Itabunense é campeão da copa FMF pelo Luverdense em Mato Grosso

pathyego-580x362Henrique Serafim Lima, 18 anos, foi campeão estadual da Copa da Federação Matogrossense de Futebol, jogando pelo Luverdense Esporte Clube.

A Copa é disputada na categoria profissional sub-23 que garante vaga na Copa do Brasil 2020.

Este é o primeiro título profissional do Patyêgo que vem representando muito bem a cidade de Itabuna.

De acordo com seu empresário Marcelo Reis que também é Itabunense, Patyêgo tem um futuro brilhante para despontar no futebol mundial.

Marcelo afirmar que quer continuar ajudando os garotos da cidade e região “mesmo distante da minha Itabuna (20 anos), sempre busquei ajudar os garotos da nossa região, infelizmente o futebol profissional foi engolido, deixaram acabar com o nosso Itabuna EC, Grapiúna AC e o campeão Baiano Colo Colo FR. A única forma ajudar a representar a região, foi promover estes jovens talentos, como o Patyêgo e John Coutinho (Itabuna), Washington (Barro Preto) Jadiel Matheus e o Hugo (Ilhéus). Esperamos que eles brilhem cada vez mais e que em um futuro próximo, nossa região volte com o futebol profissional tão poderoso e badalado como nos anos 80. O Esporte em si, evita que as crianças desviem o caminho, esporte além de lazer, é educação, profissão e afasta os ovens das drogas. Hoje a alegria do futebol da região são seleções do Intermunicipal”.


Jogos Universitários chegam ao fim e deixam atletas com saudades

Nos últimos sete dias, Salvador acolheu milhares de jovens atletas para a disputa da 67ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs). No último dia, o clima foi, ao mesmo tempo, de despedida e de festa. Os últimos prêmios foram entregues nest domingo (27), no Boulevard dos Atletas, um espaço de convivência montado para promover a integração entre os jovens de todo o país. A integração, inclusive, será uma das principais lembranças que os participantes levarão dos jogos.

“Essa convivência com atletas de outros estados [ficará marcada]. Fazer amizades e conhecer novas pessoas”, disse Caio Victor Cunha, de 24 anos, jogador de vôlei da Universidade Nilton Lins, de Manaus. “O JUBs é a melhor competição da minha vida, em questão de convivência, competição e organização.”

Atleta da Uninassau de Recife, Cássio Rodrigo disse que também não vai esquecer da última semana em Salvador. “A recordação que mais vou lembrar é a energia do pessoal. Todo mundo aqui focado, não só no espírito de competir, mas também no espírito de amizade, de conhecer novas pessoas e conhecer um novo estado. Isso é muito bom pra mim, e vou levar para a minha vida.”

O esporte caminhou lado a lado com o espírito de congraçamento entre as diversas culturas do Brasil. Muitos desses atletas têm nos JUBs o ápice de sua trajetória esportiva, um auge que também ficará marcado.

(mais…)


Campeonato Interbairros de Itabuna tem ´chuva´ de gols

2 e 3 rodada foto 1 menos que 38 gols – uma média de 2,4 tentos assinalados por partida nas rodadas de final de semana do Campeonato Interbairros de Itabuna, com a realização de 16 partidas, mobilizando 32 equipes e cerca 600 atletas.

O maior destaque ficou para a goleada de 12 x 0 do Parque Boa Vista sobre a equipe do Alto Boa Vista e para a vitória de 4 x 0 da seleção de Ferradas contra a Roça do Povo.

A grande surpresa da segunda rodada do Campeonato Interbairros, no sábado (12), foi a impiedosa goleada aplicada pelo Parque Boa Vista, que jogando em casa, venceu por 12 x 0 à fraca equipe do Alto da Boa Vista, numa partida com gols em profusão e um amplo domínio tático e técnico sobre o time adversário. Na segunda partida, o selecionado do Parque Verde derrotou com facilidade ao time da Califórnia por 2 x 0.

(mais…)


Seis jogos abrem a primeira rodada do Campeonato Interbairros

futebolSeis jogos marcam a abertura da primeira rodada do Campeonato Interbairros, que começa neste sábado(5), às 15 horas, com o jogo entre Mangabinha x Banco Raso, no Estádio Luís Viana Filho, marcando o início de uma competição que envolve 50 equipes e 1,3 mil atletas e é considerada uma das maiores do gênero no interior baiano.

O Interbairros é coordenado pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania -FICC- e viabilizado nesta edição de 2019 através de uma parceria entre a prefeitura de Itabuna e o governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte.

