Amurc apoia a realização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

WhatsApp Image 2018-10-01 at 11.09.39.jpegA Associação de Municípios da Região Cacaueira – Amurc apoia a realização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2018, que acontece em Uruçuca, de 15 a 21 de outubro.

Dentre da programação está inserida a Semana do Empreendedor, nos dias 19 e 20, na praça Regis Pacheco, em Uruçuca e dia 21, em Serra Grande. O evento é uma realização da Prefeitura Municipal e o apoio de diversos parceiros, com o objetivo de promover o desenvolvimento científico, social e humano.

Num primeiro momento, os participantes serão estimulados com atividades, que visam a popularização da ciência e tecnologia, com base em diretrizes do evento nacional, por meio da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que está em sua 15ª edição, e do evento estadual (STCT), coordenado pelo Instituto Federal Baiano – Campus Uruçuca, que em sua 3ª edição envolverá a população do Território Litoral Sul (26 municípios).

O coordenador da STCT 2018 / Litoral Sul Baiano, Ivan de Oliveira Pereira explica que o tema proposto pelo Ministério de Ciência e Tecnologia – MCTIC para 2018 foi a “Ciência para Redução das Desigualdades”. Nesse sentido, “todas as atividades previstas para a região, entre os dias 15 e 18, acontecem no Ifbaiano, com o objetivo principal de estimular o desenvolvimento científico, social e humano por meio da produção técnico/científico, que norteia as diretrizes das Ciências Sociais”.

Já nos dias 19, 20 e 21 será realizada a Semana do Empreendedor, com oficinas, palestras, exposição de produtos e serviços, apresentações culturais na sede do município e em Serra Grande. Segundo o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico de Uruçuca, Águido Muniz são atividades voltadas para empreendedores individuais de vários segmentos. Vão ser expostos produtos da agricultura familiar, principalmente produtos orgânicos das diversas associações e agricultores familiares, além de produtos do comércio local.


Secretários debatem demandas da educação regional

forsec_setembro_2018Secretários e técnicos de educação dos municípios integrados a Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano – Amurc, estão reunidos nesta sexta-feira, 28, no hotel Tarik, em Itabuna para discutir demandas e soluções para a educação regional.

A ação é realizada em parceria com os Institutos Natura, Arapyaú, Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – Litoral Sul e a Pró-reitoria de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

No período da manhã, os secretários que integram a Câmara Técnica de Educação do CDS-LS iniciaram as atividades institucionais visando dialogar sobre as políticas públicas da educação regional. Em pauta, houve troca de experiências, análise sobre as melhores práticas e o envolvimento dos segmentos sociais, em especial os pais dos alunos no planejamento, desenvolvimento e gestão das ações municipais.

A coordenadora da Comissão Executiva da CTE, Cláudia Correa, atual secretária de Educação de Itapitanga, fez um chamamento aos demais secretários sobre a importância da CTE, no sentido de discutir as demandas e buscar a resolução dos problemas. “A partir de agora nós vamos estar mais fortalecidos e engajados no processo educacional, reivindicar mais os programas e projetos, principalmente dos municípios que fazem parte do Litoral Sul”, declarou.

Já no período da tarde, o encontro reúne todos os profissionais ligados ao Fórum de Secretários Municipais de Educação – Forsec, com o objetivo de analisar o resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) na Bahia. A proposta, segundo a coordenadora da Rede de Apoio a Educação (RAE) do Instituto Natura, Thamara Strelec, “é fortalecer a educação regional, visando contribuir para redução das desigualdades educacionais”.

O secretário executivo da Amurc e do CDS-LS, Luciano Veiga destacou o trabalho desenvolvido pelas entidades e instituições parceiras, no sentido de fomentar uma educação planejada e que possa ser monitorada pelos agentes municipais de educação. “Por isso, acreditamos muito no desenvolvimento dos Fóruns e das Câmaras Técnicas, que são os ambientes propícios para fortalecimento e consolidação das políticas da Educação, onde a busca pela formação do indivíduo seja plural”, declarou Luciano.

