Cerca de 15 milhões de famílias enfrentam dificuldades financeiras em 2018, diz estudo

dinheiroCerca de 15 milhões de famílias entraram em crise neste ano, enfrentando desemprego, inadimplência e dificuldades orçamentárias, segundo a nova edição do 360º Consumer View, levantamento realizado anualmente pela Nielsen, empresa que estuda consumidores em mais de 100 países.

Com isso, o total de domicílios impactados pela crise subiu para 27 milhões neste ano, pouco mais da metade do universo total de 53 milhões de famílias pesquisadas.

O levantamento, porém, não considera todo o território brasileiro. Segundo a Nielsen, a região Norte ficou de fora do estudo.

Ao mesmo tempo, os números também mostram que 12 milhões de famílias saíram da crise neste ano. Outros 14 milhões de domicílios se mostraram imunes às turbulências financeiras.

O levantamento aponta que o número de lares que entraram em crise neste ano superou a parcela daqueles que deixaram as dificuldades para trás, Isso reforça, na visão da Nielsen, um cenário de “looping” (famílias entrando e saindo da crise) que gera “incertezas e dificuldades de forma mais duradoura”.

Segundo o diretor do Painel de Lares da Nielsen Brasil , Ricardo Alvarenga, uma eventual retomada do emprego e da massa salarial, com a inflação ainda controlada – fatores que influenciam o aumento do consumo das famílias – “não vai ser do dia para a noite”.

“Há uma alta concentração de desalentados, que não são classificados como desempregados porque não estão mais procurando emprego. Tem uma população ‘subocupada’ [sem carga horária completa] e, nos trabalhadores informais ou autônomos, a média salarial é mais baixa”, explicou.

LEIA MAIS NO G1


Brasil e Índia discutem ações para desenvolver o setor de joias e pedras preciosas

Representantes das associações e sindicatos de joias, gemas e bijuterias e empresários de todo o Brasil participam, no próximo dia 13 de novembro, do V Seminário de Atualização Tecnológica e o Setor de Joias e Bijuterias, com a missão de estabelecer uma agenda positiva visando ao pleno desenvolvimento do segmento.

O evento é promovido pela Associação dos Joalheiros e Relojoeiros do Rio de Janeiro (Ajorio), em parceria com a Firjan, o Sebrae/RJ, Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBGM) e International Colored Gemstone Association (ICA), e será realizado no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (CRAB), de 9h às 18h.

De acordo com a presidente da Ajorio, Carla Pinheiro, em virtude do momento político, esta edição do seminário será realizada em caráter extraordinário. “Este ano, decidimos aproveitar a proximidade com as eleições para debater os principais entraves que dificultam o crescimento do setor e elaborar um documento com propostas de ações que vamos levar aos novos governantes”, explicou.

O Brasil responde por metade do mercado de joias na América Latina, que movimentou US$ 7,5 bilhões em 2017, segundo estudo da consultoria Euromonitor International. Para o IBGM, no entanto, faltam incentivos para a produção de artefatos de joalheria no mercado nacional, e a consequência é que boa parte das exportações brasileiras corresponde à matéria-prima em estado bruto, sem valor agregado.


Semana Global do Empreendedorismo tem programação em Itabuna e Ilhéus

sebrae-itabuna-foto-mauricio-maron-unnamedPor Viviane Cabral

Ilhéus – Cerca de 170 vagas de capacitações para a Semana Global de Empreendedorismo (SGE) em Ilhéus e em Itabuna, sendo 110 gratuitas, nas áreas de inovação, gestão, liderança, finanças e planejamento já estão disponíveis para inscrição na Loja Virtual do Sebrae.

A programação, que é realizada em todo o mundo, acontece entre os próximos dias 5 e 9 de novembro nas agências de atendimento do Sebrae nos dois municípios.

A SGE é a maior celebração do mundo dos empreendedores, e objetiva disseminar a cultura empreendedora, conectando, capacitando e inspirando as pessoas a darem o próximo passo na sua jornada empreendedora. Pensando nisso, o gerente adjunto do Sebrae em Ilhéus, Michel Lima, explica que “serão realizadas ações locais para quem quer empreender e para aqueles que pretendem se capacitar”.

As atividades começam na próxima segunda-feira, 5, no Sebrae em Ilhéus, com a Clínica Tecnológica gratuita sobre “Como usar as Mídias Sociais em seu negócio”, das 13 às 17 horas. No mesmo dia e local, tem início o curso Gestão de Estoques NaMedida, que acontece até o dia 7, sempre das 18 às 22h. O curso tem o objetivo de capacitar donos de microempresas a realizar técnicas de gestão de estoque e otimizar resultados operacionais e financeiros. O custo é de R$ 150.

Já no período de 5 a 9 a programação na agência de atendimento em Itabuna, acontece sempre das 18h às 22h, com o curso intermediário de Gestão Financeira. O investimento é de R$ 150. O objetivo é possibilitar ao empresário uma melhor compreensão sobre o controle financeiro, aliada a uma análise sobre a tomada de decisões, que se resumem no desenvolvimento das seguintes competências: cognitiva, atitudinal e operacional.


