Prisão de dirigentes do Sindilimp em Salvador causa indignação

Ana Angélica no carro da policia

Os coordenadores do Sindilimp-BA, Ana Angélica Rabelo e Edson Conceição Araújo foram presos neste sábado(25), às 10h, em frente ao Colégio Estadual Landulfo Alves em Salvador, quando participavam de manifestação contra o calote aos trabalhadores terceirizados.

Usando o facebbok o vereador Luiz Carlos Suíca(PT) se manifestou sobre o assunto: “Uma vergonha! Uma arbitrariedade! Estão detidos na Central de Flagrantes no Iguatemi como se fossem marginais. Não é crime lutar”

O ato casou indignação em todas as regiões do Estado. O coordenador do Sindilimp regional em Itabuna, no sul da Bahia, José Carlos, informa que a partir de agora a paralisação dos terceirizados da educação que acontece na região, vai acontecer em todo o Estado.


Professores das Universidades estaduais continuam em greve

Assembleia dos professores da Uneb (Foto: Divulgação/Aduneb)Mesmo com avanço nas negociações com o governo, professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) decidiram manter a greve, em assembleias realizadas nesta quinta-feira (23). A greve nas instituiçõs estaduais baianas já chega a 70 dias.

A Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb) informou que as discussões com o governo estão encaminhadas, mas que ainda existem pontos a serem fechados. Segundo Daniela Santos, diretora da Aduneb, a Secretaria de Educação apresentou em reunião, no último dia 18, uma proposta de minuta de acordo.

A proposta garante a revogação da Lei 7176/97 que, segundo os professores, interfere na autonomia da gestão universitária, direitos trabalhistas como promoções, progressões e mudanças de regime de trabalho, além de devolução de cotas do orçamento retiradas das universidades no primeiro trimestre, e compromisso de que, até o final de 2015, não haverá cortes e contingenciamento no orçamento.(G1)


Trabalhadores terceirizados da Bahia continuam sem receber salários em dia

Protesto_NRE5_15_junho_2015Os trabalhadores terceirizados do estado continuam com problemas para receber seus salários em dia. A informação foi confirmada pela coordenadora geral do Sindicato dos Trabalhadores de Limpeza Urbana da Bahia (Sindilimp-BA), Ana Angélica Rabelo, durante reunião com os núcleos 4, 15, 19, 21 de trabalhadores no município de Conceição do Coité, no sábado (18/07/2015).

Para Ana, mesmo com a garantia que representantes de empresas pagarão os salários atrasados, será mantida a paralisação até que os trabalhadores se certifiquem que o dinheiro está na conta. “Esses transtornos gerados com a falta de pagamento ao Estado acontecem porque as empresas não têm condições de assumir os contratos e acabam prejudicando o trabalhador terceirizado”, aponta.

O-vereador-Luiz-Carlos-Suíca-durante-reunião-em-Coité-390x260_18_07_15De acordo com a coordenadora geral do Sindilimp, os terceirizados sofreram no governo Jaques Wagner e continuamos sofrendo no governo de Rui Costa. “Trocam de empresas e a situação é a mesma, não há melhorias”, completa Ana Angélica.

“Temos que garantir que os trabalhadores atuem sem medo, já que eles ainda recebem ameaças de demissão das diretoras e diretores de empresas. O governo precisa ouvir os trabalhadores e o sindicato. Acredito que o Estado precisa valorizar essa mão de obra, pois é a que faz a máquina pública funcionar”, afirmou o vereador de Salvador e membro do sindicato, Luiz Carlos Suíca(PT). Com informações do Jornal Grande Bahia


Saeb ampliou monitoramento de veículos oficiais

monitoramentoA Secretaria da Administração (Saeb) ampliou o monitoramento de 25% da frota oficial do Estado. Do total de 8,7 mil veículos administrativos, 2.604 – disponíveis em Salvador e região metropolitana – passam a ser acompanhados de forma minuciosa. Por meio de um equipamento instalado no automóvel, será possível acompanhar em tempo real o consumo do combustível, manutenção da frota, uso adequado do patrimônio público e coordenação das atividades operacionais de maneira mais efetiva.

“Nós vamos poder saber tudo o que acontece no veículo desde o momento em que o motorista aciona a ignição. O acesso a esse tipo de informação vai nos ajudar a promover mais economia do dinheiro público, desenvolver medidas de segurança para condutores e passageiros e saber quando as coisas não estão em funcionamento adequadamente. São muitos os benefícios“, explica a superintendente de Recursos Logísticos da Saeb, Jeruza Marins.

