Secretaria Estadual de Educação prorroga inscrição para professor

A Secretaria Estadual de Educação prorrogou até 1 de julho o prazo para inscrições no processo seletivo que vai contratar mais de 6 mil professores. O candidato pode se inscrever no site www.consultec.com.br.

A Secretaria Estadual de Educação informou que não haverá mudança na data da primeira etapa das provas, que serão aplicadas no dia 26 de julho. O prazo para a divulgação do resultado foi mantido em 26 de agosto.

Do total de vagas, 4.616 são para a Educação Básica, 1.282 para a Educação Profissional e 247 para a Educação Indígena. A contratação dos aprovados no processo seletivo será imediata.

No sul da Bahia, os municípios como maior número de vagas são Itabuna, Ibirapitanga, Arataca, Itacaré, Ibicaraí e Una. O salário para o professor pode chegar a R$ 1.263 por 20 horas semanais de trabalho. (A Região)


Inscrições para estagiários de Direito do Ministério Público do Trabalho

O Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia abriu processo seletivo para estudantes de nível superior em direito para estágio nas cidades de Salvador, Barreiras, Eunápolis, Feira de Santana, Itabuna, Juazeiro, Santo Antônio de Jesus e Vitória da Conquista.

O estagiário admitido pelo MPT tem direito a uma bolsa mensal de R$800, além de auxílio-transporte de R$7 por dia de estágio e seguro de acidentes pessoais. A jornada semanal é de 20 horas e o período de contrato é se até dois anos, consecutivos ou alternados. São sete vagas em Salvador, duas em Santo Antônio de Jesus e uma em Barreiras. Nos outros municípios, os candidatos aprovados vão integrar cadastro de reserva para possível chamada.

As inscrições acontecem entre 7 e 12 de julho através da página do MPT na Bahia na internet (www.prt5.mpt.mp.br).


Nova ferramenta digital vai melhorar qualidade do gasto público do Estado

Uma nova ferramenta implantada no Sistema Integrado de Material, Patrimônio e Serviço (Simpas) vai melhorar a sintonia entre o planejamento de compras, o orçamento e as finanças do Estado. A nova tecnologia – já em funcionamento – aprimora a qualidade do gasto público, permitindo aperfeiçoar o planejamento, conferindo os preços com o orçamento.
O incremento da ferramenta tornou-se possível por meio da integração do Sistema de Solicitação de Compras do Estado (Simpas) com o Sistema Integrado de Planejamento, Contabilidade e Finanças do Estado da Bahia (Fiplan), que faz a gestão orçamentária e financeira do governo.
Anteriormente os órgãos públicos pediam os produtos que necessitavam, solicitando apenas o quantitativo, sem ter acesso aos preços unitários. Desse modo, não conseguiam calcular o custo, conciliando com o orçamento. Agora os gestores das unidades podem aprimorar o planejamento de compras, melhorando a qualidade do gasto público.