Exportações baianas crescem 27,4% no mês de maio

economiaAs vendas externas da Bahia se recuperaram em maio, alcançando US$ 758,2 milhões, o que representa um aumento de 27,4% ante o mesmo período de 2018. De acordo com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais (SEI), autarquia da Secretaria de Planejamento do Estado (Seplan), considerando o acumulado de janeiro a maio, as exportações cresceram 2,5%, indo a US$ 3,15 bilhões.

“O crescimento das exportações na Bahia é resultado de políticas públicas do Governo do Estado, que não tem poupado esforços para atrair novos empreendimentos que resultam no alargamento da base exportadora baiana”, analisa o secretário do Planejamento do Estado, Walter Pinheiro.

O bom desempenho das exportações em 2019 reflete a melhora dos volumes exportados, com alta de 22,3%, puxada por itens como petróleo, celulose, petroquímicos, metalúrgicos, algodão e derivados de cacau. No mês, as exportações para os Estados Unidos cresceram 35% e avançaram 46% para a Ásia, com a China registrando aumento de 9,1%.


FazAtleta abre novo período de inscrições

A Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) recebe, entre os dias 10 e 17 de junho, projetos de atletas, equipes e eventos para o Programa Estadual de Incentivo ao Esporte Amador Olímpico e Paraolímpico (FazAtleta). As inscrições serão realizadas na sede da secretaria, localizada no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador. Os interessados devem agendar horário de atendimento pelo telefone (71) 3115-1642.

FazAtleta

Criado em 1999, o programa funciona através da concessão de abatimento no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que é dado às empresas situadas na Bahia e que apoiam financeiramente projetos esportivos de atletas, equipes ranqueadas e eventos do calendário das federações e/ou confederações que se enquadram na categoria de esporte amador, olímpico e paralímpico.

O apoio inclui o pagamento de despesas em viagens, aluguel de equipamento esportivo, contratação de seguro de vida, aquisição de material esportivo, além de bolsa-auxílio para o atleta que se dedica exclusivamente à prática esportiva e remuneração do técnico que o acompanha, dentre outros benefícios.

Em 2019, o programa já garantiu apoio a 43 projetos esportivos, com um investimento de R$ 1,5 milhão.


Agricultura familiar baiana é destaque em feira internacional de produtos sustentáveis

rui chocolate - foto pedro moraes govba

As dezessete cooperativas da agricultura familiar da Bahia, que mostram o potencial de seus produtos na Naturaltech 2019, maior feira de produtos sustentáveis da América Latina, já contabilizaram sucesso no primeiro dia do evento, nesta quarta-feira (5), no Pavilhão Anhembi, em São Paulo. O estande Bahia Produtiva na NaturalTech 2019 é uma ação estratégica do Governo do Estado para apoiar as organizações produtivas da agricultura familiar, para que seus produtos possam ser posicionados em novos mercados, aumentar a comercialização e, consequentemente, a renda dos agricultores familiares. A feira segue até sábado (8).

A culinarista e apresentadora de TV, Bela Gil, provou e aprovou os produtos como o licuri da Cooperativa de Produção da Região do Piemonte da Diamantina (Coopes), do município de Capim Grosso, a cerveja de umbu da Cooperativa de Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá, e os chocolates da Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia (Coopessba), de Ilhéus, e da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), de Ibicaraí.

“Sou muito fã da agricultura familiar da Bahia. No estande Bahia Produtiva, tem azeite de licuri, castanhas, chocolates e café, produtos maravilhosos. Acho que o Brasil precisa conhecer o potencial da Bahia, que tem o encontro de três biomas, que são essenciais para a nossa biodiversidade e são produtos de muita qualidade, muito gostosos. Então fica minha dica para procurar os produtos da agricultura familiar da Bahia”, declarou Bela Gil.

