Profissionais do audiovisual são orientados sobre roteiro

Profissionais do setor audiovisual de Itabuna e região participam até domingo, 11, na sede da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, do Módulo: Gestão Empresarial do Projeto “Objetiva – Empreendedorismo em Foco”. O primeiro encontro aconteceu nesta quinta-feira, 8, quando o roteirista Ricardo Grynszpan apresentou as etapas de um roteiro, o seu processo de produção e o mercado audiovisual.

Ricardo é economista de formação, mas em 2010 resolver se dedicar a produção de roteiro, e atualmente é professor de Roteiro da Academia Internacional de Cinema de São Paulo. Segundo o profissional, as histórias não mudaram e é possível desenvolver narrativas para o audiovisual “atentando para os elementos-chave, dentre eles a emoção, que tem o poder muito grande no mundo da informação”.

Em paralelo a esse conceito, o profissional apresentou várias possibilidades de investimento, além de mostrar a Internet como um espaço amplo e alternativo para explorar as produções audiovisuais, que têm crescido nos últimos anos no Brasil. Na região Sul da Bahia, esse crescimento ainda é tímido, mas há profissionais atuando nesse segmento, buscando ampliar seus negócios e aqueles que estão despertando para uma produção própria.

É o caso de Rafael Barbosa, da produtora Ação Propaganda, que já produz para um canal local. Após a palestra, Rafael saiu com a ideia de produzir conteúdo próprio e exportar para outro canal. “Atualmente, eu desenvolvo os produtos a partir de uma ideia já pronta. A partir da palestra, surgiu a ideia de criar minhas próprias produções, já pensando no mercado de minisséries”, declarou.


Sistema FIEB inaugura Unidade integrada na região Sul do estado

inaguaracao-sistema-s-ilheusA Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB) realizou no dia 02 de junho, às 10h, em Ilhéus, o ato de entrega da Unidade Integrada Robson Braga de Andrade, que contempla um Centro de Segurança e Saúde no Trabalho, o Instituto SENAI de Tecnologia de Eletroeletrônica, a Escola SESI Adonias Filho e a Escola Técnica do SENAI Orlando Moscozo Barretto de Araújo.

A unidade tem como homenageado o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, que estará presente ao evento. Participam também da solenidade o presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia, Ricardo Alban, o diretor regional do SENAI, Luis Brêda Mascarenhas, o superintendente do SESI Bahia, Armando da Costa Neto e o superintendente do IEL Bahia, Evandro Mazo, além de lideranças da indústria e personalidades de Ilhéus e Itabuna.

A unidade está situada em um terreno com área 934.400m², dos quais 15 mil m² constam da área de implantação do empreendimento, onde foram construídos 8.308m² de edificações com utilização de modernos conceitos de acessibilidade e sustentabilidade, incluindo: baixo consumo de água, tratamento de águas, captação de água de chuva, arquitetura voltada para iluminação e ventilação natural, iluminação mais eficiente e de baixo consumo.

Localizada entre os municípios de Ilhéus e Itabuna, no km 13 da rodovia BR 415, a unidade possui quadra poliesportiva coberta, portaria, cantina, central de utilidades e central de resíduos, além de estacionamento com 122 vagas para carros, 30 vagas para motos e bicicletário.


Sebrae auxilia MEI sulbaiano a entregar declaração anual

Encerra nesta quarta-feira (31), o prazo para o Microempreendedor Individual (MEI) enviar a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-Simei). No Sul da Bahia, o gerente adjunto da unidade regional do Sebrae em Ilhéus, Michel Lima, alerta para a necessidade de regularização da situação, que pode ser realizada nos pontos de atendimento do Sebrae e nas Salas do Microempreendedor, em Itabuna e Ilhéus.

A declaração é gratuita e obrigatória, e deve conter o faturamento bruto registrado pela empresa em 2016, além de informar se houve contratação de funcionário. Ao declarar as informações, o MEI mantém resguardados os benefícios garantidos pela formalização, como a emissão de notas fiscais, isenção de tributos, aposentadoria, auxílio-doença e salário maternidade.

