MEC prorroga prazo para concluir inscrição no Fies

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou o prazo para que os estudantes pré-selecionados para a segunda edição de 2015 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) concluam a inscrição na internet, no SisFies. A conclusão da inscrição poderá ser feita até amanhã (25). O prazo inicial tinha se encerrado no domingo (23).

Ao acessar o site, o estudante deve clicar na opção Conclua sua inscrição. Após a conclusão no SisFies, o estudante precisa validar as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento da instituição de ensino em até dez dias, contados a partir do dia seguinte ao da conclusão da inscrição.(Agência Brasil)


Encerra greve dos professores das universidades da Bahia

O Governo da Bahia e o Fórum das Associações dos Docentes das Universidades Estaduais (ADs) assinaram, na manhã desta quinta-feira (6), acordo que encerra a greve de professores. O acordo foi assinado pelos representantes das secretarias da Educação, Administração e Relações Institucionais e pelos dirigentes das Associações de Docentes das quatro universidades estaduais (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc).

No acordo, o Governo da Bahia assegura encaminhar para a Assembleia Legislativa o Projeto de Lei que revoga a Lei 7176/97 no prazo de 60 dias, atendendo a uma reivindicação histórica da categoria. Com a revogação, será criada nova lei que garante mais autonomia às universidades.

“Também iremos implementar, em até 60 dias, as promoções, progressões e mudanças de regime de trabalho relativas a todos os processos, que já se encontram em tramitação nas secretarias da Educação e Administração”, destacou o superintendente de Recursos Humanos da Saeb, Adriano Tambone, salientando que o governo permanece aberto ao diálogo com os docentes.

Remanejamento

Ficou acordado também que o governo baiano vai disponibilizar 252 vagas a serem remanejadas entre as classes, viabilizando volume maior de promoções para os docentes das quatro universidades.

Vale registrar ainda que o governo encaminhará à Assembleia Legislativa Projeto de Lei para efetivar o remanejamento do quadro de vagas por universidade para, assim, viabilizar a implementação dos processos de promoções ainda em 2015.

Para garantir as promoções, o governo assegura recursos orçamentários para implementação das promoções, progressões e alterações de regime sem comprometer o orçamento de custeio e investimento das universidades. O orçamento das universidades para 2015 já está garantido na sua integralidade, sem contingenciamento. Este orçamento representa um aumento de 10,3% em relação ao ano passado, totalizando R$ 1.126.500 bilhão.



Consulta local de prova do REDA da Secretaria Estadual da Educação

As provas da seleção de professores na rede estadual, por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), acontecem neste domingo (26). O exame vai ser aplicado em todos os 27 municípios sede dos Núcleos Regionais de Educação (NRE).

Os locais de prova já estão disponíveis no site da Consultec.

São ofertadas 6.145 vagas, sendo 4.616 para a Educação Básica, 1.282 para a Educação Profissional e 247 para a Educação Indígena. Das vagas disponíveis, 30% são reservadas a candidatos negros e 5% a pessoas com deficiência.

O diferencial deste processo é a seleção por área do conhecimento. Para a capital e Região Metropolitana de Salvador (RMS), é exigida formação de nível superior em licenciatura plena. Para o interior, podem participar profissionais com licenciatura e com bacharelado.


Os benefícios do uso da tecnologia no ambiente escolar

As inovações tecnológicas no campo da informação e da comunicação impõem transformações significativas à sociedade e essas alterações afetam diretamente o cenário escolar. Com globalização a tecnologia passou a ser ferramenta indispensável e cada vez mais presente no cotidiano das crianças, a começar pelo acesso rápido e fácil a uma grande quantidade de informações, disseminadas por meio da internet.

O desenvolvimento do aprendizado de crianças e jovens é mediado por dispositivos tecnológicos que ampliam e fortalecem o potencial humano. Em função da constante modernização imposta a diversos setores da sociedade, o ambiente escolar precisa se adaptar e se atualizar rapidamente e para tanto, é relevante que na sala de aula, os professores estimulem novas formas de pensar, agir, conviver e principalmente, façam uso destas ferramentas tecnológicas para potencializar o aprendizado.

