Nota de esclarecimento da UniFTC

A faculdade UniFTC de Itabuna vem a público esclarecer que não são verdadeiras as informações sobre cortes no corpo docente. Ao contrário do que está sendo divulgado, nenhum professor foi desligado até o momento.

É sabido que, com a pandemia e as medidas restritivas de distanciamento social, foi necessário adequar as rotinas acadêmicas a uma nova realidade e, por isso, passamos a oferecer a modalidade de ensino remoto mediado por tecnologia de informação e comunicação. Neste cenário e frente à crescente inadimplência, dificuldade na captação de novos alunos e aumento da evasão, torna-se necessária a revisão das necessidades acadêmicas no que diz respeito ao quadro docente e infraestrutura para as atividades do próximo semestre.

Como é habitual em instituições de ensino superior, o corpo docente será readequado de acordo com a oferta de disciplina para o próximo semestre. Para tanto, visando preservar postos de trabalho, alguns professores receberam a proposta de suspensão temporária de seus contratos de trabalho. A medida é prevista em convenção coletiva e que resguarda o vínculo do professor com a instituição.

A intenção da iniciativa é que, assim que situação for normalizada, esses professores poderão ser convocados sem maiores entraves ou demoras burocráticas. Os professores em licença poderão continuar utilizando o plano de saúde oferecido pela Instituição, além de outros benefícios salvaguardados pela manutenção do vínculo empregatício.

Comprometida em seguir com a oferta de um Ensino Superior de qualidade, a Rede UniFTC informa que está seguindo todas as orientações dos Ministérios da Educação e da Saúde para reiniciarmos o próximo semestre em agosto. Será mantida toda a estrutura do presencial, como feito neste primeiro semestre. Os professores licenciados serão substituídos por outros professores da Instituição que melhor se adaptaram a esse modelo de aulas em meio digital, sem que haja a necessidade de turmas híbridas e superlotadas como foi sugerido pela publicação.

Reforçamos nosso compromisso com a comunidade acadêmica, que envolve não só os nossos estudantes e suas carreiras, mas também todos os docentes e profissionais que trabalham nos setores administrativos das unidades. Contamos com a compreensão de todos para que possamos, juntos, atravessar esse momento tão desafiador.


Nota de recomendação técnica sobre protocolos e recomendações para a abertura segura do comércio de Itabuna

reuniao_liderancas_itabuna_comercio_pandemia-virtual

Por Viviane Cabral | Amurc

Durante uma reunião remota nesta segunda-feira, 29, representantes de instituições parceiras ligadas as universidades, estadual e federal do Sul da Bahia apresentaram ao prefeito de Itabuna, Fernando Gomes e à equipe de governo, os protocolos e as recomendações técnicas a serem seguidas pelo município ao optar pela abertura segura de estabelecimentos do comércio, da indústria e de serviço da cidade.

O plano de contingência da COVID-19 em paralelo aos protocolos técnicos contempla a análise científica do atual índice de isolamento das pessoas na cidade, que está em 38%, do ritmo de contaminação, que está em 1,28 e precisa ser trazida para abaixo de 1, além de outros parâmetros que necessitam ser monitorados e divulgados diariamente. Os dados foram apresentados pela equipe técnica da Uesc e UFSB, que apontaram a necessidade de envolvimento de todos os segmentos representados para o acompanhamento de uma possível abertura do comércio.

Ainda segundo o estudo, se faz necessária a testagem ativa, documentada e planejada dos segmentos, o controle de clientes no interior dos estabelecimentos através de aplicativos, o lockdown em bairros com maior índice de contágio, o retorno ampliado e com limitação de passageiros por unidade da frota de transporte coletivo, a ampliação dos leitos de UTIs do Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães (Hblem), a abertura de abrigos Covid, análise diária dos dados com revisão semanal e a necessidade da população obedecer às medidas de prevenção.

Dentre as recomendações foi destacada a necessidade de Itabuna ter o comitê de crise estruturado, visando debater e definir ações. Ao mesmo tempo, torna-se necessário a criação de subcomissões técnicas, a partir do engajamento social de técnicos da saúde, educação e comunicação; reunir responsáveis por estruturar o plano com técnicos de saúde, educação, assistência social, agricultura, desenvolvimento sustentável, fazenda e transporte.

Num segundo ciclo, a proposta visa contemplar o sistema de saúde e economia, mobilidade urbana e bem-estar. A capacidade instalada desses setores vai convergir com os princípios de comunicação e transparência, a partir de ferramentas estratégicas, a abordagem zoneada através da definição de medidas de retomada por zona da cidade e o engajamento social com a adesão da população às restrições sociais com o envolvimento de vários setores da sociedade.

