Centros Juvenis inscrevem para oficinas em Itabuna, Vitória da Conquista e Barreiras

centro juvenilOs Centros Juvenis de Ciência e Cultura de Vitória da Conquista , no Sudoeste da Bahia, de Itabuna , no Sul baiano e de Barreiras na região Oeste, estão com inscrições abertas para diversas oficinas. As atividades são direcionadas a estudantes da rede estadual de ensino matriculados no 9º ano e no Ensino Médio Regular ou Integrado à Educação Profissional e acontecem no turno oposto aos quais os estudantes estão matriculados.

Em Itabuna são oferecidas 800 vagas para as oficinas Science Dance, FotoArt, Leitura Punjante, Super 8 (Produção Audiovisual), English Course, Reciclaê, Slackline, Capoeira, Arena Gamer. Os interessados devem garantir a vaga até o dia 10/3, no endereço eletrônico: <cjccitabuna.blogspot.com.br>. O Centro Juvenil de Ciência e Cultura de Itabuna está instalado no anexo do Colégio Estadual de Itabuna, no bairro do São Caetano. As aulas começam dia 6 de março.

Em Vitória da Conquista, as inscrições serão realizadas até o dia 12/3, através do endereço eletrônico: <cjccvc.blogspot.com.br>. Estão sendo oferecidas 200 vagas para as oficinas ProgramAí, Criando Games, Robótica, Quadrinhos em rede, Animateen, Artistas.com. As aulas começam dia 21 de março. O Centro Juvenil de Ciência e Cultura de Vitória da Conquista funciona no bairro Brasil, junto ao Colégio Estadual Rafael Spínola.

No Centro Juvenil de Ciência e Cultura de Barreiras estão sendo ofertas 300 vagas para as oficinas: Trilhas do Cerrado, Cosmoplaytion, Descomplicando a Física, Fotogr@fe, Play again, CardBoard, ProgramaAí, HQ, Empreenda! e SOCiência. As inscrições ficam abertas até o preenchimento das vagas oferecidas. Os estudantes devem se dirigir ao Centro Juvenil para fazer a confirmação da inscrição, portando carteira de identidade (RG), CPF, comprovante residência e comprovante de matrícula. As atividades serão iniciadas no dia 6 de março. O Centro Juvenil de Barreiras está localizado no bairro Sandra Regina.


Ações para ampliar matrículas na rede municipal de Itabuna

anorina-smiteA Secretaria de Educação (SEC) de Itabuna está intensificando as ações visando ampliar o número de alunos matriculados na Rede Pública Municipal de Ensino. Neste sentido, os diretores estão sendo orientados para que façam monitoramento e acompanhamento do trabalho dentro de cada escola. Além dos gestores, os pais dos alunos devem procurar as unidades escolares para fazer as respectivas matrículas. A SEC também está priorizando estudantes transferidos de outras escolas.

O objetivo central é ampliar o número de alunos matriculados no município, desde a Educação Infantil até o Ensino Fundamental, uma vez que nos últimos anos houve um decréscimo no quantitativo. Este aumento ajudará a ampliar os repasses do Governo Federal pelo FUNDESB, Programa de Alimentação Escolar. “Tivemos umas baixa de 1.600 alunos, precisamos recuperar esse número, até para recebermos do Governo, repasses que irão ajudar nas ações da Secretaria de Educação”, ressaltou Anorina.

As matrículas dos alunos que residem no condomínio São José estão praticamente concluídas, por esse motivo, os pais devem procurar ou se dirigir as escolas circunvizinhas. Quanto ao Jubiabá e Gabriela, a secretaria está realizando um levantamento, alocando alguns estudantes para escolas no Bairro de Ferradas.
Educação infantil

Na educação infantil, Anorina informou que o município está contando com três creches liberadas pelo Governo Federal. Durante este mês de Fevereiro, empresas poderão entrar no processo de licitação para a construção de novas creches. A intenção da Secretaria é que a ação transcorra o mais rápido possível. De acordo com a educadora, “há vários espaços alugados, mas que não são apropriados para as crianças”.