De acordo com Ana Claudia Assis, vice-diretora do Colégio Anglo de Itabuna, a inserção da tecnologia no ambiente escolar é fundamental para promover o desenvolvimento dos alunos. “O uso adequado da tecnologia ajuda a melhorar a qualidade de ensino e aprendizagem, criando um ambiente produtivo com acesso ao conhecimento, tanto presencial quanto a distância”, destaca.

É imprescindível que os professores incentivem o uso das novas ferramentas para que de fato seja incorporado á sala de aula e não vista apenas como acessório. Pensar em como inseri-las no dia a dia da educação de forma definitiva e fugir do convencional, fornecendo possibilidades que o quadro negro e o giz não permitem, é dinamizar o ensino e atribuir à educação características que a permitem estar apta para acompanhar as constantes inovações.


Rede estadual de educação volta às aulas depois de recesso

Mais de 900 mil estudantes da rede estadual voltarão às aulas nesta segunda-feira (6). O retorno vem acompanhado de novos desafios, propostos pelo Governo da Bahia, no programa Educar para Transformar.

O foco é a melhoria da qualidade da educação pública por meio da participação de todos os setores da comunidade escolar.

Os estudantes passam a ter mais direito à voz na gestão escolar, com a eleição de cerca de 20 mil líderes de classe que iniciam sua participação como representantes de turma de cada sala de aula das escolas da rede estadual.

O programa Educar para Transformar também quer ampliar a participação das famílias nas escolas neste segundo semestre, com a eleição do Colegiado Escolar.

A Secretaria da Educação está convocando os pais para procurar as escolas de 6 a 10 de julho, para participar do processo eleitoral.

O Colegiado é formado pelo diretor da escola e representantes dos professores, funcionários, estudantes e também das famílias. A eleição está marcada para acontecer de 21 a 24 de julho.


CEEP Itabuna formou 170 técnicos de nível médio

Ceep_formatura_2015
Formatura do CEEP de Itabuna 2015

Uma noite especial para alunos, familiares e educadores. 170 estudantes dos cursos técnicos em Análises Clínicas, Biotecnologia, Enfermagem, Gerência em Saúde, Nutrição e Dietética e Segurança no Trabalho do Centro Estadual de Educação Profissional em Biotecnologia e Saúde- CEEP Itabuna receberam os certificados na sexta-feira (19), em solenidade Ginásio de Esportes da Ação Fraternal de Itabuna.

Falando em nome dos novos técnicos, Heloise Costa Ferreira, destacou que “recebemos os conhecimentos necessários para iniciar nossa vida profissional, mas ainda temos muito  que avançar, porque a educação é um processo permanente”. “Sempre acreditamos que seríamos capazes de lutar por nossos sonhos e alcançar nossos oCEEP Itabuna forma 170 técnicos de nível médiobjetivos e essa é a primeira de muitas conquistas”, disse Heloise.

 “É com grande satisfação que vemos esse grupo de jovens recebendo o certificado, conscientes de que  partirão para novas conquistas na vida profissional e na vida acadêmica”, disse a diretora do Núcleo Regional de Educação Litoral Sul, professora Solange Nunes Sampaio. Ela citou o compromisso do Governo do Estado com a universalização do ensino público de qualidade, através do Pacto pela Educação, que envolve o poder público e a sociedade organizada.

LEIA MAIS NO BLOG DO THAME.


Modelo pedagógico da UFSB é apresentado no Rio Grande do Sul

ufsbA professora da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Denise Coutinho, visitará a Universidade Federal de Pelotas –UFPel, no Rio Grande do Sul, nos dias 25 e 26 de junho. A visita tem como objetivo a troca de experiências dos modelos de projeto pedagógico e metodologias de pesquisa e produção visando qualificar as discussões sobre os temas no Centro de Artes.

