Reunião na SEC discute solução para atrasos de terceirizados

Reuniao_sec_suica_ze_trabalhadores_27_11_2015Uma comissão de trabalhadores terceirizados da educação de Ilhéus e a coordenação do Sindilimp, estão reunidos na Secretaria Estadual da Educação em Salvador desde o inicio da amanhã desta sexta-feira(27), para encontrar uma solução dos constantes atrasos de salários e benefícios dos funcionários das empresas que prestam serviço a rede estadual de educação.

Na pauta está a dificuldade dos funcionários  de receber os vencimentos da empresa LOCSERV, a qual está com sua sede ocupada pelos terceirizados desde quarta-feira. Os pais e mães de famílias que vendem a sua mão de obra para estas empresas são constantemente humilhados com a negação de salário e benefícios em dia.

Mais uma vez o Sindilimp “dialoga com o governo do Estado da Bahia no objetivo de encontrar uma saída para o problema que afeta a categoria o ano inteiro” frisa José Carlos, coordenador regional do Sindilimp no Sul da Bahia. A reunião conta também com intervenção do dirigente estadual do sindicato e vereador de Salvador, Suíca.


25 mil advogados vão às urnas na Bahia na eleição da OAB

Nesta quarta-feira (25) acontece a Eleição OAB 2015 em Salvador e nas 34 subseções da Ordem dos Advogados do Brasil em todo o estado. Quatro chapas concorrem à presidência da OAB da Bahia para o triênio 2016-2018: Mais OAB N° 86, Presidente Luiz Viana; Coragem Para Renovar N° 77, Presidente Carlos Rátis; OAB Livre N° 17, Presidente José Nelis e Nova OAB N°25, Presidente Fabiano Mota. A votação começa às 9h e termina às 18h e o voto é obrigatório para os 25.645 advogados baianos aptos a votar.

Na capital baiana a votação ocorrerá no Centro Espanhol, em Ondina, que reunirá 34 seções eleitorais divididas em três grandes setores. Setor 1 – Salão Pepe Otero, seções de 11 a 28; Setor 2 – Pátio Andaluz, seções 1 a 10; Setor 3 – Capela, Seções 29 a 34. No interior do estado serão 41 seções de votação distribuídas pelas 34 subseções da OAB-BA. As seções funcionarão nas sedes das subseções e em salas da OAB nos fóruns.

Os municípios com maior número de eleitores são Salvador, com 16.619 advogados; Feira de Santana, com 1.057; Vitória da Conquista, com 1.055 e Itabuna, com 767. Os menores colégios eleitorais são Campo Formoso, com 35 advogados eleitores, e Gandú, com 40. Na maioria das seções a votação será feita em urnas eletrônicas cedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado da Bahia. Cada seção eleitoral recebeu um kit com urna eletrônica (TRE) ou de lona, mapa de apuração e documentação referente à eleição.


Terceirizados da educação estadual de Ilhéus ocupam sede de empresa para cobrar salários

ocupacao_locoserv_laurodefreitas_25_11_2015Trabalhadores terceirizados que prestam serviços as escolas da rede estadual de ensino em Ilhéus ocuparam a sede da empresa LocServ no município de Lauro de Freitas na região metropolitana de Salvador, nesta quarta-feira(25). O objetivo é cobrar as dívidas de salários e benefícios de responsabilidade da empresa.

De acordo o Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Região Sul e Extremo Sul da Bahia (Sindilimp), os terceirizados estão com dois meses atrasados de salários, vale transporte e vale alimentação, além da primeira parcela do 13º salário.

“Só vamos sai da empresa quando o pagamento dos trabalhadores forem realizados. Esta não é a primeira que a empresa sacrifica os trabalhadores, deixando os pais de famílias com dificuldades para sobreviver”, afirma José Carlos, coordenador regional do Sindilimp.


Bahia ocupa primeiro lugar entre os estados mais transparentes do país

A Bahia ocupa 1º lugar no ranking de ‪‎transparência e cumprimento da Lei de Acesso à Informação – LAI. A colocação é da Escala Brasil Transparente (EBT), pesquisa realizada pela Controladoria-Geral da União – CGU, e apresentada na última sexta-feira (20). O índice da análise mediu o grau de transparência pública em estados e municípios brasileiros, entre agosto e outubro de 2015.