De acordo com o Michel Lima, as cidades de Itabuna e Ilhéus somam mais 15 mil MEI, mas, até o momento, o Sebrae registrou 2.263 atendimentos de modo presencial na região. Embora exista a opção de realizar a entrega da declaração online, pelo Portal do Empreendedor, Michel explica que ainda é preocupante a quantidade de empreendedores que não buscaram auxílio para realizar a DASN-Simei.


Sebrae realiza Workshop de Inovação em Itabuna

Para donos de pequenos negócios interessados em tornar seu negócio mais competitivo, o Sebrae estará oferecendo um conjunto de soluções gratuitas no Workshop de Inovação, que será realizado nesta quinta-feira, dia 25, das 18h às 22h, no Ponto de Atendimento do Sebrae em Itabuna, na Rua Paulino Vieira, 175, Centro.

As inscrições podem ser feitas pelos telefones (73) 3613-9734 ou (73) 99974-2262, ou ainda presencialmente. Potenciais empresários, empreendedores e prestadores de serviço também podem participar.

De acordo com o gerente adjunto da unidade regional do Sebrae em Ilhéus, Michel Lima, a capacitação tem o objetivo de “oferecer ao empreendedor mais qualificação para inovar e criar um diferencial para a sua empresa”, declara.

Até o final do workshop é esperado dos participantes o desenvolvimento de competências como compreensão do conceito de inovação, busca pela diferenciação como vantagem competitiva para o negócio e o entendimento de que inovação não custa caro.


Evento mostra possibilidades de empreender e inovar no Sul da Bahia

sebrae-logoDurante o dia dedicado as Startups, 20 de maio, sábado, a cidade de Ilhéus foi contemplada com a palestra do diretor executivo da Associação Brasileira de Startups, Rafael Ribeiro. O encontro foi uma realização do Sebrae Nacional, com o objetivo de destacar a importância de um ecossistema colaborativo para desenvolver negócios inovadores.

Segundo Rafael, que é empreendedor há 12 anos no mercado de tecnologia e Business Intelligence, a região de Ilhéus possui entre 5 a 10 startups em funcionamento, com o apoio de universidades, e um número crescente de jovens com ideias inovadoras. “Atualmente, é possível empreender e criar startups inovadores, mesmo estando fora do eixo das grandes cidades. Basta ter internet e vontade de realmente fazer diferente”, explicou.

Dentre os pilares considerados importantes para o desenvolvimento desse modelo de negócio, o especialista em inovação pela ESPM revelou que o empreendedor precisa ter habilidade de liderança do seu negócio, buscar a participação de pessoas experientes e talentosas, além de investir na inclusão social de público com algum tipo de deficiência.

O especialista relatou no encontro os momentos de insucesso e sucesso ao longo da sua trajetória profissional na criação de aplicativos. Nesse período, aprendeu que, para obter o crescimento esperado da sua empresa, era preciso se fortalecer institucionalmente e agregar forças com a sociedade civil, as universidades, o Governo, imprensa, além de grandes e pequenas empresas.


MEI pode programar débito automático da contribuição mensal

Desde quinta-fera (18), os microempreendedores individuais (MEI) podem optar pelo débito automático do pagamento mensal do Documento de Arrecadação Simplificada do MEI (DAS-MEI). Para isso, basta acessar o Portal do Empreendedor, clicar no banner da solicitação de Débito Automático. O MEI que quiser fazer essa opção deve possuir uma conta em um dos 12 bancos conveniados.

“Recomendamos que os microempreendedores individuais façam a opção pelo débito automático. Essa é mais uma facilidade oferecida. O formalizado que não está com o boleto pago em dia perde diversos direitos”, destaca o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos. Para ter acesso aos benefícios previdenciários e ficar regularizado, o MEI deve pagar, até o dia 20 de cada mês, o boleto mensal correspondente  a 5% do salário mínimo, destinado à Previdência Social, e a R$ 1 ou R$ 5 referentes ao ICMS ou ISS, dependendo da atividade.

