Empreendedorismo Empretec abre inscrições para nova turma em Ilhéus

A oportunidade de conhecer e trabalhar características empreendedoras que vão ser determinantes para o sucesso na vida pessoal e profissional é o foco do seminário Empretec, que está com inscrições abertas para a turma de Ilhéus. A entrevista acontece entre os próximos dias 14 e 17 de agosto, e o seminário será realizado no período de 10 a 15 de setembro, no município do sul da Bahia. Os interessados já podem fazer uma pré-inscrição pelo site http://www.empretecbahia.com.br/.

O professor e Coach, Elifaz Anunciação, participou de uma das primeiras turmas do Empretec de Ilhéus no ano de 1999, quando ainda estava cursando o segundo ano de Contabilidade, cheio de ideias e sonhos. “Durante as atividades projetei concluir a faculdade e criar uma empresa. Hoje sou mestre em contabilidade e doutorando em educação, e minha empresa, A Parceria Consult LTDA, é uma realidade”.

A melhoria do desempenho pessoal e o alcance do sucesso empresarial estão entre os pontos trabalhados pelo o Empretec, ao desenvolver maior segurança na tomada de decisões, a ampliação da visão de oportunidades, dentre outros aspectos. Ao longo de 60 horas de capacitação, durante seis dias, o participante será desafiado em atividades práticas, cientificamente fundamentadas que apontam como um empreendedor de sucesso age.


Sebrae oferece 500 vagas de capacitação em Itabuna e Ilhéus

sebrae-logoO Sebrae está com 500 vagas de capacitações, sendo 440 gratuitas, para as cidades de Itabuna e Ilhéus nas áreas de atendimento ao cliente, mídias sociais, vendas, gestão de estoque e as oficinas sobre SEI Formar Preço e SEI Comprar. As inscrições já podem ser feitas na Loja Virtual do Sebrae Bahia ou pelos telefones (73) 3634-4068 e (73) 99974-2263 (Ilhéus), ou (73) 3613-9734 e (73) 99974-2262 (Itabuna).

A programação tem início nesta sexta-feira, 3, das 13h às 17h, na unidade do Sebrae em Ilhéus, com o projeto Sexta da Oportunidade. O encontro é gratuito e tem o objetivo de orientar aqueles que desejam abrir o próprio negócio, a partir de informações atualizadas de mercado. A mesma atividade acontecerá ao longo de todo o mês de agosto, nos dias 10, 24 e 31, em Itabuna, e no dia 17, em Ilhéus.

Na área de mídias sociais, os empreendedores terão a oportunidade de conhecer e aprimorar as técnicas sobre como utilizar as ferramentas digitais para impulsionar as vendas. A clínica tecnológica sobre o assunto é gratuita e acontece no dia 13 de agosto, das 19h às 21h, no auditório do Sebrae, em Itabuna.

Ainda em Itabuna será realizada a oficina Pratique Abordagem de Vendas, direcionada para microempresas. A capacitação será no dia 14, das 18h às 22h, com o foco na aplicação de um planejamento e de técnicas como sondagem, simulação e contorno a objeções para aumentar a eficiência e o resultado empresarial.

Já a clínica tecnológica sobre Boas Práticas de Gestão de Estoques, que vai acontecer no dia 15, em Itabuna das 19h às 21h, visa apresentar soluções inovadoras sobre os processos logísticos e os modelos de gestão de estoques. No dia seguinte, 16, os micro e pequenos empresários terão a oficina gratuita Pratique Atendimento, das 18h às 22h, também em Itabuna, para conhecer sobre atitudes e práticas de atendimento.

No final do mês, o Sebrae em Itabuna promove a oficina gratuita SEI Formar Preço, no dia 30/08, das 18h às 22h, com o objetivo de ampliar a visão sobre a correta formulação do preço de venda. No mesmo dia, em Ilhéus, acontecerá a Oficina SEI Comprar, das 13h às 17h, visando orientar os empreendedores a comprar levando em conta o preço, o prazo e o relacionamento com os fornecedores.


