Governo entrega UPA em Conquista e faz convênio para produção de medicamentos oncológicos, dentre outras ações

upa 4Uma série de ações nas áreas da saúde, segurança pública e educação vai beneficiar os 260 mil habitantes do município de Vitória da Conquista. Hoje (22), o governador Rui Costa entrega à população a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), de grande porte, que funcionará ao lado do Hospital Geral de Vitória da Conquista.

O governo baiano investiu R$ 6 milhões entre obras e equipamentos na unidade de saúde. A UPA conta com 24 leitos de observação, sendo quatro para atendimento de pacientes críticos, além de laboratório clínico e diversos equipamentos para auxiliar o diagnóstico.

Com aproximadamente 150 funcionários, a UPA tem capacidade para atender até 450 pacientes por dia, que serão assistidos por uma equipe multiprofissional e prestará atendimento 24 horas, sete dias por semana. A meta é ampliar o acesso de pacientes aos serviços de urgência e emergência na região e atender aos casos de baixa e média complexidade, retirando do Hospital Geral de Vitória da Conquista os atendimentos de baixo risco.

“Dos três mil atendimentos por mês no HGVC, cerca de 80% são de baixa complexidade, o que significa que estes pacientes poderiam ser atendidos em Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou UPAs, deixando assim, os casos mais graves para o hospital”, explica o secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas.


Zé Maria é o novo Ouvidor do Estado

Yulo Oiticica, Marcelino Galo e Zá Maria o mais novo Ouvidor Geral

O ex ouvidor geral do estado e pré candidato a vereador de Salvador, Yulo Oiticica, e o deputado estadual, Marcelino Galo, parabenizam o governador Rui Costa pela nomeação de José Maria Dultra, ex superintendente Regional do Trabalho e Emprego, para a Ouvidoria Geral do Estado -OGE. “Zé Maria é uma indicação nossa junto ao governador Rui Costa. Ele é um dos quadros mais qualificados do PT no país e na Bahia, um militante com muita qualificação técnica, com uma vasta experiência no executivo de governos estadual e federal e no legislativo. Tenho certeza que Zé Maria irá contribuir com o fortalecimento da OGE, dando continuidade ao trabalho iniciado por nós e toda equipe que lá está”, disse Yulo.

Para Marcelino Galo “a nomeação de Zé Maria representa a garantia da continuidade do excelente trabalho realizado por Yulo Oiticica na Ouvidoria Geral do Estado, que deu uma nova concepção à instituição, ampliando o participação social, a qualidade do serviço prestado e elevando a Bahia para o primeiro lugar em transparência pública no estado. O governador Rui Costa está de parabéns pela nomeação”, disse.

Zé Maria é advogado formado pela Universidade Federal da Bahia e um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT). Tem longa trajetória nos movimentos sindicais e populares sempre em defesa da educação, assumindo durante seis anos a Superintendência de Organização e Atendimento da Rede Escola da Secretaria da Educação do Estado da Bahia. Integrou os governos municipais de Itabuna, Juazeiro e Alagoinhas, compôs os gabinetes do primeiro deputado estadual do PT na Bahia, Alcides Modesto, e de Waldir Pires quando ministro da Controladoria Geral da União na Casa Civil. Atuou ainda no gabinete da Assessoria Especial do Presidente da República, durante o governo Lula.


Acordo garante pagamento dos terceirizados da Educação

Um acordo que saiu da reunião de mediação realizada na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia, no dia 15 de julho em Salvador, garantiu pagamentos dos terceirizados da Educação das empresas HD e Sandes.

Participaram da reunião o procurador-chefe do MPT na Bahia, Alberto Balazeiro, o procurador Rômulo Almeida, responsável pelas duas mediações, além dos representantes do Estado e dos trabalhadores. A iniciativa teve apoio do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza do Sul e Estremo Sul (Sindilimp)

Sete mil trabalhadores que estavam com salários atrasados foram beneficiados. O Banco do Brasil iniciou os pagamentos imediatamente, repassando a cada trabalhador o valor referente a partir de depósito direto do Estado, com recursos residuais dos contratos, autorizado pelas empresas.

De acordo o Sindilimp, o resultado “é fruto das mobilizações e luta dos trabalhadores pela garantias dos direitos onde a categoria fez diversas reuniões e manifestações visando o recebimentos dos salários e benefícios”.


SPM-BA promove capacitação de enfrentamento ao tráfico de mulheres

A Secretaria de Política para as Mulheres da Bahia (SPM-BA) realiza, em parceria com a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), uma capacitação sobre enfrentamento ao tráfico de mulheres de segunda (25) a sexta-feira (29).

A ação, que faz parte do Projeto ‘Promoção dos Direitos Humanos das Mulheres na Bahia’, integra a Semana de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, promovida pela SJDHDS e realizada no auditório do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), em Salvador.

Participam da capacitação representantes do Comitê Estadual de Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, servidoras/es públicas/os municipais e estaduais, profissionais que atuam nas áreas de turismo, enfrentamento à violência, segurança pública e operadores do Direito.

Entre as temáticas que serão abordadas estão Noções e Relações de Gênero; Políticas de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas; Noções de Raça e Racismo; Exploração de Gênero no Desenvolvimento do Turismo; e Tráfico de Mulheres. Mais informações podem ser obtidas no site da SPM-BA.