(mais…)


Atleta de Itacaré participa de curso sobre Jiu-Jitsu kids em Salvador

O atleta e professor Jadson Machado, de Itacaré, participou neste sábado, em Salvador, do curso de capacitação profissional em Jiu-Jitsu Kids, ministrado pelo professor faixa preta em jiu-jitsu e judô e mestre em educação física, Charles Nardelli.

O objetivo da capacitação foi buscar novos conhecimentos técnicas e informações sobre o jiu-jitsu kids para que sejam aplicadas pelo professor Jadson Machado nos projetos educacionais e sociais com crianças que já vem sendo desenvolvidos em parceria com a Prefeitura de Itacaré.

Durante o curso foram discutidos temas como “A importância dos movimentos básicos para crianças na escola”, “Influência do jiu jitsu na escola de forma lúdica e criativa” e “Influência do jiu jitsu na infância”. Também foram abordadas questões como “Estágios de aprendizado”, “Jiu jitsu-educação” “Adaptação aos meios gerais e específicos”, “Cooperação e oposição”, “Solução motora”, “Ensino baseado no problema”, “Equilíbrio do corpo” e “Boas relações.

(mais…)


Pugilistas itabunenses nas finais do Campeonato Baiano de Boxe

box-1A delegação itabunense está embarcando para disputar no próximo sábado(14), na Arena Cyber, em Salvador, duas das finais e um terceiro lugar no Campeonato Baiano de Boxe – AOB, promovido pela Federação de Boxe do Estado da Bahia um evento que reúne os melhores pugilistas baianos e tem funcionado como uma vitrine na revelação de novos valores para esta modalidade de esporte. A delegação é chefiada pelo treinador Gilmarques Mendes Sabino -instrutor da Federação Baiana de Boxe e educador social, que desenvolve o Projeto Lutando pela Paz- e é integrada pelos atletas Samuel Rosa, Juan Miguel e Jonatas Passos.

Os atletas grapiúnas contam com o apoio da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), que contribuiu com a cessão das passagens da delegação nas duas etapas da competição. O presidente da FICC, Daniel Leão elogiou o desempenho dos lutadores itabunenses que estão ranqueados entre os melhores do estado e têm potencial de alto rendimento.

Quem é quem

Entre os destaques está Samuel Rosa, de apenas 13 anos, 52 quilos e que foi campeão baiano infantil. Ele disputa nesta etapa a final como peso pena da sua categoria e enfrenta um atleta da Terror Box. Considerado como uma das revelações do box itabunense, Samuel Rosa tenta agora mais um titulo no infantil masculino, realizando a quarta luta da competição.

Outro atleta que chega às finais com destaque é Jonatas Passos, um lutador médio ligeiro, de 20 anos, que disputa o titulo elite masculino, enfrentando um lutador da equipe do Cetep. Ele conta que iniciou no boxe ao participar do Projeto Lutando Pela Paz. Somando 17 lutas, com 14 vitórias, seis delas por nocaute e três derrotas por pontos, Jonatas é considerado o melhor atleta da região da sua categoria. Ele detém o título de campeão intermunicipal da categoria e agora está a um passo do título baiano.

Já o lutador meio pesado Juan Miguel, 18 anos, que é vice-campeão na sua categoria disputa neste final de semana o terceiro lugar do Campeonato Baiano de Box (AOB), mostrando o seu potencial técnico e um estilo aprimorado.


Mais de seis mil pessoas participaram da mobilização dos JUB’s em Itabuna

foto-jubsUm total de mais de seis mil pessoas participaram em Itabuna da mobilização dos Jogos Universitários Brasileiros – JUB’s, com a realização de clínicas em nove escolas da rede estadual de ensino e uma série de ações práticas na arena montada na Praça Otávio Mangabeira (Camacã), que atraiu no período de 4 a 6 de setembro alunos da rede municipal, de escolas particulares, atletas e pessoas da própria comunidade. As atividades incluíram a realização de um campeonato de basquete 3 x 3 disputado na tarde de hoje(6).

Na arena, foram apresentadas ao público novas modalidades esportivas do JUB’s, como o basquete 3 x 3 e o jogo eletrônico Fifa 2019. O espaço funcionou nos dias do evento sempre das 9h às 17h, aberto para crianças, jovens e adultos. Segundo Rafael Macedo Lopes de Oliveira, um dos coordenadores da Caravana dos Jogos Universitários Brasileiros, a arena recebia uma média de 120 pessoas por hora e estava aberta sem nenhum custo para a população.

Ele explica que Itabuna foi a terceira cidade a receber a mobilização do JUB’s, que deve visitar 11 municípios baianos e atendeu mais de seis mil pessoas, das quais mais de duas mil na arena instalada na praça de Camacã e mais de quatro mil em nove escolas da rede estadual de ensino. As duas primeiras cidades visitadas foram Juazeiro e Senhor do Bomfim.