Quem opta por ser MEI passa a ter o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e acesso aos benefícios do INSS. Ele também pode contratar até um funcionário que receba até um salário mínimo. O processo de formalização é rápido e pode ser feito de forma gratuita no Portal do Empreendedor, no campo Fomalize-se. Ao se formalizar, o MEI pode emitir nota fiscal e participar de licitações públicas, ter acesso mais fácil a empréstimos, fazer vendas por meio de máquinas de cartão de crédito, entre outras vantagens.


Empresários colocam em prática aprendizados da Semana do MEI

A Semana do MEI, realizada nas cidades de Ilhéus e Itabuna, gerou nos profissionais da região, uma expectativa de expansão do próprio negócio. É o caso de Jéssica Leite, que se formalizou este ano, e já participou das capacitações, com o objetivo de obter informações para montar uma loja física e expor suas bijuterias para as clientes das Redes Sociais – Instagram e whatsapp.

“Embora comercialize pela Internet, tem clientes que preferem ir ao espaço físico e conferir as dimensões e cores da bijuteria que elas estão comprando”, destacou Jéssica. Para estruturar suas ideias, ela participou das capacitações: Como escolher as credenciadoras de cartão; Gestão Visual de Loja; A importância do designer de ambientes; e Workshop de Inovação – Inovar para competir.

De acordo com o gerente adjunto do Sebrae, Michel Lima, ao todo, foram 503 participantes capacitados e 439 atendimentos, entre orientação, formalização, alterações, baixas e emissão de boletos, na unidade regional e nas Salas do Empreendedor, em Itabuna e Ilhéus. “O público lotou as capacitações, superando a expectativa, com turmas de até 42 pessoas por curso”, relatou Michel.

A Semana do MEI também chamou a atenção dos profissionais sobre a declaração referente ao ano de 2016, que deve ser emitida até o dia 31 de maio, quarta-feira. O MEI precisa informar itens como o seu faturamento anual (Receita Bruta Total), valor das receitas referentes a comércio, indústria ou serviço intermunicipal e se houve a contratação de funcionário. A declaração é obrigatória e garante a manutenção dos benefícios do empreendedor.


Lideranças do Sul da Bahia debateram desenvolvimento da região

lider_foto-mauricio-maronAté esta terça-feira, 16, representantes do poder público, privado e do terceiro setor do Território Litoral Sul estiveram reunidos em Ilhéus, dialogando sobre as principais estratégias para transformar a realidade da região. A iniciativa parte do Programa de Liderança para o Desenvolvimento Regional – Líder, que tem o objetivo de construir e implementar um plano a partir de um ambiente de governança.

Durante a segunda-feira, 15, gestores municipais, empresários e profissionais que atuam no terceiro setor participaram de dinâmicas e foram orientados sobre o papel das lideranças para o desenvolvimento regional. A ideia, segundo o superintendente do Sebrae Bahia, Adhvan Furtado, é “fomentar a integração, além das instituições, mas entre pessoas, que são protagonistas da região, para a criação de um plano transformador”.

Ao longo de oito meses, as lideranças vão se reunir mensalmente para construir uma proposta de desenvolvimento para ser executada e transformada em realidade. De acordo com o analista técnico da Unidade de Políticas Públicas de Desenvolvimento Territorial do Sebrae, Robson Schmidt, “juntos, os três setores irão chegar a um consenso sobre as prioridades para a região nos próximos anos e construir um projeto a médio e longo prazo”.

Expectativas

A proposta foi bem recepcionada pelo público-alvo do programa Líder, tendo em vista que a criação de uma agenda de desenvolvimento estará fundamentada nas realidades em comuns dos municípios. “Nós temos potencial ecológico, do patrimônio artístico e cultural, entre outros. O que precisamos é organizar essas ideias para que a região possa voltar a desenvolver”, declarou o prefeito de Itacaré e presidente da Associação de Municípios da Região Cacaueira, Antônio de Anísio.