No que diz respeito à avaliação de risco na mudança de fase, foi apresentado o Instrumento para apoio à tomada de decisão na resposta à pandemia da Covid-19 na esfera local para ser aplicado em Itabuna. A análise deverá ser feita a partir de um conjunto de indicadores que avaliará as ameaças e vulnerabilidades do sistema de saúde no âmbito local, relacionadas à capacidade de atendimento e cenário epidemiológico.

A avaliação de risco deve ser realizada semanalmente pelo gestor local, enquanto estiver declarada a Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN), levando em consideração o compartilhamento da rede de atenção à saúde. Orienta-se que uma reavaliação semanal seja realizada para estimar o quanto a adoção da medida foi eficaz para a redução do risco. Caso o risco tenha aumentado, deve-se adotar uma medida de distanciamento social mais rigorosa. Caso o risco tenha reduzido, deve-se adotar a medida de distanciamento social imediatamente anterior à que foi adotada.

Reiterou-se que a decisão da flexibilização do isolamento social, com a retomada de atividades econômicas em fases escalonadas será de decisão do Chefe do Executivo, cabendo a este grupo contribuir com informações técnicas que resulte na mitigação dos riscos. Importante o entendimento, pactuação e cumprimento das recomendações antes de tomada de decisão da reabertura das atividades econômicas não essenciais, para melhor garantia do efeito positivo do ato.

Participaram da reunião, representantes das seguintes instituições: Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Associação dos Municípios da Região Cacaueira (AMURC), Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), Câmara de dirigentes Lojistas (CDL de Itabuna), Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista do Município Itabuna (SINDICOM), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Câmara Municipal de Vereadores de Itabuna, Diretoria do Shopping Jequitibá, Prefeitura Municipal de Itabuna, Secretaria de Saúde de Itabuna e Secretaria de Transporte e Trânsito (Sesttran).


Morre ex-prefeito de Itabuna Félix Mendonça

Morreu nesta sexta-feira (26) o ex-deputado e ex-prefeito de Itabuna Félix Mendonça (PDT), aos 92 anos. Ele estava internado após ter sido diagnosticado com covid-19.

O anúncio do internamento de Mendonça foi feito no dia 21 de junho pelo filho, o deputado federal Félix Mendonça Júnior (PDT). “Meu pai testou positivo para o coronavírus e está internado aos cuidados de uma equipe muito competente”, disse.

Júnior acrescentou que aos 92 anos, o pai era seu maior maior exemplo de coragem, ética, amor ao próximo e vontade de viver. “É um guerreiro, torçam e rezem por ele, afinal pedir a Deus é o que mais importa”. Félix Jr. também foi diagnosticado com covid-19 e está em quarentena.

Formado em engenharia, Félix Mendonça nasceu em Coração do Almeida, no Recôncavo Baiano, foi prefeito de Itabuna (1963–1966), deputado estadual (1967–1971) e deputado federal (1983–2011).

“Ele foi um político e um empresário muito importante para a Bahia e, durante toda a sua vida, manteve uma relação de amizade com a nossa família. Foi um dos melhores amigos do senador Antonio Carlos Magalhães”, lamentou o senador Antonio Carlos Magalhães Junior.

Félix deixa a esposa, Maria Helena Mendonça, e os filhos Andrea, Cristiana e Félix Júnior. Do Correio 24h/Pimenta


Morre Domingos, PM aposentado de Itabuna

Ex-comandante da Guarda Civil de Itabuna morre de Covid-19 em hospital de Salvador — Foto: Reprodução/Redes SociaisMorreu nesta quarta-feira (24), em Salvador, o ex-comandante da Guarda Municipal de Itabuna, o capitão aposentado da Polícia Militar, Domingos José dos Santos, de 64 anos. Ele estava internado na capital baiana há 10 dias, após apresentar os sintomas do novo coronavírus, conforme informou a TV Santa Cruz. O quadro de saúde do PM aposentado se agravou por causa do diabetes.

Domingos José só descobriu ser portador do diabetes depois de ser hospitalizado. O sepultamento do ex-comandante da Guarda Civil de Itabuna seguirá os protocolos do Ministério da Saúde para esse período de pandemia da Covid-19. Por isso, não haverá velório.

