Egresso de Agronomia da UESC brilha em Congresso Internacional na França

Ex-aluno do Curso de Agronomia da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), André Luiz Custodio Franco, realizou palestra em Congresso Internacional na França. Ele discorreu sobre pesquisa realizada no Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena) da Universidade de São Paulo, em Piracicaba, que e mensura o impacto sobre a biodiversidade do solo da transformação de áreas de floresta em pastagens e de pastagens em canaviais.

A conclusão é que esse impacto é devastador sobre a macrofauna original do solo: em que 90% dela – formada por cupins, formigas, minhocas, besouros, aranhas e escorpiões – desapareceram por completo. A pesquisa foi realizada por André Franco, durante o seu doutorado e estágio de pesquisa no exterior realizados como bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), orientado pelo professor Carlos Clemente Cerri. Os resultados do trabalho foram publicados no periódico (Science of the Total Environment).

“Nossa intenção foi verificar como a mudança no uso do solo interfere na emissão de gases e no armazenamento de carbono no solo e, em consequência, na composição da matéria orgânica, ” diz Franco. Invertebrados, micro-organismos e fungos desenvolvem um grande papel na reciclagem do solo, graças à sua ação na decomposição da matéria orgânica. Eles compõem a microfauna do solo. Formigas e cupins – que integram a macrofauna do solo – são os principais agentes estabilizadores, evitando a erosão graças à construção de seus ninhos.

Para verificar o que acontece com a biodiversidade devido a mudança no uso da terra, os pesquisadores retiraram blocos de solo na forma de cubos com 30 centímetros de profundidade. Essas amostras foram coletadas em três canaviais localizados em Jataí, Goiás, Ipaussu e Valparaíso, São Paulo. Nessas áreas uma parte da pastagem foi convertida em cana. A equipe também coletou blocos de áreas da mata nativa, para demonstrar a biodiversidade do solo em um sistema estável, antes do desmatamento para pastagem.


Consórcio Público será tema de Seminário Novos Gestores da Amurc

CARD_Semin_Novos_gestores_Amurc_2016Programado para acontecer na 3ª semana de Novembro o “Seminário Novos Gestores Públicos”, de iniciativa da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia – Amurc vai debater entre seis temáticas, “Consórcio público como instrumento para o atendimento às demandas municipais”. O evento destinado aos prefeitos eleitos será realizado em Ilhéus entre os dias 22 e 23 com o propósito de orientar os gestores para desenvolver uma administração eficiente.

O consórcio público é uma parceria institucional jurídica entre os entes federados que permite aos municípios, ganho de escala e melhoria da capacidade técnica. É uma modalidade de associação que compõem a administração indireta com objetivo de contribuir para o planejamento, à regulação e à execução de atividades de um modo geral ou prestação de serviços públicos.

No Sul da Bahia, o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Litoral Sul – CDS-LS, composto por 16 municípios foi criado em maio de 2013 e já realiza atividades como fiscalização ambiental compartilhada e tem projetos aprovados como o de regulação fundiária, que já começa funcionar no próximo mês, ambos com apoio financeiro do governo do Estado.

A atividade conta com o apoio da Federação dos Consórcios Públicos da Bahia (Fecbahia), que atualmente é presidida pelo prefeito de Serrinha, Osni Cardoso. De acordo com ele, o consórcio é a novidade para a gestão pública, pois possibilita a otimização e captação de recursos para os municípios. “Sem a adesão a modalidade de consórcio será inviável para os governos municipais prestarem os serviços essenciais e de qualidade para a população”, avaliou o gestor.


Empresa Júnior da UESC venceu o Desafio Bosch

junior-2

A Life Jr. – Laboratório de Inovações, empresa júnior dos alunos do curso de Engenharia Civil da Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC,  conquistou  o primeiro lugar como participante do Desafio Bosch – Backstage@Bosch –  no campo da  inovação tecnológica, competição   promovida pela Bosch do Brasil junto aos  grupos de empresários juniores do país. Ao participar do desafio, a Life Jr representou não apenas a UESC, mas o estado da Bahia e a região Nordeste do Brasil.  Dois desafios foram impostos aos participantes, o maior número de curtidas e o Bachestage, este presencial, ambos vencidos pela Life Jr. A etapa final da competição aconteceu sexta-feira (7), em Campinas, São Paulo, sede da empresa.

A equipe vencedora é formada pelos estudantes Allan Cavalcante, Allan Magalhães, Jacqueline Costa, Júlio César Moura, Juan Fontana Lima e Suian Andrade. Como premiação, o grupo participou de treinamento para a utilização de algumas ferramentas inovadoras e de entrevista com o presidente da Bosch, Besaliel Botelho, oportunidade em que compartilharam conhecimentos com o dirigente de uma organização que se destaca pela inovação e empreendedorismo.  Além da Lafe Jr. as demais finalistas foram: Lider Empresa Jr. (2° lugar), Consultoria Jr. Pública-FGV (3º), Medicina Jr. USP (4º) e Pharmaceutica Jr (5º lugar).