Escola Lúcia Oliveira

Quanto à escola Lucia Oliveira, Anorina ressaltou que já existe uma negociação com os sindicatos para que evacuem do local. A Procuradoria do Município entrou com uma ação, e até segunda-feira (20) retomará o espaço, para em seguida, anunciar o inicio das matrículas. O prefeito Fernando Gomes garantiu celeridade na reforma da escola, que será reestruturada com recursos próprio do município.

Proeja

Sobre o Proeja (Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adulto), a secretária informou que está estudando a possibilidade de mudanças neste nível de Jovens e Adultos.

Já existe um grupo de estudos instituído na Rede Pública Municipal que irá modificar a proposta pedagógica para uma escolarização anual e não mais por ciclos. “Este grupo vai sinalizar algumas mudanças e dar alternativas que possa fazer em todos os níveis, inclusive na modalidade do Proeja” – finalizou.


Forsec debateu demandas e a criação de câmaras técnicas de educação

forsec_14_02_2017

A Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia – Amurc, em parceria com a Pró-Reitoria de Extensão da Uesc e o Fórum de Secretários de Educação – Forsec promoveu nesta terça-feira, 14, a primeira reunião com os novos gestores municipais da educação. O debate sobre o Piso Nacional dos professores, Planos de Cargos, Carreira e Remunerações (PCCR), culminou na ideia de criação de câmaras técnicas, vinculados aos consórcios da região.

Sobre o PCCR, o secretário de Wenceslau Guimaraes, Marcus Antônio Bonfim revelou que estará sendo revisado, pois o município não está conseguindo acompanhar os avanços. “Iremos formar uma comissão para a restruturação do que precisa”. Para a secretária de Itabuna Anorina Smith, “uma prioridade é alterar e adequar o Plano de Carreira à Lei do Piso, às mudanças na legislação”, declarou.

As diversas demandas na área de educação dos municípios conduziram o debate no encontro, onde os secretários aceitaram o desafio de se reunirem em comissões para buscar a resolução dos problemas em comuns. A iniciativa é o objetivo principal do Regime de Colaboração, desenvolvido pela Rede de Apoio a Educação (RAE – Bahia) do Instituto Natura.

O momento foi também de apresentação das políticas de educação desenvolvidas na região, desde 2014, pela RAE – Bahia, em parceria com o Instituto Arapyaú e Amurc. Foi desenvolvido o projeto Trilhas para as escolas do I Ano Fundamental. Os secretários tiveram o acompanhamento de especialistas na área da educação. E, por fim, foi criado um Memorial de Gestão com as principais informações da secretaria para o próximo gestor.gustavo-adolfo-dos-santos-gerente-de-programas-da-oficina-municipal-1

A proposta da RAE para este ano, segundo a coordenadora do Instituto Natura, Márcia Barcellos Ferri e o coordenador da RAE, André Lopes Guimarães, é de instalação de câmaras técnicas nos consórcios já existentes na região. A ideia é que as demandas possam partir do próprio grupo de municípios, e que a RAE Bahia possa auxiliar tecnicamente. “Quando percebemos que as demandas dos municípios são as mesmas, fortaleceu a ideia de criação das câmaras técnicas”, declarou André.

Gustavo Adolfo dos Santos, gerente de programas da Oficina Municipal, da Escola de Gestão de São Paulo, revelou que a partir da câmara técnica “as demandas serão sinalizadas pelos próprios secretários dos municípios que compõem os consórcios. Ao trocarem experiências, eles têm a oportunidade de projetar ações em conjunto para as soluções viáveis”, explicou.


Fies abre inscrições para 150 mil financiamentos

4º Encontro do Forsec e da RAE com dirigentes de educação dos municípios sulbaianosApós atraso de quase três horas, o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) abriu inscrições na internet. A previsão era que o sistema fosse aberto às 12h, mas, segundo o Ministério da Educação, estava passando por ajustes finais. Nesta edição, são ofertados 150 mil financiamentos.

As inscrições começam hoje (7) e vão até o dia 10. O resultado será divulgado no dia 13. Para concorrer a uma das vagas, é preciso acessar o site do programa.

Neste semestre, o governo reduziu o teto do financiamento aos estudantes. O limite mensal do Fies passou de R$ 7 mil para R$ 5 mil.

Financiamento

O Fies oferece financiamento a estudantes em cursos de instituições privadas de ensino superior. A taxa efetiva de juros do programa é de 6,5% ao ano. O percentual de financiamento é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante. O candidato deve ter renda familiar mensal de até três salários-mínimos por pessoa.

