Governo recebe sugestões sobre investimentos na Zona Franca de Manaus

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) abriu uma consulta pública para regras de investimento em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) na Zona Franca de Manaus. Esses recursos são uma contrapartida de benefícios fiscais dados a empresas que produzem bens de informática na região, como desonerações no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e Imposto sobre Importação.

As contribuições devem ser enviadas por meio do site do MDIC até o dia 9 de novembro.

Pela legislação brasileiras, essa companhias podem pagar menos desses impostos se garantirem percentuais mínimos de investimento na chamada P&D. Esse repasse é sujeito a um conjunto de regras, que beneficiam tecnologia, mão-de-obra e contratações de firmas nacionais. Neste ano, a Lei 13.674 atualizou as exigências e procedimentos, flexibilizando as possibilidades de investimento.

As empresas de bens de informática da Zona Franca de Manaus (como fabricantes de smartphones e eletrodomésticos) passaram a poder investir também em startups (pequenas empresas de tecnologia), em incubadoras e aceleradoras (organizações que apoiam essas pequenas firmas) e em outros projetos de incentivo ao desenvolvimento tecnológico.

Também será possível alocar verbas em Organizações Sociais a serem criadas com o objetivo de realizar pesquisa, bem como em projetos não somente de inovação em informática, mas relacionados a sustentabilidade.

Os recursos podem ser repassados ainda a universidades e aos chamados “projetos prioritários” (definidos por um comitê de especialistas). Uma parte também financia o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT). De acordo com o MDIC, as contrapartidas decorrentes da redução de impostos chegam a mais de R$ 700 milhões por ano. (Agencia Brasil)


Evento reuniu lideranças empresariais e pessoas ligadas ao mundo dos negócios de Itabuna e região

sebrae_evento-_itabunaPor Viviane Cabral – Sebrae

Um momento oportuno para a troca de ideias inovadoras e histórias inspiradoras foi registrado na noite desta terça-feira, 2, no Palace Hotel em Itabuna, no Encontro com Lideranças Empresariais promovido pelo programa Liderar o Futuro do Sebrae. O evento contemplou a participação de lideranças empresariais e pessoas ligadas ao segmento na região, que estão sendo capacitadas pelo programa até o mês de novembro.

O objetivo, segundo a gerente regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo, foi inspirar as pessoas para o espírito do associativismo e para que elas assumam o protagonismo à frente das entidades empresariais, entendendo o impacto que isso possa ter nos seus negócios. “A ideia é despertar nas pessoas um novo conceito e um novo modelo de entidade associativa, que está sendo trabalho nos módulos de construção de alguns projetos sociais que serão aplicados junto a sociedade, a partir do programa Liderar o Futuro”.

Itabuna é uma das quatro cidades baianas que está recebendo o curso desenvolvido pelo Sebrae Bahia, iniciado no mês de julho, com o foco no desenvolvimento de competências essenciais de uma liderança. Em todo o Estado, 120 empresários e pessoas ligadas ao mundo dos negócios estão sendo capacitadas para promover um processo de mudança em suas localidades.

O resultado esperado, segundo o coordenador do Liderar o Futuro no Sebrae Bahia, André Gustavo, é melhorar o ambiente de negócios, focando no fortalecimento do empreendedorismo, abertura de empresas, entre outras ações. “Os locais onde as entidades são fortes, o desenvolvimento acontece. Nesse sentido, a ideia é formar liderança para transformar os municípios”.

Fortalecimento

A partir dessa perspectiva, o coordenador executivo da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano – Amurc, Luciano Veiga, destacou que o projeto traz a importância a partir do tripé iniciativa privada, sociedade civil organizada e o poder público, alinhado ao envolvimento de todos. “O Liderar o Futuro vem pensar a singularidade do agir para o entendimento de transformar a partir da participação de todos”.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, Sérgio Velanes, e o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Itabuna, Carlos Leahy, reforçaram a importância da parceria com o Sebrae, que é um grande agente de transformação. “A instituição tem promovido um elo de ligação importante entre as entidades da região”, pontuou Leahy.

Ainda presente no encontro, o presidente da Federação de Câmara de Dirigentes Lojistas do Estado da Bahia – FCDL, Pedro Luiz Failla, revelou que trabalhou durante um tempo no mercado financeiro, e depois montou o seu próprio negócio. Foi quando descobriu a importância do associativismo. “A partir do projeto, esperamos formar novas lideranças para o movimento que protege as empresas, e o varejo de forma geral”.

O presidente do Fórum Empresarial da Bahia, José Raimundo, declarou que o evento corrobora com a força do Liderar o Futuro, pois “somente, dessa forma, contribui para o crescimento e a transformação local”. Já Ronaldo Abude, representando o Movimento Empresarial Sul da Bahia em Ação, espera que as lideranças locais “sejam capazes de reproduzir na prática aquilo que a população regional anseia”.