Na quinta-feira (25), às 9h, no auditório 2 do Centro de Artes, haverá uma palestra sobre “Questões de metodologia da pesquisa e produção de conhecimento na área de Artes”, que discutirá como estas questões estão sendo organizadas no universo acadêmico das Artes.

Já na sexta-feira (26), a professora apresentará a proposta pedagógica da UFSB, baseada em cursos (bacharelados e licenciaturas) interdisciplinares na palestra “Processo de construção da nova Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB): popular, emancipatória e inovadora”. O encontro ocorrerá às 9h, no auditório do Centro de Artes. A apresentação tem por objetivo conhecer a proposta da UFSB para utilizar como uma referência para alimentar as discussões sobre a construção de um projeto pedagógico para o Centro de Artes, além de qualificar as discussões sobre a Constituinte da UFPel.

Apesar de a temática ser voltada para o universo do Centro de Artes, as palestras serão abertas a toda comunidade acadêmica da UFPel.


MEC divulga primeira chamada do Prouni 2015.2

PROUNI-2015O resultado do Prouni (Programa Universidade para Todos) para a edição do segundo semestre de 2015 foi divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) nesta segunda-feira (22). A lista dos aprovados em primeira chamada está disponível no site do programa.

Quem não foi selecionado pode aguardar a segunda chamada e, caso não tenha o nome indicado, também pode tentar a lista de espera (veja detalhes abaixo).

O Prouni vai oferecer 116.004 bolsas em instituições privadas de ensino superior para alunos com renda familiar bruta de até 3 salários-mínimos. Serão 68.971 bolsas integrais e 47.033 parciais de 50%.

SEGUNDA CHAMADA DO PROUNI

O resultado da segunda chamada sairá em 6 de julho. Os candidatos devem fazer a consulta do resultado no site do programa.

O estudante pré-selecionado deverá comparecer à instituição de ensino para checar as informações prestadas em sua inscrição e eventual participação em processo seletivo próprio da instituição de 22 a 29 de junho na primeira chamada e de 6 a 10 de julho na segunda chamada.(G1)


MEC vai criar fórum para acompanhar piso salarial dos professores

15º Fórum Nacional dos Dirigentes acontece na Costa do Sauípe

Deu na Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) vai publicar no próximo dia 24 duas portarias que avançam no cumprimento do Plano Nacional de Educação (PNE). A data marca um ano de vigência do plano e o fim do primeiro prazo estipulado na lei. As portarias criam o fórum de acompanhamento do piso salarial dos professores e uma comissão, com representantes de estados, municípios e da União, para tratar das metas do plano. O anúncio foi feito no 15º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, pelo secretário de Articulação com os Sistemas de Ensino do MEC, Binho Marques.

O PNE foi sancionado na íntegra pela presidenta Dilma Rousseff após quase quatro anos de tramitação no Congresso Nacional. A lei estabelece metas e estratégias para melhorar a educação nos próximos dez anos. Entre elas, estão a erradicação do analfabetismo e a universalização do atendimento escolar dos 4 aos 17 anos. Está também o investimento de pelo menos 10% do Produto Interno Bruto no setor até o fim da vigência.

O fórum de acompanhamento do piso vai ser formado pelo MEC, pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) – que representam os estados – e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Por lei, o piso salarial dos professores é ajustado anualmente. Atualmente está em R$ 1.917,78.

“Se você quiser saber hoje quem paga o piso, ninguém sabe, porque nós não temos um acordo nem sobre os conceitos. Como é a hora-atividade, como funciona? Ninguém sabe”, diz Marques. Segundo ele, a intenção é que seja criado um portal onde se possa consultar dados de todo o país de cumprimento ou não do piso salarial. “A gente vai ter reuniões regulares para atualizar a informação de quem paga e quem não paga e para discutir assuntos relacionados ao piso. Por exemplo, ninguém concorda com o modelo atual [de cálculo do reajuste], mas não temos consenso quanto a um modelo”, acrescenta.