O estande, localizado na rua E-F/10-11, também recebeu a visita da especialista sênior em Desenvolvimento Rural e gerente do Bahia Produtiva, no Banco Mundial, Fátima Amazonas, que conferiu os produtos e ficou satisfeita com a qualidade apresentada pela agricultura familiar baiana: “Parabenizo o Governo da Bahia por esta iniciativa que mostra a importância do incentivo à comercialização dos produtos. Nossa expectativa é que no próximo ano novas cooperativas participem do evento, com esse apoio ao acesso a mercado”.
Fonte: Ascom/Secretaria de Desenvolvimento Rural


Nova Cesta do Povo abre unidades em Salvador e no interior do estado

cesta-do-povo

Após ser vendida em abril deste ano, a Cesta do Povo volta a operar na Bahia. No momento, quatro unidades estão abertas em Salvador. No interior, nove municípios já contam com o novo e repaginado mercado. Na capital baiana, os bairros da Boca do Rio, Mussurunga, Mata Escura e Castelo Branco já dispõem da nova Cesta. No interior e RMS, as seguintes cidades contam com unidades: Mata de São João, Dias D’Ávila, Feira de Santana, Santo Estevão, Porto Seguro, Una, Itabela, Barra e Juazeiro. De acordo com a empresa, Morro do Chapéu, Irecê, Senhor do Bonfim e Xique-Xique terão unidades inauguradas em breve. (Bahia Notícias)


POLICIAIS DA CIPE NORDESTE SÃO CAPACITADOS PARA O SÃO JOÃO

policiais

A Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Nordeste ministrou, nesta quarta-feira (5), uma atualização para os policiais da unidade. As lições, que visaram capacitar os PMs para atuarem nos festejos juninos, foram ministradas em Teofilândia, a cerca de 203 quilômetros da capital.

Foram mostrados elementos teóricos e práticos durante as instruções de abordagem policial, técnicas e táticas de algemação e procedimentos de patrulha. A capacitação também objetivou minimizar os riscos durante a atividade operacional e potencializar as rotinas dos policiais integrantes da especializada.

“O treinamento é uma prestação de serviços para a sociedade, pois a Polícia Militar, através dessas capacitações, contribui com transparência, confiança e habilidade.”, destacou o comandante da Cipe Nordeste, major PM Wellington Morais.


TVE estreia série infantil contra violência sexual de crianças e adolescente

tve-bahiaA TVE começa a exibir nesta segunda-feira (3) a série “Que Corpo é Esse?” para prevenir violência sexual contra crianças. Os episódios vão ao ar durante a Hora da Criança, das 7h30 às 12h, e das 13h às 17h, e às terças, quartas e quintas-feiras, após o TVE Notícias.

A série é uma produção do Canal Futura em parceira com o UNICEF e Childhood Brasil e aborda temas como autoproteção contra abuso, direitos sexuais, homofobia e perigos na internet.

São 12 episódios divididos em três faixas etárias, mostrando a família Vila Cesar em situações rotineiras que os levam a refletir sobre assuntos importantes para o desenvolvimento sexual dos seus cinco filhos e suas diferentes etapas de vida.

(mais…)


Feira de Santana em destaque no Soterópolis da TVE

O Soterópolis desta quinta-feira (30), vai até Feira de Santana visitar o CUCA – Centro Universitário de Cultura e Arte da Universidade de Feira de Santana (Uefs), para mostrar a sua história como importante promotor de cultura da cidade. No programa, que vai ao ar às 22h, na TVE Bahia, o público ainda vai conhecer o Observatório Antares e o novo disco de Tuzé de Abreu.

O CUCA desenvolve e apoia manifestações oriundas da cultura popular, das mais diversas linguagens artísticas, incentivando também a criação literária e as experiências de arte-educação. A equipe de reportagem visitou o local e vai mostrar a importância desse espaço para a difusão de arte, que faz parte da vida dos feirenses desde 1995.

O programa vai mostrar também o Observatório Astronômico Antares, instituição de ensino, pesquisa e extensão universitária, de importante contribuição para os estudos de astronomia da Bahia. O diretor Paulo Pope fala do trabalho que é desenvolvido no local, os mistérios que o universo guarda e as descobertas feitas pelo instituto.


Visa e SumUp escolhe Vitória da Conquista para a expansão do programa Cidades do Futuro

Vitória da Conquista (BA) é uma das cidades escolhidas para receber a expansão do Cidades do Futuro, programa da Visa que tem por objetivo incentivar o uso dos meios eletrônicos de pagamento em locais onde ainda predomina o uso do dinheiro em papel, buscando o desenvolvimento local. Em parceria com SumUp – fintech global de pagamentos móveis -, a companhia promoverá iniciativas que contribuirão para promover a migração dos pagamentos na cidade de dinheiro para pagamentos digitais, reforçando benefícios como segurança e maior formalização da economia no município.