A Companhia Independente de Policiamento Rodoviário de Itabuna, onde Domingos José dos Santos atuou, publicou nota lamentando a perda e se solidarizando. “Rogamos a Deus as bênçãos e o conforto a todos os amigos e familiares a quem concedemos nossas mais sinceras condolências por esta inestimável perda e externamos nossos votos de paz e solidariedade”, diz. (do Pimenta)


Vercil Rodrigues lança mais um livro: História, origem e evolução no Direito Processual Penal

vercil_livro_1024x678A obra tem o prefácio do professor de Direito Penal, Processo Penal e Criminologia, e delegado de polícia civil da Bahia, Dr. Clodovil Soares, que disse: “Percebo que se trata de exame percuciente, próprio do talentoso historiador e advogado, da origem histórica e estrutura do Tribunal do Júri, trazendo informações de uma incursão histórica pelas civilizações antigas, em seu modo de punir e julgar, até o Tribunal do Júri como garantia fundamental presente na Constituição Federal, com abordagem que de maneira didática e leve, surge como uma boa leitura para advogados, acadêmicos de direito, carreiras jurídicas ou leigos”.

Tribunal do Júri – História, origem e evolução no Direito Processual Penal, tem a apresentação de Dr. Leandro Alves Coelho, advogado, professor de graduação e pós-graduação de Direito e fundador e ex-presidente da Academia de Letras Jurídicas do Sul da Bahia (Aljusba).

Na apresentação da obra, disse o professor-mestre Dr. Leandro Coelho sobre o neojurista e sua obra: “No presente livro, o ilustre professor e Dr. Vercil Rodrigues discorre com fortes e embasados fundamentos histórico-jurídico, fruto de sua formação acadêmica-profissional, a trajetória histórica do Tribunal do Júri, desde Grécia e Roma até as civilizações modernas – França e Inglaterra -, onde nesta última ganhou a formatação atual e se espalhou pela Europa e América, aportando no Brasil, onde com mais afinco se debruça o autor, especialmente quanto à sua inserção nas Constituições como garantia fundamental”.

O apresentador, que também é autor do livro ‘ICMS Ecológico – Aplicável à área de influência do Complexo Intermodal do Sul da Bahia’, declarou ainda: “Já na segunda parte, o autor expõe de forma brilhante os principais elementos do “Tribunal do Povo”, seus princípios reitores, garantias, formulações e recursos. Além de apontar o surgimento e construção estrutural da concepção de Tribunal do Júri, juízo competente para julgar os crimes dolosos contra a vida e os conexos. Não ficando de fora a competência por prerrogativa de função estabelecida na Constituição da República, que prevalece sobre a competência do Júri.”

E emendando: “Em verdade, há uma verdadeira aproximação da obra com o rigor técnico-jurídico e a prática necessária ao cotidiano do mundo penal e processual penal, de modo que o presente livro servirá como parâmetro para diversos seguimentos, para os apaixonados pelo tema, os bacharelandos e operadores do direito, quanto para aqueles que de algum modo vivenciam o universo do Tribunal do Júri. Além disso, o autor utiliza linguagem clara e inteligível, de modo que os leitores encontrarão com facilidade respostas para os questionamentos trabalhados na presente intentada literária. Nesse sentido, o trabalho configura-se como obra de vanguarda, visto que traz uma abordagem pragmática embasada em estudos sólidos e robustos da doutrina e da jurisprudência dominante.”

 


“Espaço Covida” promove momento de reflexão na Santa Casa de Itabuna

sta casaImplantado em abril, o “Espaço Covida”, da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, reúne semanalmente colaboradores para um momento de reflexão e oração nesse período de distanciamento social e dificuldades causadas pela pandemia do novo coronavírus. O evento religioso, que traz mensagens de apoio, esperança e música, é realizado sempre às quintas-feiras, com padres e pastores de várias igrejas de Itabuna.

O primeiro momento “Espaço Covida” foi realizado durante a Semana Santa, quando muitos dos profissionais da instituição, sensibilizados pela distância de seus familiares, puderam participar de uma missa de celebração da Páscoa ao ar livre. A missa foi celebrada pelo padre Acássio Alves, da Paróquia São Judas Tadeu.

Nas semanas seguintes, com pregação de padres e pastores evangélicos e respeitando o distanciamento, os momentos de fé continuaram, sempre com a participação dos colaboradores. Afinal, o espaço foi pensado para eles como forma de humanização e fortalecimento da espiritualidade neste momento tão delicado por causa da pandemia do novo coronavírus.


Shopping Jequitibá tem novos horários no drive thru, supermercado, lotérica e farmácia

Com o fim do toque de recolher em Itabuna, o Shopping Jequitibá, que opera em sistema de drive thru , delivery e mantendo abertos os serviços essenciais, está com novos horários de funcionamento a partir desta terça-feira (16).

