Encontro propôs dinamizar indústria e comércio, em Ilhéus

encontro-com-empresarios-de-ilheus-sedic-e-prefeitura-foto-marcelo-silveiraCom o objetivo de fomentar e dinamizar a economia regional foi realizado na manhã do sábado, 18, no Hotel Jardim Atlântico, o Café Empresarial da Indústria e Comércio, secretaria ligada à Prefeitura de Ilhéus. O evento reuniu dezenas de empresários de diversos segmentos de economia, como informática e logística, e também contou com a presença de associações e entidades ligadas ao comércio e a indústria da cidade e região sul da Bahia.

A proposta do encontro é o diálogo perene com os principais representantes do setor produtivo local, discutindo soluções a curto, médio e longo prazos, bem como a troca de experiências e o compartilhamento de acertos que resultem em resultados efetivos para a indústria e comércio do município.

Na oportunidade, a mesa de discussão contou com o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, o vice e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal Soub, o  presidente da Câmara de Vereadores, Lukas Paiva, o secretário municipal de Indústria e Comércio (Sedic), Paulo Sérgio dos Santos, e osecretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, José Vivaldo Mendonça. Após os pronunciamentos, a palavra foi franqueada para os presentes.

Em sua fala, o prefeito afirmou que o diálogo é o princípio da democracia e que o encontro deve dinamizar a união de esforços entre ente público e iniciativa privada, de modo a motivar e promover faturamento da indústria e comércio e consequente arrecadação para o município. “As soluções estão sempre dentro do negócio e não fora dele. Neste momento de crise, é preciso ser criativo e trabalhar ainda mais para que os resultados apareçam”, completou Mário Alexandre.

Esta foi a primeira edição do Café Empresarial promovido pela Sedic.A expectativa é reunir mensal ou bimensalmente os líderes empresariais e entidades setoriais em torno de questões técnicas e políticas para a criação de um cenário favorável e positivo para a implementação de ações de impacto, que qualifiquem espaços e equipamentos e gerem dividendos para empresas que já estão aqui ou que pretendam se estabelecer no município.


IFBA Ilhéus abre inscrições para o curso técnico em Edificações

IFBA_IlheusO IFBA Campus Ilhéus abriu  de inscrições do Processo Seletivo Simplificado para ingresso de estudantes em 2017 no curso técnico de nível médio em Edificações. Os candidatos terão isenção em suas taxas de inscrição.

Serão ofertadas no total 20 vagas, sendo: nove para ampla concorrência, uma  para portadores de necessidades especiais e 10 vagas para egressos de escola pública, sendo sendo contemplado o sistema de cotas (afrodescendentes, indígenas e pessoas de baixa renda).  A seleção será realizada exclusivamente através da análise do desempenho escolar em Língua Portuguesa e Matemática no Ensino Fundamental II, anotado no Histórico Escolar do estudante. Não haverá provas.

O candidato deverá efetuar a  inscrição no campus do IFBA em Ilhéus, no km 13 da  Rodovia Ilhéus-Itabuna, km 13,  no período das 8h às 16h entre os dias 22 de março a 24 de março de 2017.


Sebrae Lança Programa Líder, em Ilhéus

Lideranças públicas, privadas e representantes do terceiro setor da região Sul da Bahia estarão presentes no lançamento do Programa Líder – Liderança para o Desenvolvimento Regional, nesta terça-feira, 21, às 9 hs, no hotel Aldeia da Praia, em Ilhéus.

O Programa tem a iniciativa do Sebrae e da Frente Nacional dos Prefeitos, em parceria com a Confederação Nacional dos Municípios e a Associação Brasileira dos Municípios.

O objetivo, segundo a gerente regional do Sebrae em Ilhéus, Claudiana Figueiredo é pensar estrategicamente o desenvolvimento sustentável da região, “através do estabelecimento de uma aliança que faça convergir interesses de todos nas prioridades identificadas na região em sinergia com as políticas de Estado e do Governo federal”, explicou.

 


Encontro discute melhorias na Central de Abastecimento do Malhado, em Ilhéus

encontro-discute-melhorias-na-central-de-abastecimento-do-malhado-em-ilheus-foto-sedic-2Os secretários da Prefeitura de Ilhéus, Bento Lima, de Administração, e Paulo Sérgio dos Santos, de Indústria e Comércio, estiveram reunidos com o presidente do Sindicato do Comércio Varejista dos Feirantes e Vendedores Ambulantes de Ilhéus (Sindifeira), Afonso Ramos da Rocha, para discutir sobre melhorias na manutenção da Central de Abastecimento do Malhado, principal feira livre da cidade.