“Com a inclusão de Vitória da Conquista entre os municípios que fazem parte do programa Cidades do Futuro, queremos ajudar a região a alavancar seu desenvolvimento, reforçando todos os benefícios que os meios eletrônicos de pagamento podem trazer para o consumidor, o comércio e o governo”, explica Marcos Marins, Diretor de Expansão de Aceitação da Visa do Brasil. “A parceria com a SumUp é fundamental para que possamos desenvolver e implementar as iniciativas de acordo com as necessidades locais”, completa o executivo.

“Ainda há muito espaço para crescimento do setor de meios de pagamento no Brasil. Somente 28% do consumo das famílias é feito com o cartão hoje – ou seja, de cada R$ 100 gastos, menos de R$ 30 são feitos com cartão. Acreditamos que esse é um mercado em expansão e que veremos, cada vez mais, a aceitação de cartões de débito e crédito nos estabelecimentos”, adiciona Carlos Grieco, Head de Marketing da SumUp no Brasil.

Entre as campanhas de incentivo promovidas por Visa e SumUp em Vitória da Conquista estão: Ações educacionais e promocionais que reforçam os benefícios do pagamento eletrônico para a cidade, para a população e estabelecimentos comerciais.

Benefícios
(mais…)


Comitiva de Rui está na China para tratar sobre investimentos do projeto Fiol

Rui Costa na China FIolO governador da Bahia, Rui Costa e a comitiva baiana formada de secretários estão em Pequim, na China desde segunda-feira (13) para tratar sobre grandes investimentos para o Estado. A missão baiana em terras chinesas continua nesta terça-feira (14), com dois encontros com empresas interessadas no projeto da Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol) e na ponte Salvador-Itaparica. Os compromissos no país asiático seguem até a próxima quarta-feira (15), na cidade de Shenzen.

Na segunda-feira (13), Rui assinou um memorando de entendimento entre o Governo e a empresa chinesa Easteel, que pretende investir U$ 7 bilhões na implantação de um projeto de desenvolvimento integrado que deve gerar mais de 30 mil empregos diretos na Bahia. “Vamos trabalhar de forma firme, dedicada e determinada para que esse projeto marque a história da economia baiana e das relações do Brasil com a China”, disse o governador.

Fazem parte do projeto, a construção de um parque industrial integrado, composto por siderúrgica, usina de energia e diversas unidades fabris, uma fábrica de cimento capaz de produzir anualmente 5 milhões de toneladas. Compõem o planejamento, a revitalização do Porto de Aratu, com aplicação de sua capacidade de movimentação, e a construção de uma cidade inteligente nas proximidades do parque industrial, para trabalhadores da empresa e seus familiares.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre fez um destaque na última semana sobre a missão internacional do governador, que começou em Washington, na capital norte-americana. “Teremos, em breve, a instalação da empresa Forever Oceans, ou seja, um investimento de sessenta milhões de dólares na criação de peixes na costa de Ilhéus. Já a Fiol é um grande sonho para os ilheenses. Não tenho dúvidas que o crescimento regional passará pelos trilhos do desenvolvimento ”, salientou.


Monitoramento On-line da Sefaz-Ba de olho em empresas fraudadoras

sefaz baO Centro de Monitoramento On-line (CMO), criado de forma pioneira em 2015 pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba) para combater as novas práticas de sonegação no ambiente digital, já identificou e tornou inaptas 11,7 mil empresas fantasmas, laranjas e Microempreendedores Individuais (MEIs) que ultrapassaram o limite legal de faturamento.

As informações geradas pelo CMO subsidiaram o trabalho das inspetorias fiscais, que emitiram autos de infração totalizando R$ 452 milhões, com arrecadação efetiva de R$ 47,3 milhões para os cofres estaduais.

Perdas equivalentes, avalia a Sefaz-Ba, têm sido evitadas mediante a ação rápida de repressão a essas práticas. O modelo de fiscalização on-line, que tem chamado a atenção de outros estados, ganha mais amplitude no fisco baiano com a implantação da Gerência de Monitoramento de Contribuintes, voltada para aprimorar e tornar mais ágil o combate aos fraudadores em tempo real.

O aprimoramento do CMO, de acordo com o secretário da Fazenda, Manoel Vitório, é parte do processo de reestruturação deflagrado no início de 2019 para adequar a área de Administração Tributária da Sefaz-Ba às transformações no planejamento e na execução da fiscalização motivadas pela nova realidade dos documentos fiscais digitais.