O Hiper Bompreço e as Drogarias Velanes funcionam das 8 às 22 horas e a lotérica das 8 às 16 horas. As lojas que atendem através de Drive Thru funcionam das 10 às 19 horas, com exceção das Casas Bahia que operam das 13 às 17 horas. Já o delivery alimentação pode ser acessado mediante consulta aos próprios estabelecimentos.

O Shopping Jequitibá adotou todas as normas determinadas pelos órgãos de saúde, como utilização de álcool gel, máscaras e distanciamento, de forma a garantir a segurança de trabalhadores e clientes que utilizam os serviços disponibilizados durante a pandemia do Covid 19.


Fluxo de caixa em tempos de crise foi tema de palestra online

Na noite desta terça-feira, 09, a Associação Comercial e Empresarial de Itabuna em parceria com o Programa de Qualificação Social e o Sul da Bahia em Ação promoveram o 2ª SOS Empresarial com o especialista em Gestão Financeira, Luiz Marcel Ribeiro, que mostrou aos diversos empreendedores como avaliar a liquidez (capacidade da empresa honrar os compromissos) e ajustar a operação diante do cenário futuro.

Em momentos de incerteza como o atual, um dos grandes desafios dos empreendedores é entender a realidade do negócio e tomar decisões rápidas para garantir a sobrevivência do negócio. E foi por isso que os grupos optaram por abordar o tema, através de palestra online.

“Nesse contexto, em tempos de crise, faça a gestão de forma precisa do Caixa: tome ações rápidas, embasadas por análises e que permita a empresa passar pelo momento de turbulência. Para isso, o empreendedor precisa saber identificar prioridades, cortar despesas não essenciais e readequar a operação”, destacou Luiz Marcel Ribeiro.

Outro ponto importante, também lembrado pelo palestrante, durante o encontro foi que “proteger o caixa da empresa é responsabilidade de todos e não apenas do setor financeiro. E o caixa precisa estar equilibrado, pois é ele quem vai garantir o sucesso ou o fracasso da empresa”, pontuou.

Além de discutirem e interagirem através de aplicativo, a reunião também foi solidária e contribuiu com pessoas que encontram-se em situação de vulnerabilidade devido a pandemia. Isto porque, a colaboração dos participantes foi revestida em cestas básicas, que com o apoio da empresa Buriti que doou uma cesta para cada inscrição, sendo entregues mais de 50 cestas no total.

Nesta segunda edição do SOS Empresarial mais de 100 famílias foram contempladas com cestas básicas. Na primeira edição do projeto, 150 famílias receberam os alimentos através da doação dos participantes e das empresas Módulo Rural, Avatim, Incamilho, Padaria Martins e Ateliê Pel Couto.


Capacitação online orienta lojistas e trabalhadores no combate ao Covid-19, em Itabuna e Ilhéus

Lojistas e trabalhadores que atuam no comércio das duas cidades podem participar da 1ª Capacitação online em Segurança do Trabalhador no enfrentamento da Covid-19, entre 10 e 12 de junho, com direito a certificação de 30 horas. As inscrições gratuitas já estão disponíveis no endereço: www.even3.com.br/segubiouesc. A ação é fruto de uma parceria firmada entre representantes da classe empresarial de Itabuna e Ilhéus, e a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), através do projeto “Uesc com você!” do Departamento de Ciências da Saúde – Colegiado de Enfermagem.

A iniciativa de professoras e discentes do Estágio Obrigatório em Serviços de Atenção Primária à Saúde, do último ano do Curso de Enfermagem da universidade, foi apresentada na última sexta-feira, 5, durante uma reunião remota com representantes da classe empresarial dos dois municípios. A ideia é promover uma conscientização desse público, para que eles possam atuar de forma mais segura no comércio.

Segundo a coordenadora do Estágio Obrigatório em Serviços de Atenção Primária à Saúde, Carla Daiane Costa Dutra, o projeto prevê “a produção de material educativo (cartilhas) e realização de curso de capacitação sobre autocuidado e medidas de proteção/prevenção do COVID-19 para comerciantes e lojistas – com vistas à promoção da saúde dos trabalhadores e dos lojistas do comércio local de Ilhéus e Itabuna, além de trazer orientações para o enfrentamento/adaptações necessárias pós-pandemia”.