Durante o encontro, ocorrido dia 13 último, o secretário de Indústria e Comércio lembrou que a atual gestão tem implementadoimportantes melhorias na área conhecida como Feira do Malhado, como requalificação de passeios para melhor circulação de pedestres e troca de lixeiras para evitar a concentração de resíduos sólidos, principalmente nos fins de semana.

A principal área da Central de Abastecimento do Malhado tem dispendido esforços da atual administração também quanto a limpeza da Avenida Ubaitaba e entorno. Diariamente, uma equipe de manutenção trabalha para evitar o acúmulo de lixo e entulho de construção, além de fazer o desentupimentode fossas e bueiros da região. O serviço inclui eliminação deburacos, de modo a reduzir os riscos de acidente com consumidores e motoristas que utilizam as vias do bairro.


INI integra vice-presidência do Conselho Curador do Convention Bureau

convention-bureauO Instituto Nossa Ilhéus (INI) passa a integrar o Conselho Curador da Costa do Cacau Convention & Visitors Bureau, entidade apartidária e sem fins lucrativos, formada e mantida pela iniciativa privada, que reúne representantes de todos os segmentos ligados às atividades turística e empresarial, para buscar alternativas de ampliação do setor e fortalecimento da cadeia produtiva. A eleição aconteceu na última quinta-feira (09), no Hotel La Dolce Vita.

Foram eleitos: presidente do Convention Bureau, Marco Lessa; vice-presidente, Luigi Massa; diretora secretária, Márcia Regina Torres; e o diretor financeiro, Flávio Lemos. O Conselho Curador terá como presidente, Gilberto Tavares; vice-presidente, Maria do Socorro Mendonça; e secretária, Claudiana Figueiredo. Já os conselheiros fiscais serão Zaira Morelli e sua suplente, Rossana Colleoni; Vilomar Simões Ramos e seu suplente, Attila Eiras; e João Neto e seu suplente José Humberto de Sá Neri.

Para a diretora-presidente do INI, Maria do Socorro Mendonça, enquanto representante da sociedade civil organizada,”compor o Conselho Curador permite que o Instituto contribua com conhecimento na articulação das políticas públicas do município, levando ao conhecimento do trade a importância do monitoramento social, do fortalecimento do poder público constituído e da cidadania participativa”.

Na agenda do Convention Bureau, estão discussões e planos para criação de condições melhores e cada vez mais estruturadas para aumentar o número de visitantes e eventos em Ilhéus e região, promovendo, assim, a melhoria da qualidade de vida da população, tendo no Turismo – prestação de serviços – a mais importante atividade econômica do município.

Instituto Nossa Ilhéus – O INI foi fundado em 09 de março de 2012, e é uma iniciativa da sociedade civil organizada, apartidária com o título de OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público. Busca a aproximação da sociedade civil e do poder público em suas ações. Está aberto a todos que desejam engajar-se em suas atividades. Localiza-se na Rua Eustáquio Bastos, nº 126, 8º andar do Edifício Kauffman, no Centro, em Ilhéus. Acesse a fanpage facebook.com/InstitutoNossaIlheus


Ilhéus poderá gerir o aterro sanitário da cidade

ilheus-podera-gerir-o-aterro-sanitario-da-cidade-foto-clodoaldo-ribeiroDepois de 17 anos, o Município de Ilhéus poderá gerir o Aterro Sanitário de Itariri, situado na rodovia BA-262, que liga a cidade a Uruçuca. Isso é o que foi abordado em reunião na quinta-feira, 9, entre o prefeito de Ilhéus, Mario Alexandre, o vice e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (Seplandes), José Nazal Soub, e o diretor de Manejo de Resíduos Sólidos e das Águas Pluviais Urbanas, órgão ligado à secretaria estadual de Desenvolvimento Urbano, Fabio Lucena.

O acordo visa restabelecer a gerência do processo, já que não é competência da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) administrar o espaço, como vem ocorrendo atualmente. O órgão estadual pode financiar e construir, mas não pode gerir o aterro sanitário, como vinha sendo feito, para Ilhéus e Uruçuca, desde o ano 2000. Com o ajuste, o Município de Ilhéus ficará responsável pela gestão, cujo aval também já foi dado pela cidade de Uruçuca. A capacidade do local abriga normalmente a arrecadação de lixo dos dois municípios.

Nas próximas semanas, será desenvolvido um cronograma com todas as obrigações necessárias para se oficializar a transferência regular e formal da responsabilidade pela gestão do espaço. Para tanto, o Estado da Bahia conduzirá o assunto de forma legal, com a devida assistência do Ministério Público, para a correta chancela da cessão. Até a conclusão do processo a gestão continua sendo feita pela Conder, através da empresa Montanha.