Saneamento básico é tema de evento na FTC de Itabuna

ftc seminarioA Faculdade de Tecnologia e Ciências de Itabuna realizará no dia 10 de outubro de 2016 o Seminário ‘EXPERIÊNCIAS DE PLANEJAMENTO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO‘ no Auditório da FTC Itabuna às 18h.  O objetivo do evento é propiciar um espaço de debate e troca de experiências sobre os planos municipais de saneamento básico.

Na oportunidade teremos a presença do Prof. Dr. Marcos Magalhães, um dos maiores especialistas em saneamento básico do país, que prelecionará sobre “Planos Municipais de Saneamento em Minas Gerais: Experiências e Aprendizados”. Na sequencia teremos um debate mediado pelo Prof. M.Sc. Flávio Leopoldino- FTC com os debatedores Prof. Dr. Anderson Alves – FTC e Luciano Veiga – AMURC/ Presidente do Comitê de Bacias do Leste.O encerramento se dará às 22h e terá o apoio daTerceira Via.


Candidatos do Litoral Sul assumem compromisso com o Programa Cidades Sustentáveis

Lenildo no Encontro do Instituto Nossa Ilhéus FOTO JOSIVALDO DIAS_05_09_2016Candidatos ao legislativo e ao executivo as eleições de 2016, no total de 58,  no Litoral Sul da Bahia assinaram na segunda-feira (05) a carta compromisso com o programa.

O ato foi  durante o “Encontro Território Litoral Sul MAIS Sustentável”, que aconteceu na Universidade Estadual de Santa Cruz.  O objetivo do evento foi oficializar o compromisso com a gestão por meio de metas e indicadores, que permite avançar no desenvolvimento local de forma sustentável.

Além de conhecerem o programa, os candidatos ao executivo receberam, em primeira mão, 61 indicadores sociais e, em breve, ganharão o selo Cidades Sustentáveis que serão utilizados em suas campanhas.  Para saber os nomes dos que já assinaram a carta, acesse www.nossailheus.org.br. O candidato que deseje assinar a carta pode entrar em contato com o Instituto Nossa Ilhéus pelo telefone (73) 3017-1746.

Encontro Territorio Litoral Sul Mais SustentavelUm dos maiores empreendedores sociais do Brasil, o coordenador nacional do Programa, Oded Grajew, apresentou a iniciativa aos candidatos e destacou a importância de seguir uma gestão municipal alinhada aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas. “Mudar o modelo de desenvolvimento é uma questão política, ou seja, de escolhas. Os candidatos que se comprometeram a aderir ao Programa terão a oportunidade de, quando eleitos, se tornarem referências mundiais em sustentabilidade, uma vez que a ONU vai dar essa visibilidade a todas as gestões que contribuírem com a realização, em âmbito municipal, desses objetivos. ”, afirmou.

“A partir dessas informações será possível aplicar os recursos municipais de forma mais eficiente e avaliar os resultados das ações praticadas pelos municípios”, destacou o presidente da Associação dos Municípios do Sul e Extremo Sul e Sudoeste da Bahia, Lenildo Santana. Ele é prefeito de Ibicaraí, no Sul do estado, município que foi terceiro colocado na Bahia no ranking de pesquisa realizada pela Folha de São Paulo, figurando entre as cidades mais eficientes.

O evento foi aberto ao público e contou também com a presença da reitora da UESC, Adélia Pinheiro e da assessora do programa, Clara Meyer. O Encontro Território Litoral Sul MAIS Sustentável teve apoio do Instituto Arapyaú, da Amurc e do Instituto Nossa Uruçuca. O Programa Cidades Sustentáveis é uma iniciativa da sociedade civil organizada e apartidária, realizado pela Rede Nossa São Paulo, do Instituto Ethos e da Rede Brasileira por Cidades justas, Democráticas e Sustentáveis. 


Monilíase do Cacaueiro é tema de curso no Território Litoral Sul

Ação coordenada  pelo programa Bahiater e Adab do governo do Estado, resultou  na realização  do curso sobre de  Monilíase do Cacaueiro. O evento aconteceu  no centro de treinamento  da Ceplac em Ilhéus, entre os dias 5 e 6 de setembro.

Segundo Marcos Souza coordenador do Setaf, o curso “objetivou a capacitação de técnicos na identificação da doença, mesmo que ainda não ocorra incidência em território brasileiro”. O curso contou   com a participação de profissionais  do Instituto Cátedra, Cooperast, Bahiater, Adab, Ceplac, Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Litoral Sul, Instituto Biofábrica e Consulcoop.