A ação deve-se ao elevado risco de contaminação do vírus que pode acontecer nos estabelecimentos comerciais, o aumento do número de casos na comunidade, a subnotificação, a taxa de ocupação de leitos de UTIs, entre outros fatores. O intuito é empreender esforços para o enfrentamento do COVID-19, com vistas à mitigação de danos à economia local, a partir de ações de educação em saúde que visam à proteção de empregadores-trabalhadores-consumidores do comércio nesses municípios.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), Sérgio Velanes, participou da reunião e apoiou a iniciativa, que visa levar mais informações aos comerciantes e aos clientes sobre o uso consciente de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), a exemplo de máscaras, álcool em gel 70%, além da adoção de medidas de distanciamento social e higienização correta das mãos.

“É possível ter um comércio atuando de forma consciente, usando máscara e outros tipos de EPIs. O nosso papel enquanto sociedade é que a gente possa levar informações para as pessoas. Que as informações possam chegar aos bairros, a todos os lojistas, para que eles possam utilizar as medidas de segurança eficazes. Precisamos adotar todas as prevenções e levar segurança aos nossos clientes”.

Instituições parceiras

São parceiros do projeto, Sindicatos Patronais, Sindicatos de trabalhadores do Comércio, Câmaras de Dirigentes Lojistas e Associações Comerciais e Empresariais de Itabuna e Ilhéus, Vigilância Sanitária e Vigilância à Saúde do Trabalhador de ambos os municípios, e Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (SESAB), através do Núcleo Regional de Saúde – Região Sul – Ilhéus (NRS-Sul Ilhéus).


Capacitação online orienta lojistas e trabalhadores no combate ao Covid-19, em Itabuna e Ilhéus

itabuna_entardecer_12_03_2017Lojistas e trabalhadores que atuam no comércio das duas cidades podem participar da 1ª Capacitação online em Segurança do Trabalhador no enfrentamento da Covid-19, entre 10 e 12 de junho, com direito a certificação de 30 horas. As inscrições gratuitas já estão disponíveis no endereço: www.even3.com.br/segubiouesc. A ação é fruto de uma parceria firmada entre representantes da classe empresarial de Itabuna e Ilhéus, e a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), através do projeto “Uesc com você!” do Departamento de Ciências da Saúde – Colegiado de Enfermagem.

A iniciativa de professoras e discentes do Estágio Obrigatório em Serviços de Atenção Primária à Saúde, do último ano do Curso de Enfermagem da universidade, foi apresentada na última sexta-feira, 5, durante uma reunião remota com representantes da classe empresarial dos dois municípios. A ideia é promover uma conscientização desse público, para que eles possam atuar de forma mais segura no comércio.

Segundo a coordenadora do Estágio Obrigatório em Serviços de Atenção Primária à Saúde, Carla Daiane Costa Dutra, o projeto prevê “a produção de material educativo (cartilhas) e realização de curso de capacitação sobre autocuidado e medidas de proteção/prevenção do COVID-19 para comerciantes e lojistas – com vistas à promoção da saúde dos trabalhadores e dos lojistas do comércio local de Ilhéus e Itabuna, além de trazer orientações para o enfrentamento/adaptações necessárias pós-pandemia”.

A ação deve-se ao elevado risco de contaminação do vírus que pode acontecer nos estabelecimentos comerciais, o aumento do número de casos na comunidade, a subnotificação, a taxa de ocupação de leitos de UTIs, entre outros fatores. O intuito é empreender esforços para o enfrentamento do COVID-19, com vistas à mitigação de danos à economia local, a partir de ações de educação em saúde que visam à proteção de empregadores-trabalhadores-consumidores do comércio nesses municípios.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), Sérgio Velanes, participou da reunião e apoiou a iniciativa, que visa levar mais informações aos comerciantes e aos clientes sobre o uso consciente de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), a exemplo de máscaras, álcool em gel 70%, além da adoção de medidas de distanciamento social e higienização correta das mãos.

“É possível ter um comércio atuando de forma consciente, usando máscara e outros tipos de EPIs. O nosso papel enquanto sociedade é que a gente possa levar informações para as pessoas. Que as informações possam chegar aos bairros, a todos os lojistas, para que eles possam utilizar as medidas de segurança eficazes. Precisamos adotar todas as prevenções e levar segurança aos nossos clientes”.

Instituições parceiras

São parceiros do projeto, Sindicatos Patronais, Sindicatos de trabalhadores do Comércio, Câmaras de Dirigentes Lojistas e Associações Comerciais e Empresariais de Itabuna e Ilhéus, Vigilância Sanitária e Vigilância à Saúde do Trabalhador de ambos os municípios, e Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (SESAB), através do Núcleo Regional de Saúde – Região Sul – Ilhéus (NRS-Sul Ilhéus).