelo Governo foi o aporte de recursos da ordem de R$ 3,8 milhões, publicado em Diário Oficial no final do mês de março, para ações emergenciais no abastecimento de água em Itabuna.

Relocação de captação de água em Nova Ferradas, recuperação da Estação de Tratamento de Água da localidade, aumento da oferta e a melhoria da qualidade da água distribuída estão entre as medidas adotadas pela SIHS. “Ou seja, medidas que, de fato, mudarão a vida da população itabunense”, destacou o secretário Cássio Peixoto, ressaltando que todas as medidas atenderão aos padrões de potabilidade estabelecidos em lei.

O secretário frisa ainda que haverá a reativação de um reservatório para despressurizar a rede de distribuição, além da retirada da vegetação aquática do Rio Cachoeira, evitando a proliferação do mosquito da dengue e liberação imediata de carros pipas, distribuídos em pontos indicados pela Prefeitura municipal.

Ainda para assegurar a plena condição hídrica da região, o Governo do Estado já iniciou outra grande intervenção: a construção da Barragem do Rio Colônia. O equipamento beneficiará aproximadamente 350 mil pessoas da região sul do estado. Ao todo, o investimento é de R$ 119,6 milhões, com recursos dos governos federal e estadual.