Uma das atrações da arena foi a presença do atleta do Novo Basquete do Brasil, o paulista Edu Marinho, que ministrou oficinas e fez uma apresentação, juntamente com o grupo técnico dos JUB’s, a nova modalidade que faz parte dos Jogos, o basquete 3×3.

Objetivo

Com o objetivo de demonstrar que educação e esporte andam lado a lado, a equipe de mobilização dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) percorrerá até 21 de setembro, 11 cidades das regiões norte, centro norte, sul e a capital baiana, contemplando as cidades de Juazeiro, Senhor do Bonfim, Itabuna, Ilhéus e Salvador.

A ação, que prevê ambientações com arenas em praças e escolas públicas, atendendo ao todo 100 mil alunos, com o apoio do Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, a Secretaria de Educação e tem organização da Federação Universitária da Bahia (Fube). Em Itabuna a Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania também participou da parceria para a realização da mobilização para os JUB’s, que voltam a acontecer na Bahia em outubro, após um intervalo de 51 anos.


Tomes do internuncial de Itajú do Colônia e Pau Brasil ao vivo na TVE

Neste domingo (8) tem mais intermunicipal na TVE. Itajú do Colônia e Pau Brasil se enfrentam pela quinta rodada, com transmissão ao vivo e exclusiva na TV e pelos canais oficiais da emissora no Facebook, Twitter, YouTube e Portal Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB), a partir das 15h.

Embora na tabela de classificação do grupo 16 Pau Brasil ocupe a segunda posição, com 7 pontos, seguida de Itajú do Colônia, que acumula 6, no último jogo da quarta rodada o destaque foi para Itajú do Colônia, que goleou o time de Santa Luzia, por 3 a 0. Já Pau Brasil perdeu por 1 a 0 contra Camacan.

Os torcedores poderão interagir também por meio das redes sociais, utilizando a hashtag #IntermunicipalNaTVE ou enviar suas fotos e vídeos acompanhando os jogos para o número de Whatsapp (071) 9 9626 0307.


Isaquias Queiroz atropela e é Ouro na Hungria

isaquiasA Bahia ficou mais dourada na manhã deste domingo (25). Baiano de Ubaitaba, o canoista Isaquias Queiroz disparou na reta final da prova dos C1 1000m e conquistou com folga o título no Mundial de Canoagem de Velocidade, disputado em Szeged, na Hungria. Ele foi o único a terminar abaixo dos quatro minutos: 3min59s23.

Ele não nega que estava cansado, desgastado, mas virou um gigante para que, no dia em que seu filho Sebastian completou dois anos, não chegasse de mãos abanando em casa. “Hoje é aniversário dele!”, disse com um sorrisão no rosto. Antes de anunciar suas primeiras palavras como melhor do mundo, ele avisou: o discurso teria as cores verde e amarela e um sotaque nordestino.

Ó, eu não sei falar inglês, mas quero agradecer a toda a minha equipe por ter me preparado para estar aqui, hoje, como melhor do mundo. É muito bom poder ganhar aqui. Vim sem estar totalmente preparado, com uma gripe, mas é trabalho. Eu botei o tronco embaixo e fui remando. Acordei feliz, acordei bem e fui pra cima. Quando abri vantagem ali nos 250 metros finais, eu disse: ‘é minha, meu filho, ninguém tira’!”, comemorou.(Correio 24h)


Brasil sedia Copa dos Refugiados e Imigrantes 2019

Obra de recuperação da quadra poliesportiva do Santo Antônio foi concluída - Foto Gabriel de Oliveira (3)O maior projeto de integração esportiva que envolve refugiados e migrantes no Brasil é realizado em Brasília neste fim de semana. A etapa da Copa de Futebol dos Refugiados e Imigrantes no Distrito Federal conta com a participação de 160 jogadores amadores, 20 em cada seleção.

Os participantes representam equipes de seus países de origem, principalmente da República Democrática do Congo, de Cabo Verde, Gana, do Paquistão, Haiti, da Guiné Conacri, Colômbia e Venezuela.

O tema da Copa dos Refugiados e Imigrantes 2019 é “Reserve um minuto para ouvir uma pessoa que deixou o seu país”. Ao todo, a competição envolve aproximadamente 1.120 atletas de 39 nacionalidades, reunindo pessoas em situação de refúgio e migrantes.

Com a competição, as instituições organizadoras querem mostrar a realidade desses imigrantes ao público brasileiro e, assim, avançar na luta contra os preconceitos, as discriminações e a xenofobia. O evento também chama a atenção para a necessidade de inserção dos refugiados e imigrantes no mercado de trabalho. (Agência Brasil)