Preço em alta da gasolina leva o consumidor a migrar para o álcool

gasolinaO consumo de etanol nas bombas dos postos de combustíveis do Estado de São Paulo alcançou, pela primeira vez, neste mês de setembro a mesma proporção da gasolina. Segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro), José Alberto Paiva Gouveia, 50% das vendas foram de etanol e 50% de gasolina. Até hoje, o que se verificava era um escoamento médio de 60% de gasolina.

O empresário informou que essa migração já vem ocorrendo desde “a greve dos caminhoneiros, em maio último {que levou ao desabastecimento} em paralelo com as subidas constantes da gasolina”. Ele informou que o consumo mensal nas cidades paulistas atinge 180 bilhões de litros somando a gasolina, o álcool e o diesel.

E sempre que o valor do litro de álcool equivale a 70% do preço da gasolina, abastecer com o derivado da cana fica mais competitivo. O litro de gasolina está custando em média R$ 4,57 em São Paulo, enquanto o de etanol vale R$ 2,74 – 59% mais barato.


UESC promove evento sobre gestão e desenvolvimento regional

uescO Departamento de Ciências Administrativas e Contábeis da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) vai promover o “I Congresso Regional: Farol para o Desenvolvimento”.

O evento será realizado no auditório Paulo Souto, no campus da UESC, em Ilhéus, no período de 9 a 11 de outubro. O diretor do Departamento, professor Rozilton Ribeiro, “trata-se de um evento cuja finalidade será a promoção de debates de alto nível sobre os caminhos e alternativas do desenvolvimento local, regional, estadual e brasileiro e as implicações da gestão aplicada aos procedimentos de flexibilidade, racionalidade e priorização dos recursos e suas consequências econômicas, sociais e ambientais”.

O evento está direcionado, prioritariamente, a estudantes das áreas sociais e áreas afins, professores, profissionais liberais e empresários. “I Congresso Regional: Farol para o Desenvolvimento se traduz numa grande oportunidade para a discussão com especialistas, exposição de ideias e a crítica propositiva sobre a temática, cada vez mais presente na vida das pessoas e das instituições públicas e privadas” afirma o professor.


Receita libera segunda-feira consulta ao 4º lote de restituição do IR

dinheiroA consulta ao quarto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2018 será liberada a partir das 9h de segunda-feira, 10. Esse lote também contempla restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017.

A correção variará de 3,15%, para as declarações entregues em maio deste ano, até 105,27%, para os contribuintes que estavam na malha fina desde 2008. O índice equivale à taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada desde o mês de entrega da declaração até setembro deste ano.

O crédito bancário para 2.646.626 contribuintes será feito em 17 de setembro, totalizando o valor de R$ 3,3 bilhões. Desse total, R$ 219,3 milhões são destinados a contribuintes com prioridade: 4.863 idosos acima de 80 anos, 36.308 entre 60 e 79 anos, 5.490 com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 18.409 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone, número 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível verificar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita oferece ainda aplicativos para tablets e smartphones para consulta à declaração e à situação cadastral no CPF. Com ele é possível verificar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre a liberação das restituições e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.(Agência Brasil)


Sebrae tem mais de 600 vagas de capacitação em Itabuna e Ilhéus, em setembro

sebrae-logoPor Viviane Cabral

 Com o foco na inovação dos pequenos negócios, o Sebrae está com 690 vagas de capacitações abertas para workshops de indicadores, cursos de treinamento gerencial básico e atendimento ao cliente, além de palestras, oficinas e seminários diversos. Do total, 540 vagas são gratuitas, e os interessados podem se inscrever pelos telefones (73) 3613-9734 e (73) 99974-2262, em Itabuna, ou (73) 3634-4068 e (73) 99974-2263, em Ilhéus.

Visando aperfeiçoar a competitividade empresarial através da gestão por indicadores, o Sebrae Itabuna estará reunindo empresários e gerentes do segmento de Beleza e Estética no Workshop de Indicadores, nesta segunda-feira, 3, a partir das 18h30, na sala de treinamentos da instituição, com o especialista em gestão de micro e pequenas empresas, Aelson Souza.

No dia seguinte, no mesmo horário e local, Ana Carolina Moura, especialista em planejamento estratégico, empreendedorismo e gestão de pessoas, vai conduzir o Workshop, mas destinado aos profissionais do varejo de moda. No dia 17, a capacitação é retomada por Ana Carolina, que vai orientar os profissionais de varejo de alimentos, e, no dia 18, será destinada àqueles atuam no setor de materiais para construção.

A série Workshop de Indicadores encerra no dia 25, em Itabuna, voltada aos profissionais do segmento de alimentação fora do lar, com a palestra da consultora e estrategista empresarial Luane Di Paulo.  A técnica do Sebrae Karla Peixoto explica que, em todos os encontros, os consultores estarão apresentando aos empreendedores “a importância das empresas possuírem indicadores que tornam a gestão dos negócios mais efetiva”.