Também estiveram presentes ao encontro os secretários municipais de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (Seintra), Hermano Fahning e o de Agricultura, Pesca e Interior (Seap), Angelito Dias. Na oportunidade, o vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal Soub, afirmou que existe a possibilidade de se estabelecer uma parceria público-privada (PPP), com a publicação de edital, com termos ajustados e acordados entre os entes. “Vamos manter uma agenda constante, em um curto prazo, para que a gente tenha rapidamente essa decisão”, afirmou Nazal.

Lixo em Ilhéus – Hoje, a cidade arrecada cerca de 130 toneladas de lixo, dia, no período de baixa estação, enquanto no verão se registra uma média entre 180 e 200 toneladas, dia, de resíduos sólidos.


Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia será lançado na UESC

Acontecerá no próximo dia 10 de março de 2017, no Auditório Paulo Souto, no Campus da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), às 14 horas, o lançamento do Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia – PCTSul e a inauguração do Centro de Inovação do Cacau, primeira iniciativa do empreendimento, que surge para corroborar com o fortalecimento da região cacaueira.

O PCTSul é uma iniciativa do Comitê de Instituições Públicas de Ciência, Tecnologia e Inovação do estado da Bahia, formado em 2013, por cinco instituições: UFSB, UESC, CEPLAC, IFBA e IFBaiano. Seu objetivo principal consiste na concepção, estruturação e gestão sustentável de um ambiente de negócios capaz de integrar o mercado empresarial com o poder público e a comunidade científica, de forma a estimular o desenvolvimento de produtos, processos e serviços tecnológicos e inovadores que proponham ideias e soluções criativas para o mercado nacional e internacional, de forma a estimular o desenvolvimento regional e a valorização da matriz produtiva do Sul da Bahia.

As primeiras operações do PCTSul terão como foco a cadeia produtiva do cacau, através de um Centro Integrado de Inteligência e Inovação que se dedicará a realização de análises físico-químicas, com foco na melhora da produtividade, qualidade e rastreabilidade das amêndoas, viabilizando o fortalecimento da inserção do cacau baiano nos circuitos produtores de chocolates finos e de origem. Segundo Cristiano Villela, Secretário Executivo do PCTSul, está previsto um volume de investimento inicial de R$ 2,6 milhões de reais, que serão distribuídos em três fases de implementação das ações.

A UESC além de sócia-fundadora, colabora com o desenvolvimento organizacional do PCTSul através do Programa de Incubação da Broto Incubadora de Biotecnologia – BROTO, iniciativa bi-institucional da UESC e UEFS, que fornece suporte gerencial, orientação tecnológica e consultoria econômico-financeira a empreendimentos de base tecnológica. A UESC também apoia a iniciativa através do fornecimento da infraestrutura que abrigará o Centro de Inovação do Cacau, que funcionará no Instituto de Análises Físico-Químicas (IPAF) no Campus da Universidade, a ser apresentado à comunidade após o evento de lançamento.


UESC vai fazer parceria com a Prefeitura de Ilhéus para executar ações em Salobrinho

uesc-frenteA Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e a Prefeitura de Ilhéus podem realizar uma pareceria visando a implementação de ações que vão beneficiar os moradores do bairro Salobrinho. Com este objetivo o pró-reitor de extensão Alessandro Fernandes de Santana, acompanhado pelos gerentes Nerivaldo José de Guzzi Filhop e Flávia Alessandra de Souza, foram recebido para reunião com o prefeito Mário Alexandre, no Centro Administrativo, tendo como foco o Programa UESC-Salobrinho.

O Programa Uesc-Salobrinho, põe em destaque 13 ações; prevenção de zonoses, saúde, qualidade de vida, horta comunitária sustentável, aproveitamento de águas de chuva, qualificação profissional, formação de professores para integrar o software Scratch no processo de aprendizagem de conteúdos de matemática por meio da economia doméstica e financeira, ensino de física no colégio estadual do Salobrinho por meio de smartphones: aliando a prática à formação de professores para o exercício da cidadania, empreendedorismo, projeto de saúde infanto/juvenil, marisqueiras de celulóides e o programa empreende Salobrinho.

O economista e professor/Dr. Alessandro Fernandes, frisou que a iniciativa pioneira tem entre as finalidades, “intensificar o contato e o intercâmbio da Universidade com a sociedade, particularmente com a comunidade do Salobrinho, contribuindo para o cumprimento de seu compromisso social. As ações foram selecionadas pelos moradores a partir de encontros promovidos pela UESC, com os professores e pesquisadores e a equipe da Pró-Reitoria de Extensão.