Para realizar o monitoramento, a Saeb instituiu um Registro de Preço específico para o sistema online de Telemetria e Monitoramento – que utiliza a mesma tecnologia das redes de telefonia celular para envio de dados. A iniciativa segue determinação do governador Rui Costa, por meio do Decreto Estadual Nº 15.924. O novo contrato, com validade de 12 meses, foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) de 10 de julho e já está disponível aos órgãos e secretarias de Estado.


Estado oferece mais de dez mil vagas para Educação Profissional

Vagas para educação profissional na Bahia (Foto Carol Garcia/GovBA)

A Secretaria da Educação do Estado está destinando 10.035 novas vagas para a Educação Profissional. As inscrições serão realizadas desta segunda a sexta-feira (20 a 24), diretamente nos Centros Estaduais e Territoriais e unidades que oferecem Educação Profissional na capital e no interior do estado.

A maior oferta, que compreende 5.515 vagas, é para a forma de articulação Proeja Médio, direcionada para jovens e trabalhadores que têm 18 anos ou mais e já concluíram o ensino fundamental. Também são oferecidas 315 vagas ao Proeja Fundamental, para maiores de 18 anos que não concluíram o ensino fundamental.

As outras 4.205 vagas são para o Médio Subsequente (Prosub), voltadas exclusivamente aos contemplados no sorteio eletrônico realizado em novembro de 2014, para o segundo semestre de 2015, conforme ordem de classificação. As vagas abrangem 53 municípios, de 25 Territórios de Identidade do Estado, incluindo, Salvador.

Os interessados nos cursos oferecidos nas formas de articulação – Proeja Fundamental e Proeja Médio – devem comparecer aos centros e unidades escolares e apresentar como documentos (originais e cópias), carteira de identidade, CPF, comprovante de residência, atestado de escolaridade ou histórico escolar e carteira do Sindicato das Empresas de Transportes Geral (Setps) para unidades escolares do município de Salvador. Os classificados no sorteio eletrônico, de acordo com a ordem do cadastro de reserva, devem fazer a matrícula e comparecer aos respectivos centros e unidades para os quais foram sorteados, com a mesma documentação.


Yulo faz balanço do primeiro semestre de 2015 da Ouvidoria Geral

Ouvidoria Geral do Estado ( OGE )realiza encontro com ouvidores estaduais. Foto: Elói Corrêa/GOVBA
Ouvidoria Geral do Estado ( OGE )realiza encontro com ouvidores estaduais.
Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Em evento promovido pela Secretaria de Comunicação Social do Estado da Bahia (Secom), na manhã desta quinta-feira (16), no auditório da Assembleia Legislativa, no CAB, em Salvador, a Ouvidoria Geral do Estado (OGE) divulgou o balanço dos atendimentos no primeiro semestre de 2015.

De acordo com o órgão, 48,99% dos cidadãos entraram em contato para reclamação, 25,46% para obter informações, 11,6% realizaram denúncias e 9,1% estavam em busca de solicitação de serviços. Para o ouvidor geral do Estado, Yulo Oiticica, a apresentação para ouvidores de órgãos, fundações e empresas estaduais tem importância para que o trabalho seja desenvolvido de forma integrada.

“É fundamental a articulação entre as ouvidorias específicas. São 216, ao todo, no estado. O encontro é para alinhar. A Ouvidoria é quem tem essa prerrogativa de garantir o cumprimento da Lei de Acesso à Informação. É importante que todos saibam que receber informação e dar informação é direito do cidadão. Nós agentes públicos temos o dever legal e moral de darmos todo o tipo de informação”, enfatizou Oiticica.

Ainda segundo a OGE, 47,16% dos registros são feitos via internet. Logo atrás, com 35%, está os atendimentos feitos por telefone. A aposta do Governo do Estado para melhorar o fluxo de informação no território baiano é justamente a convergência dos meios. Na oportunidade, foi apresentado o TAG Móbile, um aplicativo que já está funcionando e amplia as possibilidades de comunicação entre a população e a administração pública.

“O TAG já funcionava via web, mas através de navegador. O entanto, a tendência são as plataformas para dispositivos móveis. Onde o usuário estiver, por meio do celular, vai poder acessar o sistema, fazer reclamações, sugestões e elogios, consultar informações e completá-las. Também vai poder enviar fotos para ilustrar situações”, explicou o analista de sistemas da Secom, Carlos Junior.

O TAG Móbile já está disponível para a plataforma Android e, em breve, será lançado para outros sistemas operacionais. O download gratuito deve ser feito na loja virtual Google Play. “O sistema é inovador e possibilita servir melhor o cidadão. A Ouvidoria é uma importante ferramenta de gestão que terá mais um canal de comunicação para atender as necessidades da população de uma maneira mais completa. Pessoas que não têm acesso fácil a um computador, vão poder entrar em contato pelo celular”, afirmou a ouvidora da Secretaria Estadual da Administração (Saeb), Cassiana Mascarenhas.