Durante os dois dias tiveram as aulas teóricas e práticas   abordando temas como “Monilíase do cacaueiro e  Pragas”,  “Plano de contingência”, “Tecnologia de aplicação de Agrotóxicos”, “Metodologia de levantamento, detecção e monitoramento” e  “Educação Sanitária”.

Elaine Martins, técnica Bahiater, salientou que o evento “foi muito importante para articular ações integradas de todos os grupos e instituições que atuam na ATER do Litoral Sul Bahia”.

Já  para Welington Leite que atua no mesmo programa o curso foi excelente, pois “além dos aspectos técnicos tivemos a oportunidade de conhecer parte da legislação que envolve transporte e comercialização vegetal e os procedimentos e cautelas que devem ser tomadas para o enfrentamento da doença caso ela venha a ser introduzida no país”.


Indicadores sociais de municípios do Litoral Sul serão apresentados segunda

card indicadores pngIndicadores sociais referentes à saúde, educação, bens naturais comuns, economia, meio ambiente e mobilidade das 26 cidades que compõem o território Litoral Sul serão apresentados durante o Encontro Território Litoral Sul MAIS Sustentável, nesta segunda (05), às 14h, no Auditório Paulo Souto, na Universidade Estadual de Santa Cruz.

Esses dados são um diagnóstico dos municípios e permitem que a população e os candidatos avaliem os desempenhos das gestões nos últimos sete anos.

Os candidatos a prefeito presentes no evento receberão, em primeira mão, um conjunto de 61 indicadores – levantados pelo Instituto Nossa Ilhéus em parceria com o Instituto Arapyaú – que poderão ser utilizados em suas campanhas, servido como base para seus programas de governo.

São dados que traduzem quantitativamente o desempenho dos municípios e permitem o monitoramento e a avaliação de programas e políticas públicas. Esses importantes instrumentos auxiliam no planejamento de cidades mais sustentáveis, e são fundamentais para fixar metas de resultados e promover a participação da sociedade civil como corresponsável pelas decisões tomadas.

O evento vai receber o empreendedor social e coordenador nacional do  Programa Cidades Sustentáveis, Oded Grajew, que vai explicar como funciona esta agenda para os municípios e o alinhamento aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

Os candidatos que se disponibilizarem a aderir ao Programa participarão da cerimônia de assinatura da carta compromisso e, além de seus nomes serem amplamente divulgados, receberão uma carta de agradecimento e o selo “Cidade Participante do Programa Cidades Sustentáveis”, para ser usado na campanha.


Já estão à venda ingressos para o show de Legião Urbana em Ilhéus

Um dos shows mais esperados de Ilhéus já tem seus ingressos à venda. Com pontos de venda em Ilhéus, Itabuna e Itacaré, os tickets para a apresentação da Legião Urbana podem ser adquiridos para o show que acontece no dia 24 de setembro, a partir das 21 horas, no Centro de Convenções de Ilhéus. A noite também contará com as participações das bandas Massa Sonora e Ponto de Equilíbrio.

Os fãs poderão ver mais uma vez os interpretes de canções como “Será”, “Ainda é cedo”, “Por Enquanto”, “Geração Coca-Cola”, “Daniel na Cova dos Leões”, “Tempo Perdido”, “Eduardo e Mônica”, “Índios”, “Quase Sem Querer”, “Que País É Este”, “Monte Castelo”, “O Teatro dos Vampiros” e “Vento Litoral”. Na noite anterior o grupo faz show em Salvador.

Ponto de Equilíbrio

A Ponto, como é carinhosamente chamada pelos fãs, mistura o autêntico reggae roots e hits radiofônicos atuais. As letras enfatizam a importância da igualdade social. Liderada por Helio Bentes, a banda ainda conta com André Sampaio na guitarra solo e backing vocals, Lucas Kastrup na bateria, Marcio Sampaio na guitarra rítmica, Pedro “Pedrada” Caetano no baixo, Tiago Caetano nos teclados e backing vocal se Marcelo “Gracia” Campos na percussão.


Santa Casa de Itabuna apoia evento sobre aparelho digestivo

Com um número expressivo de procedimentos realizados na próxima sexta-feira, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna apoia IV JADIB, Jornada do Aparelho Digestivo do Interior da Bahia.

Na ocasião, colonoscopias e endoscopias serão realizados em pacientes usuários do Sistema Único de Saúde, SUS. A IV JADIB é uma realização da SOBED-Ba, da SGB, da SOBRACIL, do CBIHP-Ba e da OSBOC-Ba, contando ainda com o apoio da Fundação Centro de Estudos Professor Edgard Santos.

Ainda na sexta-feira, 02 de setembro, a palestra “O desafio do processo de limpeza e desinfecção dos Endoscópicos”, acontecerá às 15 horas no auditório Paulo Bicalho. A palestrante será a especialista Enfermeira Tríssia Costa, de Salvador e a primeira parte do evento é exclusiva para Enfermeiros, Técnicos e Estudantes de Enfermagem.