Morre Secretário de Educação de Wenceslau Guimarães

wenceslauFaleceu na noite de sábado (25), no hospital Prado. Valadares em Jequie, o Secretário de Educação de Wenceslau Guimarães, Jackson Pinheiro. Ele estava com excesso de hormônios chamado hipertireoidismo.

Jackson tinha 35 anos e era professor. De acordo com amigos, ele fazia dieta e exames regulamente, mas seu quadro de saúde nos últimos dias não estava bem, devido perda de peso e problemas respiratórios.(Sul Bahia 1)



Sindilimp em defesa e na luta pelos terceirizados

assembleia_sindilimp_geral_16_06_2016Em meio às dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores e trabalhadoras terceirizados na Bahia com a falta de pagamentos em dia das suas remunerações e tantos desrespeitos, o Sindilimp conclama a categoria para fortalecer as lutas e as ações coletivas para garantia e ampliação de direitos.

O Sindicato é um instrumento dos trabalhadores e de organização. Mobiliza a classe, realiza campanhas educativas, ouve as reivindicações e defende os direitos dos que trabalham nas diversas áreas como as de limpeza, conservação urbana, portaria, cozinha, e tantas outras, representadas pelo Sindilimp.

Todos os dias o Sindicato não apenas se preocupa, mas atua com unidade, cumprindo o seu dever enquanto órgão guardião e defensor dos trabalhadores que vendem sua mão de obra para sobreviver com dignidade.

No Sul, Extremo Sul, Médio Sudoeste, Médio Rio de Contas, parte do Baixo Sul e em todo o Estado da Bahia, os filiados e não filiados sabem que podem contar com o seu Sindicato.


Trabalhadores paralisam limpeza pública em Itapetinga

itapetindaFuncionários da empresa terceirizada Ecovita,  prestadora de serviço na limpeza pública no município de Itapetinga do Médio Sudoeste baiano, pararam as atividades desde ontem(14).

De acordo informações do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Região Sul e Extremo Sul (Sindilimp)  o motivo da paralisação é os atrasos de salários dos trabalhadores.

“As atividades de limpeza e conservação urbana estão paradas por tempo indeterminado até que os trabalhadores recebem o pagamento que é de direto”, afirma a diretoria do Sindilimp. “Eles tem família e precisam honrar seus compromissos” completa.

 


Rui anuncia prêmio de incentivo aos professores e escolas

rui prof 2Durante reunião com diretores de 25 Núcleos Regionais de Educação da Bahia (NRE), o governador Rui Costa anunciou que pretende instituir um prêmio de incentivo aos professores e às escolas, a partir do cumprimento de metas, como já acontece com os policiais. O encontro ocorreu nesta terça-feira (14), no Salão de Atos da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

“Quero introduzir uma premiação por resultados na escola e quero fazer isso de forma negociada com os professores. Para que, com a melhoria dos indicadores escolares, o professor possa receber um ou dois salários a mais e, com isso, nós possamos alavancar o rendimento e a melhoria da qualidade de ensino na Bahia”, afirma Rui. O governador também sinalizou a possibilidade de desenvolver um projeto de incentivo à permanência em sala de aula dos professores com idade para aposentadoria.


Aumento da participação social marca gestão de Yulo Oiticica na Ouvidoria Geral do Estado

YuloAumento da participação social na capital e no interior marca a gestão de Yulo Oiticica à frente da Ouvidoria Geral do Estado, vinculada à Secretaria Estadual de Comunicação Social. A nova gestão completou o primeiro ano em 27 de abril.

Durante este período, a atuação da OGE garantiu à Bahia o primeiro lugar em transparência pública e aproximou o órgão da sociedade através de diversas ações e projetos, como o Ouvidoria nos bairros e Ouvidoria Itinerante, realizando atendimentos à população nas comunidades de Salvador e municípios do interior.

Em quatorze atendimentos, o projeto Ouvidoria nos Bairros resultou em 700 registros, possibilitando o acesso da população ao canal de comunicação com o governo estadual e melhorando os serviços públicos. Em 2015, foram registrados mais de 47 mil manifestações e no primeiro trimestre de 2016 foram aproximadamente 13.700 registros.

“A Bahia superou estados como Minas Gerais no número de registros, entre reclamações, elogios e solicitações. Fechamos 2015 com o dobro de manifestações de Minas Gerais, que tem mais de 800 municípios e uma população com cerca de 20 milhões. E isso é resultado desta nova concepção de fortalecimento da participação social”, afirma Yulo.

A gestão também foi marcada pelo incentivo e apoio na criação de ouvidorias municipais em todo o estado, auxiliando prefeituras na estruturação e capacitação da equipe de atendimento. Parcerias para a concessão do Sistema TAG, sistema de registro e gerenciamento das manifestações do cidadão criado pela Ouvidoria Geral do Estado, foram potencializadas. O lançamento do aplicativo TAG para Android contribuiu para a ampliar a participação social ainda mais.

A Ouvidoria Geral se consolida como referência nacional na estruturação e funcionamento de ouvidorias em todo o Brasil, com destaque para os convênios firmados com os Governos de Minas Gerais e Espírito Santo, além das Prefeituras de Belo Horizonte (MG), Parauapebas (PA), Aracruz (ES), Vitória da Conquista (BA), Camaçari (BA), Conceição do Coité (BA) , Dias d’Ávila (BA), São Francisco do Conde (BA), Paulo Afonso (BA), Itabuna (BA) e Cipó (BA) que utilizam o Sistema de Ouvidorias e Gestão Pública – TAG.