Convênio viabiliza consultoria empresarial para os MEIs

decoracao-junina-comercio-de-ilheus-foto-mauricio-maron-2A partir de agora, os Microempreendedores Individuais (MEIs) cadastrados em Ilhéus podem contar com orientações administrativas e empresariais para o aprimoramento de seus negócios.

O convênio que permite esse serviço foi assinado ontem, dia 23, pelo prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e pelo diretor geral da Faculdade de Ilhéus, Almir Milanesi. A consultoria será prestada na Sala do Empreendedor, localizada no térreo do Anexo de Secretarias, no centro da cidade, e na Central de Abastecimento da Zona Sul.

O ato de assinatura do convênio, ocorrido na sede da Faculdade, contou com a presença dos secretários municipais de Indústria e Comércio, Paulo Sérgio Santos, e de Governo, Gil Gomes, da diretora acadêmica da Faculdade, Sandra Milanesi, e da coordenadora do curso de Administração, Cristiane Nunes.

A consultoria será prestada através de alunos, em regime de estágio, dos cursos de Administração e de Ciências Contábeis, sob a supervisão de professores dos respectivos colegiados. O município de Ilhéus possui cerca de sete mil MEIs cadastrados e tem apresentado a menor taxa de inadimplência da região Sul da Bahia.


Lideranças vão discutir ações regionais para o Sul da Bahia

Lideranças empresariais e institucionais vão se reunir nesta sexta-feira, 19, das 8h às 13h, no auditório do Sebrae em Ilhéus, para discutir ações em prol do desenvolvimento regional. O evento marca o I Encontro de Novas Lideranças do Sul da Bahia Global, criado a partir do programa Líder do Sebrae, com o objetivo de colocar em prática o Plano de Desenvolvimento Regional, construído a partir do recorte de seis municípios (Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Uruçuca, Canavieiras e Una).

Segundo a gerente regional do Sebrae em Ilhéus, Claudiana Figueiredo, o encontro é uma iniciativa das lideranças locais que vão construir uma agenda de Desenvolvimento Regional. “A ideia é fazer com que esse plano transborde e que as ações e as metas que estão previstas consigam sair do papel, visando um desenvolvimento sustentável para a região”, destacou.

O plano foi construído por representantes da sociedade civil organizada, iniciativa privada e do poder público da região durante a aplicação de oito módulos do Líder. Dentre as principais necessidades apontadas, destacam-se ações focadas em economia, educação, infraestrutura, nas produções de cacau e chocolate, além de meio ambiente e paisagem, sendo estes dois últimos eixos trabalhados como ativo econômico regional de qualidade de vida e bem estar social.


Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar o PIS a partir de hoje

caixa_sao_caetanoComeça nesta quinta-feira (18) o pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS), calendário 2018/2019, para os trabalhadores nascidos no mês de outubro. Em relação ao Pasep, abono destinado a servidores públicos, que é feito pelo Banco do Brasil, o pagamento é para quem tem inscrição de final 3. Os pagamentos se referem ao ano-base 2017.

Segundo a Caixa, no caso do PIS, os valores variam de R$ 80 a R$ 954, conforme o tempo de trabalho durante o ano passado. Titulares de conta individual na instituição, com saldo acima de R$ 1,00, já receberam o crédito automático antecipado na última terça-feira (16).(Agência Brasil)


Sebrae realiza capacitação focada em gestão empresarial em Itabuna

sebrae-itabuna-foto-mauricio-maron-unnamedOs empresários de Itabuna terão a oportunidade de participar do Treinamento Gerencial Básico, que será realizado entre os dias 22 e 26, das 19h às 22h, na agência do Sebrae no município.

A capacitação tem o foco nos fundamentos da gestão empresarial, a partir de conteúdos relacionados a planejamento, gestão de pessoas, de compras e vendas, estoque, gestão financeira, capital de giro e introdução ao marketing. O investimento é de R$ 100.

A agência de atendimento do Sebrae fica localizado na Rua Paulino Vieira, 175, Edifício Lizete Mendonça, Centro. Mais informações pelos telefones: (73) 3613-9734 / (73) 99974-2262, em Itabuna ou na Central de Relacionamento Sebrae, no 0800 570 0800.


Governo recebe sugestões sobre investimentos na Zona Franca de Manaus

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) abriu uma consulta pública para regras de investimento em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) na Zona Franca de Manaus. Esses recursos são uma contrapartida de benefícios fiscais dados a empresas que produzem bens de informática na região, como desonerações no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e Imposto sobre Importação.

As contribuições devem ser enviadas por meio do site do MDIC até o dia 9 de novembro.

Pela legislação brasileiras, essa companhias podem pagar menos desses impostos se garantirem percentuais mínimos de investimento na chamada P&D. Esse repasse é sujeito a um conjunto de regras, que beneficiam tecnologia, mão-de-obra e contratações de firmas nacionais. Neste ano, a Lei 13.674 atualizou as exigências e procedimentos, flexibilizando as possibilidades de investimento.