CIEE participa de evento da ABRH (BA), em Itabuna

O CIEE marcará presença em um evento direcionado aos profissionais que atuam na área de Recursos Humanos no Sul da Bahia. Promovida pela diretoria do núcleo sul-baiano da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), a atividade será no dia 7 de agosto. O início está marcado para as 18h, no campus II da Unime, em Itabuna, com palestras de Theunis Marinho e Cezar Almeida.

Autor do livro ‘Sonhar Alto, Pensar Grande’ e ex-presidente da Bayer Polímeros S/A, Theunis vai passar um pouco da experiência que o levou a uma trajetória de sucesso como executivo, alcançando cargos de liderança no Brasil e na Alemanha.  Atual presidente da ABRH(BA), Cezar também é dono de uma rica vivência no mundo corporativo. No  currículo, ele acumula projetos inovadores em empresas nacionais e multinacionais.

O evento é gratuito e aberto ao público em geral. Os interessados devem se cadastrar no site da ABRH (BA).“Será uma excelente oportunidade para quem buscar seguir atualizado no mundo profissional. Além de receber um pouco do conhecimento dos palestrantes, também será um momento oportuno para dividir experiências”, disse a Supervisora do CIEE em Itabuna, Gersolita Almeida. No fim, os participantes receberão um exemplar do livro de Theunis.


Secretários elegem comissão da Câmara Técnica de Educação do Litoral Sul

assembleia-definiu-a-comissao-executiva-e-de-etica-da-cte-1Por Viviane Cabral | CDSLS

Durante uma Assembleia Extraordinária nesta terça-feira, 24, na sede da Amurc foi eleita uma Comissão Executiva composta por secretários de educação que vai coordenar a Câmara Técnica de Educação, do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – Litoral Sul. A proposta visa tornar mais eficaz a aplicação das políticas públicas de educação nos municípios do Território.

 A iniciativa é inovadora no Sul da Bahia e vem sendo discutida em encontros realizados pelo Fórum de Secretários Municipais de Educação (Forsec), ligados a Amurc, em parceria com os Institutos Natura, Arapyaú e a Pró-reitoria de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). A CTE é um braço institucional do CDS-LS e poderá atuar na área de convênios para aportar recursos específicos da educação, que estarão disponíveis através do Consórcio.

De acordo com a coordenadora da Rede de Apoio a Educação (RAE) do Instituto Natura,Thamara Strelec, a Câmara serve tanto para um diálogo técnico a respeito das políticas públicas educacionais que estão sendo implementadas nos municípios, “como também pode ser um espaço de deliberação, para a realização de compras consorciadas, a contratação de uma formação de professores regional, ou mesmo firmar convênios e acordos de cooperação”.

A partir do “princípio da economicidade e da otimização de recursos e serviços que poderão ser compartilhados pelos municípios consorciados”, o secretário executivo do CDS-LS, Luciano Veiga acredita na força dos Consórcios Intermunicipais, como um instrumento eficaz e estratégico para atender os municípios que estão com dificuldades financeiras em manter os serviços de educação nas suas localidades.

Comissão

A coordenadora eleita para Comissão Executiva da CTE, Cláudia Correa, atual secretária de Educação de Itapitanga, destacou a importância da CTE para o fortalecimento da educação regional. “A partir de agora nós vamos estar mais fortalecidos e engajados no processo educacional, reivindicar mais os programas e projetos, principalmente dos municípios que fazem parte do Litoral Sul”, declarou.

Ainda foi eleita para a Comissão, a vice-coordenadora, Luzinete Miranda, secretária de Itapé e como secretário, Arley Soares, atual secretário de Educação de Barro Preto. Já a Comissão de Ética será composta pelos secretários: Maria de Lourdes, de Itajuípe, Isabela Oliveira, de Almadina e Magnobaldo Sant’anna, de Buerarema.


Prorrogadas as inscrições para as 9 mil vagas de cursos técnicos

Carlos Eduardo Sanchez e dirigentes municipais de educação (1)A Secretaria da Educação do Estado prorrogou o prazo das inscrições do processo seletivo para  9.335 vagas de cursos técnicos de nível médio, na forma de articulação subsequente ao Ensino Médio, na rede estadual de ensino.