Pesquisa mostra que 58% dos brasileiros não têm investimentos

dinheiroPesquisa da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) mostra que 58% dos brasileiros não têm nenhum investimento financeiro. Segundo o levantamento, dos 42% que têm alguma aplicação, apenas 9% fizeram algum aporte em 2017.

A pesquisa revela ainda que mais da metade dos brasileiros não conhece produtos de investimento. Em respostas espontâneas, ou seja, sem opções de escolha, apenas 45% da população disseram conhecer um ou mais tipos de produtos, com destaque para a poupança, citada por 32%.

“A primeira razão [para não fazer investimento financeiro] e a justificativa mais imediata é a de que não sobra nenhum dinheiro. Tem essa questão objetiva, a gente pode associar isso ao número de desempregados, pessoas que perderam poder de compra, mas historicamente, se a gente olhar, há uma cultura de baixa poupança no Brasil mesmo”, destacou a superintendente de Educação da Anbima, Ana Leoni.

“A gente teve períodos de mais abundância em anos passados, e o recurso extra ia para o consumo, e não para o investimento. É importante que as pessoas invertam essa ordem. O que tem que ser primeiro é o investimento e as contas, e essas contas têm que estar dentro do seu padrão de ganho, e gastar o que sobrar, e não investir o que sobrar”, acrescentou Ana. (Agência Brasil)


Workshop gratuito sobre gerenciamento de obras acontece em Ilhéus

Empresários do segmento de construção civil têm a oportunidade de participar do workshop gratuito “Gerenciamento de Obras: Aprenda as etapas fundamentais”, que acontece na próxima quarta-feira, 29, das 17h às 21h, em Ilhéus. O evento acontece na sala de treinamentos do Sebrae no município, na Avenida Osvaldo Cruz, 74, Edifício Premier Business Center, bairro Cidade Nova, centro da cidade.

As inscrições estão sendo feitas na Loja Virtual do Sebrae. Mais informações podem ser obtidas  pelos telefones (73) 3634-4068 ou (73) 99974-2263.


Bancos privados poderão fazer o depósito do PIS/Pasep para clientes

Um acordo entre o Ministério do Planejamento e a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) vai permitir que outras instituições financeiras, além da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, possam fazer os depósitos automáticos do saldo do Fundo PIS/Pasep na conta de seus clientes que têm direito ao benefício.

Até então, quem não tinha conta na Caixa ou no BB, necessariamente teria que comparecer pessoalmente às agências de um desses bancos públicos para fazer o resgate. A medida, que deverá ser assinada na semana que vem, tem potencial para injetar mais R$ 8 bilhões, beneficiando diretamente 9 milhões de pessoas, segundo estimativas do governo.

Desde que o governo federal deu início ao processo de flexibilização dos saques do Fundo PIS/Pasep, em outubro de 2017, até a última atualização do balanço de pagamentos, no último dia 19 de agosto, foram pagos R$ 13,8 bilhões, atendendo 13 milhões de pessoas. Esse número representa 45,5% do total de cotistas do Fundo PIS/Pasep.(Agência Brasil)


Partners é a primeira de Minas e a quinta maior agência de comunicação corporativa individual

O Anuário da Comunicação Corporativa 2018, publicado pela empresa paulista de mídia, Mega Brasil – o mais abrangente do País -, colocou a Partners na primeira posição em faturamento entre as agências mineiras e em quinto lugar como a maior agência individual do Brasil (que não faz parte de nenhum grupo empresarial).

Em número de funcionários, a empresa figura em posição de destaque. É a 11ª no ranking nacional e, novamente, a primeira de Minas. Em 2017, a Partners contava com 163 profissionais multidisciplinares, hoje já são 242. “Estamos orgulhosos de nossa posição nesse ranking, fruto de muito trabalho, excelência e qualidade nos serviços que prestamos aos nossos clientes, levando para todos os cantos do país o jeito Partners de criar e desenvolver soluções estratégicas, integradas e personalizadas de comunicação”, destaca Dino Sávio, fundador e presidente da agência.

Segundo ele, trabalhar com comunicação é estar permanentemente fora da zona de conforto, é adaptar-se às circunstâncias, diariamente. Por isso é fundamental acompanhar as transformações que o mercado sinaliza, as novas tecnologias e levar tudo isso para o negócio. “Nossa expansão pelo país, que reflete a posição alcançada no ranking, é resultado de um conjunto de ações que desenvolvemos nos últimos anos, inclusive do ponto de vista de gestão, mas principalmente, de um conhecimento profundo do mercado que atuamos e da proximidade com os clientes. Para isso estamos sempre investindo em novas tecnologias e em equipes qualificadas”, enfatiza.