As empresas de bens de informática da Zona Franca de Manaus (como fabricantes de smartphones e eletrodomésticos) passaram a poder investir também em startups (pequenas empresas de tecnologia), em incubadoras e aceleradoras (organizações que apoiam essas pequenas firmas) e em outros projetos de incentivo ao desenvolvimento tecnológico.

Também será possível alocar verbas em Organizações Sociais a serem criadas com o objetivo de realizar pesquisa, bem como em projetos não somente de inovação em informática, mas relacionados a sustentabilidade.

Os recursos podem ser repassados ainda a universidades e aos chamados “projetos prioritários” (definidos por um comitê de especialistas). Uma parte também financia o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT). De acordo com o MDIC, as contrapartidas decorrentes da redução de impostos chegam a mais de R$ 700 milhões por ano. (Agencia Brasil)


Evento reuniu lideranças empresariais e pessoas ligadas ao mundo dos negócios de Itabuna e região

sebrae_evento-_itabunaPor Viviane Cabral – Sebrae

Um momento oportuno para a troca de ideias inovadoras e histórias inspiradoras foi registrado na noite desta terça-feira, 2, no Palace Hotel em Itabuna, no Encontro com Lideranças Empresariais promovido pelo programa Liderar o Futuro do Sebrae. O evento contemplou a participação de lideranças empresariais e pessoas ligadas ao segmento na região, que estão sendo capacitadas pelo programa até o mês de novembro.

O objetivo, segundo a gerente regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo, foi inspirar as pessoas para o espírito do associativismo e para que elas assumam o protagonismo à frente das entidades empresariais, entendendo o impacto que isso possa ter nos seus negócios. “A ideia é despertar nas pessoas um novo conceito e um novo modelo de entidade associativa, que está sendo trabalho nos módulos de construção de alguns projetos sociais que serão aplicados junto a sociedade, a partir do programa Liderar o Futuro”.

Itabuna é uma das quatro cidades baianas que está recebendo o curso desenvolvido pelo Sebrae Bahia, iniciado no mês de julho, com o foco no desenvolvimento de competências essenciais de uma liderança. Em todo o Estado, 120 empresários e pessoas ligadas ao mundo dos negócios estão sendo capacitadas para promover um processo de mudança em suas localidades.

O resultado esperado, segundo o coordenador do Liderar o Futuro no Sebrae Bahia, André Gustavo, é melhorar o ambiente de negócios, focando no fortalecimento do empreendedorismo, abertura de empresas, entre outras ações. “Os locais onde as entidades são fortes, o desenvolvimento acontece. Nesse sentido, a ideia é formar liderança para transformar os municípios”.

Fortalecimento

A partir dessa perspectiva, o coordenador executivo da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano – Amurc, Luciano Veiga, destacou que o projeto traz a importância a partir do tripé iniciativa privada, sociedade civil organizada e o poder público, alinhado ao envolvimento de todos. “O Liderar o Futuro vem pensar a singularidade do agir para o entendimento de transformar a partir da participação de todos”.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, Sérgio Velanes, e o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Itabuna, Carlos Leahy, reforçaram a importância da parceria com o Sebrae, que é um grande agente de transformação. “A instituição tem promovido um elo de ligação importante entre as entidades da região”, pontuou Leahy.

Ainda presente no encontro, o presidente da Federação de Câmara de Dirigentes Lojistas do Estado da Bahia – FCDL, Pedro Luiz Failla, revelou que trabalhou durante um tempo no mercado financeiro, e depois montou o seu próprio negócio. Foi quando descobriu a importância do associativismo. “A partir do projeto, esperamos formar novas lideranças para o movimento que protege as empresas, e o varejo de forma geral”.

O presidente do Fórum Empresarial da Bahia, José Raimundo, declarou que o evento corrobora com a força do Liderar o Futuro, pois “somente, dessa forma, contribui para o crescimento e a transformação local”. Já Ronaldo Abude, representando o Movimento Empresarial Sul da Bahia em Ação, espera que as lideranças locais “sejam capazes de reproduzir na prática aquilo que a população regional anseia”.


Preço em alta da gasolina leva o consumidor a migrar para o álcool

gasolinaO consumo de etanol nas bombas dos postos de combustíveis do Estado de São Paulo alcançou, pela primeira vez, neste mês de setembro a mesma proporção da gasolina. Segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro), José Alberto Paiva Gouveia, 50% das vendas foram de etanol e 50% de gasolina. Até hoje, o que se verificava era um escoamento médio de 60% de gasolina.

O empresário informou que essa migração já vem ocorrendo desde “a greve dos caminhoneiros, em maio último {que levou ao desabastecimento} em paralelo com as subidas constantes da gasolina”. Ele informou que o consumo mensal nas cidades paulistas atinge 180 bilhões de litros somando a gasolina, o álcool e o diesel.

E sempre que o valor do litro de álcool equivale a 70% do preço da gasolina, abastecer com o derivado da cana fica mais competitivo. O litro de gasolina está custando em média R$ 4,57 em São Paulo, enquanto o de etanol vale R$ 2,74 – 59% mais barato.