As inscrições devem ser feitas até esta quarta-feira (18) pelo endereço <http://processoseletivoeptec. educacao.ba.gov.br>. São ofertados 42 cursos, em 82 municípios. Pode participar do processo quem já concluiu o Ensino Médio e suas modalidades de forma gratuita, seja na rede pública de ensino, no âmbito federal, estadual ou municipal ou tenha, comprovadamente, cursado em instituição filantrópica, ou em instituição privada na condição de bolsista.

Os cursos têm duração de dois a três semestres e são gratuitos. Entre os cursos ofertados estão: técnico em Administração, Segurança do Trabalho, Logística, Meio Ambiente, Agroecologia, Agronegócios, Enfermagem, Nutrição e Dietética, Análises Clínicas, Cozinha, Alimentos, Saúde Bucal, Edificações, Informática, Eletromecânica, Paisagismo, Dança, Processos Fotográficos, Recursos Humanos e Guia de Turismo.


MEC divulga resultado da segunda chamada do ProUni

PROUNI-2015Os estudantes já podem conferir o resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni), na internet. A lista com os candidatos pré-selecionados nesta chamada do segundo semestre de 2018 foi divulgada hoje (16). Os estudantes têm até o próximo dia 23 para apresentar nas instituições de ensino os documentos que comprovem as informações prestadas no momento da inscrição.

A pré-seleção assegura ao candidato apenas a expectativa de direito à bolsa. Aquele que estiver na lista deverá ainda ir à instituição de ensino para comprovar as informações. A lista com a documentação necessária está na página do ProUni.

O candidato deve verificar, na instituição, os horários e o local de comparecimento para a aferição das informações. A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, na reprovação do candidato.

Quem não foi selecionado em nenhuma das chamadas pode aderir à lista de espera nos dias 30 e 31 de julho, na página do ProUni, na internet. A lista de espera será divulgada no dia 2 de agosto.(Agência Brasil)


ProUni abre inscrições nesta terça

PROUNI-2015As inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) começam nesta terça-feira, 26. Os interessados podem consultar as vagas que serão ofertadas no segundo semestre na página do programa.

Ao todo serão oferecidas 174.289 vagas, sendo 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais em 1.460 instituições de ensino superior privadas. As vagas podem ser consultadas por curso, por instituição ou por município.

Para se candidatar, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, ter alcançado no mínimo 450 pontos e ter tido nota superior a zero na redação.

Além disso, só podem participar alunos brasileiros sem curso superior e que tenham cursado o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada.

Alunos que fizeram parte do ensino médio na rede pública e a outra parte na rede privada na condição de bolsista ou que sejam deficientes físicos ou professores da rede pública também podem solicitar uma bolsa.(A Tarde)


Censo coleta pela primeira vez dados sobre a localização de escolas

Carlos Eduardo Sanchez e dirigentes municipais de educação (1)Pela primeira vez, o Censo Escolar vai coletar também dados sobre a localização geográfica das escolas, por meio de um aplicativo. Isso permitirá, de acordo com o diretor de Estatísticas Educacionais do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Carlos Eduardo Moreno, que as escolas sejam localizadas em um mapa, facilitando, por exemplo, a execução de políticas públicas.

“É um insumo muito útil para municípios e estados que vão poder visualizar o posicionamento das escolas no território, podendo planejar o trajeto do ônibus escolar, calcular distâncias”, disse Moreno. Outra aplicação, segundo ele, é que no caso de uma catástrofe natural, haverá a informação de que escolas estão próximas.

O aplicativo Censo Localiza vem sendo desenvolvido há um ano por servidores do Inep. Os dados coletados serão públicos. A previsão, no entanto, é de que não serão disponibilizados no ano que vem, junto com o resultado do Censo Escolar 2018. Segundo Moreno, essas informações terão de passar por análises de qualidade, para saber se foram coletadas corretamente, antes de serem disponibilizadas.

“Vai ser possível pesquisar também, por exemplo, quais são as escolas de fronteira, as ribeirinhas. Isso é muito útil”, afirmou Moreno.