A pesquisa avaliou pedidos de acesso à informação sobre assuntos referentes às principais áreas sociais: saúde, educação e assistência social. O outro requisito avaliado foi o desempenho e o cumprimento às normas legais e efetividade dos pedidos de acesso (transparência passiva).

Os entes avaliados receberam nota de 0 a 10 pontos, calculada pela soma dos dois critérios. Com nota máxima, a Bahia está entre os estados mais transparentes do país, ao lado do Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, São Paulo e o Distrito Federal.

Ouvidoria Geral

A Ouvidoria Geral do Estado – OGE, vinculada à Secretaria de Comunicação Social, é o órgão responsável pelo cumprimento da Lei de Acesso à Informação – LAI e da transparência passiva no Estado. Ela atende ao cidadão, através de uma rede com 216 ouvidores especializados, localizados em todas as secretárias, autarquias e órgãos estaduais.

O atendimento ao cidadão é feito através da Central de Atendimento da OGE, que recebe reclamações, denúncias, elogios e pedidos de informações. Após o primeiro contato do cidadão, a OGE encaminha a demanda para a secretaria ou órgão competente e acompanha a resposta ao cidadão até a sua total satisfação.

Para o ouvidor geral do Estado, Yulo Oiticica, o Estado deu um grande passo na garantia do direito ao acesso à informação pública e a transparência passiva. “Esta pesquisa mostra o desempenho do Estado para garantir este direito tão importante para a democracia, através da ampliação da participação social e qualificação do principal canal de comunicação com a sociedade que é a Ouvidoria Geral do Estado – OGE. Parabenizo todo o governo, especial os ouvidores especializados das secretarias e órgãos e equipe da OGE pelo trabalho de excelência”, disse.


Incêndio ainda continua em Morro Branco na Chapada

As coisas ainda continuam preocupantes no incêndio que já ocorre há dias no Parque Nacional da Chapada Diamantina. De acordo com o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) o ponto que mais preocupa fica em Morro Branco.

A analista ambiental do instituto, Marcela De Marins, disse que a situação ainda é bem crítica, e que os trabalhos estão direcionados com mais força para debelar as chamas que avançam rapidamente. “Este local continua sendo a prioridade das ações de combate. Estamos combatendo o fogo com aeronaves e temos brigadistas no local”, explicou.(A tarde)

Ainda conforme o IcmBio, os incêndios em Mucugê (a 441 Km de Salvador) e no norte do parque, entre os municípios de Lençóis (a 404 Km de Salvador) e Palmeiras (distante a 438 Km da capital) foram controlados. No local, ainda está sendo feito rescaldo e monitoramento da área, a fim de identificar possíveis focos de incêndio.


A Bahia pede inclusão da baiana de acarajé na lista de profissões do país

Davidson Magalhães e comitiva com ministro do TrabalhoDia 25 de novembro é o Dia da Baiana de Acarajé e elas podem ganhar um presente especial. Em audiência realizada ontem (18/11) com o Ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, com a presença da presidente da Associação das Baianas de Acarajé, Rita Santos, o deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB-Ba) e comitiva de deputados e secretários da Bahia, formalizaram o pedido de inclusão da “baiana de acarajé” na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO).

Em sua justificativa, Davidson Magalhães registrou que “apesar de tanta força simbólica e importância para a economia, a profissão até hoje não faz parte da Classificação Brasileira de Ocupações, lista que oficializa as profissões do país”. Ele afirmou: “As baianas de acarajé são um dos símbolos do trabalhador brasileiro e portanto merecedoras desta inclusão”. Participaram da audiência o deputado federal Daniel Almeida, o secretário do Trabalho, Álvaro Gomes e o Coordenador da Setre, Weslen Moreira.


Detenção de gari no trabalho provoca paralisação na limpeza pública de Jequié

Protesto_garis_Jequie_16_11_15A prisão do gari Gilson Fernandes dos Santos, trabalhador da empresa Torre no município de Jequié na região Sudoeste da Bahia, pela Policia Militar na noite de sexta-feira(13), provocou a paralisação nas atividades da limpeza pública.

