Amurc e parceiros debatem a implementação de um plano regional de educação

representantes-da-amurc-forsec-consorcios-intermunicipais-institutos-natura-e-arapyauPor Viviane Cabral | Amurc

A aplicação de políticas públicas, capazes de qualificar a educação nos municípios do Território Litoral Sul é o foco do Plano Regional de Educação, criado em 2017 pelo Fórum de Secretários Municipais de Educação – Forsec e Consórcios Intermunicipais, que será implementado este ano na região. A ação foi debatida nesta sexta-feira, 23, entre representantes da Amurc, Instituto Natura e Arapyaú, secretários e técnicos municipais e articuladores das Câmaras Técnicas de Educação.

De acordo com o planejamento estratégico da Rede de Apoio a Educação – RAE, vinculado ao Instituto Natura, para este ano, está previsto a entrega do regimento da câmara técnica de educação, que visa solucionar os entraves da educação de forma coletiva e dos planos regionais de educação com a sua implantação. Além disso, a RAE incentivará o fortalecimento das relações entre gestores municipais, a capacidade regional existente no território, na perspectiva da educação e das relações.

As propostas foram traçadas a partir da perspectiva do diagnóstico elaborado ao longo de 2017, e que envolveu a aplicação de instrumentos eficazes, considerando a gestão da secretaria municipal de educação, os gestores escolares, os professores e os pais. Com a utilização de ferramentas que possibilitaram o levantamento das forças e desafios da educação municipal, foi possível identificar a necessidade de melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB dos municípios associados, dentre outras demandas.

O comprometimento das instituições parceiras em atender à essas e outras demandas foi um passo fundamental para o andamento das ações na área da educação municipal. “Mas, que um Pacto pela Educação, foi apresentado a necessidade de um contrato, com obrigações e deveres das partes, objetivando a melhoria da educação, através de uma gestão qualificada”, destacou Luciano Veiga, coordenador executivo da Amurc.


Comentários