A parceria busca ampliar os serviços que serão prestados à população, integrando a estrutura da Prefeitura através das suas secretarias. Também está nos planos a prestação de assistência integral, com acolhimento humanizado, promoção e proteção da saúde, prevenção de agravos, diagnóstico, tratamento, reabilitação e manutenção da saúde aos adultos e idosos.
O prefeito de Ilhéus enfatizou a necessidade de intensificar ações que articulem conhecimento técnico, científico, artístico e cultural produzido na Universidade com a população, começando por Salobrinho. “Com este objetivo a Prefeitura vai estar sempre disposta a estabelecer parcerias.” Durante o mês de março gestores e técnicos da prefeitura estarão reunidos, na UESC, para definir a participação de cada setor.


Vingadora e Babado Novo encerram o Ilhéus Folia

DCIM100MEDIADJI_0005.JPGA alegria tomou conta de Ilhéus, no Sul da Bahia, com a realização do Ilhéus Folia 2017, promovido pela prefeitura municipal, com o apoio do Governo da Bahia, através da Bahiatursa. Na sexta-feira, milhares de pessoas dançaram e cantaram ao som de bandas como Adão Negro, Timbalada e Lordão, na Avenida Soares Lopes, circuito da festa.

Ontem a animação ficou por conta das bandas, Circuito Fechado, Tony Canabrava, Duas Medidas, Trio da Huanna, Liu Menezes, Alana Lima, Mil Verões, Filipe Escandurras, Patchanka e O Nippe. Blocos alternativos como com Filhos de Ogum, Levada da Capoeira, Guerreiros de Zulu e Mini Congo também passaram pela avenida.

O clima de tranquilidade, durante o evento, contribui para a realização de carnaval organizado e de paz. Prepostos da Polícia Militar afirmam que a festa vem ocorrendo com tranquilidade no circuito do Ilhéus Folia, com registro de ocorrências abaixo do esperado. O comandante de Operações da Polícia Militar, tenente coronel Idilceu Bastos, destaca que a Polícia adotou medidas preventivas nos acessos à cidade.

O Carnaval antecipado de Ilhéus será encerrado neste domingo, com a apresentação das bandas Babado Novo, Vingadora, Guig Ghetto e Gabriel Levy.


Instituto Nossa Ilhéus apresenta ideia de aplicativo cívico na 3ª edição do Grow2Impact, em São Paulo

hackaproton-app-ini_nov2016De viagem marcada para São Paulo para mais uma etapa do programa Grow2Impact – uma metodologia desenvolvida pela Ashoka para capacitação de organizações sociais na construção de seus modelos de negócio social -, representantes do Instituto Nossa Ilhéus (INI) e de mais seis organizações irão apresentar como estão transformando suas ideias em produtos e serviços sustentáveis financeiramente e de grande impacto social.

Será possível acompanhar as apresentações da noite desta quarta-feira (15), às 19h30, na transmissão ao vivo no Facebook, na página: facebook.com/ashokabrasil.

A diretora presidente do INI, Maria do Socorro Mendonça, tem passado por um longo treinamento desde que se tornou uma das 379 empreendedoras sociais brasileiras da Ashoka, em 2015, sendo esta viagem uma das etapas deste processo. Para ela, tudo que aprendeu até aqui foi o despertar para entender que a transformação que sonha acontecerá a partir do saber ouvir a sociedade e, assim, encontrar o caminho que alinhará o sonho com a verdadeira necessidade da população, sempre usando a empatia.

“A transformação virá a partir da minha transformação no pensar e acreditar. Mudando, estarei mais preparada para ser agente de transformação”, explica ela, que, junto com o consultor, Gabriel Siqueira, vai apresentar a ideia de um aplicativo cívico que buscará impactar na melhoria dos serviços públicos em Ilhéus, por meio da participação popular.

Como parte do desenvolvimento da ideia do aplicativo foi realizado, em novembro passado, um Hackaprothon, uma metodologia criada pelo Eokoe/AppCívico que reúne programadores, designers e outros profissionais ligados ao desenvolvimento de softwares. A maratona para elaboração do protótipo do aplicativo do INI teve participação de Ariel Kogan (Open Knowledge Brasil/App Civico), Thiago Rondon (Eokoe/AppCívico), Fernanda Joris (Eokoe), Gianfrancesco Vizzotto (Eokoe/AppCívico), Fernando Tsukumo (Sua Vez), além dos representantes do Instituto, Socorro e Gabriel.