O aplicativo está disponível na Play Store, para celulares androids, e na App Store, para iphones. O app deve ser utilizado pelos usuários do Sistema Educacenso, responsáveis pela declaração de suas escolas. O prazo para enviar os dados de localização é o mesmo de coleta do censo deste ano, até 31 julho.(Agência Brasil)


Secretários municipais debatem sobre a reserva técnica de educação

reuniao-com-os-secretariosSecretários e técnicos municipais de educação dos municípios do Território Litoral Sul estão reunidos nesta terça-feira, 19, no auditório do hotel Tarik, em Itabuna para debater sobre a reserva técnica de educação. A ação é desenvolvida pelo Fórum de Secretários Municipais, vinculado a Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc, em parceria com a Pró-reitoria de Extensão da Uesc, os Institutos Natura e Arapyaú e o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – Litoral Sul.

O encontro tem o objetivo inicial de solucionar a necessidade implantação da reserva técnica nas secretarias de educação, no qual o profissional da rede deve destinar uma parte das suas atividades, cerca de 30% para ações de planejamento e capacitação. De acordo com um diagnóstico realizado, alguns municípios estão em fase de implantação da reserva técnica, mas outros necessitam de orientação.

Visando atender a essas necessidades, a coordenadora da Rede de Apoio a Educação (RAE), Thamara Strelec, explica que “o grande motivo desse encontro é que eles possam se debruçar sobre a realidade da região a respeito do tema. E, a partir do diagnóstico realizado com os municípios, eles vão ter mais fundamento sobre o andamento e de que forma está sendo implementada a reserva técnica”.

Para a assessora pedagógica do município de Uruçuca, Célia Calmon, a expectativa é de que “a reserva técnica surta o efeito esperado, que é o fortalecimento da unidade, dos projetos, das atividades que devem ser realizados na coletividade e que o professor compreenda e que ele se sinta mais valorizado”.

Em outro momento, está prevista uma reunião específica com os municípios que integram o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – Litoral Sul, que darão continuidade ao trabalho para a criação da Câmara Técnica de Educação. A iniciativa visa desenvolver um trabalho colaborativo na educação municipal, no qual os secretários vinculados aos consórcios da região, se reúnem periodicamente para trocar experiências e trabalhar em conjunto a educação pública da região.

Fortalecimento

O evento contempla uma série de atividades desenvolvidas através do Programa de Apoio Gerencial e Institucional às Prefeituras do Litoral Sul, com o objetivo de fortalecer a atuação dos gestores públicos municipais e melhorar os índices de educação na região. Para isso, o secretário executivo da Amurc, Luciano Veiga, enfatizou a importância do encontro visando, “a busca pela excelência da Gestão Pública, no sentido de compartilhar ideias e promover mudanças na educação regional”.

 O encontro conta com as participações da coordenadora de Educação do Instituto Arapyaú, Carolina Paseto e da subgerente de coordenação de integração comunitária da Pró-reitoria de Extensão da Uesc, Cintya Nobre.


Cai percentual de estudantes que querem ser professores, diz OCDE

Colégio Modelo Luis Eduardo Magalhães_Litoral  Sul_Foto_Cláudio LyrioGina Vieira Ponte tinha 8 anos quando decidiu o que queria ser quando crescesse: professora. Foi pelo cuidado e atenção dados a ela, criança negra vítima de racismo na escola, pela professora Creusa Pereira, que Gina decidiu: queria também dar atenção e, quem sabe mudar a vida de crianças e adolescentes. Hoje, professora premiada e reconhecida em todo o país, ela faz parte de uma categoria profissional cada vez menor. Relatório divulgado esta semana pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), mostra que a porcentagem de estudantes que querem ser professores passou de 5,5% em 2006 para 4,2% em 2015.

O relatório Políticas Eficazes para Professores é baseado nas respostas de estudantes de 15 anos no questionário do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), avaliação da qual participaram 70 países. No Brasil, de acordo com o questionário do último Pisa, em 2015, a porcentagem dos que esperam ser professores é ainda menor que a média dos países da OCDE, 2,4%. Os números excluem aqueles que querem ser professores universitários e considera apenas os que desejam ser mestres em escolas do ensino básico e médio.

“Vivemos em um país que representações sobre o que é ser professor são muito ruins. É muito recorrente que se replique casos de professores agredidos, de enfrentamento com alunos, com pais. Tem greve de professores, que precisam se organizar para garantir melhores salários. O aluno, dentro da escola, percebe o quão desafiador é para o professor realizar o trabalho dele”, diz Gina.

Leia mais na Agência Brasil