A oferta de vagas do Fies dá prioridade aos cursos de engenharias, formação de professores e áreas de saúde. Além das áreas prioritárias, o programa valoriza os cursos com melhores índices de qualidade em avaliações do MEC.

Para participar é preciso ter tirado pelo menos 450 pontos na média das provas do (Enem) e não ter zerado a redação.(Ag Brasil).


UESC celebra mais 15 novos doutores

A inserção da Universidade no ranking das universidades de excelência é um indicador claro da importância da instituição como agente de desenvolvimento. Esse é entendimento da administração superior da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

Com esse objetivo, continuar construindo uma Universidade de excelência, a política de capacitação da UESC tem buscado promover a qualificação do corpo docente e técnico-administrativo, contribuindo para o desenvolvimento institucional, bem como à melhoria da qualidade do ensino e das pesquisas realizadas na Universidade.

Para esta qualificação, a UESC dispõe de um programa de capacitação que possibilita ao doutorando o afastamento total das atividades por períodos que vão de um ano, para estágios de pós-doutoramento, até quatro anos, para realização de curso de doutorado.

Somente no ano passado, 48 docentes estiveram oficialmente afastados para capacitação em cursos de doutorado, realizados em diversas localidades do país e do exterior. Para viabilizar esta qualificação, a UESC dispõe também de programa de ajuda de custo, com apoio financeiro mensal para aqueles que tiveram o afastamento autorizado, mas que não foram contemplados com bolsas de estudo pelas agências de fomento.


Estudantes já podem solicitar certificação do Ensino Médio com resultado do ENEM

enermOs estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), em 2016, e solicitaram a certificação do Ensino Médio pelo ENEM no ato da inscrição, tendo requisitado recebimento através da Secretaria da Educação do Estado, já podem dirigir-se às unidades escolares autorizadas do Estado da Bahia. Entre os requisitos, o estudante deve ter atingido o mínimo de 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento do ENEM e 500 pontos na Redação.

Para obter o certificado, além do rendimento na avaliação, o candidato deve possuir 18 anos completos até a data de realização da primeira prova do ENEM, mesmo sendo emancipado, e apresentar os seguintes documentos: duas fotos 3X4 recentes,  RG e CPF (cópias e originais), cópia do resultado do ENEM e a senha para acesso ao sistema do resultado.

Confira as unidades autorizadas no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br)


Jovens do Primeiro Emprego participam de seminário de acolhimento na UESC

primo em 1Os jovens formados pela rede estadual de Educação Profissional estão conquistando uma vaga no mundo do trabalho através do programa Primeiro Emprego, do Governo do Estado. Nesta sexta-feira (20), às 9h, 42 contemplados no Programa irão participar de um Seminário Integrado de Acolhimento do Primeiro Emprego, na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). A iniciativa envolve jovens que concluíram os cursos técnicos de nível médio nas cidades de Itabuna e Ilhéus, na região Sul do Estado.

Destes técnicos formados pela rede estadual, 21 irão trabalhar na UESC, 14 nas escolas estaduais e no Núcleo Regional de Educação (NRE 5), em Itabuna, e sete em setores ligados à Secretaria de Segurança Pública do Estado. No evento haverá, ainda, a assinatura do Termo de Anuência entre a UESC e a Fundação Luiz Eduardo Magalhães (FLEM), para a execução do Programa. Foram convocados em todo o Estado, este ano, 383 jovens, sendo que 117 já estão trabalhando e 63, no total, serão locados na Secretaria da Educação do Estado da Bahia.

Até 2018, o programa Primeiro Emprego irá oferecer 9 mil vagas. De acordo com a coordenadora do programa na Fundação Luiz Eduardo Magalhães, Ana Gleise Souza, os técnicos terão todos os direitos trabalhistas garantidos. “Além da bolsa de um salário mínimo, carteira assinada, ticket-refeição, vale-transporte e, caso tenham interesse, podem se associar ao Planserv (Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais)”. No Estado, o contrato tem duração de 24 meses.