Atuação

O Forsec integra o Programa de Apoio Institucional e Gerencial às Prefeituras do Litoral Sul – AGIR MAIS, que contempla ainda outros 10 fóruns, com o apoio da Amurc e da Uesc, através da Pró-Reitoria de Extensão. Na área da educação, a iniciativa tem promovido o fortalecimento das políticas públicas com o apoio dos Institutos Natura e Arapyaú, que auxiliam os gestores na busca pela excelência da educação regional.


Estudantes de Itabuna se destacam nacionalmente pela criação de aplicativos de grande alcance social

A estudante Ana Carolina Souza Neris, 16 anos, do 2º ano do Ensino Médio, do Colégio Estadual Félix Mendonça, em Itabuna, virou personagem para vídeo do Google Education, graças à criação de um aplicativo voltado para o acesso a informações em postos de saúde. Nesta semana, ela viajou acompanhada do secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, da diretora, Rose Guerra, e da vice-diretora, Helena Carvalho, do Félix Mendonça, e da professora Carla Almeida, que coordena o projeto Caravanas Digitais, da Secretaria da Educação do Estado e que também participa do vídeo do Google, para apresentar o App Hack Saúde, durante o Google for Education no Inovar para Brasil, realizado na terça e quarta-feira (28 e 29), em São Paulo.

Ana Carolina em pesquisa de campoNo vídeo disponibilizado pelo google no YouTube e também durante o encontro em São Paulo, Ana Carolina explica como idealizou o App e como foi criado com alguns colegas e professores, a partir do programa e-Nova Educação, desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado em parceria com o Google. No e-Nova, que está sendo implantado em mais de 500 escolas da rede estadual, os estudantes utilizam ferramentas do Google em sala de aula, através de chromebooks. Os computadores foram criados pelo Google e funcionam totalmente baseado na web. O seu uso pedagógico dinamiza o processo de ensino e aprendizagem, a partir de conteúdos interativos.


Educadores e estudantes participam de Diálogo com Gestores em Itabuna

Diálogo com Gestores em Itabuna - foto. divulgação (4)Professores, educadores e funcionários das escolas pertencentes ao Núcleo Territorial de Itabuna (NTE 05) estão participando, nestas terça e quarta-feira (28 e 29), do Diálogo com Gestores, no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna. O objetivo é discutir inovações pedagógicas, entre as quais a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), além de questões relacionadas às rotinas das escolas, assuntos administrativos e pedagógicos. Uma das novidades desta edição é que o evento conta com as participações de pais e alunos representantes do Colegiado Escolar e de líderes de classe.

 

Diálogo com Gestores em Itabuna - foto. divulgação (3)Esta é a segunda vez que a diretora Fabiane Costa, da Escola Santa Ângela, localizada em Ilhéus (460 mm de Salvador), participa do encontro. “Nestes Diálogos a Secretaria se aproxima mais da gestão da escola, conhece de perto nossas demandas, além de sabermos sobre os objetivos e as ações que estão sendo planejadas para melhorar a Educação”, afirmou.

Estudantes membros dos Colegiados Escolares e líderes de classe também participaram do diálogo. O estudante Johnny Tourinho, 18, estudante do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, fala sobre o seu envolvimento na atividade coletiva. “É muito bom reunir os estudantes para discutir as melhorias nas escolas. Vou levar o que aprendi aqui para a minha sala de aula e para a minha comunidade”, disse o estudante.


Seminário debateu a Educação Inclusiva em Ilhéus

educ-ilheusA Secretaria de Educação (Seduc) da Prefeitura de Ilhéus realizou o Seminário de Educação Inclusiva, na segunda-feira (27), com a temática central “Educar na Diversidade: Possibilidades e Desafios” e comemorou o transcurso dos 17 anos de existência do CRIE (Centro de Referência à Inclusão Escolar). O evento aconteceu no auditório da Faculdade de Ilhéus, com a participação de profissionais da educação, estagiários, pais de estudantes e interessados na educação inclusiva.