O profissional terceirizado estava fazendo o trabalho de varrição na Rua Felix Gaspar, em frente à agência da Caixa Econômica Federal, no Centro de Jequié, quando houve o desentendimento com uma guarnição da policia militar. Após uma breve discussão sobre a poeira, Gilson foi levado em uma viatura até a 9° Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin).

A ação dos policiais foi considerada arbitrária por transeuntes que passava na localidade. Segundo o coordenador regional do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Pública do Estado da Bahia (Sindilimp), José Carlos Conceição de Jesus, os trabalhadores paralisaram os serviços em protesto por tempo indeterminado. José Carlos solicita que a empresa responsável pela limpeza da cidade  tome uma atitude em defesa dos funcionários. “Estamos reunidos na sede da empresa e não vai acontecer varredura em Jequié até que alguma providência seja tomada”, disse o dirigente.


Governador garante ida de aviões da FAB para combater incêndios na Chapada

Governo reforça combate a incêndios na Chapada Diamantina.O governador Rui Costa garantiu a ampliação do combate aos incêndios que atingem a Chapada Diamantina. Neste domingo (15), ele anunciou que conseguiu, junto ao Ministério da Defesa, o envio de duas aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) para atuar na região a partir desta semana, além do apoio do Exército com equipamentos que serão enviados o quanto antes. A primeira aeronave pousou na Chapada Diamantina na tarde deste domingo (15) e a segunda chega na segunda-feira (16).
“Este ano, o Governo do Estado já investiu cerca de R$ 7 milhões para combater esse tipo de ocorrência, mas o trabalho precisa ser articulado entre os diversos poderes e segmentos da sociedade. E é isso que temos buscado”, explicou Rui. O Governo do Estado está trabalhando com 57 soldados praças dos bombeiros, 14 oficiais na função de coordenação e comando, sete técnicos da Sema/Inema e 50 brigadistas voluntários, em campo, combatendo as chamas diariamente.
Os aviões da FAB, modelo Hércules, irão se juntar aos outros quatro aviões Air Tractor e dois helicópteros já enviadas à Chapada Diamantina pelo Governo do Estado. Sete veículos, também enviados pelo Estado, estão sendo utilizados para transporte de bombeiros e brigadistas em áreas de difícil acesso, no combate às chamas na região.
Também foi disponibilizado pelo Exército Brasileiro três carros-pipas, quatro jipes marruá para o transporte de equipamentos e pessoal. Juntamente com os equipamentos, o Exército envia 21 militares para que possam operar esses equipamentos. “A situação é muito crítica e ainda não está controlada. Estamos empregando todo o efetivo necessário e já identificamos uma redução no número de focos de incêndio desde a última sexta”, pontuou o governador.

Marcos Japu foi nomeado para coordenar o Bahiater do Litoral Sul

Marcos Japu (de preto) ao lado do deputado estadual Rosemberg Pinto.O ativista político , funcionário da Seplan-BA e competente fotografo Marcos Vinicius Souza, o popular “Marcos Japu”, foi nomeado para o cargo de coordenador da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater) no Território Litoral Sul na última qunta-feira(05). A sede é em Itabuna no antigo Derba.

Na plenária do PT em Itabuna na última sexta-feira, Japu estava bastante feliz ao lado de seu líder político e um dos responsável pela nomeação, o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT).

O Bahiater é um órgão da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR) e dará Apoio à Agricultura Familiar na região.


Trabalhadores param atividades na limpeza pública de Jequié

Assembleia_torre_jequie_05_11_15Nesta quinta-feira(05), os trabalhadores da limpeza pública do município de Jequié decidiram cruzar os braços devido o atraso de 30 dias no pagamento do vale alimentação e da cesta básica disponibilizado pela empresa Torre Ambiental, responsável pelo serviço de limpeza urbana no município da terra do sol.

De acordo Elivan Oliveira, diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Região Sul e Extremo Sul da Bahia (Sindilimp), a paralisação “foi uma decisão tomada na assembleia hoje, e os trabalhadores só retornarão as atividades de coleta, varrição de ruas e poda, quando for depositado o dinheiro do vale alimentação e da cesta básica na conta”.

O Sindilimp pede a compreensão da população jequiense pelos transtornos, e acredita em uma solução o mais rápido possível para o problema.