Ações do programa “Crack, É Possível Vencer” em Itabuna

Estudantes do CIOMF participam de atividade do Crack, é Possível Vencer - Foto Divulgação (3)
Estudantes do CIOMF participam de atividade do Crack, é Possível Vencer

A Prefeitura de Itabuna, através do Departamento de Proteção Especial da Secretaria de Assistência Social (SAS), desenvolve o programa “Crack, é Possível Vencer” que trabalha simultaneamente prevenção, combate, reabilitação e reintegração social. A cada dia esse trabalho se intensifica com o objetivo de reduzir os índices de consumo de drogas e fornecendo apoio a grupos de risco em todas as suas demandas.

Prevenção, cuidado e autoridade. São essas as três frentes de atuação do Programa. A equipe à frente do Crack, é Possível Vencer, já mobilizou todos os eixos necessários para que o programa obtenha resultados, reunindo os setores de Educação, Saúde e Guarda Civil Municipal, agindo em todas as esferas.

A coordenadora das Políticas Municipais Sobre Drogas, Lívia Póvoas, conta que o Programa está sendo apresentado aos diretores e coordenadores de instituições de ensino. “Buscamos explanar aos diretores e coordenadores sobre a importância do projeto, as metas que precisamos atingir e expor as estratégias a serem desenvolvidas, pois com essa compreensão a ações estarão sempre em sintonia” disse.

Lívia Póvoas conta ainda que ações pedagógicas estão sendo realizadas com os alunos, tornando-os multiplicadores. “O objetivo é o de promover uma conscientização em relação à prevenção do uso e abuso de drogas, bem como reconhecer comportamentos de riscos no contexto escolar”, enfatiza. O primeiro encontro de Multiplicadores do programa ocorreu no Centro Integrado Oscar Marinho Falcão (CIOMF).


Comentários