O seminário foi aberto com uma apresentação teatral de alunos do CRIE, intitulada “Uma estratégia para incluir: Você pode? Também posso!”, sob a coordenação da professora Dejanira Sodré. A secretária de Educação, Eliane Oliveira, destacou a importância do encontro e do próprio CRIE, unidade de inclusão mantida pela Prefeitura, que administra 18 salas multifuncionais existentes na rede escolar pública e privada.

“Nossa proposta de inclusão é acolher para dar possibilidades que eles possam enfrentar os desafios. Atender às crianças e suas famílias. Porque não é só você colocar a criança especial numa sala de aula. A possibilidade dos grandes desafios virá não só para ele, mas também para a família”, declarou Eliane. E acrescentou: “nosso objetivo é proporcionar a formação, fazer sempre seminários que possam acolher a todos e mostrar que a nossa educação é transformadora. ”


Convocados 3.050 novos docentes para a rede estadual de ensino

O Governo do Estado publicou, na edição do Diário Oficial desta terça-feira (28), a convocação de 2.414 novos professores e 636 coordenadores pedagógicos, aprovados no concurso público para a rede estadual de ensino. Os convocados devem entregar a documentação exigida nos locais e período indicados nos editais de convocação.

O concurso recebeu mais de 103 mil inscritos, divididos em 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), situados em Salvador e em outros 26 municípios do estado. A classificação é separada por cargo, pelo tipo de disciplina e pelo local (NTE).

Realizado conjuntamente pelas secretarias da Administração (Saeb) e Educação (Sec), as provas do certame ocorreram em fevereiro deste ano. Os candidatos passaram por três etapas, entre habilitatórias e classificatórias, como provas objetivas, discursivas e de títulos.

A Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora do concurso, divulgou o resultado final e a homologação do certame no dia 19 de junho, no Diário Oficial do Estado (DOE). Após a nomeação, os novos servidores terão remuneração total de R$ 2.814,28, quando professores, ou de R$ 2.890,87, quando coordenadores pedagógicos.


Rede FTC lança cursos EAD com modalidades online e semipresencial

ftc_itabunaCursar uma graduação à distância pode ser a solução para quem quer aprimorar os conhecimentos, mas a rotina não se encaixa na dinâmica de aulas presenciais regulares. Com o intuito de oferecer ensino superior de qualidade, também para esse público, a Rede FTC lança seus cursos EAD com mensalidades a partir de R$ 149.

Administração, Ciências Contábeis e Serviço Social, além das licenciaturas em História e Pedagogia são as graduações já disponíveis em duas modalidades: online e semipresencial. Na primeira, o aluno precisa ir até a unidade acadêmica para realizar avaliação a cada 30 dias. Já na segunda o estudante tem três encontros presenciais por mês e ainda conta com o apoio de um professor tutor para auxiliar no seu processo de aprendizagem.

Os interessados podem ingressar nos cursos FTC EAD por meio do vestibular agendado, nota do Enem e transferência externa. As inscrições estão sendo realizadas em todas as unidades da Rede FTC: Salvador (Comércio e Paralela), Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Jequié, Petrolina e Juazeiro e São Paulo. Mais informações pelo telefone 0800 056 6666.

Sobre a Rede FTC

A FTC é uma rede com mais de 18 anos de experiência educacional voltada para formação de profissionais colaborativos, inovadores, empreendedores, e conscientes do seu papel social. Além das unidades em Salvador (Paralela e Comércio), a Rede também atua em diversas cidades do Brasil, como Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Jequié, Juazeiro (BA), São Paulo (SP) e Petrolina (PE), com mais de 30 cursos de graduação em todas as áreas de conhecimento e mais de 25 mil alunos.

O portfólio educacional da Rede FTC ainda comporta o Centro de Idiomas THINK, com seis unidades em cidades na Bahia e em Pernambuco, e o Sistema de Ensino Plural, adotado em diversas escolas do país.


Fórum Regional vai discutir Reserva Técnica de Educação no Litoral Sul

uesc-frenteCom o objetivo discutir alternativas e propor diretrizes para a implementação regional da reserva técnica, será realizado o I Fórum de Educação do Litoral Sul da Bahia no dia 20 de agosto, no auditório Paulo Souto, na Uesc.