UFSB promove cursos livres sobre Modelos de Formação e Cuidado em Saúde

ASSINATURA PRINCIPAL UFSB HORIZONTAL COM NOME POR EXTENSO copyA Universidade Federal do Sul da Bahia -UFSB e os programas de pós-graduação em Saúde Coletiva do ISC/UFBA e em Estudos Interdisciplinares sobre a Universidade do IHAC/UFBA, oferecem um curso livre sobre Modelos de Formação e Modos de Cuidado em Saúde. Nessa iniciativa conjunta, as aulas ocorrerão em Itabuna, Porto Seguro, Teixeira de Freitas e Salvador, no período de 16 de fevereiro a 20 de abril de 2017.

100 vagas serão oferecidas em turmas de 20 estudantes em cada programa e campus. O curso apresenta uma novidade: embora destinado a alunos de pós-graduação (Mestrado e Doutorado), estará aberto a estudantes de graduação (BI-Saúde, graduação em Saúde Coletiva e outros cursos) das instituições promotoras e de outras instituições, além de também acolher participantes com inscrição especial.

O curso tem como objetivo o estudo sistemático dos antecedentes históricos, princípios epistemológicos e pautas metodológicas de modelos de formação em Saúde e sua articulação aos modos de cuidado predominantes em distintos períodos da História do Ocidente. Em sua parte prática, pretende avaliar as estruturas curriculares e modelos pedagógicos dos programas de cursos de graduação em saúde no Brasil.


Secretaria da Educação realiza processo seletivo para remoção de professores entre unidades escolares

professoraA Secretaria da Educação da Bahia publicou, nesta terça-feira (17), no Diário Oficial (DO), a portaria n° 241/2017 que define novo processo de remoção de professores do Ensino Fundamental e Médio que desejem mudar de escola. Agora, os interessados devem participar de seleção com inscrições, de 18 a 24 de janeiro, conforme edital nº 01/2017, publicado no DO desta terça-feira. O objetivo é normatizar o sistema de remoções e reajustar o quadro do magistério da rede estadual de ensino, respeitando os direitos dos servidores e sem comprometer a continuidade do serviço.

Para a inscrição, os professores devem preencher o formulário de requerimento de remoção, contidos no Edital, protocolando no SAC Educação de Salvador e Feira de Santana, ou nos 26 Núcleos Regionais de Educação (NRE) do interior, justificando a necessidade para transferência de unidade. O processo de remoção independe de autorização ou ciência do superior hierárquico da unidade.

Em caso de remoção pretendida entre unidades do mesmo município, o professor deverá indicar três escolas em ordem decrescente de prioridade. Já para transferência entre municípios, o educador deverá indicar três localidades também em ordem decrescente de prioridade. A divulgação da classificação será realizada no dia 1º de fevereiro, tendo a possibilidade de o professor recorrer no prazo de dois dias úteis. O resultado final será divulgado no dia 8 de fevereiro.

Acesse a portaria e o edital no Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br


Matrículas na Rede Municipal de Ensino de Itabuna prosseguem até 17 de março

Iniciadas no último dia 3 de janeiro, o período de matrículas 2017 nas escolas da Rede Pública Municipal de Ensino de Itabuna prossegue até o próximo dia 17 de março, de acordo com a Portaria nº 017/2016 da Secretaria da Educação. Para este ano, a meta da SEC é elevar o número de alunos matriculados nas escolas municipais, tendo em vista que o ano passado foi registrado uma redução de 1.600 alunos, entre os mais de 18 mil matriculados no ano letivo de 2015.

Neste sentido, a SEC está implementando ações estratégicas visando ampliar a oferta de vagas no Ensino Fundamental, principalmente na Educação Infantil (Creche e Pré-Escola) e no Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja). Quanto ao cronograma de matrículas estabelecido na Portaria, a secretária da Educação, Anorina Smith Lima, informou que ele será mantido até que seja feita uma avaliação das duas primeiras semanas – de 03 a 13 de janeiro, quando o procedimento está focado para os alunos já pertencentes da Rede Pública Municipal de Ensino.

Ainda de acordo com o cronograma, para os alunos da própria Rede Municipal transferidos de uma unidade escolar para outra o atendimento para matrículas será feito no período de 13 a 24 de fevereiro. Já os novos alunos que ingressarão na Rede Pública de Ensino de Itabuna serão matriculados de 01 a 17 de março. O início das aulas está programado para o próximo dia 03 de abril.