Em Nota governo da Bahia diz que mantém diálogo com universidades

O Governo da Bahia, por meio das secretarias da Administração, Educação e Relações Institucionais, informa que o diálogo permanente com o movimento docente está mantido. Já foram realizadas oito reuniões. Mais uma reunião está confirmada para hoje (09/07), às 16 horas.

“O Governo assegura a disposição em analisar a contraproposta do movimento docente, e manter o diálogo, ampliando o processo de negociação e discussão”, afirmou o superintendente de Recursos Humanos da Secretaria da Administração, Adriano Tambone.

O Governo disponibilizará recursos orçamentários para a concessão das promoções, sem comprometer o orçamento de custeio e o investimento das universidades. Ainda segundo Tambone, “conforme proposta inicial apresentada de remanejamento de vagas do magistério, as promoções serão feitas a partir da redistribuição de vagas entre as classes, no quantitativo de 20 vagas por universidade”. Esta proposta garante a maior celeridade no cumprimento dos direitos trabalhistas.


Curso de formação de delegados de polícia em agosto

Os 827 aprovados no concurso público para delegados, investigadores e escrivães da Polícia Civil, realizado em janeiro de 2013, já têm data para ingressar no curso de formação promovido pela Academia da Polícia Civil (Acadepol). Com duração de quatro meses e aulas em período integral, o curso começa no dia 10 de agosto e será realizado na nova sede da Acadepol, instalada na Rua Cristiano Buys, nº 177, Barros Reis, em Salvador.

O curso de formação têm como objetivo geral favorecer a compreensão do exercício da atividade de Segurança Pública como prática da cidadania, da participação profissional, social e política. “O nosso objetivo também é estimular nos novos profissionais da segurança pública a adotar atitudes de justiça, cooperação, respeito à lei, promoção humana e repúdio a qualquer forma de intolerância”, explica a diretora da Acadepol, delegada Kátia Brasil.(Ba24h)


Lançada campanha contra o tráfico de pessoas na Bahia

Campanha Internacional  Coração Azul O governo do estado,por meio da Secretaria de Justiça,Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), realiza, durante todo o mês de julho, na capital e no interior,diversas ações de combate e prevenção ao tráfico de pessoas. Foto: Elói Corrêa/GOVBA
Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Das 355 denúncias de tráfico de pessoas registradas em 2014 no Brasil, 54 ocorreram na Bahia. Para evitar este tipo de crime, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) lançou, na manhã desta quarta-feira (8), a campanha Coração Azul.

A ação reafirma o compromisso da Bahia com a Organização das Nações Unidas (ONU), idealizadora internacional da iniciativa. O lançamento foi realizado na sede do Ministério Público do Estado, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, com a participação de autoridades e personalidades, como o cantor e compositor Tatau e o titular da SJDHDS, Geraldo Reis.

Segundo o secretário, diversas atividades começaram a ser desenvolvidas na Bahia com o intuito de chamar a atenção para o tema. “A secretaria [SJDHDS], juntamente com outras instituições, estará promovendo uma série de eventos, palestras, seminários e filmes, enfim, um longo processo de conscientização durante este mês”.


Famílias recebem moradias no município de Bom Jesus da Lapa

O governador Rui Costa fez a entrega das chaves
O governador Rui Costa fez a entrega das chaves (Foto Manu Dias)

O residencial Vale Verde, construído por meio do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), foi inaugurado nesta sexta-feira (3/7) no município de Bom Jesus da Lapa, no oeste da Bahia. As 500 moradias, no modelo village, beneficiam duas mil pessoas.

A entrega das chaves dos imóveis teve a presença do governador Rui Costa, dos secretários estaduais de Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins, e da Educação, Osvaldo Barreto, entre outras autoridades. De acordo com o governador, 1,5 mil unidades habitacionais do MCMV já foram entregues no município.

lapá 2Para Rui Costa, os investimentos na área habitacional também são sociais. “A casa é como se fosse um ninho. Um lugar onde cuidamos dos nossos filhos, netos, da nossa família, para que ela cresça com dignidade. Precisamos continuar com este programa”.

O residencial possui itens de acessibilidade, parques infantis, salão de festa, quadra de esportes, além de infraestrutura completa com redes de água, esgoto e energia elétrica.

Cada casa possui 42 metros quadrados, com sala, cozinha, banheiro, dois quartos e área de serviço. Cada unidade está orçada em R$ 60 mil.

Os moradores vão pagar parcelas que variam entre R$ 25 e R$ 80 por mês.(Tribuna)