Para o vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal, a expectativa é “conseguir um espaço de diálogo entre os municípios, encontrar caminhos para as demandas que estão sendo implantadas na região, e fazer com que isso ultrapasse o tempo de governo municipal”. Já o empresário Ronaldo Abude destacou a importância de sair do encontro “com objetivos claros e deliberações para que possamos implementar projetos que de fato tragam desenvolvimento para a região”.


MEI tem até dia 31 para entregar declaração anual

Foi pensando em enviar a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-Simei) dentro do prazo, que se encerra no dia 31, que o microempreendedor individual (MEI), Paulo César Lomi, buscou ajuda do Sebrae durante a Semana do MEI, em Salvador. O evento, encerrado no último sábado, ofereceu capacitação específica para ensinar a fazer a declaração e repassar os detalhes desse assunto para os participantes.

“A declaração é obrigatória e, mesmo que o MEI não tenha registrado receita em 2016, ele precisa enviar sua declaração. Esse registro dentro do prazo evita pendência e pagamento de multa”, explica o técnico do Sebrae, Wagner Gomes, responsável pela palestra “Como fazer a declaração de faturamento”, que aconteceu na manhã do último sábado (13), na tenda da Semana do NEI, no Shopping da Bahia. O palestrante esclarece que tudo por ser feito pelo Portal do Empreendedor (portaldoempreendedor.gov.br), de casa. É necessário informar o valor total de faturamento. Se o MEI tiver dúvida, pode entrar em contato com o Sebrae pela Central de Relacionamento (0800 570 0800) ou com Ponto de Atendimento da instituição.

Paulo Lomi chegou a Semana do MEI com duas demandas: buscar informações para ajudar a sua esposa a fazer a declaração dela e aprender para fazer a sua declaração, a partir do próximo ano. A esposa de Paulo, Eliana Ibrahim, MEI desde setembro de 2016, é dona da loja Diva Fitness e ele, que se formalizou em fevereiro, é gestor administrativo de condomínios. “Sabemos que é um dever do MEI, por isso venho aqui em busca de aprendizado”, explica.

A declaração refere-se ao ano de 2016 e deve ser emitida até o dia 31 de maio, quarta-feira. Na DASN-Simei, o MEI precisa informar itens como o seu faturamento anual (Receita Bruta Total), valor das receitas referentes a comércio, indústria ou serviço intermunicipal e se houve a contratação de funcionário. A declaração é obrigatória e garante a manutenção dos benefícios do empreendedor.


Agências da Caixa têm movimento intenso na terceira rodada de saques do FGTS

caixa_sao_caetanoAs agências da Caixa Econômica abriram hoje (12) mais cedo para a terceira rodada de saques de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Têm direito ao saque os beneficiários nascidos nos meses de junho, julho e agosto.

Mais uma vez, nas agências se formaram filas de pessoas para saques e também para saber se têm contas do FGTS que atendem aos critérios para saque.

A movimentação foi intensa em Brasília, no final desta manhã. Em Taguatinga Norte, a 20 km do Plano Piloto, filas se formaram também nas cabines de autoatendimento.

Em Ceilândia, um funcionário fazia a triagem do lado de fora da agência, distribuindo senhas diferenciadas aos que queriam fazer o saque do FGTS ou utilizar outros serviços bancários. No autoatendimento, as pessoas buscavam informações sobre saques.

A operadora de caixa Marina Carvalho, 27 anos, chegou ao banco por volta de 11h e se surpreendeu com a quantidade de pessoas. Ela precisava consultar os valores que tem para retirar do fundo e ficou preocupada com o tempo que teria que esperar pelo atendimento. No entanto, ela disse que não iria desistir, porque espera ter recurso disponível para comprar um novo celular. “Fui roubada faz pouco tempo e estou sem telefone. Espero ter dinheiro suficiente para um novo telefone, porque é difícil ficar sem comunicação”, disse.