O encontro é uma ação desenvolvida pela Câmara Técnica de Educação do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – Litoral Sul em conjunto com o Fórum de Secretários Municipais, vinculado a Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc, em parceria com a Pró-reitoria de Extensão da Uesc, os Institutos Natura e Arapyaú.

A implantação da reserva técnica na Rede Municipal de Ensino tem sido pauta de encontros da Câmara Técnica e do Fórum de Secretários de Educação – Forsec promovidos pelo Instituto Natura por meio do projeto Rede de Apoio à Educação, e a medida do Forsec e visa destinar uma parte das atividades do profissional de educação, cerca de 30% para ações de planejamento e capacitação. De acordo com um diagnóstico realizado pela Câmara Técnica, alguns municípios estão em fase de implantação da reserva técnica, mas outros necessitam de orientação.

Visando atender a essas necessidades, a coordenadora da Rede de Apoio a Educação (RAE), Thamara Strelec, explica que “o grande motivo desse encontro é que eles possam se debruçar sobre o tema de forma qualificada, por meio do aprofundamento dos conceitos, normas legais e experiências de redes que já implantaram [a Reserva Técnica]. Assim, eles vão ter mais fundamentos e segurança para iniciar esse processo em seus municípios”.

Estão previstas as presenças de dirigentes municipais de educação, professores, técnicos em assuntos educacionais, assessores em educação das redes de ensino dos municípios do Litoral Sul e está prevista a participação de 250 profissionais. Para o secretário executivo da Amurc e do CDS-LS, Luciano Veiga, o evento é fruto do “amadurecimento do Forsec e da câmara técnica de educação ao analisar e propor ações estruturantes para área de educação, bem como um diálogo a nível regional para apontar demandas de forma a construir uma educação melhor”.


Ação sensibiliza profissionais sobre a utilização de alimentos orgânicos na merenda escolar

O Sebrae em parceria com a Rede de Agroecologia Povos da Mata e a Secretaria de Educação de Ilhéus realizou, na semana passada, uma ação de sensibilização com as merendeiras da Rede Municipal de Ensino sobre a importância do uso de alimentos orgânicos na merenda escolar.

A proposta integra o projeto “Crescer no Campo” do Sebrae em Ilhéus, com o objetivo de promover o melhor aproveitamento e a utilização de alimentos que foram cultivados de forma sustentável.

Durante dois dias (30 e 31/07), 118 merendeiras das escolas públicas municipais de Ilhéus estiveram reunidas num encontro de formação e capacitação, quando realizaram visitas às propriedades com certificação orgânica e conheceram todo o processo para certificar os alimentos produzidos nessas localidades.

As profissionais foram ainda orientadas que a produção orgânica leva em conta o consumo justo e solidário, a relação entre as pessoas e com o meio ambiente, que resulta no desenvolvimento sustentável.

De acordo com a gestora do projeto pelo Sebrae, Ana Carolina Menezes, a ação parte da importância de sensibilizar as merendeiras para o uso de alimentos seguros e saudáveis para os estudantes. A ideia é que o município de Ilhéus possa contemplar, através de Chamada Pública do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), no próximo ano, a utilização de produtos orgânicos que são cultivados em propriedades certificadas da região, na merenda escolar da Rede Municipal de Ensino.


Secretaria da Educação garante apoio do MEC para novos cursos

mecA Secretaria da Educação do Estado da Bahia vai contar com o apoio do Ministério da Educação (MEC) para novos cursos de nível superior na rede estadual, além da liberação de recursos de emendas parlamentares. O apoio foi firmado durante a III Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed), realizada ontem (06), em São Paulo.

O apoio do Ministério da Educação vai ao encontro da proposta de implantar na Bahia o curso superior de Tecnólogo na rede de Educação Profissional e Tecnológica, além de apoio também para a implantação do mestrado profissional na modalidade de Ensino à Distância (EaD) para professores da rede estadual.